Lima Duarte (Minas Gerais)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Cquote1.png Você quis dizer: Pequenópolis ? Cquote2.png
Google sobre Lima Duarte (Minas Gerais)

Cquote1.png É onde nasceu o ator Lima Duarte? Cquote2.png
Pessoa burra e ignorante sobre Cidade de Lima Duarte
Cquote1.png É um bairro de Juiz de Fora então? Cquote2.png
Pessoa burra e ignorante acertando o palpite sobre Cidade de Lima Duarte
Cquote1.png Fica em Ibitipoca, né? Cquote2.png
Pessoa burra e ignorante sendo óbvia sobre Lima Duarte
Cquote1.png Uma cidadezinha fantástica, onde uma galerinha do barulho irá aprontar coisas que até Deus duvida para fumar um cigarrinho de maconha! Cquote2.png
Locutor da Sessão da Tarde sobre Lima Duarte
Cquote1.png Capital mundial do Pão de Angu! Cquote2.png
Livro de receita dos 10 anos do Mais Você sobre Cidade de Lima Duarte
Cquote1.png Pra lá de onde o vento faz a curva. Cquote2.png
Biquini Cavadão sobre Cidade de Lima Duarte
Cquote1.png Eu já peguei Lima Duarte. Cquote2.png
Zé Mayer sobre Cidade de Lima Duarte
Cquote1.png Yes we... Credo! Cquote2.png
Obama sobre Cidade de Lima Duarte
Cquote1.png Fica em Marte? Cquote2.png
Google Earth sobre Cidade de Lima Duarte
Cquote1.png Perto de uma mata e de um ribeirão. Cquote2.png
Vitor & Léo sobre Cidade de Lima Duarte
Cquote1.png O que é que eu vim fazer aqui?! Cquote2.png
Macaúba sobre Cidade de Lima Duarte

Lima Duarte é um buraco grande, ou melhor, pequeno... muito pequeno... localizado debaixo do sovaco (não depilado) de Juiz de Fora (capital carioca de MG), É também uma cratera localizada na BR 267, Lima Duarte é o paraíso dos fugitivos da Cidade Maravilhosa cheia de encantos mil e suas feiuras, como a Baixada Fluminense e adjacências.

Possui 4 mil habitantes mas se promove com 16 mil (é que os 12 mil estudam e moram de aluguel ou de favor em Xiz di Fora, onde acreditam alcançar os píncaros da glória, mesmo vendendo o almoço pra comprar roupinhas de pseudo-marca). Aliás, pior que os filhos, são os pais que bancam essa palhaçada. Ainda sobre Xiz de Fora, todo limaduartino de raiz mesmo apresenta um comportamento peculiar: quando lá estão, passam a apresentar o comportamento da inversão: as pessoinhas felizes que são suas amiguxas em Lima Duarte quando estão sob o efeito enfumaçado da Manchester Mineira simplesmente te ignoram e as amebas que te ignoram em Lima Duarte querem te cumprimentar felizes por lá. Isso se explica devido ao sacolejo do cérebro ao percorrer o caminho que une as duas cidades.

Para quem é de fora, o município se divide em duas partes: Ibitipoca e o resto. Para quem é da cidade, se divide em três partes: Ibitipoca, o resto e o Calçadão.

Sobre Lima Duarte[editar]

A história de Lima Duarte começa antes da criação do mundo, antes do Gênesis capítulo 1 versículo 0. Poderíamos chamá-lo de episódio piloto da Criação do Mundo. Deus, sim Ele, precisava de um lugar onde pudesse esconder os rascunhos de suas obras. Adivinhem o local que ele criou pra isso? Errado quem respondeu Olaria ou Pedro Teixeira. Sim querido telespectador, foi Lima Duarte. E aqui até hoje Ele não voltou pra buscar os rascunhos. Por isso facilmente se encontram por aqui coisas ainda não catalogadas pela Ciência Moderna.

Bom, depois disso, uma grande chuva de meteoros destruiu o território e na maior das crateras cresceu a cidade. Quer dizer, nem cresceu, mas ensaiou. Nessa craterra ecnontram-se todos os bairros (kkkkkkkkkkkk) e numa cratera a parte, isolada, surgiu o Pau do Oco. A população que lá reside trava lutas sangrentas para se emancipar e futuramente se tornar um país.

