Limeira

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Carroca1.jpg Enxada-1.png Esti artigu é caipira, sô!! Enxada-2.png

Este tar di artigu pareci caipira, foi escritu purum caipira, ô ele é de fato
CAIPIIIIRRA!!!

Num istraga eli naum, si não nóis crava a inxada pra riba docê!

Destrofeu2.gif

Limeira ganhou o prêmio Desciclopédia de Ouro, pois:
Faliu 1001 empresas, comércios e até dupla sertaneja!
Parabéns, Limeira! Continue se esforçando,
porque esse troféu vale mais do que dinheiro!
Gnome-searchtool blue.png Limeira é uma pequena cidade desconhecida.
Você pode estar perdendo seu tempo à-toa ao ler sobre essa joça.
A única rua asfaltada é uma rodovia estadual (provavelmente esburacada).

Sciences de la terre.svg.png


Limeira Falências S.A.
Gentílico Limerense (ou meRense no dialeto caipira)

Limeira no dialético gentílico é Limerrr. Limeirense não fala Gente, fala GEEENTSI (a pronúncia é carregada no E e no N acrescentando S ao falar o T na ponta da língua), e ainda acha o máximo falar assim.

Localização Depois da capital da viadagem, passando a cidade estadunidense antes da terra dus cumpadre do R arrastado sô. Do lado de Bate-Pau
Distância até a capital É um bocado de quilômetros viu, mas a maioria nem sabe qual é a capital.
Línguas Oficiais Dialetos caipiras: Caipira Piracicabando (50%) e Caipira Limerense (20%), Purtugueish (1%), Miguxês (29%)
Lema Descrédito, Inércia e Desemprego
Prefeito Coronel "Molhando Seu Pé no Seu Bico"
População 20.000 patricinhas, 15.000 boias frias, 50.000 Trabalhadores Classe média, 11 aristocratas banguelos em estado terminal e 1 Gu Tigers.
Densidade 100 pessoas indesejáveis no metro quadrado que você estiver e 1 falência por hora
Indústria Bijuteria de massa folheada, falência, garapa, milk-shake, falência, tapioca, milk-shake, caldo de cana, falência
Clima Era bem temperado até o cara da previsão do tempo falir

Cquote1.png Você quis dizer: Pé de limão Cquote2.png
Google sobre Limeira
Cquote1.png Você quis dizer: Falência Cquote2.png
Google sobre Limeira
Cquote1.png Você quis dizer: Ex-sede da VARIG, da VASP e da Transbrasil Cquote2.png
Google sobre Limeira
Cquote1.png Em breve vou dar um presente pra Limeira! Já que as indústrias não vão pra cidade, vou implantar um CADEIÃO (CPP) Cquote2.png
Governador José Serra sobre Limeira

Cquote1.png Visite Limeira e receba uma multa! Cquote2.png
Placa na Anhanguera sobre trânsito
Cquote1.png – Eu quero água. E chorava feito bebê. Garotão mimado, de Limeira, uma das cidades mais babacas que conheci. O papaizinho dele deve ficar orgulhoso do filhinho motociclista, cantando as "minas" e bundando o dia inteiro. O cara não parava de chorar, e eu não suportava mais. Uma tremenda falta de respeito com os quase mortos, simplesmente por um copinho d'água. Cquote2.png
Marcelo Rubens Paiva, Livro Feliz Ano Velho sobre um exemplar da espécie lemerense que cruzou o seu caminho certa vez e seu habitat natural
Cquote1.png Tem alguma outra coisa além de praças e rotatórias nessa cidade fedida ?! Cquote2.png
Estudante da UNICAMP sobre Limeira
Cquote1.png Tem sim: Velhos e pastores pregando na praça Cquote2.png
Outro Estudante da UNICAMP sobre Limeira
Cquote1.png Eu quero ver o livro caixa!!! Sócio exigindo as prestações de contas à diretoria do Aeroclube Cquote2.png Cquote1.png Aqui é assim: ou você faliu,ou você já é falido! Cquote2.png
morador sobre Limeira
Cquote1.png Compro sempre no Centro-Acima pois lá tem as últimas tendências da moda Cquote2.png
Paula Tejano sobre o centro de compras dos nobres da cidade
Cquote1.png Um abraço para o Tomas Turbando de Limeira Cquote2.png
apresentador da ESPN sobre morador ilustre da cidade
Cquote1.png Limeira é MARA! Cquote2.png
Seu Ladir sobre Limeira
Cquote1.png Não recebo revistas da Abril, há um ano! Cquote2.png
Assinante da Abril sobre Limeira
Cquote1.png Crise dos EUA chega em Limeira e também acaba falindo!!! Cquote2.png
Gazeta de Limeira sobre crise
Cquote1.png Empresário Limeira tem muito a lhe oferecer Cquote2.png
Placa na entrada de Limeira sobre emprego
Cquote1.png Empresário, Limeira espera por você Cquote2.png
placa na entrada de Limeira sobre emprego
Cquote1.png Quer fazer turismo? Pegue o Linha 8 Shopping! Cquote2.png
Cobrador do linha 8 sobre Limeira
Cquote1.png Vô cárca u sapatu e vô pra Bate Pau Cquote2.png
seu Zé sobre Limeira
Cquote1.png Nói vai no posto porque a gente bebe o álcool direto da bomba de combustível Cquote2.png
Jovem sobre Limeira
Cquote1.png Sou o rei dessa merda! Cquote2.png
Mozart sobre limeira
Cquote1.png Ai ai ui ui!!! Cquote2.png
Silvio Santos sobre Traveco da Capitão Bernardes
Cquote1.png Vai pro shopping! Cquote2.png
Limeirense sobre diversão
Cquote1.png Na IV Centenário só encontro livros do século passado! Cquote2.png
Literário revoltado sobre Limeira
Cquote1.png Vai Leão!!!!! Cquote2.png
esperançoso torcedor da Inter, só não sabe pra onde que ele vai!
Cquote1.png Na União Soviética, Limeira fali VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre limeirense
Cquote1.png Quis sim,sô! Cquote2.png
Gúrgô,primo caipira do Google sobre Limeira
Cquote1.png Porra, eles trairam o movimento da churrascaria, véio! Cquote2.png
Dado Dolabella sobre Coliseum, que antes era a churrascaria Carro de Boi
Cquote1.png Aqui é matar ou morrer! Cquote2.png
Manos sobre Coliseum
Cquote1.png Esta cidade é um cenário pérfeito para um filme de terror! Cquote2.png
Zé do Caixão sobre Limeira
Cquote1.png Você quis dizer: Shopping Piracicaba Cquote2.png
Google sobre Limeira
Cquote1.png Não costumo ir para o interior Cquote2.png
Cidadão de Americana sobre Limeira
Cquote1.png Eu bato palma no cinema mesmo,qual o problema? Tô Pagandoooooo!!! Cquote2.png
orador sobre Limeira
Cquote1.png O melhor de Limeira é o nhoque da Thaís, de Cordeirópolis Cquote2.png
Comilão desencantado sobre Limeira
Cquote1.png O melhor Shopping de Limeira é o Shopping de Piracicaba Cquote2.png
Jovem sobre Limeira

Quando, no século XIV, Véio Bertelli a adquiriu de negociantes assírios, a região hoje denominada Limeira, já apresentava sinais de decadência e degradação. O papiro, até então a maior cultura da aldeia, revelava-se moribunda e agonizante. Boticários, tabernas, cocheiras, Internacional, Independente, pousadas e casas de tolerância, haviam sido desclassificadas por mal comportamento e falta de asseio. Apesar de todos os desmedidos esforços dos imperadores Vicente Leporace III, e Walter Foster VIII, a aldeia foi rebaixada para a 3a. Divisão da Federação Paulista de Esportes Aquáticos.

Os aldeões, em polvorosa, ameaçavam suicídio em massa, tentando reverter a terrível situação. Não obstante, foram registradas ondas de furtos de roupas em varais, de vacas leiteiras, de galinhas poedeiras, esposas e poços de água mineral. Reprimidos, os insurgentes desfilaram em carro aberto pelo centro da aldeia, exibindo faixas, cartazes, nádegas e poderosos armamentos, constituídos de machadinhas, enxadas, maracas, bongos e afuxes, protestando contra a insolvência do parlamento limeirense.

