Linguagem de programação

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikisplode.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: linguagem de programação.

Cquote1.png Na União Soviética, a Linguagem Programa você!! Cquote2.png
Reversal Russa

Cquote1.png Você tem sentimentos? Você sente dor?. Cquote2.png
Alan Turin sobre Teste de Turing

Cquote1.png Das ist ein Idioten! Cquote2.png
Konrad Zuse sobre Plankalkul

Cquote1.png Ah!! Uma Barata! Cquote2.png
Grace Cooper reportando o primeiro bug

Origens e Motivações[editar]

Depois que inventaram o computador , perceberam que ele não servia prá nadá, digo, para nada. Durante milhares de anos o computador ficou relegado a segundo plano e apenas calculadoras eram usadas! Mas um tecelão francês chamado Jacquard criou o primeiro programa para suas máquinas de fiar. Com inveja, Blaise Pascal inventou a linguagem Pascal para jovens com retardamento mental. Naquela época os computadores ainda eram muito rudimentares e não foi possível utilizar de forma satisfatória todos os recursos das Linguagens de Programação. Muito tempo depois Charles Babbage criou a máquina Diferencial prá fazer subtrações e a máquina Somatorial para fazer somas... como dava um trabalho do caralho muito duro construir máquinas para cada uma das operações, ele pediu à sua amante assistente Lady Ada Lovelace prá resolver essa porra e foi dormir. Ada então criou a Linguagem de Programação Ada, muito utilizada na Guerra do Golfo pelos Militares Americanos.

Babagge e sua máquina diferencial

Teoria[editar]

A ideia principal de uma Linguagem de Programação é a complicação. Quanto mais complicada melhor! Para isso um grupo de estudos foi formado para regulamentar a complicação adjacente a uma LP. O grupo seria chamado de GPCL ( ou Grupo Para Complicar a Linguagem ) mas resolveram chamar de W3C pois era mais complicado. O importante seria o uso de símbolos estranhos, pois isso facilitaria muito a writability de um programa e às favas com a readability! Achou complicado? Era essa intenção...ADA FOI A QUE CRIOU A LINGUAGEM.

Compilada ou Interpretada[editar]

A primeira decisão de um projeto de L.P. é saber se ela será Compilada ou Interpretada. Consultamos o célebre Teórico de Linguagens de Programação o sr. Sebesta que nos explicou "Uma LP compilada precisa de um Compilador, enquanto que uma LP Interpretada precisa de um Interpretador..."

A nomeclatura compilada surgiu pela performance vemos uma grande diferença, visto que liguagem compilada é mais rápida pois parte-se do principio que a linguagem está pilhada (toxicos) por tanto tem suas origens de compilhada.

Já a linguagem interpretada tem a origem de seu nome atribuida a parte dela ter sido desenvolvida por africanos torcedores do internacionale de Millao.

Konrad Suze e a sua PlanKalkull[editar]

Em 1937 Konrad Suze inventou a mais completa Linguagem de Programação que já existiu. Contava com estruturas de dados avançadas, com suporte a rede, garbagge collector, era funcional, lógica e Orientada a Objetos, sem deixar de ser imperativa. Tinha tipagem forte e dinâmica, suporte para objetos gráficos e uma ampla coleção de API's ou módulos prontos para serem usados. Suze levou muito tempo bolando sua LP e escreveu diversos manuscritos que escondeu perto do Mar Morto. Só faltava um detalhe para ele ser o maior gênio da história da humanidade: um computador... Mas ele não se entregou e construiu no porão de sua casa um avaçado sistema de 64 bits, com HD de 6 terabytes e uma memória RAM de 60 gigabytes... Mas quando estava terminando o protótipo do seu monitor LCD, bombas aliadas destruiram o seu porão e quase nada pôde ser salvo... Só em 1973 uma equipe de cientists fez a descoberta dos manuscritos do Mar Morto. Suze ainda desenvolveu uma grande quantidade de simulações para a II Guerra mundial. Se Hitler tivesse usado suas táticas, certamente teria vencido a guerra!

Para se ter uma ideia da potência do artefato linguístico de Konrad, aqui vai um exemplo:

Exemplo:

Program "Munden Dominatenem für einen kleinen timenem"

beginen

usen modulen (reich victorien.suz)
destroienen_das_alieden_forces_und_panzer()
exterminen_das_judish_und_emos()
Victorien!(Heil Hitler)

endenen



Konrad morreu justamente quando estava escrevendo um programa em sua linguagem superpoderosa que iria resolver todos os problemas do mundo, inclusive o da fome e o do rebaixamento do Corinthians.


Ver também[editar]