Lemmy Kilmister

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Nascimentoproctologista.JPG
Este artigo pode levar-te para o Lado Azul da Força!

Este artigo é cabra omi e foi aprovado por Clint Eastwood, então leia-o até o fim para virar homem e deixar de ser fanfarrão. Se você vandalizar, será proibido de assistir Ursinhos Carinhosos!
Loser 2.JPG Lemmy Kilmister já morreu!

Pega o pão que presunto já tem!

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno

Passarinho.jpg Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.

Certamente, seus fãs idiotas alienados o odiarão!

Emblem-sound.svg.png Lemmy Kilmister
Banguelalemmy.jpg
A beleza de Lemmy
Nome Tião Freitas Kilmister
Origem Inferno
Sexo Cinco vezes por semana
Instrumentos
Nuvola apps kcmmidi.png
Contrabaixo
Gênero Rock n' Roll
Influências Teu avô
Nível de Habilidade Alto
Aparência Deformada pelo tempo
Plásticas Nenhuma!
Vícios
Nuvola apps atlantik.png
Jack Daniel's, Coca-Cola e maconha
Cafetão/Produtor
Crystal Clear action bookmark.svg.png
A mãe dele

Cquote1.png Você quis dizer: Seu Madruga Cquote2.png
Google sobre Lemmy Kilmister
Cquote1.png Eu Tenho Medo!!! Cquote2.png
Regina Duarte sobre Lemmy
Cquote1.png Lemmy me ensina tocar? Cquote2.png
Sid Vicious sobre Lemmy Kilmister
Cquote1.png Você não tem futuro, seu drogado retardado! Cquote2.png
Lemmy sobre frase acima
Cquote1.png Lemmy Kilmister? DESCONHESO! Cquote2.png
Geezer Butler sobre Lemmy Kilmister
Cquote1.png Também desconheso! Cquote2.png
John Paul Jones sobre Lemmy Kilmister
Cquote1.png Eu também! Cquote2.png
Jimmy Page sobre Lemmy Kilmister
Cquote1.png Eu não! Cquote2.png
Tua mãe sobre Lemmy Kilmister

Ian Fraiser "Lemmy" Kilmister foi o líder, mestre, rei, divindade e dono da banda Motörhead. De vez em quando ele tentava ser baixista e vocalista também. Foi canonizado pela Papa João Paulo, virando São Lemmy.

Biografia[editar]

Lemmy nasceu na cabalística data de 666 a.C. (se é que Cristo existiu), num pequeno vilarejo da antiga Prússia. Atualmente mora na Inglaterra, num castelo medieval do século XIII, adquirido como pagamento de uma disputa realizada juntamente com Keith Richards, Zeca Pagodinho e Jeremias. Basicamente, a competição consistia em verificar quem beberia mais rápido todo o Absinto presente num barril de petróleo usado pela marinha russa durante a revolta dos bolcheviques.

Saúde[editar]

Apesar do excessivo uso de bebidas e cigarros, Lemmy ainda está em boa forma física, no auge de seus 2.341 anos. Talvez o segredo de sua juventude se dê em função das mulheres, afinal, ele tem uma parceira diferente por dia... por todos os dias de todos os anos!! E não é qualquer mulher, mas apenas virgens de 18 anos nascidas e criadas no Olimpo com o mero intuito de servir aos prazeres carnais do seu senhor.

História[editar]

Lemmy já fazia sucesso até mesmo na época do Leonardo da Vinci.

Inicio[editar]

Desde a sua infância Lemmy se envolveu com música. Aos 5 anos de idade, sua mãe, Dona Florinda, obrigou-lhe a ter aulas de violino com um despojado sujeito chamado Paganini. Sim, aquele franzino virtuosi metido a besta bem que tentou, mas logo desistiu da ideia pelo simples fato do instrumento ser minúsculo demais para as mãos do pequeno Lemmy. Pequeno em idade, porém, em tamanho, o garoto era imenso, as vezes confundido com búfalos húngaros de pêlo marrom (uma especiaria bastante apreciada pelo povo da Prússia) enquanto brincava de dar trombadas nas árvores do quintal de sua casa. Na verdade, não era bem isso que ele deveria ter feito nas árvores, afinal, sua prima vivia correndo mais rápido que ele nessas ocasiões. No colégio, Lemmy nunca teve muitos amigos, provavelmente por ser um galês no meio de muitos ingleses. Os inglesinhos adoravam zoar com ele, e faziam fila para sacaneá-lo. E depois, eles faziam mais uma fila. A fila para ganhar porrada do Lemmy. Após devastarem metade da mata existente na Prússia, Lemmy e sua família estiveram de passagem no Brasil à procura de um novo playground. Este momento ficou conhecido como o Primeiro Grande Impacto Ambiental da Era Moderna, ou, trocando em miúdos, foi dado início do fim da Amazônia.