Reunidas, depois de conversações que vararam madrugadas, tórax, gargantas e partes baixas, as tribos decidiram eleger um único representante, objetivando a reconstrução facial da aldeia. Eleito em turno único, Véio Bertelli, então com 92% de aprovação, decidiu romper relações com o oriente e o ocidente, fundando a República Federativa dos Estados Unidos de Limeira F.C.. Nesse momento, o seu Ministro de Relações Interiores e Adjacências, José Mauro de Vasconcellos e Silva, a fim de marcar a efeméride, plantou um pé de laranja lima, advindo daí, o nome LIMEIRA, hoje, bandeira de glórias e tradições do desporto nacional.

"Me deixa!!!" - Fábio Adauto (Toloy), intrigado com seus amigos Cquote1.png To cansado, magoado e exausto!!! Cquote2.png
Fabio Adauto descrevendo seu rancor

Concorrência com a vizinhança[editar]

Cquote1.png Empresário, Limeira espera por você Cquote2.png
Limeirenses sobre pedido de socorro por novas empresas

limoeiro Limeira em um dia qualquer

Limeirenses morrem de inveja dos seus vizinhos caipiracicabanos, mais civilizados, mais 'nus trinqui, melhor empregados e mais cevados. Um estudo da revista Nature, de Maio de 2009, resultou na criação de uma sequência lógica de hierarquias da inveja social, segundo a publicação, existe em todo o perimetro interiorano paulista, a partir de Limeira, até a capital, se estendendo além dos limites do próprio país, que se expressa dessa forma:

Papel de Parede típico do Limeirense
Semáforo no centro de Limeira
  • Limeirenses gostariam de ser Caipiracicabanos;
  • Piracicabanos gostariam de ser Gaypineiros;
  • Gaypineiros gostariam de ser São Pauli...Paulistanos;
  • Paulistanos gostariam de ser Novaiórquinos;
  • Novaiórquinos gostariam de ser Limeirenses;

Você quis dizer: Limerda Google sobre Limeira

Desarranjo comercial e industrial (falindo...)[editar]

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...Em Limeira tudo que abre fecha?

Cquote1.png Pai, dá mais dinheiro? Cquote2.png
Mauricinho ou patricinha sobre como falir um pai

Exceção feita ao "Kabum!" , empresa do mágico e ilusionista croata Mandrake, e da rede de supermercados Sempre Vale, do famoso Seu Euclides (um velho pão duro e miserável, que compra todo mundo), não há um negócio sequer capaz de dar certo em Limeira, e quando está dando (hummmmmm....), é muito suspeito, posto que não quer ser interrompido.

Limeira é uma "cidade de outroras": outrora capital da laranja, outrora produtora de cana, outrora sede de fazendas de gente importante, outrora detentora do melhor Aeroclube do Brasil, outrora muitas outras coisas, mas a característica de indolência e incompetência do povo limeirense, assegurou que esses dias gloriosos ficassem no passado, devidamente. Amém.

Um fenômeno muito observado, além de tempestades e ventanias, é a falência multipla do miocárdio. Pais empreendedores, mas despreocupados, deixam seus filhos muito mimados, tomando sorvete na praça. Quando precisam passar a administração dos seus negócios para eles, tudo o que os filhos conseguem fazer é sugar gostosamente todo o lucro do negócio, entende?.

Constatou-se que limeirenses têm talento para destruir o negócio dos outros, são descuidados. Basta que um pacato cidadão limeirense, incauto, toque as instalações físicas de um empresário, para que ele entra em falência instantânea. Tal talento recebe o nome de toque fálico.

Em 2009, Herodes, presidente da Organização Mundial do Comércio (OMC) elaborou um apelo para a Organização das Nações Unidas (ONU) sugerindo que todos os limeirenses, nascidos na cidade ou descendentes até 4ª geração, parentes até 3º grau e qualquer um que oficialmente estabelecera residência na cidade por mais de 3 meses, fossem vacinados e vetados de procriar. Aqueles que resistissem à ordem, mandou que fossem mortos.

Tendo em vista as enormes complicações cardiovasculares que isso traria, a ONU achou por bem que, ao invés de proibir o fluxo de Limeirenses na Academia de Ciências de Vulcano, aproximá-los perigosamente dos Klingons ,a fim de que fossem abduzidos, até que uma solução discreta e satisfatória fosse encontrada.

Reunida junto à Organização Mundial da Saúde (OMS), embaixadores do órgão internacional convocaram alguns dos maiores especialistas em combate à infecções e grandes contaminações, envolvendo especialistas que tratam das crises africanas dos vírus Cavalo de Tróia, Back Orifice, NetBus e SubSevene . O resultado desse encontro é o estabelecimento de uma lei que obriga que todas as poltronas dos aviões têm de ser borrifadas antes de cada voo com uma substância que até o momento, mostrou-se eficiente contra o temível toque fálico Limeirense. A fórmula da substância foi e continua sendo mantida em segredo, segundo informações não confirmadas, em um dos laboratórios da Coca-Cola.

Informações não confirmadas também dizem, no entanto, que a crise financeira mundial teria sido causada após a visita de um grupo de limeirenses aos bancos de Nova York no ano passado. Estuda-se, segundo os mesmos boatos, a possibilidade de aumentar a concentração dos ingredientes da substância antifálica que não teria resistido a um acúmulo tão grande de limeirenses.

Mesmo com tantos reveses, atualmente Limeira é a capital brasileira da jóia folheada, feito conseguido através da cópia do modelo chinês de produção: uso de trabalho semi-escravo (o termo "escravo", literalmente, foi banido da cidade em votação na câmara de veradores) sem carteira assinada conseguido através de favores da aristocracia, e remunerado abaixo do valor do salário mínimo.

Apenas duas coisas têm bem-sucedidamente sobrevivido ao terrorismo empreendedorista limeirense: venda de pastéis por telefone, entregue por motoboys e o mercado de contrabandeados/ilícitos, além da venda de milk shakes.

A cidade de Limeira possui um "Aeroclube" que entrou para o Guinness World Records por ser o aeroclube com mais horas de delegacia e fórum do que de voo.

Nem mesmo grandes empresas que adentram a cidade, resistem a magia de falências de Limeira. A mais recente é a Editora Abril, que deixou aos (des)cuidados da Livraria e Distribuidora IV Centenario, que pelo nome já demonstra o poder da cidade (É do 4 centenário da era cristã). A brilhante distribuidora consegue a proeza de entregar revistas na casa de assinantes, com 1 mês de atraso (quando entregam). E para os estudiosos nas proezas da cidade, há uma enorme livraria contendo livros recentes, como A Rede, de Bill Gate (lancamento), Os Lusiadas, A Biblia de Guttemberg, Revista Manchete, e muito mais. Lancamentos quentinhos para limeirenses antenados nos fatos!

Atualmente, após tudo que não deu certo em Limeira, sua economia é baseada no ramo da Bijouteria com suas fabriquetas de fundo do Quintal, na venda de pastéis do Luís, nas Pet-Shops e principalmente nos Salões de Festas Infantis (empreendimento de ex-empregados que se tornaram novos empreendedores falidos após serem demitidos sem receberem das falidas fábricas de Limeira).

Agricultura (falida)[editar]

Cquote1.png cof! cof! cof! cof! atchim! Cquote2.png
Asmático sobre queima de cana em Limeira

A principal atividade agrícola da cidade é a produção de grandes quantidades de dióxido de carbono através da queima de canaviais, já que as fazendas produtoras de laranja faliram. Diz o imperador Gato Félix que tal atividade se tornou ilegal porque pode colaborar mais para o efeito estufa do que o peido das vacas da Capitão Bernardes.

A queima da cana na época de corte produz a já tradicional neve negra na cidade, mais uma atração turística da nossa cidade, que parece que cria um adesivo natural, pois se adere com facilidade em roupas, tetos e capôs de carro e claro, em nossos pulmões...