A ocupação de seu território se deu por formação de índios, muitos da Vila Seca, escravos que vieram trabalhar nos laticínios (muitos ainda estão lá) e colonizadores de São José dos Campos, Volta Redonda, Andrelândia e Bom Jardim de Minas. Essa mistura à La Caldeirão do Huck formou um povo muito, mas muito estranho. As principais atividades do nativo são: tomar conta da vida alheia, abrir lojinhas de roupa e boteco de vida curta, se enfurnar em lan houses, comprar no crediário em Xiz de Fora e achar que o carnaval é a melhor festa da cidade e beber cachaça.

Também conhecida com "Pérola Encrustrada nas Montanhas", foi o que de fato deu significado à expressão "Jogar pérola aos porcos". E foi isso o que fizeram e o resultado é essa cidade assustadoramente... hum... Assustadora!Digamos assustadora mesmo,pois aos domingos a cidade parece aquelas cidades fantasmas do cinema..pois não vê nem alma penada andando na rua...

A verdadeira cidade sem lei,pelo menos de trânsito..porque 70% dos motoristas da cidade não são habilitados,seus veículos ou melhor carangas não são regularizados e a cidade não tem sinalização de trânsito...o fato de não ter índice de acidente deve ser porque as carangas não passam de 40km/hora na cidade, devido aos buracos e lerdeza do povo nativo.

Tem um hospital no qual possui 2 pranchas de resgate,sendo que se ocorrer um acidente muito grave, você conta uni duni tê e leva pra atendimento hospitalar 2 pessoas enquanto as outras vitimas falecem no local,além da demora no atendimento.

Possui muitas cachoeiras e trilhas, só é preciso tomar cuidado pra não encontrar com caçador e maníacos que não podem ver uma mulher que já ficam de piu piu duro..deve ser porque ld city é fraco de mulher.....

Transportes[editar]

Existem basicamente três maneiras de se trasportar para "Giz de Fora" (único lugar onde limaduartinos vão):

1-Frotanobre: ou melhor "Frotapobre" única empresa de transporte que liga LD à JF,geralmente demora umas 4 horas até chegar à "metrópole",devido às paradas de 2 em 2km pela estrada para capturar caipiras de diversas (outas)roças.

2-"Baldiação": Método semelhante à travessia ilegal da fronteira dos EUA (a única diferença é que não existe nenhum rio,e vc não chega a nenhum lugar de 1º mundo,e sim,à "Giz de Fora",a capital carioca de MG).O processo envolve aproximadamente 10 horas.Você deve pegar um onibus que o leva até a fronteira gizforana,daí vc atravessa a fronteira correndo (não se sabe porque,pois não há policiamento da região) daí se esconde em um ponto de ônibus (se é que podemos chamar de ponto de onibus um pedaço de pau coberto por duas telhas de amianto quebradas embaixo de um bambuzal).Horas depois,um ônibus da linha Valadares vem e pega geral,levando-os à cidade grande.

3-Onibus de Estudantes: Este ônibus repleto de limaduartinos atravessa a fronteira todos os dias levando-os para Giz de Fora (pois estudar que é bom mesmo,só meia dúzia vai...o resto vai fazer hora no "PA" (Parque Halfeld) ou encher a cara nos barzinhos de JF e se sentir "o urbano").Então, esses ônibus costumam cobrar uma taxa de quem deseja ir à metrópole.O único problema é que de quando em vez essas conduções são paradas pela polícia rodoviária e são revistadas e todos os "estudantes" se sentem humilhados e constrangidos ao terem que abrir suas bolsas e malas (em LD não acontece essas coisas...)além de acontecer de vez em quando ..sempre de um estudante se perder pelas ruas de xix di fora e atrasar o horário de partida do busão.

No geral,o melhor mesmo deve ser ir pra BR e pedir carona a algum viajante solitário sedento por sexo e com o sério risco de te abusar sexualmente.Afinal,será a maneira mais rápida e segura de se chegar à metrópole Gizforana.

