Limeira do Oeste

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Limeira do Oeste é uma cidadela minúscula do Estado do Triângulo, estado pseudo-verdadeiro de minas Gerais. A cidade teria sido fundada após uma breve confusão envolvendo um Português e um cara que se julgava espertalhão o suficiente para poder driblar todas as dívidas que tinha. O final, é claro surge algo pior do que a morte, uma vila chamada Limeira do Oeste... Até hoje Limeira existiria para lembrar a história deles.

História[editar]

Uma das sedes do Dr.Robotinik em Limeira do Oeste.

A história começa com um comerciante português que vivia no lugar onde iria se tornar mais tarde se tornar o inferno na Terra, o lugar nenhum, a cidade de Limeira do Oeste.

Ele tinha uma modesta loja em que vendia revistas playboy usadas e algumas versões pirateadas da Mona Lisa, só que em latas de Atum. Então, quando uma vez, um espertalhão aparecem para conseguir uma lata de atum na loja de Joaquim, ele logo foi dizendo:

Cquote1.png HAHAHA! Obrigado por ter dado a lata, mas eu não vou pagar! Eu sou um vagabundo, você sabia? Não pago essa dívida nem no inferno! Cquote2.png
Vagabundo sobre a dívida que tinha com o português

O português não havia entendido de começo, mas dívida só se torna dívida se você tem que viver de alguma promessa ou então você compra mas não paga (isso soou meio paradoxal).Mas na verdade o vagabundo estava roubando a lata de atum.

O prefeito Enedino é um viado e está edevidado porque come a gente que as pakitaas da Limeira do Oesteee[editar]

O PREFEITO DA LIMEIRA DO OESTE O PREFEITO ENEDINO esposo da leonara do mercado favorito mete nos viadoss tudo de limeira do oeste minas gerais gente ele comeu um monte ja ele pede pra ir no mercado favorito ai ele pega um carro não sei d qm e leva a gente pra dar umas voltinhas paga dois mil pras bicha ficar de bok fechada abafaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Emancipação[editar]

A modesta vila se emancipou de Iturama em 1968, com apenas 2 restaurantes, um mercado caindo aos pedaços, um campo de futebol e um barzinho que serve rum vagabundo. A cidade até hoje lamenta pelo dia em que surgiu e até hoje mantém a tradição de jogar ovos no túmulo do fazendeiro.