Lantânio

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

O lantânio é aquele metal da tabela periódica famoso por o líder da série dos lantanídeos, uma turma de rebeldes sem causa que sofreram a humilhação de ser jogados para fora da tabela por deixá-la mais feia. Liderados pelo lantânio, eles prometem que vão se vingar.

História[editar]

Lantânio, o elemento preferido dos nerds.

O lantânio foi descoberto pelos suecos do ABBA, a fim de ganharem o Prêmio Nobel, que ficava do lado do estúdio deles. O material encontrado pela decomposição do césio cério em mais de 8000 partículas, foi escondido em uma terra rara, que seria isolada em 1923, ano em que o ABBA estava em plena forma. Nascia então o lantânio.

Características[editar]

O lantânio é considerado pelos cientistas como um elemento metálico, metaleiro, branco, prateado, azul e colorido. É um elemento fácil de ser encontrado em terras raras, lá no Tadjiquistão você acha. É o líder dos lantanídeos, aqueles pobres elementos lá do fim da tabela periódica que ninguém se importa.

Ele gosta de foder (reagir) diretamente com o carbono, nitrogênio, boro, selênio, silício, fósforo, enxofre e ketchup. Ao ser exposto ao ar ele enferruja, que metalzinho vagabundo...

Aplicações[editar]

Apesar de ser um elemento tão desqualificado, o lantânio tem diversas aplicações, como por exemplo na produção de luz cinematográfica, ou seja mesmo que você não goste do lantânio você o vê toda vez que assiste aquele filme pornô escondido da sua mãe.

Quantidades insignificantes de lantânio podem ser utilizadas na produção do aço para aumentar sua maleabilidade, ductilidade, masculinidade e resistência ao impacto.

Também pode ser utilizado no crackeamento do Grand Theft Auto para quem não pode pagar por esse game fuleiro.