População[editar]

Curiosamente, LD City (como alguns adoram atualizar o Orkut),possui uma populaçao normal. Pseudo-adolescentes: transpormando-se em emos aos poucos,ou funkeiros. Pseudo-patricinhas e pseudo-playboys: adoram desfilar no Calçadão à noite,para mostrar suas roupinahs de marca compradas e divididas de 10x s/juros na General Cook ou Osklen. Idosos: aos montes na pracinha da Prefeitura e no calçadão.Muitos são analfabetos mas não se sabe porque todos andam sempre com algum jornal debaixo do braço (Geralmente é o Tribuna de Minas: precsam saber oq ue acontece na metrópole regional) Estudantes dos Ônibus: A-D-O-R-A-M usar a camiseta na qual está escrito o nome de seu curso.Os mais vistos pelas ruas são "Fisioterapia" e "Enfermagem".Enfermeiro e fisioterapeuta não faltará na cidade pelo menos nas próximas duas gerações...E têma queles que fazem Direito na FACSUM (Aquela,das mensalidades de R$10,00/mês com 50% de desconto pagando todo dia 05) e se acham os verdadeiros Ministros da Justiça carregando aquele livro tradicional dos estudantes de Direito, o Vade Mecum e tem os maconheiros que vão pra xiz di fora pra usar droga e vegetar no parque HalfedTítulo do link.

Bairros[editar]

Centro[editar]

Quem lá habita, se autointitula como "a elite" da cidade, só porque estão mais pertos do calçadão e do único banco da cidade. Geralmente, festas como Carnaval e Reveillon atraem o resto da cidade todo para esse bairro, e seus habitantes ficam felizes por serem os únicos que não precisam gastar com taxi ou busão pra voltar pra casa de madrugada. Mas a verdade e que no centro so tem playboyzinho fracassado e que deve Deus e o mundo mais ta la tirando onda, e patricinhas que vendem o almoço pra comprar a janta, mas que estão la desfilando com o cabelinho de chapinha, com suas roupinhas de marca divididas em 10x no cartão. Lá também se localiza o famoso calçadão, considerado o P.H (Parque halfeld) de Lima Duarte. Onde aquela rapaziada se encontra todo fim de noite na Oi, antiga Hipotenusa para trocar suas experiencias maconhisticas. O Centro é onde se reune o maior indice de menina adolescente que curte um baseadinho, aliciados pelos bandidinhos que acham bonito andar com olho vermelho e blusa da Reggae Nation (Loja de Xis de Fora, onde os pseudos maconheiros de Lima Duarte gastam todo o dinheiro do tráfico). Concluindo, o centro não passa de uma favela mais evoluída, onde os bandidos se acham os playboys, os traficantes se acham os intelectuais, onde as putas se acham as madames e onde as "muié do chefe" se acham as dondocas.


Barreira[editar]

Ou "o Bairro de Uma Rua Só". Devia ser o centro histórico da cidade pois não há nenhuma casa construida depois de 1945.Serve de ligação entre o Centro, o Parque de Exposição, e o Bairro Cruzeiro. É palco ou melhor pista de grandes rachas de carro, sendo que é brasilia contra chevete, fusca contra fiat 147 e alguns motoqueiros que se intitulam pilotos de fuga! Quer ser parado em uma blitz é só ficar zanzando pra la e pra ca na Barreira. É também o bairro dos Tchunchás de piru grande, que adoram comer os viados da cidade em troca de um cigarrinho do capeta, um tênis de marca ou mesmo uns trocados pra uma pedra!

São Franciso[editar]

Localizado há mais de 5000m de altitude, os moradores orgulham-se de ter as maiores panturrilhas da cidade, pois são acostumados a escalar a montanha diariamente (afinal, carros não sobem lá). É tipo o corcovado pra Lima Duarte. Muitos se orgulham de lá pois falam que lá eles tem visão previlegiada de boa parte da cidade, mas lá não passa lugar onde se pode esconder, pois se o típico Rio do Peixe inundar, corre pro São Francisco que lá vem enchente.