Mas como tudo no Brasil funciona no esquema "você me ajuda que eu te ajudo" não é difícil amanhecer debaixo de um mar de fuligem. Na calada da noite os emos, aliciados pelos boias frias, lançam as bomba atômicas caipiras. Ninguém vê a detonação, mas o cogumelo de fumaça em cima do canavial, todo mundo vê.

História[editar]

Cquote1.png Põe dois dois dedo da marvada, hic! E eu num tô beldo não! Hic! Cquote2.png
Padre sobre fundação de Limeira

Dizem que um padre pinguço chamado Seu João da Mercedes tomou a caravela errada em Portugal e veio parar no Brasil lá pelos anos de 1200. Ele sempre andava com seu copo e uma sacola de limões, usados para fazer caipirinha.

Sabendo que no interior estavam plantando canaviais gigantes e inaugurando vários alambiques para fazer litros e litros da marvada, veio correndo abraçar o seu vício. Depois de tomar 500 litros de caipirinha, teve uma morte súbita depois do segundo tempo. A autópsia revelou que se tratava de cirrose crônica, o que não era de se surpreender.

Como ninguém sabia onde enterrar o pinguço, abriram um buraco por ali mesmo e jogaram lá dentro o corpo, o copo e o resto dos limões que estava levando. Então ali nasceu um pé de lima, vulgarmente chamado de limeira. Acredita-se que as sementes de limão tenham sofrido mutação genética pois o corpo do Seu João tinha uma alta concentração etílica o que alterou a composição do solo no local, transformando o pé de limão em pé de lima, apesar que no final é tudo parecido.

É claro que todos os alambiques que funcionavam naquela época faliram, mas nem por isso essa história é uma lenda! Há uma segunda corrente que acha que a história da cidade é contada no livro Meu Pé de Laranja Lima.

Ainda há uma terceira corrente que diz que um grupo de imigrantes europeus falidos estava desorientado e veio se fixar na região onde atualmente fica a cidade, uma das vertentes explicativas da falência atual.

Clima & Temperatura[editar]

30°C ou mais:

  • Limeirenses vão à prainha, dançam, cantam e comem um churrasquinho.
  • Cariocas vão à praia e jogam futebol.
  • Mineiros comem um feijão tropeiro.
  • Bhainos Vão a Praia de sunga
  • Paulistanos estão no litoral e comem frango e farofa na areia da praia escaldante.

Limeira tem cheiro de laranja o dia todo!

  • Gaúchos esgotam os estoques de protetor solar e isotônicos da cidade.


25°C:

  • Limeirenses não deixam os filhos saírem ao vento após 17h.
  • Cariocas vão à praia, mas não entram na água.
  • Mineiros comem um "queijin" na sombra.
  • Bhainos vão ou pelorinho e reclaram da brisa fria.
  • Paulistanos fazem churrasco nas suas casas do litoral e ainda entram na água.
  • Gaúchos reclamam do calor e não fazem esforço devido ao esgotamento físico.


20°C:

  • Limeirenses mudam os chuveiros para a posição "Inverno" e ligam o ar quente das casas e veículos.
  • Cariocas vestem um moletom.
  • Mineiros bebem pinga perto do fogão a lenha.
  • Bhaianos decidem ir para casa para não gripa.
  • Paulistanos decidem deixar o litoral, começa o trânsito de volta para casa.
  • Gaúchos tomam sol no parque.


15°C:

  • Limeirenses tremem incontrolavelmente de frio.
  • Cariocas se reúnem para comer fondue de queijo.
  • Mineiros continuam bebendo pinga perto do fogão a lenha.
  • Bhaianos fecham as janelas e se cobrem com 3 cobertas.
  • Paulistanos se auto-exilam na pizzaria mais próxima.
  • Gaúchos ainda dirigem com os vidros abaixados.


10°C:

  • Decretado estado de calamidade pública em Limeira.
  • Cariocas usam sobretudo, cuecas de lã, luvas e toucas.
  • Mineiros continuam bebendo pinga e colocam mais lenha no fogão.
  • Bhaianos compraram todas as cobertas de salvador.
  • Paulistanos agora invadem churrascarias.
  • Gaúchos botam uma camisa de manga comprida.


5°C:

  • Limeira entra no armagedon.
  • Cesar Maia lança a candidatura do Rio para as Olimpíadas de inverno.
  • Mineiros continuam bebendo pinga e quentão ao lado do fogão a lenha, que já se assemelha a uma fogueira de São João.
  • Bhaianos ja estão cobertos com mais de 25 cobertas e ainda estão com frio.
  • Paulistanos vão a shopping centers com a família para comer um MC lanche feliz e ir ou cinema.
  • Gaúchos fecham as janelas de casa.


0°C:

  • Não existe mais vida em Limeira.
  • No Rio, Cesar Maia veste 7 casacos e se vangloreia de ser o unico prefeito a ter feito o "snoubórdi in Rio".
  • Mineiros entram em coma alcoólico ao lado do fogão a lenha.
  • Bhaianos morrer esmagados pelas cobertas.
  • Paulistanos vão para Campos do Jordão lotar as pousadas e hotéis e enfrentam 2 horas de fila para sentarem em restaurantes e barzinhos.
  • Gaúchos fazem um churrasco no pátio... antes que esfrie.

Shopping Pátio? O que é isso?[editar]

Seguindo a linha dos negócios que não dão certo, o antigo shopping foi o exemplo mais gritante de todos eles. Estrategicamente localizado a 100 km do centro da cidade faliu por ter sido visitado por muitos limeirenses. Curiosamente, o Shopping definhou aos poucos e de uma maneira que comprovou o efeito infalível e contumaz do toque fálico limeirense. As regiões mais frequentadas do Shopping foram pouco a pouco isoladas do resto, apagadas, como uma parte leprosa de um corpo. O setor das poderosas Lojas Americanas foi o primeiro deles. Nem mesmo o charme mineirinho dos balconistas da "Fotografe" ou das vendedoras da Directv conseguiu evitar o inevitável. E como a lepra que se espalha, toda a rede nacional das Lojas Americanas parece ter sentido o impacto do toque fálico limeirense. A antiga cadeia de supermercados hoje limita-se a uma reles bomboniére de luxo com um cabidal de blusas e peças femininas mequetrefes.

Atualmente o antigo shopping comporta uma filial da rede UniEsquina, contando com uma biblioteca completa de atendimento comunitário com clássicos da Literatura, como a Coleção "Vaga-lume"

Como bons provincianos, os limeirenses consideraram que o shopping ficava muito longe para que eles fossem até ele, embora, reconheça-se, os shoppings em Campinas, Piracicaba, Santa Bárbara d'Oeste, São Paulo e até mesmo de Onde Judas Perdeu As Botas ficavam mais próximos. Criou-se até uma expressão popular: "Vai pro shopping" que é empregada para mandar malas sem alça para bem longe. Hoje em dia, essa expressão é usada para sugerir um lugar quando alguém quer diversão; neste caso, "vai pro shopping" se refere à ir para uma galeria dominada por manos e Emos, perpendicular ao Sempre Vale Prada.

O assim chamado 'Shopping Pátio', nada mais é do que um quarteirão de pequenas lojas mal ajambradas, que reunidas, insistem em ser chamadas pelos proprietários como Shopping. Os Emos e os manos passaram a dominar cada vez mais o local, e toda Sexta à noite, principalmente, o trânsito ali fica impraticável graças ao elevado LPM² (Lazarento por metro quadrado).Atualmente há um esforço intenso para que se considere essa galeria no centro da cidade como shopping. Um punhado de lojas, ancoradas por um cinema ruim e pelas Lojas Estadunidenses e um Mercado de Calcinhas. Tem sido um sucesso por atrair alta densidade de emos e manos nos finais de tarde e noite a ponto de tornar o local insuportável para pessoas sãs. Em razão das raízes étnicas místicas de alguns habitantes de Limeira, como os Pseudo Bombados Limeirenses, não foi difícil conseguir seguranças que considerava-se serem apropriados para manter a ordem no local. Contactando Mestre dos Magos, o tio avô de Adewson Little Rain, o proprietário da Acadimia Fítchiness; os proprietários do Shopping Pátio convenceram alguns dos habitantes das Terras da Caverna do Dragão a trabalharem como seguranças do local. Mas nem mesmo a truculência nata e intimidadora aparência desses indivíduos foi o suficiente para impedir a fúria anarquista irrompedora desses cidadãos.