União com o baixo[editar]

Pintura de Lemmy no seu aniversário de 2 anos.

Enfim, embora desiludido com o violino, seu destino parecia já estar traçado, afinal, a música corria em suas veias. Tanto é que, aos 17 anos de idade, junto com seus irmãos, Ian Paice e Ian Gillan, formou o Deep Purple. Contudo, foi imediatamente expulso da banda em virtude de suas performances sempre regadas a muito sangue, suor e sacanagem. Isto sem dizer que Lemmy costumava compor com base em equações logarítimicas, método que aprimorou enquanto ensinava Matemática a Isaac Newton (dizem as más línguas que as Leis de Newton são, na verdade, as Lei de Lemmy, que foram roubadas) e seus irmãos apenas com equações de segundo grau, o que tornava as canções muito pobres e descompassadas. Munidos de inveja, seus irmãos o obrigam a se retirar da banda, fato este não contestado por Lemmy já que o nome "Deep Purple" soava por demais aboiolado. Após tais fatos, resolveu se dedicar ao instrumento que mais lhe chamara a atenção, o Baixo. Por um motivo simples: os graves from hell!! Som de macho, nada de firúlas e lenga-lengas de guitarra, com aqueles gritinhos estridentes e outras viadagens shredders. Mas, macho como só ele é (não tanto quanto Sylvester Stallone, obviamente), decidiu estudar num Baixo feito com 25 kg de mogno e cordas de arame farpado enferrujado. À medida em que ia aprimorando suas técnicas, foi percebendo que ninguém em sua terra estava à altura para ser um membro de uma banda que porventura ele estivesse querendo formar. Assim, ficou mais uma vez desiludido quanto a música...

Criação do Motörhead[editar]

Lemmy resolve abandonar a Prússia e ir à Inglaterra para trabalhar como mecânico de caminhões de carga. Durante mais um dia de trabalho, enquanto tirava uma soneca e, alternadamente, degustava 5 canecas de Vodka, foi surpreendido pela explosão de um motor, o que acabou resultando na morte de um outro mecânico. Morte trágica, por sinal, pois, embora o seu corpo tenha se mantido intacto, sua cabeça foi completamente destroçada e até hoje pouco se sabe a respeito do paradeiro de algumas partes dela, como por exemplo os olhos e a mandíbula inferior. Aquela visão do inferno reacendeu no jovem Lemmy a chama de querer estar a frente de uma banda. Primeiro porque a musicalidade emanada pelo ronco do motor segundos antes de explodir lembrou-lhe bastante sua voz. Já a explosão do motor destruindo a cabeça do sujeito... motor... cabeça... porra, é isso, "Motorhead". E foi desse modo que ele fundou sua banda juntamente com outros mecânicos da mesma oficina em que trabalhava. Passados alguns dias, resolve fazer uma pequena modificação no nome, o qual passou a ser “Motörhead”. O trema (¨) no segundo “o” é acentuação derivada de um antigo dialeto indígena que o próprio Lemmy aprendeu em sua estadia no Brasil, entendendo ser um recurso estético que deixaria o nome da sua banda mais harmônico. Em homenagem à terra tupiniquim, compôs seu primeiro hit: “Going to Brazil”.

Verrugas e dedos dos pés amputados[editar]

Lemmy é conhecido pelas temidas verrugas que tem no lado esquerdo do rosto. É agonizante para qualquer mortal ver aquelas duas bolas horrendas na cara de um velho fudido que ainda se acha um grande ser fodão do rock. Além disso, ele tem alguns de seus dedos dos pés amputados, devido a diabetes, a qual, como se sabe, ele não tem preocupação nenhuma em tratar. Pense o quanto deve ser de arrepiar pedir a esse reles coroa para mostrar os pés.

Morte[editar]

Após ter comido todas as pessoas que lhe interessavam neste plano, Lemmy partiu para um plano mais elevado para comer divindades e lendas. É conhecido que foi recebido por Valquírias e já deu prejuízo no Valhalla, pois acabou com boa parte do estoque infinito de hidrogel hidromel.

Após sua morte a Associação Atlética Paranaense dos Músicos Universais resolveu aposentar a camisa 10 do time, a mesma usada pelo cantor no filme pornô "Guitarra Assanhada", quando o mesmo contracenou numa das cenas mais românticas do gênero.

Relacionados[editar]