Afonso Pena[editar]

Ou "Pau do Outro" ou "Pau do Oco". É o bairro com capacidade de formar diversos tipos de meliantes: de traficantes, cornos, ladrões, assassinos e vadias. Seu ponto forte é a temida gang do P.D.O formada por bandidinhos entre 15 a 25 anos, cuja metade dos pivetes já foram presos ou cumprem pena em liberdade e se orgulham de colocar legendas no Orkut do tipo: "P.D.O éH nOi$ quUee táaáH neeguiIm", AbaiXoo déè Deus e aciImaah dos troOoxaHs", "QuEridoO dar NoOviinhaA assanhAdaxx", MulequEe confliiTo coOrre que Láah vai boomBaaH". Exposição, Carnaval e outras festas lá estão eles com seus bonés falsificados, que quando são de marca possuem uma etiquetinha pra fora, garantindo a autenticidade do produto! São famosos por andar em bando, e "invaaadi o Baileeh do Mina$$" com suas camisas da Argentina, bonés da Nike e tênis da Adidas(ahan). Sem contar que eles são os colirios das patricinhas do centro, vira e meche umas brigam com as outras para disputar o posto do "muié do chefe". O bairro se localizado à margem da BR, onde seus habitantes vivem em constante medo de ser alagado caso todos os habitantes da Vila Belmira dêem descarga ao mesmo tempo. Bairro feio, de casas feias, de gente feia, sem festas, comércio(além do Bar da Yone), do loro e Tião Macino onde frequetavam o elementos ou qualquer tipo de cultura. Sem se esquecer claro, do famoso tatuador que lá habita. Enfim, o inferno.

Vila Belmira[editar]

Localizado ao lado do "Pau do Oco",é um bairro extremamente sem graça,tanto quanto seu vizinho.A única vantagem,é que lá não há violência.Aliás,lá só tem as torres de telefonia que transmitem cancer a todos os seua habitantes.

Batatal[editar]

Uma única rua de uns 20km de extensão com quebra-molas a cada 500 metros,repleta de pobreza e gente feia e subaquenta.É a verdadeira África,em Lima Duarte.Tem uma escola,um campo de futebol onde o time de futebol Batatal tem o uniforme vermelho e preto em homenagem ao Flamengo,os torcedores(as) são a maioria pinguços.....

Santa Terezinha[editar]

Outro bairro localizado no morro,e sem nada,além da Igreja.Longe de tudo(escolas,comércios,pontos de onibus,etc)e visão previlegiada para o parque de exposições...a unica vantagem de quem mora la é que não precisa comprar ingresso pra ver os shows furrecas que tem em eventos no parque ....

Nossa Senhora das Graças[editar]

Poucos sabem onde fica,mas é entre Sta Terezinha e a Barreira.Também é conhecido como "Criminosa" e além de umas casinhas de pau-a-pique,tem a garagem da Vimara e a Creche-Presidio,com muros de até 5m de altura para conter a pirralhada (quando elas chegarem,pois ela está fechada há anos,sob suspeita de afundamento do terreno.Será que é porque foi construida em cima de um corrego e um antigo brejo?).De lá,obtém-se uma ótima vista para o Morro do Querosene (1ª favela de Lima Duarte!!!)

"Vage" do Hélio[editar]

Com o nome oficial de "Jardim Primavera",os habitantes desse bairro costumam se achar tanto quanto os do Centro,só porque moram em um pseudo-condominio que não tem rua asfaltada nem iluminação na rua (ótimo point pra queimar um (a)(baseado ou rosca)).Só chega a ser pior que StaTerezinha pois é um pouco mais longe de tudo (exceto do Posto de Combustivel).

Bairro Cruzeiro[editar]

É o bairro mais desenvolvido da cidade. Onde se localiza o famoso "Supermercado Ramos" o vulgo "Bahamos" afinal Lima Duarte nunca teve uma comércio do tamanho. Fins de semana é comum deparar-se com um indivíduo do Centro, as famosas patricinhas e playboyzinhos que raspam o fiofó com a unha mas não deixam de pagar o aluguel no dia, circulando com suas sacolas pelo Bahamos, ou na fila da degustação do "Café Toko" ou "Suco Valle" que são distribuídos no interior do mercado! O bairro cruzeiro mais conhecido como "Vila Seca" ou "Aldeia Seca" é o bairro onde mais se concentram meninas de 14 à 16 anos embuchadas ou com suas crianças penduradas no colo! Teve seus dias de glória como point da cidade quando tinha o pancadão do Vila e o Bar da Marilza, onde a viadada ia se divertir com os meninos, ganhando em troca um din din pra uma pedra ou carreirinha e um tênis novo com bermuda!Onde se localiza o Campo do Cruzeiro, o campo mais bonito da cidade, sede do "Time do Cruzeiro," time que não ganha um campeonato desde 1814 mas que se sente privilegiado pois seu campo foi o primeiro a ter iluminação eletrica da cidade! A população do bairro é muito linda, fácil se deparar com os famosos "thunthás", meninas com o cabelo espichado, vovô e vovó "trupicando" nos buracos das ruas, quer dizer, da "curva". O bairro Cruzeiro é uma rua que desce, faz a curva, e tem a curva que sobe hahaha. Também é normal encontrarmos as famosas fofoqueiras, que vivem com suas nádegas coladas na calçada falando mal da vida de todo mundo. Enfim, se você quiser morar nesse bairro tão nobre de Lima Duarte siga um conselho: Essa é sua melhor opção!

Manejo[editar]

Um bairro isolado de LD city, onde os habitantes se sentem excluidos,deve ser por isso o motivo de tanto cachaceiro,porém tem uma escola muito boa,é um bairro tranquilo que cresce feito tartaruga,a pouco tempo ganhou acesso de busão o famoso "jatão" que eles pegam pra ir pro calçadão dos playboys fracassados para se socializarem e movimentarem a cidade, porem, pegam sua brasilia e retornam, quando e possivel, se chover fica impossivel de chegar até la, pois fica sobre forte risco de alagamento. Manejo o lugar que tem mais cachaceiro e viciados (dorgas,baralho,sinuca.....)e de vez em quando os playboys fracassados vão pra la pra tentar ficar com as barangas do lugar...ja que não pegam mais ninguém em Ld city eles migram pra lugares como o Manejo.....e os Manejeiros fazem o contrário deixando vulneraveis suas "Donas" para os playboysinhos fracassados pegarem......todo mundo tem inveja de quem mora no "manejo"......

São José dos Lopes

Popularmente conhecido como us Lopes e o povo dus lopes è mais um buraco, cagado, enfiado no meio de Lima Duarte.Ninguem lembra daquilo um lugar onde tem novamente os playboyzinho roceiro que anda com boné de aba reta, porque é moda nas favelas de xis de fora, e gente feia metida a besta. Todo mundo é assalariado nus lopes quase todo mundo trabalha ou sonha em trabalhar "nu engenhu" (é assim chamado o hotel fazenda do engenho pelos moradores dus lopes) para servir de mucama de gente rico. E gente rico é o que não falta nus lopes quando a DONA ANA ou a DONA BETH (gente rica do Rio de Janeiro) aparecem por lá é como se Jesus estivesse chegando para dar a salvação (mas é isso que o povo dus lopes prescisa de salvação) paresse até que o povo é realmente alfabetizado, nem Machado de Assis ou o Aurélio tem um português tão bom assim. Agora nus lopes tem o viva viva uma ong que não diferente das demais tá ali para ajudar gente pobre, mas até que tá tá realmente ajudando

Vila São Geraldo[editar]

É um bairro igual ao batatal,porém menor..e com gente mais feia..é la que vive os famosos "doceiros",agora porque de doceiro eu não sei..porque só tem macauba,cabrito na beira do asfalto e fedentina de porco.

Orvalho[editar]

Localizado Próximo a divisa de xiz di fora...é outra terra de índio..o lugar da bandidagem nua e crua é onde tudo aconte,assalto de busão,briga,dorgas...e por ai vai..é o principal acesso a cidade de PT xeira....

Matadouro[editar]

É composto por 10 casa e o unico matadouro de animais da cidade que por sinal está completamente irregular perante as leis sanitarias.


Ibitipoca[editar]

O lugar da paz e amor,é onde tudo rola solto..solto até demais..tem um belissimo parque porém os nativos mesmo foram embora do bairro que luta intensamente para se tornar uma cidade...tem muitas festas,maconha e chá de cogumelo..tem gente que visita la e sai cantando "EU VI GNOMOS! "

Outros Bairros[editar]

Laranjeiras Melhor nem descrever pois nem vai acrescentar em nada mesmo.............kkkkkkkkk O Chuck Norris tomou chá de cogumelo e uma cachaça no Bar do firma, ele concentrou toda onda em um ponto menor que um grão de areia e soltou um haduken! Causando assim a inundação total do pobre lugar com a chegada das cheias.

Mas nesse terrível lugar existe um bairro chamado Piuna o melhor de Lima Duarte sem violência,confusões,assaltos e piranhagem lá tem pessoas de bom coração...Obg kkkkkkkk