Atualmente, a distinção entre emos e manos tem se tornado cada vez mais complexa, uma vez que ambos os estilos são considerados feios e ridículos, e graças a convivência, teoriza-se, ocorreu uma 'osmose estilística' entre as duas tribos. Veem-se emos calçando Hemp, e manos com franjinha ensebada e de lado. A variedade de espécimes grotescas no local é grande, sem se esquecer das tilangas (prostitutas que não cobram). Ao andar de carro ou a pé mesmo sábado à noite pela cidade, os Limeirenses de bem tentam desviar do local com medo dos tiros, flechadas, granadas, arrastões promovidos por orcs, focas voadoras com braços, chimpanzés ninjas, árvores falantes socialistas e Meninas Estranhas (ver artigo sobre mulheres limeirenses).

Na metade de 2006, a prefeitura contratou a empreiteira responsável pela remoção dos detritos do World Trade Center para realizar a limpeza diária de 350.000 toneladas de copos vazios de milk shake jogados em frente ao local. Os proprietários do Novo Shopping foram autuados pela prefeitura em razão da irresponsabilidade em permitir que o local se abarrotasse com detritos que poderiam ser reaproveitados por membros desempregados da população da cidade.

O número de copos vazios de milk shake diminuiu consideravelmente, o que leva muitos a crer em uma corrente na cidade, que diz que os copos estão sendo utilizados como base da construção de uma grande embarcação que servirá para a salvação de alguns poucos crédulos, quando da iminente ira do Ribeirão Tatu, que, em razão de estar sendo canalizado, inundará a cidade como demonstração de vingança e de seu inexpugnável poder, de acordo com as declarações do profeta Divino.

Cquote1.png Ae mano, num vem tretar na nossa rua não, sacô? Então vaza daqui muleque! Cquote2.png
Mano sobre rua do lado do shopping

E seguindo as " tendências " mundiais de catástrofes naturais, o Shopping de Limeira veio abaixo, provocando a quase- extinção de emos, manos e zé droguinhas lá dentro! Não apenas pela praça de alimentação ter desabado inteira, mas principalmente pelo corte repentino no fornecimento de milk- shake! Pelo menos dessa vez, ele não fechou por motivos de falência! Ainda assim, as poucas lojas que ficaram lá debaixo do teto feito com papel higiênico molhado aguardam na fila, para poderem falir logo mais! Como era de se esperar, essa nova " tendência " também faliu, e a idéia de por dinamite no teto pra derrubar tudo, chamar a atenção da imprensa e assim atrair mais empresas para Limeira ( empresas de demolição, tira- entulhos ) não deu certo!

Lazer[editar]

Cquote1.png Putzzz... nessa eu não vô nem a pau!! Cquote2.png
Mulecada mimada sobre mariposas de Limeira
Cquote1.png Essa moça xonou em mimmmmm!!! Cquote2.png
Seu amigo gordinho sobre mariposa fazendo seu serviço
Cquote1.png Onde fica o Hard 4? Cquote2.png
Sua amiga sobre cabaré

A principal opção de lazer em Limeira é, sem sombras de dúvida o Hard 4 cabaré, que infelizmente se encontra a 200 km do centro da cidade, lá pros lados da rodovía Limeira/Mogi. Frequentada por todas as idades e tamanhos de bolso, temos desde o Genaro (onde são encontradas as lindas espécimes de mariposas bem dotadas que frequentam os clubes da cidade em seus tempos livres), chegando até os genêricos, onde não é raro encontar as famosas tilangas do shopping (que nao cobram), citadas acima. Para o jovem limeirense, quebrado e sem opção de divertimento, o consolo são os famosos churrascos regados ao chopp a vontade aos sábados a tarde, onde a única coisa que você vai querer comer de verdade, é a carne do churrasco. A falta de opção afeta todos os grupos de Limeira, o que pode ser provado pela grande variabilidade variedade de exemplares de automóveis no estacionamento, que vão dos adesivados "TUDO DEUS" até os "nois capota mais num breka".

Capital da Bijouteria (falindo...)[editar]

Cquote1.png EeEexAaA bIjUuUhH é lIndUxAaA Di mAiXxXxX Cquote2.png
Emo sobre bijouteria

Como não dá para fazer joias de ouro puro já que todo mundo que trabalha na empresa rouba fácil e faturaria alto, por medida de segurança as jóias são niveladas por baixo.

Preparados como uma mistura de massa folheada, essas bijuterias causam alergia em quem usa sob a forma de coceiras e irritações nos locais em contato com essas pseudo-joias.

Limeira é a única cidade no planeta a produzir bijouterias bicolores, que após dois meses de uso passam do dourado para rosa e ficam parecidas com o plástico usado para fabricar os infames e demoníacos bonecos Playmobil .

As empresas folheadoras são altos cabides de emprego. Já que a prefeitura falha em acomodar todos que precisam em esquemas burocráticos devidamente preparados para isso, as fábricas de Limeira - as únicas do mundo a produzir joias com camadas de ouro de nanômetros de espessura auxiliam o restante da população desempregada, pagando salários de fome para os funcionários e uma esmola para aquelas senhoras ou crianças que montam mais de 8 mil peças para ganhar R$3,00

Rodeio de Limeira (falido!)[editar]

Cquote1.png Seguuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuura pião! Cquote2.png
Agroboy alegre e bêbado sobre festa do peão

Cquote1.png Seguuuuuuuuuuu... Já caiu... Cquote2.png
Narrador sobre Cowboy de Campinas

Cquote1.png Depois a festa vai continuar lá no camarim! Cquote2.png
Dinho Ouro Preto se apresentando com o Capital Inicial e falando sobre o que viria depois da festa do pó branco, ou melhor sobre festa do peão

Cquote1.png É a sua indifereeença que me m... Cquote2.png
Zezé di Camargo ao ser atingido no olho com areia durante a festa do peão


É uma festa que os agroboys e os 'pião' do Crube dos CavaleRo tentam fazer todo ano para se mostrar e ouvir muito sertanejo , embora sempre dê errado. Além do grande número de agroboys, encontramos um elevado número de tilangas, seres barrigudos que vestem mini-saias, exibindo um pedaço generoso das nádegas e parte de cima de algum biquíni utilizado para tomar sol na laje. Nunca é maior que a das concorrentes das vizinhas Estadunidense e Bate-Pau. Não é demais mencionar, que todo ano, chove pelo menos em dois dias, com exceção do incomum ano de 2007, em que a festa, também incomumente - e resultando em um espantoso silêncio resignado e improtestante da população - durou apena quatro dias.

Na hora da festa você encontra mais cambistas vendendo ingresso pirata do que gente pre entrar. Os caras tentam te empurrar ingresso cabrito e se você não compra ainda te xinga de otário. Lá na entrada da festa se encontram também a pobraiada que não tem grana pra entrar e nada pra fazer junta a galera numa brasília, fusca, variant ou similares e vai lá pra frente da festa pagar de gatão, tomando pinga que o cara vende no isopor, chapar e falar pros amigos no outro dia que pegou geral na festa.

Além dos agroboys, tilangas e outros seres das sombras limeirenses, frequentam a festa qualquer patricinha que, como pré-requisito, tenha sua conta aberta (e dívidas a pagar) na Zales, Fargos e Pebello, garotos de até quinze anos que imaginam que gel ou mousse no cabelo combinam com festas country, tiozinhos recém-separados, cervejeiros traídos pela esposa, guarda-costas de alambiques, mulheres fumantes descasadas e com mais de quarenta, cães sem dono, menores que mentem a idade, garotas recordistas de beijos por fim-de-semana (as populapes 'Herpes' e/ou 'Pervas'), bonecos de posto mutantes, Pseudo-Bombados Limeirenses, bermudeiros e manos que pulam o alambrado pq não tem grana pra pagar pra entrar.

