Lançamento de martelo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Lançamento de "aquilo é qualquer coisa menos um martelo" é mais um esporte bizarro do atletismo que consiste no lançamento de um brinquedo não muito popular chamado pogobol. Como todas provas de lançamento, o objetivo é cravar a distância mais longa, infelizmente não havendo alvos a serem atingidos, tanto que em caso de algum juiz ser atingido nenhum ponto adicional é concedido.

História[editar]

Uma arremessadora de martelo no peso, medida e uniforme corretos.

Este esporte bizarro foi criado em 2.000 a.C. na Irlanda, quando o famoso atleta da época Cú Esculachado arremessou uma roda de carroça para matar uma barata durante um de seus ataques de histeria. Tal feito tornou-se tão icônico que vários outros desocupados começaram a imitar a prática. Posteriormente, como rodas de carroças não eram tão abundantes assim, o instrumento de arremesso passou a ser uma pedra presa a um tronco de madeira.

A marreta foi adotada por volta da Idade Média por Henrique VIII, um rei canastrão que não vendo utilidade prática na marreta, decidiu instituir sua utilização para práticas de macheza com arremessos desse objeto.

No século XIX a prática de arremessar martelos começou a ser difundida pelo mundo, até mesmo no Super Mario World havia uma tartaruga específica que servia para arremessar martelos.

A prática foi instituída nos Jogos Olímpicos de Paris 1900 pois faltava um esporte bem ridículo e ainda não haviam inventado a marcha atlética. No caso o martelo foi substituído por uma daquelas bolas de aço de presidiário, com uma corrente e um grilhão na outra extremidade que serve de empunhadura para o manuseio e lançamento do objeto

Para as mulheres, o esporte foi introduzido somente nas Olimpíadas de Sydney 2000 como parte de um programa em conjunto entre o COI e a OMS de inclusão de mulheres obesas nos esportes.

Regras[editar]

Primeiramente é preciso esclarecer que na verdade, o objeto chamado de martelo é todavia um pogobol de aço com uma corrente. É o único esporte no qual os atletas não precisam ter um corpo sarado, na verdade bem pelo contrário, é notório que quanto mais obeso mais vantagens o atleta tem, pois se uma pessoa é dotada de um corpo redondo e maciço, tal qual um planeta de pequeno porte como Mercúria, este corpo exerce uma gravidade natural no martelo que é lançado pela união da força centrípeta, centrífuga e centopédica.

O arremessador deve executar o lançamento de dentro de uma base de concreto de 2,135 metros de diâmetro (não se esqueça dos 5 milímetros), e o local é protegido por uma gaiola que serve para remeter o atleta à disputa da cúpula do trovão.

A técnica de arremesso é bem sofisticada e dividida em 5 etapas. A primeira etapa chamada "gordice" consiste em comer o máximo de Big Macs possíveis e então adentrar a gaiola. A segunda etapa chamada de "segurar o peido" consiste em prender os intestinos e evitar de cagar em público na frente de todos, por isso os atletas então fazem uma careta de constipação e prisão de ventre, abrindo as pernas e assim garantindo concentração. A terceira etapa chamada de "molejo" consiste em erguer o peso do chão. A quarta fase é o "giro". E finalmente o "arremesso".

Recordistas[editar]

Homens[editar]

Marca Atleta País
86.74 m
Yuriy Sedykh
Bandeira da União Soviética União Soviética
86.04 m
Sergey Litvinov
Bandeira da União Soviética União Soviética
84.90 m
Vadim Devyatovskiy
Bandeira da Bielorrússia Bielorrússia
84.86 m
Koji Murofushi
Bandeira do Japão Japão
84.62 m
Igor Astapkovich
Bandeira da Bielorrússia Bielorrússia
84.51 m
Ivan Tsikhan
Bandeira da Bielorrússia Bielorrússia

Mulheres[editar]

Marca Atleta País
81.08 m
Anita Włodarczyk
Bandeira da Polônia Polônia
79.42 m
Betty Heidler
Bandeira da Alemanha Alemanha
78.80 m
Tatyana Lysenko
Bandeira da Rússia Rússia
78.69 m
Aksana Miankova
Bandeira da Bielorrússia Bielorrússia
77.68 m
Zheng Wang
Bandeira da China China
77.33 m
Zhang Wenxiu
Bandeira da China China
v d e h