Lanny Barby

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Lanny Barbie)
Ir para: navegação, pesquisa
Lindsay Lohan era bonita antes das drogas.jpeg Este artigo pode levar-te para o lado roxo da Força!

Este artigo é perigoso, tanto pra homem quanto pra mulher, então proteja sua retaguarda e não vandalize. Se você é fã de Ana Carolina, fique à vontade!

F m.jpg
Lana Barba
Lanny barbie.jpg
Lanny Barby treinando para ser funkeira
Nascimento 29 de agosto de 1981
Bandeira do Canadá Canadá - Quebec, Montreal
Ocupação puta

Lanny Barby é uma puta paga oriunda do Canadá, que iniciou a carreira atuando em filmes de baixo orçamento produzidos em seu país. Em seus primórdios na indústria pornô, ela era loira e assinava seu nome de guerra como Lanny Barbie, a fim de tornar-se popular como uma sósia da famosa boneca homônima. Como ninguém a conhecia, ela ficou sendo chamada assim durante um bom tempo, até que finalmente mudou-se para os Estados Unidos, onde foi capa de várias revistas destinadas ao público punheteiro e começou a ganhar notoriedade. Logo, sua existência chegou a ser de conhecimento da Mattel, a marca fabricante da Barbie, que ameaçou descer um processo judicial caso a modelatriz não alterasse seu pseudônimo. Como já era uma puta bastante famosa e homenageada por vários onanistas ao redor de todo o mundo, Barby tentou ao máximo convencer a empresa a mudar de ideia, mas não conseguiu. Simplesmente alterou então a grafia de Barbie para Barby, o que não mudou praticamente porra nenhuma, mas a deixou imune das ameaças jurídicas. Mesmo estando já aposentada do cinema pornográfico, seus vídeos ainda podem ser facilmente encontrados, com seu nome escrito em mais de 8000 formas diferentes.

Juventude[editar]

Lanny Barby após engordar alguns quilinhos e não conseguir mais fechar o short.

Nascida em Quebec, a cidade mais populosa da província de Montreal, mais precisamente naquela parte que é praticamente dominada pelos franceses. Logo, Barby cresceu bem mais ligada à cultura da França do que à do próprio Canadá em si, e ao invés de crescer assistindo desenho animado, foi desde cedo educada sexualmente com os filmes da consagrada série Emmanuelle, o que despertou seu interesse em putaria ainda durante a infância. Mesmo sendo canadense, Barby foi criada para ter o típico estereótipo pertencente a uma mulher francesa, ou seja, um projeto de meretriz que faria sucesso nos cabarés de luxo.

Ainda criança, passou a fazer programas e atendia um grande número de clientes pedófilos que vinham ao seu encontro, porém ela permanecia intocavelmente virgem, já que a única coisa que fazia era bater siririca publicamente enquanto uma caralhada de velhos tarados ficava observando. Por conta disso, e também para driblar a censura, Barby descrevia a si mesma como sendo uma DJ mirim.

Carreira[editar]

Lanny Barby em foto para spam de site pornográfico.

Sua estreia no cinema pornográfico aconteceu oficialmente em 2001, embora antes disso ela já aparecesse pagando de camwhore amadora pelos sites mais fuleiros e obscuros da internet. Ao longo da carreira, ganhou uma cacetada de prêmios, que ela guarda com muito carinho e usa todos como dildo.

Além de atriz pornô, Barby também é uma modelo de grande sucesso entre os pervertidos, já que posou nua incontáveis vezes. Seu maior sonho era ser uma Coelhinha da Playboy, mas como geralmente estas são loiras, ela preferiu nem tentar arriscar e quis manter seus cabelos morenos para não dar chances de reascender sua antiga treta com a Mattel. Em 2003, consolou-se então com muitos vibradores enfiados simultaneamente na buceta em ser uma Pet, a versão falsificada das Coelhinhas, idealizada pela maior rival gringa da Playboy, a Penthouse.

Até meados de 2005, Barby acreditava ser lésbica, e geralmente preferia atuar com outras mulheres. Porém, isso mudou após ela perder a virgindade anal com o pintudo Julian Andretti, com quem acabou casando-se e descobriu que sua verdadeira orientação sexual é a bissexualidade.

Em 2010, decidiu abandonar a pornografia e trabalhar como atriz convencional, mas não sem antes treinar Kimberly Franklin, sua própria irmã mais nova, para ficar como substituta em seu lugar.