Lamim

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
A cidade de Lamim vista de longe.

Lamim é o nome de um município microscópico em Minas Gerais, a economia é baseada na agropecuária, apesar de que isso é duvidoso já que o território é tão pequeno e a cidade é tão vazia que talvez seja até invenção essa história de que tem espaço para cultivar algo por lá. Achar sua localização é um teste para testar míopes por ser muito eficaz, mesmo assim o resultado será o mesmo, míope ou não-míope:

Cquote1.png Tem uma cidade ali? Cquote2.png
Qualquer um sobre Lamim

História[editar]

Conta-se que antes da cidade ser um distrito de Yakisoba, Lamim era um cara que junto com outros dois amigos se estabeleceram naquela região para procurar Ouro separado dos outros, por isso o território é tão pequeno. Os amigos ficaram longos 10 anos procurando ouro até que começaram a sentir saudades de mulher.

Com essa "fome" decidiram tirar no palitinho quem ia ser a primeira vítima, aí iam fazer uma sequência, foram lá e Lamim foi a primeira vítima. Lamim pediu para sair um pouco para poder se "preparar" para o que vinha, acontece que ele acabou se jogando de um penhasco antes que pudessem aproveitar algo.

Em homenagem à Lamim, começaram a chamar a região pelo nome dele. No final de tudo deu ideia para que quando emancipassem dessem o nome dele, mesmo não sabendo o que ele fez, há outras dúvidas, contam os historiadores regionais que não tem o que estudar, sobre o porquê deram esse nome à região só por um suicida que não quis dar o c*.

Enfim, o que importa é que hoje a cidade está vazia e é habitada por três pessoas e meia contando com o cachorro.

Cultura[editar]

A cidade tem cultura além do mineirês, tá talvez não tenha já que as únicas pessoas que foram morar lá eram as pessoas que vieram do Amazonas e do Acre (não comprovado) de trem e não conseguiram voltar pois seque acharam uma pepita de ouro, então resolveram ficar lá logo. Há três festas no município que nos levanta uma questão: seria essa cidade baiana ou mineira?

  • Festa do Padroeiro: Só a família dos idosos/carolas e os próprios carolas comparecem, é um respeito com o padroeiro da cidade... Enfim, não há nada do que havia ter na festa: gente feia, parece mais um bailão de são joão (talvez seja ele o padroeiro da cidade mesmo) e música caipira, não sertaneja.
  • Festa do Rosário: Um samba crioulo doido em Lamim. É uma festa que inclui uma novena de acordo com os costumes católico-portugueses e com simbolismos religiosos africanos, além do nome da cidade que lembra macarrão em Japonês.

Ver também[editar]