Linguagem Python

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Cquote1.png O bom é que nao preciso aprendé a configurah meu teclado ABNT-2 no Ubuntu Cquote2.png
Luser sobre Python
Cquote1.png Em Python, tudo é objeto, além de lindo e maravilhoso. Cquote2.png
Caetano Veloso sobre Python
Cquote1.png Eu não sou escravo do mercado capitalista Cquote2.png
Karl Max sobre Python
Cquote1.png Python suporta a Web 2.0? Cquote2.png
Leitor da INFO sobre Python
Cquote1.png Essa serpente malíguina não é de Deus, com certeza! Cquote2.png
Evangélico da empresa sobre Python
Cquote1.png O paraíso foi construído em Python. Por isso que ninguém nunca viu. Cquote2.png
Deus sobre Python
Cquote1.png Mas ela não tem um ecossistema vigoroso Cquote2.png
Certified Buzzword Developer sobre Python
Cquote1.png Python has been an important part of Google since the beginning, but now we're not INFO and Turma da Mônica readers anymore and we're back to the good old C Cquote2.png
Peter Norvig, faxineiro do Google sobre Python
Cquote1.png Fácil de expressar-se. Fácil de expressar-se. Cquote2.png
Loro sobre Python
Cquote1.png Ei, eU jÁ tChiNhA VixXxtU iXu! Cquote2.png
Programador em Ruby sobre Python
Cquote1.png É uma planta muito venenosa Cquote2.png
Carla Perez sobre Python
Cquote1.png Garrafinha de coca-cola. Cquote2.png
Chorão sobre Python
Cquote1.png Uma linguagem de nível muito alto... Só quero ver como é o input dela! Cquote2.png
Clodovil sobre Python
Cquote1.png Na União Soviética, o Python indenta VOCÊ!!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Python
Cquote1.png Quem Acha que programação orientada a identação é tosca é porque não sabe que a ideia original do VonMussum era programação orientada a systembell Cquote2.png
Seu Madruga sobre Python
Cquote1.png SSSSShhSSShhhhhhhh... shhhhSSShhhhh Cquote2.png
Cobra sobre Python
Cquote1.png Já existe um sistema feito em python. Cquote2.png
Pantaleão sobre Python
Cquote1.png Não preciso pensar muito, defino tudo em uma linha. Cquote2.png
Albert Ainstein sobre Python
Cquote1.png Mato a cobra e mostro o pau! Cquote2.png
Dito popular sobre Python.


Tabela de conteúdo

[editar] Definição

Python (pronuncia-se paitom, não pantom) é a principal sucessora de Logo, porém é também uma calculadora de linha de comando, orientada à identação.

Costuma ser o destino preferencial dos programadores Ruby, quando estes finalmente se dão conta que estão usando um "Perl 2.0".

Um programa em Python, que calcula a resposta para todas as questões do universo.

Linguagem diretamente relacionada a bandas como Charlie Brown Jr ou CPM 22, simbolizando a rebeldia contra o sistema covarde.

Esta linguagem esta em franco crescimento, várias empresas já encorajam estagiarios a dedicarem vários minutos por semana ao desenvolvimento de nano-sistema em python. O primeiro sistema totalmente feito em python será produzido até 2035, garantem os especialistas.

[editar] História

Guido van Mussum, filho de zootecnistas holandeses, também conhecido por seus amigos e familiares como -1; tinha uma rotina triste se masturbando com tamancos de madeira, fazendo diques com sacos de areia e programando em Algol. Sim, Algol.

Cansado da vida que levava, van Mussum decidiu aprender uma nova linguagem de programação para que então pudesse ganhar um visto pros EUA para tentar trabalhar no Google e comer a Pamela Anderson. Como ele não podia caminhar até a biblioteca local para pegar livros com outras linguagens de programação (os tamancos de madeira estavam a cada dia mais incômodos), ele pediu para que seu irmão caçula, Just, fosse pegá-los. Porém Just trazia apenas os livros que mais lhe interessavam, que eram livros infantis para alfabetização. Guido então tendo apenas acesso a tais livros, criou sua própria linguagem de programação: ABC. A linguagem era compeltamente baseada na cartilha do irmão de van Mussum e isso explica muita coisa.

Após várias trocas de correspondências de Guido com Bill Gates, Beakman, Harry Potter e Caetano Veloso, a respeito de sua nova linguagem, ele ficou convencido de que ela tinha futuro. Tio Bill simpatizava muito com a proposta de van Mussum de não aprender uma nova linguagem (que dá muito trabalho) e criar sua própria. De quebra Bill gates ainda teria mais uma linguagem para enfiar na sua plataforma eleitoral .Net de grátis.

Após assinar um NDA de 666 páginas ele começou a implementar um interpretador para a mesma com o dinheiro da Microsoft, que, em troca da linguagem, enviou para van Mussum duas bananadas.

[editar] O interpretador para ABC

Guido precisava escolher uma linguagem para escrever o interpretador mas como ele se recusava a aprender outras linguagens acabou criando sua própria. A linguagem criada foi o Python, que em vietnamita quer dizer "linguagem criada para criar interpretador ABC". Van Mussum tentava criar o compilador mas ele era tão teimoso que discutia consigo mesmo, chegando algumas vezes a ir para no hospital. O departamento de polícia registrou três queixas de agressão de van Mussum contra ele mesmo.

