Linha

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Na outra linha, parágrafo... Cquote2.png
Professaora do fundamental sobre linha

Linha foi inventada para cada um saber o limite como é bom transpor linhas, principalmente se foram proibidas, mas não seja otário e analise bem a situação e seus riscos, não pense que basta ir transpondo linhas assim, pergunte isso a algum mexicano, ele poderá fornecer a você detalhes completos do perigo que pode ser transpor uma linha.

Linhas[editar]

Exemplo de linha imaginária.

Linha é um enfileiramento de qualquer coisa, mesmo de pinguinhos de tinta, encontrados em qualquer caderninho, então tu já sabe, mas não pule essa linha ainda, quando você não tem as linhas prontas, deve fazê-las, em geral isso ocorre quando quer fazer aquele trabalhinho escolar (da pré escola à facu é a mesmíssima porcaria), querendo deixa-lo meio diferente, então ao invés do papel almaço (quase escrevi papel almoço), opta por sulfite ou cartolina, resultado: Acaba tendo que desenhar linhas, nem que seja uma faixa decorativa nas laterais, mas tem que fazer.

Linha formada no Bosque Encantado.

As linhas retas são feitas com régua, porém linhas podem ser também curvas, por isso a conclusão é que qualquer coisa que defina formas, é linha. Assim surgiu aquele termo miserável de nome delineamento, e seu derivados, como delimitação, delinear e delineador... Esse último você usa se for mulher veado ou humorista (veado e humorista dá no mesmo em 80% dos casos), sabendo-se ainda que pode usar se for palhaço(humorista também, mas de outro tipo), mas os palhacinhos estão em declínio, fora Patati Patata, mas eles não conta porque são mais parecidos com bichinhos de pelúcia... Enfim, esse todos usam delineador, que creio, me corrija se não for isso, é uma linha que eles passam em volta dos olhos, mas agora lembrei que ouvi uma guria falar em delineador labial... Ah, deixemos esse tipo de linha pra lá.

Linha a ser percorrida costuma ser o percurso que um meio de transporte faz, mas as ruas não são chamadas de linhas, embora elas sejam, além de percursos, delimitações. O percurso de um busão é linha, bem como de um navio e até mesmo de um avião, mesmo que em geral ees não risquem o chão, salvo aquele ônibus que vai pra lugares como Tribobó do Leste, ou Umbará e por conta das ruas de barro, deixam as linhas feitas com as rodas. Mas onde surgiu, isso de chamar um percurso de linha? Explicação na outra sessão

Linha Férrea[editar]

Não pense que basta traçar uma linha, fazendo essa cara tão respeitável, para que ela seja obedecida.

Só pelo nominho da sessão você já deve imaginar, mas não estou garantindo que essa explicação seja satisfatória. Oque se pode dizer é que chamar um percurso de um meio de transporte qualquer de linha, sem dúvida saiu dos trens. O que costumava sair e o que sai até hoje de trens, são coisas muito estranhas, até mesmo caçambas de carvão, mas isso não vem ao caso. Chamar o percurso de um metrô de linha, é perfeitamente plausível, já que o metrô é uma espécie de trem, mas qualquer outro veículo também teve o percurso chamado de linha. As linhas de trem, nada menos do que duas paralelas. Isso está tão chato e pachorrento que se você estiver lendo ou tu é muito nerd ou é robótico ou as duas coisas, mas continuemos...

Linhas imaginárias são linhas que não existem de forma física, ou seja, se você ver parte da cerca (geralmente elétrica) de um lugar onde é difícil de entrar sem mais nem menos, totalmente o contrário do Brasil, que é a casa do caralho, onde qualquer um deita e rola, mas alguns lugares são um exagero em segurança e critérios de entrada, e podem mesmo ter cercas elétricas. Nesse lugares, caso você veja uma parte dessa cerca acidentalmente destruída, isso não significa que você possa ir entrando assim. Nesses casos, para sua segurança, imagine a tal linha imaginária e não atravesse a não ser que em seguida queira tomar um pipoco no meio da cara... Ou o que você acha? Que é Anton Chigurh ou algum outro fodão? Pois eles são imaginários de um grupo raro e seleto, então fique na sua.