Lana Starck

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Ponte-HLuz.jpg Se quésh quésh, se non quésh, dish!

Este artigo é catarinense! Já entrou em coma alcoólico na Oktoberfest, sabe o que é boi-de-mamão, tem um poster do Guga e pensa que é alemão!

Venha para o lado barriga-verde da força você também!

Lã na Estaca
Lana starck all people photo u.jpg
Lana, emocionada ao ler este artigo
Nascimento 9 de junho de 1975
Brusque Bandeira do Brasil Brasil
Altura 1,70m
Peso 56 kg
Signo Peitos Gêmeos
Olhos Castanhos
Cabelo Ruivo

Lana Starck é uma puta paga que provavelmente apenas os punheteiros mais experientes conhecem, já que teve o auge de sua carreira há mais de uma década atrás. A grafia oficial do seu nome de guerra é a do título deste artigo, mas ela também aparece creditada em alguns trabalhos como Lana Stark e até mesmo Loana Starck.

Sobre essa vadia[editar]

Como está aposentada desde 2010, Lana Starck parece ter conseguido apagar da internet praticamente todas as suas informações que estavam disponíveis virtualmente, restando apenas os vídeos, as fotos e um esboço bem toscão na Wikipédia que não serve para muita coisa além de informar que ela nasceu em Santa Catarina.

Lana em uma posição sugestiva.

Antes de trabalhar como atriz pornô, Lana tinha um sonho bastante comum para toda guria retardada, que era ser modelo. Por ser natural dos Estados Unidos do Sul, as chances de conseguir alcançar seu objetivo eram grandes, o que a fez correr atrás de várias agências para oferecer serviço. Porém, a única que aceitou contratá-la exigia que ela tivesse um bom currículo. Sem entender muito bem o que aquilo significava, ela levou em consideração apenas as duas primeiras letras daquela palavra, e inscreveu-se em um curso intensivo de sexo anal.

Após fazer muita ficha rosa por aí, Lana fez sua estreia no cinema pornográfico em meados de 2003, embora não tenha feito nenhum filme prestável até 2005, ano em que passou a usar oficialmente o sobrenome Starck. Antes disso, ela geralmente aparecia creditada somente como Lana.

A ideia de Lana era pagar de nerd gostosa, então passou a fingir que gostava de ler quadrinhos, embora seja analfabeta e o máximo que consiga fazer é acompanhar os desenhos, mas isso não vem ao caso. O fato é que ela descobriu que era muito parecida fisicamente com Lana Lang (a original, e não aquela porcaria interpretada pela Kristin Kreuk), e para ressaltar ainda mais a semelhança, mergulhou os cabelos em um tubo de catchup, deixando-os vermelhos e ficando ruiva igual à personagem. Para evitar algum eventual processo judicial que a DC Comics poderia lançar contra ela, Lana trocou o sobrenome Lang por Stark inspirada no Homem de Ferro, já que ela própria adorava levar ferro dos homens. Adicionou um C a mais por sugestão de sua numeróloga particular, que disse que isso lhe traria muita sorte.

O grande ápice na carreira de Lana Starck foi quando apresentou um programa exibido pela RedeTV! em parceria com a Buttman, mostrando os bastidores das gravações da empresa, ou seja, putaria total.

Ver também[editar]