Pra ir no banheiro, precisa calçar galochas de borracha pra poder passar pelo riacho de mijo que fica na frente do banheiro, o que pode também vir a se tornar areia movediça, então cuidado, pq caiu dentro, já era.

O point da cidade[editar]

Graças ao grande número de idosos e gente chata Limeira tem uma vida noturna única e peculiar na região, conjugado ao fator, que pesa muito, do grande índice de falência de estabelecimentos na cidade.

Várias boates já sofreram disso, numa famosa avenida da cidade, antes conhecida por Bobódromo - cujos outrora frequentadores bem como seus discípulos, agora se concentram no Posto 3 Avenidas.

A primeira Boate foi a Bombatta e foi a que mais durou. Até certo ponto agradou ao público da cidade que chegou a comentar que 'nem parece Limeira'. No entanto, como hábito de todo limeirense médio, pobre e pé rapado, todas as sextas a população se reunia em frente à boate e não entrava, apenas consumindo grandes quantidades de álcool em um bar localizado ao lado, conhecido como Floresta. O sucesso acidental do por sinal, quase centenário Bar, contribuiu para que o proprietário, estagnado durante anos com a mesma clientela, se tornasse um dos sócios majoritários da rede Starbucks, nos Estados Unidos.

O movimento underground marcou o abandono da população à Bombatta e o parco dinheiro do outrora público cliente seria, então, gasto nas bocas de fumo da cidade; criando assim a origem do popular jargão limeirense 'Vamos no Floresta tomar uma birita e ficar doidão'.

Como se fosse uma maldição, a boate passou a comportar shows emocore que antes eram concentrados no falecido-recém-inaugurado Mirage que fechou, abriu, fechou de novo, e reabriu com o nome de Paiol e começou a promover bailinhos country para os velhos da região. Uma vez mais, porém, faliu devido ao grande número de Emos revoltados, e abriu de novo com o antigo nome Mirage.

Logo após essa grande decadência de público da Bombatta, ela faliu e ficou grande tempo fechada, até que reinaugurou com um nome maledicentemente aceito pela população desde o início:Clube Moda.

Como de costume, o local lotou nas primeiras semanas, e o público Limeirense estava entusiasmado. O estabelecimento começou a promover Pancadões de sexta-feira, e o número de tilangas era bem reduzido, o que provocou grande agrado às não-tilangas. Mas, o espírito alcoólatra e drogado do Limeirense fez com que mais um estabelecimento fosse à falência. Astuto, o agora experiente em negócios, (após sua temporariamente bem sucedida passagem em terras norte americanas) proprietário do Bar Floresta reduziu vertiginosamente os preços dos bebes do local.

Decretando com isso mais um tempo de inércia, o aparentemente amaldiçoado local, contudo, reabriria sob o nome Touch Lounge Bar, uma filial de uma conhecida boate homônima de Araras Pagode City, perseverante até hoje, que, no entanto, está fora do programa da night dos jovens e inconsequentes Limeirenses.

As únicas baladas que ainda recebem algum prestígio da população, são as que ocorrem na previsivelmente finda Electro Bier (cujos perpetradores de sua falência circulam pela cidade peregrinando em prol do indulto de suas almas) ou alguma festa promovida pela Hard Chopp, suspeitadamente uma entrada para alguma catacumba com tesouros templários; segundo teoriza-se, a única explicação para sua longevidade e prosperidade. Porém, o aparentemente incurável e inexpugnável vírus da falência Limeirense também circunda o último local, uma vez que, graças a dominação do povo feio e brega da cidade, que insiste se comportar como os aristocratas limeirenses pós-modernos, estão, segundo os frequentadores tradicionais dos dois lugares, 'baixando o nível do recinto'. Isso tem provocado uma inevitável e frequente evasão de público dos dois lugares.

A balada que está sobrevivendo na cidade é o H1 (Hard Chopp 1) onde toda semana toca Eduardo e Rafael, Fabio Zulu e de vez em nunca tem alguma coisa diferente, que se continuar assim, vai falir em breve também. A Player foi reformada, mas parece um ovo de codorna de tão pequena. É o único lugar que ainda tem um pagode +/-,onde algumas mulheres bonitas e pobres frequentam só pra ganhar 1 garrafa de vodka com gelo, pra tirar fotos e colocar no Insta e Face fingindo ser um combo faliu também.

Quermesses[editar]

Cquote1.png Olha aí,a próxima rodada vale um frango assado e uma costela no bafo p/ quem completar a cartela Cquote2.png
Locutor sobre prêmio do bingo na quermesse de Santa Luzia
Cquote1.png Bingooooo!!!!! Cquote2.png
Véia que completou a cartela sobre Bingo

Esse é o principal tipo de divertimento dos limeirenses. Se não é no São Benedito,é no largo da Boa Morte,ou na Nossa Senhora Aparecida, São Sebastião, São Paulo Apóstolo, São João, ou de vez em nunca quando Santa Rita e Santo André. Tem também lá na Santa Vitória,que fica entre Engenheiro Coelho e o meio do nada, divisa com lugar nenhum, bem próximo de onde Judas perdeu suas Havaianas. Esses, são também, os lugares ideias para jogar Bingo, pois o Bingo do Trevo já faliu! Há pouco tempo nas mesmas quermesses, foi banida a " luta com cotonete ", devido à intensa violência por rodada!


Massa Visitante[editar]

Os mais ilustres visitantes da cidade dos pés de limões são poucos porem muitos importantes, tais eles são :

  • Sumareenses: Plantadores de tomate que ficaram espantados quando viram a imensidade de pés de limões. Obs: Quando limeirenses foram a Sumaré também ficaram espantados com tantos pés de tomate.
  • Montemorrianos: Alcunhados "águas-chocas", os montemorrianos ou montemorrenses ou montedemortos não gostam de ser chamados assim. E é tudo o que se sabe sobre eles.
  • Campineiros: Condutores da primeira carava gay para Limeira que cuja entrada foi rejeitada a princípio; mas uma revolução social pró-entrada dos gays, promovida pelos Pseudo-Bombados Limeirenses selou de vez sua permanência na cidade.
  • Iracemapolenses: Mercadores de cana para produção de caldo da mesma por um real e cinquenta, pelas mãos de aposentados molestadores de jovens em idade escolar. O preço varia especialmente se o caldo é oferecido para as mesmas jovens. Além do mais, buscam a educação superior e aprimoramento no corte da cana comercializada no centro máximo de conhecimentos em Limeira, o SENAI "Luiz Varga".
  • Cordeiropolenses: Comumente aparecem na cidade após se perderem nos canaviais; mesmo que a existência dos canaviais seja desde muito antes que qualquer ser humano tenha habitado aquela região.
  • Arturnoguerenses: Jecas em estado bruto que fingem ser ricos por causa da fama que a cidade tem de receber empresários paulistanos à procura da tranquilidade interiorana, mesmo que eles próprios não passem nem perto de ser amigos dos tais paulistanos.
  • Piracicabanos: Jecas lapidados que têm dinheiro, mas agem como se não tivessem. Não porque sejam humildes, apenas e tão somente porque realmente não fazem noção do dinheiro que tem. Não deixam um tostão na cidade, paqueram apenas os exemplares de terceiro escalão das Mulheres Limeirenses e ao sair, têm ainda mais certeza que moram em um lugar melhor.
  • Cosmopolenses: Um espécie intermediária entre Arturnoguerenses e Piracicabanos. Têm menos dinheiro do que os Piracicabanos e ainda mais pose do que os Arturnoguerenses. Vêm a Limeira para contar quantos quarteirões a mais o mini shopping do centro tem em relação ao micro shopping deles.

Posto 3 Avenidas (falido)[editar]

A tradição limeirense é ficar em FRENTE aos lugares, não entrar, e gastar o dinheiro com drogas e bebidas.

O Posto 3 Avenidas é um ponto de encontro de gente feia e pagodeira, além, é claro, dos Emos, que também frequentam o Coliseum (especula-se, correntemente, que a razão desse nome tem a ver com o fato de, ocasionalmente, o local funcionar também como uma arena de combate entre Emos e pagodeiros, sem, no entanto, e para a tristeza de muitos, a inclusão de leões ou tigres).

Aos finais de semana e sextas-feiras, bem como vésperas de feriados ou em noites muito quentes, em qualquer dia da semana, o local é frequentado por Gatas de Vila Limeirenses (uma variação de espécie dentre as muitas que compõem o amplo espectro das mulheres limeirenses), assim como a massiva maioria dos cidadãos jovens acéfalos Limeirenses, donos de caminhonetes exageradamente grandes, tiozinhos recém-divorciados, cabides móveis da Reef (ou variantes piratas) e Pseudo-Bombados Limeirenses na terceira idade (ver artigo), além dos bermudeiros descalços limeirenses.

Embora raramente algo além de uma sessão de embebedamento parcial ou generalizado aconteça, os frequentadores do local esperam, piamente, que brote-se a inspiração, para, pelo menos, um tórrido e inesquecível Romance de Feriadão (nome oficial de um relacionamento de longa duração típico da população limeirense).

Após alguns exercícios ficantes, no entanto, nada além do estado inicial em que se chegou ao local naquele dia se apresenta, e não raro, os frequentadores do lugar vão dormir com seus estômagos e bexigas cheios de cerveja, acordando tarde no dia seguinte, preparando-se para mais uma feliz noite nas poucas horas que restam das três da tarde (horário em que a maioria acorda, salvo se haver algum churrasco marcado para antes disso) até as sete da noite. Nesse período de quatro horas, os frequentadores precisam curar os efeitos pós-carraspana, remover o máximo possível qualquer sinal de olheiras ou qualquer outro sinal denegridor da imagem nos rostos e corpo (além da emissão de fluidos e outros resultantes do alto consumo de sólidos e líquidos de qualidade nutritiva e moral duvidosa na noite anterior).

Sempre Vale do Prada (falido)[editar]

Sem sombra de dúvidas, o lugar mais badalado e aclamado da cidade, atualmente. O Sempre Vale Prada, como é conhecido, tornou-se o reduto de casais sem dinheiro para restaurantes caros, sem coragem ou ânimo e, também, dinheiro, para frequentarem boates e que não desejam, igualmente, pagar dez reais a mais pelo calor dos fogões à lenha das pizzarias dos arredores, uma vez que podem comprar as 'pizzas semi prontas Sempre Vale', por módicos dez a quinze reais (existem locais na cidade que vendem pizzas prontas, assadas e até, dizem, mais saborosas pelo mesmo valor, mas os felizes proprietários de Tickets Alimentação não desejam alterar o saldo de suas contas correntes e nem gastar combustível indo a outro local para adquirir tais pizzas).

Os altos preços do estabelecimento não afastam a metafórica massa compradora do local - uma vez que o mesmo fica nas proximidades de um cemitério e de um asilo - que não apenas é composta por casais que estão mofando socialmente, como também por idosos decadentes furtadores de chicletes e excessivamente lisongeiros com as caixas do local, uma das espécies de mulheres limeirenses mais típicas e comentadas da cidade.

Há também, na parte externa do estabelecimento, o alcunhado Café da Gorda do Sempre Vale. Segundo ex-fregueses, a proprietária caracteriza-se como uma mulher muito antipática e que decidiu, como política do estabelecimento, a não-aceitação de cartões de débito, provando mais uma vez que Limeira continua na vanguarda.

Digno de nota também é mencionar que, da realização de algum evento no estacionamento do Sempre Vale, surgem, aos borbotões, verdadeiras caravanas de pobres para comer e levar as crianças para brincar de graça, além de shows xumbregas de bandas emos limeirenses.

A opinião de alguns cidadãos é que o Sempre Vale Prada já viveu momentos mais glórios, quando, ao invés do Bobódromo - na época em estado de suspensão - os cidadãos jovens acéfalos Limeirenses frequentavam o estacionamento do Sempre Vale Prada, às centenas, aproveitando para, com isso, furtar bolachas recheadas e garrafas de Coca-Cola, além de andar desordenadamente pelo local, causando grandes transtornos aos talentosos e renomados motoristas limeirenses. Nessa hoje chamada, Era de Ouro do Sempre Vale Prada, o local era frequentado por jovens mulheres limeirenses, acompanhadas de manos, pré-emos, e Pseudo-Bombados Limeirenses, para fins de atividades 'ficantes'.

Times da Cidade[editar]

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...Ainda existem times de Futebol em Limeira?

Cquote1.png Internacional de Limeira e Independente disputarão a quinta divisão do futebol amador em 2010! Cquote2.png
Manchete da Gazeta de Limeira sobre times da cidade
Cquote1.png Az de Ouro e Valete de Copas representarão Limeira no Campeonato Paulista de Futebol nas séries "E" e "F" Cquote2.png
Gazeta de Limeira sobre Campeonato Paulista de 2009
Cquote1.png Chupeta será o ala direito da Internacional Cquote2.png
Edmar Ferreira,corneteiro da cidade sobre reforços da Inter
Cquote1.png Janco Tianno recusa proposta do Galo porque seus salários seriam pagos em espigas,não 1 Milhão! Cquote2.png
Outro Corneteiro sobre reforços do Independente
Cquote1.png Internacional é rebaixada para a última divisão do Paulistão. Independente aguarda Federação criar alguma divisão para que ele possa jogar. Cquote2.png
Manchete do Jornal de Limeira em 2009 sobre times da cidade
.


Depois da cagada da zaga do Palmeiras em 1986,a Internacional de Limeira ficou conhecida mundialmente por ter sido campeã Paulista, com um gol chorado de Janco Tianno aos 10 minutos do segundo tempo. De lá pra cá,os únicos titúlos que o time recebeu foram as cobranças de seus credores que perderam tudo investindo nesse time lazarento.

Outro time que tem na cidade é o Independente FC,um time menos famoso,pois ganhou apenas um torneio em 2007,que foi a Copa Sonrisal,com gols de Riba Salamar e Allejo.Poucas pessoas vão assistir aos seus jogos,só entram no estádio pois ganham o ingresso ao comprar pastéis na feira que fica ao lado do campo. Não há demais registros sobre esse párasita esportivo.

A sensação da cidade agora era o basquete, por ser menos popular e possuir menos rivais, a Winner Limeira foi criada e já conquistou o título estadual, e se tornava aos azarados habitantes dessa cidade o único motivo de alegria, se tornava, porque como já é de praxe na cidade, a equipe também faliu!

Para mudar essas situções, times amadores buscam o profissionalismo na paixão nacional dos torcedores. Eis as equipes que podem ser a salvação do futebol limeirense:

  • Az de Ouro
  • Santa Cruz
  • EC Nova Itália
  • Brotocas
  • Paratinaycús
  • Madewal ( único time LGBT de Limeira )
  • Nostravamus
  • Ranca Toco FC
  • Valete de Copas
  • Reis de Paus
  • Rua Capitão Bernardes FC
  • Sempre Vale do Prada FC
  • Bandidos da Vila
  • Amigos do Maé
  • Pinga Bola FC (Futebol e Buteco)
  • Gazeta de Limeira FC (Futebol Corneteiro)
  • Rua da Feira Futebol Clube
  • Crube do LAU
  • Falidos FC

Eis essas as nossas esperanças para 2009,pois em 2008 foi um time de Bate Pau é que ganhou o Campeonato Amador de Limeira.

As sete "maravilhas" de Limeira[editar]

Pontos Turísticos[editar]

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...Limeira tem lugares para se fazer turismo?

