Lambari (Minas Gerais)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Serjão entrevista.jpg Enxada-2.pngEsti artigu é caipira, sô!!Enxada-1.png

Este tar di artigu pareci caipira, foi escritu purum caipira, ô ele é de fato
CAIPIIIIRRA!!!

Num istraga eli naum, si não nóis crava a inxada pra riba docê!

Gnome-searchtool blue.png Lambari (Minas Gerais) é uma pequena cidade desconhecida.
Você pode estar perdendo seu tempo à-toa ao ler sobre essa joça.
Se você passar na rua, todo mundo fica olhando.

Sciences de la terre.svg.png
Cquote1.png Você quis dizer: Bagre Cquote2.png
Google sobre Lambari (Minas Gerais)

Lambari é um pântano cheio de brejos onde os sapos e os pescadores convivem na santa paz de Jah, até um pescador não pescar nenhum peixe e resolver matar o sapo .

Fundação[editar]

Em 1700 e carro de boi Toninho Dantas, um fazendeiro de Campanha e seu cavalo Jorginho fazem uma expedição além da serrinha que limita Campanha. Depois da serra eles encontram um pântano de água mineral. Pôs os pés na água e um lambari mordeu seu pé. Por isso resolveu chamar a terra de lambari. Bebeu a água e ficou chapadão e não sentiu mais a dor nas costas. Gostou tanto do lugar que construiu ali a primeira casa de pau-a-pique. Logo muitas pessoas chegaram ao lugar para beber da água e curar suas dores. Fizeram ali uma capelinha de Nossa Senhora da Saúde.Surgiram os três primeiros bairros: Vila de Águas Virtuosas, o do Bom Jesus do Lambari e Conceição do Rio Verde.

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...Quem nasce em Lambari é alevino
cachorro vaqueiro cuidando do gado em Lambari

População[editar]

Um carioca que projetou as ruas do centro da cidade, um português montou a primeira padaria e um italiano a primeira pizzaria. Índios boideiros e pretos caboclos foram chegando em 1800 e trem a vapor. Montaram um monjolo de moer mandioca para fazer o todo poderoso polvilho e inventaram o pão de queijo com linguiça para vender aos turistas que querem beber da água milagrosa de Lambari.

Economia[editar]

A economia da cidade é baseada na criação de gado e no turismo do brejo. Uns começaram a produzir queijo minas, pão de queijo, linguiça e pinga.

Circuito das águas[editar]

Lambari completa o time das cidades do circuito das águas que são Três Corações, Soledade de Minas, Baependi, Cambuquira, Campanha, Carmo de Minas, Caxambu, Conceição do Rio Verde, Heliodora e São Lourenço

Asilo[editar]

Em Lambari existe o maior asilo de idosos de Minas Gerais. Cada velinho tem sua casinha, cuida do seu jardim.