Lexa

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
ESTE ARTIGO É SOBRE UMA GOSTOSA!!

Ela provavelmente não sabe atuar, dançar, cantar, desfilar, praticar esportes, fazer cálculos matemáticos ou qualquer coisa de útil para a humanidade. Mas quem liga? Todo mundo a conhece apenas porque ela é uma baita duma

GOSTOSA

Ruiva na piscina.jpg
Emblem-sound.svg Lexa
Léa na rádio.jpg
Lexa se preparando para dublar o Pato Donald
Nome Léia Cristina do Rego Raxaduhr
Origem Brasil Bandeira do estado do Rio de Janeiro Rio de Janeiro Rio de Janeiro
Sexo Todo dia, toda hora, em todo lugar
Instrumentos
Nuvola apps kcmmidi.svg
Voz e Piano
Gênero Pop, Funk carioca e outras merdas
Influências Beyoncé, Anitta, Joelma, Mc Créu, Tati Quebra-Barraco e Gretchen
Nível de Habilidade Baixo, ruim, pobre...
Aparência Comível
Plásticas Na bunda
Vícios
Nuvola apps atlantik.png
Cheirar cola
Cafetão/Produtor
Crystal Clear action bookmark.svg
Anitta

Cquote1.svg Você quis dizer: Anitta? Cquote1.svg
Google sobre Lexa
Cquote1.png Experimente também: Ke$ha Cquote2.png
Sugestão do Google para Lexa
Cquote1.svg Eu não sou obrigado a escutar uma coisa dessas... Cquote2.svg
Pessoa normal sobre Lexa na rádio.
Cquote1.svg Outra que quer ser igual a mim. Cquote2.svg
Beyoncé sobre Lexa.
Cquote1.svg E a mim também. Cquote2.svg
Anitta sobre Lexa.
Cquote1.svg Olha! Eu sei tocar piano! Cquote2.svg
Lexa sobre ela mesma.
Cquote1.svg E o que tem de mais, vadia? Cquote2.svg
Stevie Wonder sobre citação acima.
Cquote1.svg Não, não conheço. Cquote2.svg
Antonio TabetPessoa parada na rua sobre maior sucesso de Lexa.
Cquote1.svg Beijinho no ombro pra você, recalcada! Cquote2.svg
Valesca Popozuda sobre Lexa.

Léa Cristina, ou Lexa, é uma cantora de funk, Pop e outras poluições sonoras que tem se destacado por ser uma "nova Annita" da indústria pornô fonográfica. Ela teve uma infância simples e sofrida como Dercy Gonçalves, mas agora está brilhando muito no Curintia na mídia, sendo convidada para tudo quanto é programa para fazer o teste do sofá.

Biografia[editar]

Nascida em 22 de fevereiro de 1995 Lexa veio de uma família de artesãos, tendo residência no morro do Cachorro Louco, no Rio. Lexa sempre quis ser cantora quando era uma pequena guria retardada que sonhava em príncipes encantados e unicórnios alados, mas ela foi crescendo e guardando para si esse desejo de estourar ouvidos alheios cantar profissionalmente e pode ser reconhecida por sua voz com validade vencida incomparável. Lexa trabalhou durante anos em uma padaria para tentar fazer algo que preste, e deu justamente o contrário! Ela queimava fornadas e mais fornadas de pães, só não sendo demitida porque dava regularmente para o patrão seus superiores sentiram pena. Depois de tanta luta para realizar seu sonho Lexa viu uma oportunidade de ser uma cantora.

O estrelato[editar]

Lexa, o perfeito plágio da Anitta.

Um olheiro de artistas foi visitar a padaria onde Lexa trabalhava em busca de algum talento que estivesse escondido no bairro. Ele bateu os olhos em Lexa e pensou: Cquote1.svg É ela mesma! Cquote2.svg O olheiro conversou com o patrão dela e ele a tornou a mais nova palhaça de sucesso do bairro. Chegando no circo Lexa rapidamente se acostumou com o novo ambiente, se sentindo em casa. Ela ficou dois meses como palhaça e logo se tornou malabarista, chegando a canter em uma de suas apresentações circenses. Quando Lexa soltou seu "vozeirão", o público ficou atordoado com tamanha desafinação, porém havia um crítico musical na plateia que pensou que ela tinha futuro! O crítico a comprou do circo e a liderou numa carreira de insucesso na música.

Como cantora[editar]

Lexa interdita seu corpo por ele já ter sido muito usado.

Lexa aproveitou que tinha aprendido dança com Carlinhos de Jesus e se jogou de corpo e alma no liquidificador caminho das estrelas musicais. O curioso na história é que ao chegar no estúdio ninguém ensinou Lexa a cantar, eles acharam que ela cantando mal do jeito que cantava (e ainda canta) faria mais sucesso entre o público infanto-juvenil, o que se provou verdadeiro. Lexa gravou o seu EP, Posso Ser, em março de 2015 para ludibriar o grande público se mostrando "uma nova revelação do mundo da música", contudo o que ela conseguiu provar é que queria roubar a peruca o lugar da Imitta. Lexa apareceu em vários programas de TV, deu entrevistas, autógrafos, a bunda fez shows por toda parte e fez alguns videoclipes amadores para não ser esquecida pela grande mídia. Atualmente ela está planejando meios de assassinar Anitta secretamente.

Grandes sucessos[editar]

  • Posso Ser - Música auto-reflexiva que Lexa fez; que fala sobre se ela pode ou não pode ser na verdade um travesti.
  • Para de Marra - Música que Lexa fez para enganar trouxas, se dizendo uma bad girl.
  • Disponível - Lexa diz estar disponível para qualquer oferta de programa.
  • Por Que Sinto Falta - Lexa criou essa música depois de um período de abstinência sexual, revelando que sente falta de uma boa rola dentro dela.
  • Baladeira - Lexa revela seu exibicionismo em mostrar seus passos de danças em boates.
  • Boy Chiclete - Fala de um amigo gay que Lexa tinha que ficava pedindo toda a hora os seus batons emprestados.