Veja alguns lugares onde você NÃO deve ir em Limeira:

  • Aeródromo Municipal
  • Limeirão
  • Pradão
  • Shopping
  • Posto da Eco (típico encontro de gays, travestis, trombadinhas, favelados e funkeiros sem futuro)
  • Museu
  • Zoológico
  • Horto Florestal
  • Livraria IV Centenário
  • Gruta da Praça Toledo Barros
  • Rua Capitão Bernardes
  • Belinha Ometto
  • Escola Perches
  • Estação Ferroviária
  • Biblioteca Municipal
  • Prefeitura
  • Câmara Municipal
  • Morro Azul
  • Coliseum
  • Mercado Municipal
  • Hopi Hari do Jd Planalto
  • UNICAMP
  • Parque da Cidade
  • Habib´s
  • Enxuto
  • Cartório de registro de falëncias
  • Wal-Mart
  • Portelinha
  • ISCA Faculdade (Falido)
  • Limeira

Rotatórias[editar]

Limeira entrou para o livro dos Recordes Guiness por ser a cidade que mais possui rotatórias em suas vias.É impossível transitar pela cidade sem passar por pelo menos 253 rotatórias até chegar ao Centro.Eis as mais conhecidas e intransitáveis:

  • Rotatória do Sesi
  • Rotatória do Enxuto
  • Rotatória do Big,que na verdade agora é do "Val Marti"
  • Rotatória da Pedra
  • Rotatória da Cecap
  • Rotatória da Taba do Brasil
  • Rotatória do Bingo do Trevo
  • Rotatória da Santa Casa
  • Rotatória das 3 Avenidas
  • Rotatória das 2 Avenidas
  • Rotatória de uma Avenida
  • Rotatória de nenhuma Avenida
  • Rotatória da Capitão Bernardes
  • Rotatória do Tigrinho
  • Rotatória Abilio Pedro
  • Rotatória entre o Abilio Pedro e o Belinha Ometto
  • Rotatória entre o Abilio Pedro,Belinha Ometto e Nossa Sra das Dores
  • Rotatória entre o Abilio Pedro,Belinha Ometto,Nossa Sra das Dores e Onde Judas Perdeu as Botas!
  • Rotatória da Dieese
  • Rotatória da Lauro Correia depois do Tigrinho
  • Rotatória da Lauro Correia antes de chegar na Limeirense
  • Rotatória da Lauro Correia antes de chegar no Lago
  • Rotatória da Lauro Correia depois de sair de Limeira e chegar nos Cafundó!
  • Rotatória da Unicamp (em planejamento)
  • Rotatória da Citro Pectina(em construção,mais sendo usada por muitos caminhões)
  • Rotatória da Avenida Sta Bárbara
  • Rotatória da Anavec
  • Rotatória da Vista Alegre
  • Rotatória do Jaspion
  • Rotatória da PQP!!!

entre outras em projetos e planejamentos.

Alguns bairros de Limeira[editar]

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...Ainda tem gente que mora em Limeira?

Cquote1.png Adônde ocê vai apiá cumpadre? Cquote2.png
Limeirense nativo andando de ônibus sobre Bairros de Limeira a outro limeirense
Cquote1.png Você quis dizer "Onde Judas perdeu as botas"? Cquote2.png
Google sobre Bairro do Tatu

  • Belinha Ometto- B.O. para os íntimos
  • Cecap- vulgo CKP(cê,ka,pê!),Cecapão ou Cecap City
  • Ernesto Kuhl- melhor nem comentar
  • Nossa Senhora das Dores- chamado pelos mais velhos como Serra Pelada, Serra Loka pelos mais jovens
  • Parque Hipólito- vulgo PH
  • Lago- onde o sapo e a perereca moram!
  • Lagoa Nova- a nova casa do sapo e da perereca
  • Vista Alegre- aquela vila onde fica a Rua Pedro Elias
  • Nossa Sra do Amparo- Ampa para os mais chegados
  • Aquarios- a Vila da Mariazinha e dos peixes
  • Novo Horizonte- NH para os íntimos!
  • Jd São Paulo- chamado pelos nordestinos por "jd Sum Paulo"
  • Jd Piratininga, Nova Itália, Morro Azul- quase ninguém conhece por esses nomes os bairros citados,mais é só falar Vila Gino que todo mundo sabe onde fica!
  • Res. Olindo de Luca- o famoso "predinhos do Jd Olga Veroni"
  • Centreville- a "favela" de Limeira,só "casinhas humildes" que tem no bairro
  • Jd Caieiras- o bairro do Cemitério Jardim
  • Vl Jacon- o bairro do Cemitério da Saudade
  • Vl Claúdia- mais conhecida como Sta Casa, referência para se chegar lá
  • Boa Vista- aquele bairro que fica depois do pontilhão da rodoviária. A Boa Vista é um bairro de pessoas centenárias, esse bairro orgulha-se de ao lado da Vila Camargo ser considerado um reduto da resistência fofoqueira de Limeira.
  • Vila Piza- onde fica o Pozzi
  • Parronchi- o bairro dos "Pé vermeio"
  • Centro- O núcleo da merda!
  • Centro acima- onde ficam aquelas lojas de roupas que passam na Tv Jornal durante os intervalos do Beat Clip
  • Centro abaixo- é onde fica a Capitão Bernardes e frequentadores da baixada
  • Nova Limeira - perto do putero e do mercadinho do caBasso, "geraldinho" . Bairro também conhecido como Laranja Azeda!
  • Santa Eulália - Aquele bairro pra cima da CECAP City,Cecapão ou CKP.
  • Abílio Pedro- O bairro dos manos e das minas,firmeza sangue bom?
  • Vl Independencia- Onde fica a Avenida Campinas e quando alaga em dias de chuva.
  • Jd. Montezuma- Onde fica o Ítalo, ou Coliseu 2 como queiram.
  • Vl São Roque- Do lado do Montezuma, onde as pessoas são assaltadas após shows de pagodes no Ítalo.
  • Vl Queiroz- por onde atravessa a Avenida Laranjeiras de barco quando alaga perto do Limeira Clube em dias de chuva
  • Jd Nereide- onde fica o Limeirão,campo da Inter de Limeira,mais conhecido como Leão
  • Vl São João- o Parque dos Dinossauros,por ser um dos bairros mais velhos da cidade.
  • Vl Faxina- Bairro das empregadas domésticas
  • Parque Egisto Ragazzo - Condomínio dos metidos a rico (bolsão residencial que fechou os acessos ás ruas)!!!
  • Vl Esteves- Onde tem a feira de domingo, e onde tem um estádio de futebol, mas não há registros sobre algum evento importante nele a anos (salvo cultos religiosos da Igreja do prefeito é claro).
  • Jd. Gloria - Onde situa-se o foco do trafico de DROGAS MN Joias e Folheados
  • Vila Camargo - Rivaliza com a Boa Vista o título de reduto dos fofoqueiros de Limeira. As véias já estão com suas vassouras as 6 horas da manhã e os véios já estão a postos vigiando a vida dos outros, é o serviço de inteligência de Limeira, eles sabem de tudo.

Lista das coisas que já faliram em Limeira[editar]

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...enquanto você lê essa lista alguma coisa faliu em Limeira?

Esta lista foi elaborada através de fontes confiáveis de Águas de Lindóia que vigiam os negócios na cidade.

(Atenção: esta é apenas uma estimativa atual. Estima-se de que esta lista duplique a cada 30 minutos)

  • Bob's do Shopping Pátio dos rolezinhos
  • Oscar Churrascaria
  • Maxxi Atacado
  • Restaurante Picanha & Cia.
  • Cerâmica Batistella
  • SISCOM - SISTEMA DE COBRANÇA MUDULAR
  • Aeródromo Municipal
  • Aeroclube de Limeira
  • Anal (Associação Limeirense de Aviação Leve)
  • Clube de Pára-quedismo de Limeira
  • Grupo Empenho
  • Bombatta
  • Livraria IV Centenario
  • IV Centenario - Distribuidora de (des)assinaturas da Abril.
  • Dinâmica Transportadora
  • Cartório de registro de abertura e encerramento de firmas
  • Rede MANCHETE
  • Scorpion (in)Security
  • Esfiharia do Luis
  • Pastelaria do Luis
  • Lanchonete do Luis
  • Pizzaria do Luis
  • Bar do Luis
  • Boteco do Luis
  • Mc' Luis
  • Puteiro do Luis
  • Edson e Hudson (recorde, pois nunca antes uma dupla sertaneja faliu no interior)
  • Café Estação Galpão
  • Viação Limeirense
  • Rápido sudeste
  • Sede da Torcida dos Bambis (virou + uma igreja evangelica)
  • INSS
  • Winner Limeira
  • Flor (Murchou), ex-dançarina de Programas do Silvio Santos - Foi só lidar com algo de Limeira
  • Programa Geraldo Brasil' do limeirense GLS (Geraldo Luís Sacramento) CAMPEÃO!! FALIU 2X NA MESMA EMISSORA!!!
  • Programa Balança Geral do limeirense GLS (Geraldo Luís Sacramento)
  • Net Limeira - Banda Larga (quer dizer, sem banda e lerda)
  • Mikro Preço (aquele mercadinho na Av. Campinas)
  • Passagem da Ponte Preta
  • Cia. União
  • Padoca da Rua Pernambuco (2x)
  • Central Harmonia de Medicamentos
  • Assistência Motorola Rua Treze de Maio
  • Musical Limeirense
  • Programa Cozinhando a Bola
  • Programa do Batoré
  • Compre Bem Supermercados
  • Wail Modas
  • A.A. Internacional
  • Independente F.C.
  • Museu da Jóia Folheada
  • Mercadinho do Seu Jemiro
  • Rocco (não é aquele que faz filme pornô!)
  • Carrinhos Rossi
  • Zogbi
  • Pelicano (entrou pelo cano)
  • Pale Bier
  • Figueira Branca
  • E.C. Estudante
  • Domingueira do Estudante
  • Sesi 005
  • Sesi 408
  • Sesi 149
  • Sesi 340
  • Vivas (que agora é NET, que também está falindo em Limeira)
  • o Posto que fica do lado do Estudante
  • Bingo do Trevo
  • União
  • Colégio Acadêmico
  • Escola Perches
  • Antigo Anglo/Integral
  • Pizza Hut
  • Burger King
  • Paulinho Lanches
  • Daslu
  • Lua Veículos (o cara deu o cano e se mandou!)
  • União Projetos
  • Virrgulim Móveis de Aço
  • McDonald's (nem os americanos conseguem fazer o capitalismo funcionar aqui!)
  • Estação Ferroviária
  • Lojas Americanas
  • Spider Lan House
  • Paulistano
  • Limeira Shopping (abriu de novo, mas já abriu falido!)
  • Fábrica de Chapéus Prada (aquele que o diabo veste)
  • Jumbo Eletro
  • Widesoft (já era hora, tava durando muito!)
  • Pão de Açúcar
  • Igreja Universal do Linux de Deus NÃO, essa não faliu!!! Aí você tá querendo apelar!!
  • Batajão
  • Mirage
  • Guerra Supermercados
  • Palmares Supermercados
  • ForGames
  • Radio Jornal
  • Escola Perches (seria bom se isso fosse verdade!!!)
  • Porão do Rock
  • Sorveteria Inverno-Verão
  • Serafim Supermercado
  • Papelaria Bilo
  • Bar da Floresta
  • Padaria Pão de Prata
  • Boteco da Praia (faliu depois que entraram com um carro dentro dele)
  • Tikonderonda Locadora
  • Condor Video
  • Invicta
  • Fumagalli
  • Escolinha do Evolução
  • Corso
  • Barroca Funda
  • Tiro de Guerra
  • Weekend
  • Hipermercado BIG
  • Bombatta e Clube Moda
  • Sempre Vale do Abílio Pedro
  • Sempre Vale do Vista Alegre
  • Sempre Vale - Centro de Distribuição
  • Sempre Vale - CECAP
  • Sempre Vale - Capitão Bernardes
  • Sempre Vale do Caralho a Quatro
  • Enxuto
  • Varga ("freio não é mais Varga")
  • Fabrica de Joias do meu tio
  • Fabrica de Joias do meu primo
  • Fabrica de Joias do meu amigo
  • Fabrica de Joias da minha cunhada
  • Fabrica de Joias do cara da esquina
  • Fabrica de Joias do carinha que mora logo ali
  • Museu
  • Relógio das 3 avenidas (já funcionou algum dia?)
  • Escolinha do Maé
  • La Lune
  • Café Bistreau
  • Qualquer Restaurante Japonês (limeirense é tudo pobre, não sabe o que é comida japonesa!)
  • Borelli Calçados
  • Arapuã
  • Paiol
  • Bem Bolado
  • Rosa Amarela (murchou!)
  • Incubadora de Empresas (por que será que limeira não cresce...)
  • Cantilar
  • Eu
  • Miriam Modas
  • O lugar onde você trabalha
  • Spectrum, TV a cabo
  • CAR - Itaú Seguros
  • Sede da Gaviões da Fiel
  • Sede da Torcida Independente
  • Sede da Mancha Verde
  • Sede da Torcida Interror
  • Trevisan
  • Delírius
  • Campo do Marrafon
  • Posto São Judas Tadeu
  • Camelódromo
  • De Carvalho Joias
  • Selecta
  • Carlos Cunha
  • Giraffa's
  • Pró Preços
  • Equipe de esporte da Rádio Mix
  • Zogbi
  • Losango
  • Vivax
  • Molokai Modas
  • Next Promoter
  • Play Promoter
  • LDegan Joalheria
  • Academia Smash
  • Academia Omega Fit
  • Academia Podium
  • Limeira Clube
  • Edson e Hudson
  • Chuck Norris Street Wear
  • Limeira Shopping
  • Doux Frangosul
  • Trailer de Lanche do Pudim
  • Ribeirão Tatu
  • Cinema do Centro (hj teatro vitória)
  • Bar Jardim
  • Bar do Pardal
  • Bunny´s
  • Posto São Judas
  • Posto Roseira
  • meu pai
  • Motorcycle
  • Navajo Highway Motoclube
  • Horto florestal
  • Cemitério Saudade
  • Pão de Açucar
  • Player lan house
  • Museu
  • Zoologico
  • Player Boate
  • Touch Boate ( 317838194234 vezes )

Trânsito em Limeira[editar]

Limeira destaca-se pelas habilidades de seus motoristas, compostos por dois grandes grupos: O de motoristas homicidas e os dos motociclistas suicidas. O povo limeirense ainda não conseguiu entender a diferença entre roleta-russa e rotatória, que em algumas cidades serve para dar mais fluência ao tráfego. O limeirense, ao cometer alguma atrocidade no trânsito, não entende o porquê de receber uma buzinada, artefato esse utilizado em cidades com pessoas habilitadas a dirigir. Outro equipamento não utilizado pelo beócio limeirense é a seta, para delírio do motorista que está atrás e que sabe dirigir ( veio de outra cidade).

Lista das coisas que ainda não faliram:[editar]

... (bola de feno passando) ...

Maçonaria em Limeira[editar]

Você quis Dizer "Gaiola das Loucas"

A maçonaria de Limeira é uma Organização extremamente forte e evoluída, posto que toma Toddy e Biotônico Fontoura todos os dias. Em razão disso, conta com membros da mais alta capacidade, e desejo de Dominação Mundial, como Billy The Kid, Hugo Chávez, Zeca Diabo, Pinky e Cérebro e Dexter, que treinam na cidade as técnicas de Dominação indicadas no Kama Sutra, começando pela nuca, e impedindo que ambulantes que não sejam da Organização Tabajara prosperem, daí o alto índice pluviométrico. Em praticamente todas as entradas da cidade existem monumentos que são, na verdade, presentes de grego e de extraterrestres, que tiveram a ajuda dos Klingons, que viviam às escondidas no subsolo da aldeia para dominar outros planetas, como o Sol e Júpiter.

Há grupos anarquistas na cidade impondo-se contra essa realidade, ameaçando inundar Limeira com panfletos, o que pode ser facilmente feito, caso o povo não seja liberto, e os reféns entregues.

Os adeptos do Kama Sutra, aguardam ansiosamente pelo dia em que haverá somente membros da Organização e extraterrestres aliados em Limeira (cuidado: eles assumem formas humanas, portanto aquele amigo que te encoraja a sair da cidade pode ser um deles, e se você resistir ele pode tornar-se agressivo, fique atento).

Desconfie de amigos e vizinhos de cabeça avantajada. Nunca fique de costas. Ligue imediatamente para a farmácia mais próxima.

264939.jpg
ATENÇÃO:
Simplesmente estamos cagando e andando para quem não gostar do conteúdo deste artigo e, por conseguinte, das opiniões e sugestões dos mesmos. We just couldn't care less.