Após o 666o dia de trabalho Bill gates veio do Inferno cobrar o andamento do trabalho com um cronograma na mão. Após apresentar todas as suas timesheet, van Mussum não tinha nada mais pra mostrar. Como tinha que levar alguma coisa pra mostrar na TechNet e como programador Microsoft aceita qualquer porcaria, Gates levou a linguagem criada para criar o interpretador, e assim Python ganhou o mundo.

Originalmente ABC deveria ser uma linguagem de altíssimo nível, que poderia expressar os pensamentos de crianças de até 7 anos de idade; porém como nunca saiu as pessoas tiveram que se contentar com Pyhton mesmo. Como a linguagem foi feita às pressas van Mussum não conseguiu criar um interpretador decente (sim, o interpretado roda sobre um interpretador, ambos são feitos em Python) e a gambiarra de basear a linguagem em endentação dura até os dias de hoje.

[editar] Sintaxe

O principal elemento da sintaxe do Python, assim como na linguagem Whitespace são os caracteres em branco. A ideia ocorreu ao Guido van Mussum quando ele teve que fazer uma prova de linguagem Lisp na faculdade depois de passar a noite toda fumando Manga Rosa num coffeeshop de Amsterdam. Além da larica, o jererê tinha deixado um branco na mente do Guido e ele não lembrou de usar os parênteses, colocando espaços em branco no lugar.

[editar] Exemplo de Programa

Este é o clássico programa "Hello, World" escrito em Python por um programador de EMOticons:

def fuck_my (x):
  print "Hello, World!"

_=1
fuck_my (_|_)


A música do pintinho foi inicialmente programada um Python, mostrando que a linguagem é tão fácil que até um Funkeiro consegue usa-lá:

class Bicho():
    def __init__(self, nome, som):
        self.nome = nome
        self.som = som
        self.sexo = 'a' if nome[-1] == 'a' else 'o'
 
pintinho = Bicho('Pintinho', 'Piu')
 
bichos = [Bicho('Galinha', 'có!'), Bicho('Galo', 'cocó!'),
        Bicho('Peru', 'glu glu!'), Bicho('Gato', 'miau!'),
        Bicho('Cachorro', 'au au!'), Bicho('Vaca', 'mó!'),
        Bicho('Boi', 'mú!'), Bicho('Nenêm', 'gugu!'),
        Bicho('Pato', 'quá!'), Bicho('Viado', 'ai ai!'),
    ]
 
print(('Minha sogra tinha um %s\n' % pintinho.nome) * 2)
print('De noite o %s %s %s %s' % (pintinho.nome, pintinho.som, pintinho.som, pintinho.som))
print('E o %s? %s %s %s!' % (pintinho.nome, pintinho.som, pintinho.som, pintinho.som))
 
for n, bicho in enumerate(bichos):
    for i in range(1, 3):
        print("Minha sogra tinha um%s %s" % ('' if bicho.sexo == 'o' else bicho.sexo, bicho.nome))
 
    print("De noite %s" % bicho.sexo, end='')
    print(" %s %s" % (bicho.nome, bicho.som))
 
    for j in range(n-1, -1, -1):
        print("e %s %s %s" % (bichos[j].sexo, bichos[j].nome, bichos[j].som))
 
    for i in range(1, 3):
        print("E o %s?" % pintinho.nome, end='')
        for k in range(1, 4):
            print(" %s" % pintinho.som, end='')
        print("!")

[editar] O sucesso

Mesmo Guido não conseguindo ter seu principal objetivo de ter sua linguagem sendo utilizada por programadores amadores na época, o futuro reservou uma agradável surpresa: os programadores amadores de hoje têm Python como sua linguagem favorita!

Em pesquisas recentes percebeu-se que os programadores usam Python em aplicações de missão crítica como jogos de campo minado, gerenciadores de locadora e exemplos de faculdade. O sistema operacional preferido pelos Geeks, Microsoft Windows é todo criado nesta linguagem (isso explica porque demora tanto para iniciar).

Em 1994, Maurício de Sousa, que conheceu Python por meio de seus leitores, criou o personagem Do Contra para homenagear Guido van Mussum. A comunidade Java reagiu ao sucesso de Python criando a roda novamente diversas vezes.

No Brasil Python é utilizada por sanguessugas e ubuntontos.

Pyhon também foi utilizado pelo cantor Michael Jackson para seduzir garotinhos, que criou o site www.python.com, assim enganando as crianças interessadas na linguagem e que desconheciam o site oficial do Python. Com o site Michael Jackson corrompia os menores e os levava para conhecer a Python dele em Never Land seu parque de diversões particular.

[editar] Ver também


v d e h
Linguagens de Programação POG

ABAPActionScriptKhadaAJAXAlgolAlgoritmoASPAssemblyBASICBashBefungeBrainfuckCC♭C#C=C+1C=C-1ClipperCOBOLColdFusionDDBaseDelphiEiffelFortranFoxProGambiarraGeneXusGroovyHaskellHQ9+HQ9++HTML (Microsoft HTML)• IntercalJADJavaJavaScript((((Lisp))))LuaMakerMalbolgeManaged C++ModulaNatural.NetObjective-COcamlPascalPascaliPerlPutaPHPPOGPortugolPrologPythonRubyRuby on RailsRuby off RailsScalaSmalltalkSQLVBScriptVisual BasicVHDLWilde CWhitespace

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas