Linfen

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Pastel chines original.jpg Pastel de flango, né?

Este altigo foi fablicado na China e pode queblar a qualquer momento. O autor plovavelmente luta Kung Fu e tem uma pastelalia. Não estlague este altigo, pois Jackie Chan está de olho.

Poluicaoatmosferica01.jpg Este artigo está poluído!

Pegue uma máscara de oxigênio e uma garrafa vazia
para carregar ar. COF! COF! COF!


Bem vindo a Linfen!

Cquote1.png COF COF COF... Cquote2.png
Turista em Linfen
Cquote1.png Fiquei com inveja Cquote2.png
Cubatão sobre Linfen
Cquote1.png E depois reclamam da gente Cquote2.png
Estados Unidos sobre Linfen
Cquote1.png Blá blá blá... Cquote2.png
Ambientalista sobre Linfen

Linfen é uma cidade chinesa localizada bem no meio de uma mina de carvão. É considerada pelos chatos dos ambientalistas a cidade mais poluída do mundo, superando fortes concorrentes como Cubatão, Acre e Mordor. Para se ter uma ideia, seus habitantes tem o pulmão mais preto que os moradores de Vitória, que respiram pó preto em vez de oxigênio. É habitada por 4 milhões de mutantes que vivem de queimar a rosca carvão e soltar gases estufa na atmosfera, fodendo o planeta.

História[editar]

Segundo a lenda, Linfen foi fundada há mais de 8000 anos atrás por aliens que viviam escondidos no interior da Terra e pretendiam acabar com a humanidade queimando pum, intensificando o efeito estufa e transformando a Terra numa sauna gay. Porém seus planos foram descobertos e a cidade foi destruída por Genghis Khan.

Oito mil anos depois, a cidade foi reconstruída pelo governo chinês para um projeto que pretende fazer a China ultrapassar os Estados Unidos em todos os rankings, incluindo a lista dos países que mais poluem. Mao Tsé Tung enviou uma porrada de anticomunistas para a região, que foram obrigados a viver em Linfen e passar os dias queimando carvão até a China tomar o lugar dos ianques na lista dos poluidores.