Laika

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Orloff.gif

Este artigovski é puccknn russki

Ele não gosta muito de chechenos.

Smirnoff.gif


Hammer and sickle.png

Este artigo possui parte de seu conteúdo não-aprovado Conselho de Proteção a Moral da Família Soviética, e é constantemente vigiado.
Porque, na União Soviética, VOCÊ!! pode ir e vir, mas não ir e ver.

Nota: Se você tem uma cachorra chamada Laika, fale sobre ela aqui

Cquote1.png AAAAAA! Cquote2.png
Laika sobre espaço
Cquote1.png Oh my God ! Cquote2.png
Americanos ao verem os soviéticos darem um passo a frente na corrida espacial
Cquote1.png BUUUUÁAAAAA Cquote2.png
Luiza Mell ao ver Laika partindo para a morte
Cquote1.png Jacaré, volte pra casa! Cquote2.png
Laika sobre a viagem espacial de Zé Jacaré


Laika (Лайка, em russo, Cão-cobaia experimental do módulo espacial etc. e tal da gloriosa república sovietal[1]) foi o primeiro ser terráqueo a ir para o espaço e continuar lá.

Laika, naquela pose heróica que todo astronauta faz, olhando pro lado.

O fato de Laika ter sido lançada ao espaço no lugar de algum humano foi porque, naquele tempo, a União Soviética se recuperava de uma grave crise financeira, e não tinha dinheiro para enviar um homem para o espaço, já que naquele tempo um assento numa viagem espacial era muito caro. Então, enviaram uma cadela, que só ocupava espaço no bagageiro, e pela metade do preço.

Apesar de ter morrido, Laika deixou lições importantes para que o espaço fosse melhor desbravado, entre elas a de que cães, universo e naves realmente não combinam. Mesmo assim, a União Soviética continuaria tentando provar aos ocidentais de que cães eram melhores astronautas que os homens.

Tabela de conteúdo

[editar] Biografia

Flagra de Laika durante o treinamento em casos de emergência.

[editar] Infância (Ou filhote, sei lá)

Laika nasceu em uma família bastarda abastada de São Petersburgo, filha do pastor russo Ivan e de uma vira bolsa lata qualquer. Ela pertencia à nata da sociedade são-petersburguiana, frequentando sempre muitas festas da alta sociedade, cujos integrantes sempre mediam mais de 1,90 m de altura.

Ela pertencia a uma família de aristocratas russos, a qual seu pai (o dela, não o seu) era empregado, vigiando os escravos da família aristocrática.[2] Assim, ela cresceu com toda aquela bobagem de eugenia, raça pura e tudo o mais.

Laika sempre foi mimada e paparicada: tinha um quarto só pra ela, tomava banho com vodca e possuía um escravo particular.[3]

[editar] Juventude

Foi na adolescência de Laika que aconteceu a Revolução Bolchevique[4] Ai, o mundinho de luxo dela foi abaixo. Ela até que tentou protestar, mas quem no mundo daria ouvidos a uma cadela protestando?

Apesar dela ser uma cachorra burguesa, os comunistas acharam que ela teria alguma utilidade.[5] Então, ela foi raptada e presa em algum lugar desconhecido, só perguntando.

Casinha de cachorro projetada para lançamento espacial. Note a aerodinâmica.

Ela começou a ser treinada na cidade russa das estrelas, onde eles treinavam suicidas loucos para viajar ao espaço, como se fosse uma Área 51 soviética.

Lá, Laika recebeu todo o treinamento necessário para operar os equipamentos, pilotar a nave, realizar a missão e voltar. Como a missão dela era só ver se alçguém aguentava ficar no espaço, tudo que ela tinha que fazer era ficar parada.

[editar] Missão Espacial e Morte

Raio X de Laika momentos antes de partir. Repare no vazio da caixa craniana.

Laika viajaria[6] no módulo espacial PutsNick bis, sucessor do PutsNick, tendo esse nome pois foi patrocinado pelo conglomerado internacional de notícias Nickelodeon.

A missão espacial consistia apenas em ver se algum ser vivo conseguia sobreviver fora da Terra. Então, tudo o que Laika precisava fazer era ficar lá, esperar umas horas e depois voltava. Simples.

Só que Laika foi criada numa família rica, ou seja, era patty. E vocês acham que pattys prestam atenção em aulas? E ainda mais aulas em escola pública?! Por isso, ela não sabia nada do que precisava fazer, e por isso acabou querendo dar uma de cocaína heroína.

A missão espacial estava programada para ser perfeita, tinha ração, água e energia o suficiente, só que, como Laika não estava devidamente preparada, ela acabou apertando uns botões lá. o que esses botões faziam/fizeram os soviéticos nunca falaram, mas como ela morreu nós não precisamos de detalhes.

A causa da morte ainda não é exata. Alguns acham que tenha sido de raiva; outros, de superaquecimento. Mas, como ela morreu e não deixou nenhum parente vivo, isso pouco importa.

[editar] Legado

Infelizmente, Laika morreu... Mas, pelo menos, ela deu um selozinho até que bacana.

Laika deixou um legado muito importante para a humanidade humana, como o fato de que cachorros realmente não são bons astronautas.

Sobre Laika, o desocupado Yuri Gagarin falaria:

Cquote1.png Ainda bem que ela foi primeiro...
Yuri Gagarin ontem a noite


Depois da missão do PutsNick bis, no entanto, a URSS continuaria tentando mandar cachorros ao espaço,tentando convencer os capitalistas de que cães eram bons astronautas sim.[7]

Dia desses, foi inaugurado, na Rússia, um monumento em homenagem à Laika e seu sacrifício. Trata-se de uma estátua de um cachorro defecando, e das fezes surge um foguete. Assim, os russos mostraram, ao mesmo tempo, a matéria prima de seus equipamentos espacias, e tentando homenagear a cachorra.

[editar] Mas, afinal de contas, em que essa missão foi útil?

Sendo que era para ver se um ser terrestre conseguiria sobreviver no espaço, a missão pode ser considerada um fracasso. Daí, vem a farsa de que o homem nunca foi à Lua, já que não é possível que humanos sobrevivam no espaço.

[editar] Notas

  1. Só pra rimar.
  2. Naquele tempo, o negócio mais lucrativo da Rússia não era o petróleo nem a vodca, mas a escravidão.
  3. Algo considerado muito chique naquele tempo.
  4. Ou comunista, para os inguinorantes.
  5. A utilidade você imagina aí.
  6. Ou viajou, dependendo da época.
  7. Na verdade, eles não tinham dinheiro para mandar humanos.

[editar] Ver Também


Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas