Linha 1 do Metrô de São Paulo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bandeira do Estado de São Paulo.svg.jpg Eaew, jhow! Este artigo é paulista, que não gosta de Gaúcho e Carioca e se acha um puta trabalhador né, meu! E não tá completo pois o vacilão foi tomar um chôps e dois pastel, meu!
Wikisplode.gif
Para os fanáticos religiosos entre nós que escolhem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Linha 1 do Metrô de São Paulo.

Tabela de conteúdo

O Metrô de São Paulo
O arquiteto do metrô de São Paulo

Cquote1.png Estação Sé, desembarque pelo lado esquerdo do trem Cquote2.png
Mensagem do operador 5 segundos antes do salve-se quem puder
Cquote1.png Caralho! Era para estar na Conceição! Cquote2.png
Passageiro dorminhoco que acordou no Jabaquara
Cquote1.png Porra! Era pra eu descer na Sé! Cquote2.png
Outro passageiro dorminhoco que acordou na Tiradentes
Cquote1.png É aquela fita do queijo. Cquote2.png
Carla Perez sobre Linha Azul
Cquote1.png Fui eu que fiz! Cquote2.png
Paulo Maluf em campanha para Prefeitura de São Paulo
Cquote1.png Fudeu! Cquote2.png
Você sobre Estação Sé
Cquote1.png Estação Vila Mariana, acesso a linha 2... Quero dizer Ana Rosa. Cquote2.png
Operador confundindo estações
Cquote1.png Este trem não prestará serviços. Cquote2.png
Funcionário sobre trem que você pegaria
Cquote1.png O Metrô é o seu meio de transporte *interferência* vandalismo é crime. Cquote2.png
Operador avisando sobre vandalismo
Cquote1.png Não segure as portas *interferência* evite atrasos. Cquote2.png
Operador querendo culpar você pelos atrasos
Cquote1.png E eu com isso?!?! Cquote2.png
0REN sobre citação acima
Cquote1.png Os trens estão circulando com velocidade reduzida por problemas com a rede elétrica. Cquote2.png
Operador avisando sobre a lentidão no sistema(Leia: roubo de cabos)
Cquote1.png Para que lado vai abrir a porta? Cquote2.png
Você chegando a estação Jabaquara
Cquote1.png Próxima estação... Terminal Parada Inglesa. Retificando. Próxima estação. Terminal Tucuruvi Cquote2.png
Operaddor retardado
Cquote1.png Estação Terminal Parada Inglesa, retificando, estação Terminal Tucuruvi, solicitamos a todos que desembarquem nesta estação. Este trem não prestará mais serviço Cquote2.png
Operador retardado outra vez

Fui eu que fiz

Linha 1 do Metrô de São Paulo (também chamada de Linha 1 ou Linha Azul, ou não) é uma das linhas do Metrô de São Paulo. Liga o Jabaquara ao Tucuruvi (grande coisa). É chamada de linha 1 pois foi a primeira a ser construída e azul pois quiseram assim. É também a única linha cuja numeração faz sentido.

[editar] Detalhes da construção

Imagem das obras de construção do metrô.

Construída na década de 70 (do século V a.C) por vários escravos operários coordenados pelos arquitetos Carlos Alberto Parreira e Jeremias.

Foram usadas várias toneladas de cimento, concreto, aço, chicletes, fitas veda-rosca, cola quente, varetas, palitos de picolé e de churrasco e outros materiais.

O resultado é um transporte eficiente, rápido e que consegue atender toda a demanda. Tudo sem nenhum aperto e com muito conforto.

Importados da Bélgica, no século XIX e, movidos à vapor, os trens foram projetados para manter o conforto e a qualidade que todo paulistano merece!

[editar] Estações

O Metrô de São Paulo possui um monte de estações. A Linha Azul não é diferente. Cada estação possui uma característica especial, que a torna única e repleta de diversão para o cidadão paulistano. Este guia irá te ajudar a se aterrorizar aventurar pelas estações.

[editar] Jabaquara

Situada no bairro do Jabaquara, é a primeira estação do sistema. É como se fosse um Big Bang do transporte metroferroviário (curtiu essa palavra, hein? Use-a na sua redação.) brasileiro (ou seja: nada). Como em todo Big Bang, há explosão. Em toda explosão, há caos. E caos pode definir bem a estação.

Possui ligação com o terminal de ônibus, que interliga o metrô à cidade de Diadema; ou aos bairros de Jardim Ângela, Grajaú e vários outros lugares bem legais.

Também possui ligação com o terminal rodoviário, que liga São Paulo ao litoral Sul - como Mongaguá, Praia Grande, Santos e várias outras cidades simpáticas.

Tudo isso torna a estação Jabaquara um lugar bem frequentado e com um público muito simpático e educado. São suas boas-vindas ao transporte público paulistano.

A diversão é observar os aviões vindo do Aeroporto de Congonhas que ficam dando rasante nos arredores de estação. (No dia do acidente da TAM em congonhas - o de 2007 - víamos os aviões descer, passando por cima da rodoviaria do jabaquara, quando passou um avião que estava mais rápido e mais alto que os anteriores. Depois disso parou de passar aviões naquele dia.)

[editar] Conceição

Estação próxima à Estação Jabaquara (logo, fica no Jabaquara). Porém, a cidade de São Paulo é tão parada que de carro você demoraria um tempão para chegar nessa estação.

Possui um terminal de ônibus, muitos deles vindos do aeroporto de Congonhas (com aquela galera cheia de malas pra entupir de vez trem).

É chamada de estação Itaú pela proximidade do banco. Ou ainda, chamada de estação-do-prédio-azul, em referência ao prédio azul-cegante também próximo da estação.

[editar] São Judas

É próxima da igreja de São Judas (bairro da Saúde), daí veio o nome. Ou seja, é cheia de freiras, mendigos, religiosos. Também é próxima da Avenida Indianópolis (conhecida avenida de serviços), o que faz sempre aparecer uma trabalhadora nas proximidades.

Entre o trajeto Conceição-São Judas (e vice-versa), há uma abertura em que os passageiros podem ver o trânsito na Avenida dos Bandeirantes e perceberem que os outros estão se fudendo mais do que eles.

[editar] Estação Ultrafarma Saúde

Como o próprio nome diz, fica no bairro da Saúde (não vá pensando que há um hospital nas proximidades).

No entanto, exite pelo menos 400 unidades de uma grande rede de farmácias - a Ultrafarma (aquela do Lima Duarte) - no entorno da Estação Saúde.

É uma estação que infesta de gente. Gente que vem de muito longe (leia-se, cidade de Cotia, Itapevi ou Itaquaquecetuba) para adiquirir medicamentos e produtos de perfumaria nas mais 400 unidades da Ultrafarma.

Gente, também, bem educada, bonita, bem nutrida e simpática. E com a saúde sendo muito bem amparada pelos bons serviços do dono da rede Ultrafarma, um bom velhinho que parece o Milton Neves e é muito amigo do Ronnie Von e do Carlos Alberto de Nóbrega, daí a quantidade exagerada de idosos que frequentam esta estação.

[editar] Praça da Árvore

Outra estação do bairro da Saúde. É uma das estações mais curiosas do sistema.

A abreviação de Praça da Árvore é Pça. da Árvore. Pça é similar a PC e PC é o que não falta por lá. É um lugar cheio de Lan Houses, tanto que muitos clientes da área querem mudar o nome da estação para Praça da Lan House.

A região também é conhecida por sua infinidade de lojas, em que os clientes saem lotados de compras e entopem os trens com suas tranqueiras.

Mas eu não entendo porque ela é chamada Praça da Árvore, porque há somente uma pequena praça ridícula e com poucas árvores.

[editar] Santa Cruz

Fica no final do bairro de Vila Mariana, perto de Mirandópolis (sim, existe esse bairro), quase na Saúde.

É uma estação folclórica. Graças ao Shopping Metrô Santa Cruz há uma infinidade de japas, emos e pivetes mauricinhos pentelhos recém saídos das aulas do Arquidiocesano e do Madre Cabrini enchendo o saco na região.

Não raro, alguns punks aparecem na estação para enfiarem sopapos nos emos e os pivetes ficam "brigando" entre si, como um "te pego no Santa".

Outra curiosidade é o fato da estação se chamar Santa Cruz e não ficar na rua Santa Cruz. Terminando o folclore, há um terminal de ônibus dentro do shopping e duas entradas pra estação, uma de cada lado da rua, ambas com um cheiro insuportável.

A estação futuramente fará integração com a Linha 5, previsto para o ano de 20140.

[editar] Vila Mariana

Estação com o nome do bairro. Não possui tanta emoção como algumas outras, mas é uma estação chave do sistema. O sistema nunca mais será o mesmo a partir dessa estação (macabro, não?).

Possui um terminalzinho de ônibus e é conhecida como estação-perto-da-caixa-d'água (pela caixa d'água da Sabesp próxima).

Foi o primeiro ponto final da linha Uau! Que chato!

E outra curiosidade é que tem muitos velhos chatos e ranzinzas que pegam metrô sem pagar.

[editar] Ana Rosa

O Metrô começa a se transformar a partir dessa estação. Ana Rosa fica no Largo Dona Ana Rosa (sabe o que isso significa? É o nome de uma atriz velha da globo, que mais apareceu em novelas na história da telenovela brasileira. Daí o nome da estação. Esta atriz mora em uma casa muito próxima à Estação. Esta atriz é a mãe das Três Irmãs, atual novela homônima do horário das sete).

O sistema se transforma pois há a interligação com a Linha 2 e um terminal de ônibus. Tudo isso somado a proximidade com a Avenida Paulista e seus congestionamentos.

Isso torna a estação um tromba-tromba do caramba, com a galera do Ipiranga sentando o pisão no teu pé (isso no Ipiranga é motivo de orgulho: sentar o pisão nos playboys da Vila Mariana), o povo da Paulista (atrasado) te atropelando e os sacoleiros tacando a mercadoria na sua cara.

Em algumas horas do dia você pode se confundir e pensar que já está na estação Liberdade, devido ao grande número de orientais que entrarão no trem, mas é porque a estação fica próxima ao Colégio ETAPA.

Apesar de ser rosa, a estação é azul ou verde. Vai entender.

[editar] Paraíso

Não, não é a novela da Globo estrelada pelo cantor sertanejo Daniel, não. É o nome da estação, mesmo! Um nome irônico. A estação é um inferno. Também possui interligação com a Linha 2 e é mais próxima da Paulista, fazendo com que você seja bem mais atropelado que na Ana Rosa.

Seu patético engenhoso método de construção faz com que as duas linhas se cruzem diretamente, e as pessoas se desesperem para entrar no trem - o que faz com que você, que não tem nada a ver com o atraso do infeliz, tenha o pé achatado, seja esmagado dentro do trem ou seja "baldeado" sem nem mesmo querer fazer baldeação da Linha 1 p/ a Linha 2.

Situa-se (também use esta palavra na sua redação) no bairro do Paraíso, até próxima da igreja do Paraíso, e no viaduto do Paraíso - tudo ironia também. E ao sair da Estação, faça uma oração na Catedral Ortodoxa (uma cópia em miniatura da Catedral Santa Sofia, de Istambul), você vai precisar. A Estação fica próxima da Rádio Capital AM que possui em seu staff nomes consagrados como Paulo Lopes, Paulinho Boa Pessoa e Eli Corrêa, o homem sorriso do rádio, famoso pelo seu "OOOOOOIIIIII GEEEENTEEEEE"! O eco é tão grande que dá pra ouvir da Estação Paraíso, mesmo com todo o movimento nas trocas de trem e de linha!

Podemos ter como exemplo também o bairro Paraíso em B.H. Um bairro bem simpático, com pessoas bem simpáticas no morro, do lado de uma floresta, sendo assim um ponto de encontro de drogados.

[editar] Vergueiro

Metrô da rua Vergueiro (uma rua gigantesca e que liga São Paulo ao Acre). Escondida atrás do Centro Cultural São Paulo - mas ninguém entra lá.

É uma estação meio sem-graça e pela proximidade do centro e da Avenida Paulista costuma ficar cheia de pessoas (sim, você nunca se livrará de trens lotados).

Próximo a estação fica o CCO - Centro de Controle Operacional - das linhas 1, 2 e 3. Sim, enquanto você se fode desce do trem no estouro da boiada no horário de pico na Sé, o pessoal do CCO assiste e ri da sua e de todas as outras caras toma as providências cabíveis para guiar os bovinos preparar o "Embarque Melhor", tudo isso entre São Paulo e o Acre.

[editar] São Joaquim

Estação na região central da cidade. O movimento começa a ficar tenso e o público fica com mais axilas suadas (reze para que eles saiam).

Para a sua (in)felicidade, futuramente a estação fará interligação com a Linha 6, a Linha das Faculdades (ou seria Dificuldades?), a que vai até a Brasilândia (É nois, mano!), para aumentar o movimento e tornar o lugar mais divertido e emocionante.

[editar] Liberdade

Antigo cemitério, fica no bairro da Liberdade - tradicional bairro japonês. Logo, você encontrará uma renca de japoneses e otakus, que, sendo ou não fantasmas, estão lá para te aterrorizar.

Você pode parar por aí e pedir arrego, pois a situação se complicará nas próximas estações. Se você pedir arrego, você poderá desfrutar de um "legítimo" yakissoba (vai entender) feito por um Sushiman Baiano, além de fazer uma saudável(?) e segura(?) caminhada até a

Apesar do nome ser Liberdade, não há liberdade alguma: você fica preso no meio das pessoas.

[editar]

Você deveria ter pedido arrego na Liberdade. Mas, já foi. Você está no "centrão" de São Paulo, na Praça da Sé.

Agora, é o ápice (use também essa palavra na sua redação escolar) da torturadiversão no metrô paulistano.

A estação da Sé fica em uma região calma da cidade, com pessoas cultas, cheirosas, muito educadas e sem nenhum desespero na hora de sair do trem. Também há os novos passageios, vindos da Linha 3. O pessoal de Itaquera, Tatuapé, Vila Carrão, Barra Funda e outras áreas muito legais e prósperas da cidade. Como está no meio da Linha 1 e 3, sendo que a primeira liga a zona sul com a norte e segunda a leste com a oeste, vem gente de tudo quanto é lugar da cidade.

Para aliviar seu sofrimento, uma porta se abre e vários saem do trem, com destino a um lugar qualquer - te atropelando, claro -, para terminar, quando você está tonto do primeiro atropelamento, abre-se a outra porta e o pessoal vindo de outro lugar termina o serviço.

Você deveria ter pedido arrego.

Ao embarcar no trem nesta estação, tome cuidado para não ser levado pelo fluxo dos passageiros, passar reto e sair pela porta de desembarque.

[editar] São Bento

Que São Bento te proteja, pois sua viagem ainda não terminou. Você continua no centro e o movimento ainda não diminuiu.

A estação São Bento fica no Largo São Bento (dãããã) e na frente do mosteiro de São Bento (uau!). Fica na proximidade da Rua Santa Ifigênia (um centro de venda de produtos de alta tecnologia, com "descontos", paraíso dos geeks). Ou seja, tem muambeiro pra caramba pra te espancar com sacoladas, caixotadas.

Para melhorar sua situação, também fica próxima da Rua 25 de março. De onde entrarão vários infelizes cheios de muamba paraguaia para infernizar sua viagem.

Nessa estação fica o SBT.

Cquote1.png O SBT não ficava em Santana e agora fica na Anhanguera?? Cquote2.png
Você sobre citação acima

[editar] Luz

Situada no bairro da Luz, no centro. Possui interligação com diversas linhas da CPTM - o que consegue fazer o público piorar melhorar.

A Luz é uma estação velha pra caralho antiga e possui acesso ao museu da Língua Portuguesa (não, ninguém entra lá.)

Também fica próxima da Rua 25 de março e da Rua São Caetano, ou seja, é um entra-e-sai de caixotes e sacolas que é impressionante.

Tudo isso, e vários ônibus por perto, tornam a estação da Luz um lugar pacífico e tranquilo para um passeio com a família, amigos e para casais.

A estação da Luz recentemente ganhou integração com a nova linha 4, aquela dos trens mágicos que não tem condutor. Isso tornou a Luz um lugar ainda mais divertido, tranquilo e de pouca movimentação para todos.

Outro Conselho de amigo: evite passar por suas redondezas à noite, pois é cercada de mendigos, drogados, trombadinhas, assaltantes e meliantes em potencial. Um bom ponto turístico da região é a cracolândia ali pertinho.

[editar] Tiradentes

Fica a alguns metros da estação da Luz e da Armênia. É tão próxima da Luz que ninguém entende sua função. Ninguém entra e ninguém sai dela. Só serve mesmo pra você acordar e ver que está na estação errada. Ou serve também para situações como essa ou essa.

É popularmente conhecida como estação-dos-velhinhos-jogadores-de-dama. Pois há vários velhinhos jogadores de dama nas proximidades, que ficam jogando dama o dia inteiro e vadiando por aí.

[editar] Armênia

É outra estação chave do sistema. O metrô sai da terra e vai para o céu. É uma estação que fascina os caipiras e os pivetes idiotas por causa disso, e permite saber se está chovendo ou fazendo sol.

Possui acesso a um terminal intermunicipal, pros manos de outras cidades adentrarem ao sistema e darem um passeio na cidade.

Era chamada de Ponte Pequena um nome besta pra caramba e mudaram o nome para Armênia (e dizem que há um portal para o país Armênia na estação).

Um conselho de amigo: evite de descer nessa estação pois ela fica sobre um córrego fedorento pra caramba.

[editar] Portuguesa-Tietê

Estação praticamente sobre o rio mais límpido e bonito do mundo. Foi Maluf quem fez (e colocou uma placa gigantesca para que você se lembre).

Fica na parte feia menos verticalizada do bairro de Santana.

Possui acesso ao Terminal Rodoviário do Tietê. Um terminal simpático, organizado e pouco movimentado. Leva e traz uma galerinha da pesada do interior e de vários outros estados desse país. Logo, algum infeliz passará com a mala de carrinho no seu pé.

Ganhou o anexo Portuguesa pois fica próxima ao estádio da Portuguesa e para que você se lembre que existe um time com esse nome e para os torcedores (?) do time se lembrarem de onde fica o estádio.

[editar] Carandiru

Sim, você não está louco. É o nome do presídio, na verdade, ex-presídio. O que é o nome do bairro (apesar de não ficar no bairro do Carandiru, e sim em Santana).

Quando existia o presídio, você tinha o privilégio de ver os cárceres enquanto apreciava o passeio. Hoje em dia fica o Parque da Juventude que abriga famílias, velhinhos, maconheiros e desocupados, é um excelente lugar para ser assaltado pelos manos da favela Zaki Narchi.

[editar] Santana

A estação que abrange toda a Zona Norte, pois todos os habitantes da ZN dizem que moram em Santana.

Foi por 42 décadas a última estação do sistema. O entorno é cheio de ônibus e vias largas, um lugar tranquilo e silencioso. Fica num lugar alto pra caramba. Você leva 10 minutos para subir as escadas para chegar na plataforma da estação.

[editar] Jardim São Paulo

O metrô volta ao chão (e os caipiras e pivetes ficam bestas de novo). É uma estação desconhecida e dizem que há vários acreanos ricos na região.

[editar] Parada Inglesa

Não apareça nessa estação às 17 horas. Pois como o nome diz é uma Parada Inglesa. Ou seja, os metroviários pararão para tomar um chá inglês. Os passageiros que se danem.

O metrô volta ao alto para o deslumbre de caipiras e pivetes.

[editar] Tucuruvi

Tucuruvi ou TUCÚ para os moradores da região, é lá onde se você dormir vai acabar acordando e se perguntando aonde eu estou, mas fique tranqüilo nada vai acontecer a você a não ser que o ultimo trem de volta já estiver partido caso contrario ao redor da estação temos uma praça mais conhecida pelos moradores na região como “Praça do Silva” já como você não tem mais nada a perder vá até lá, faça uma social com os emos e gays que costumam ficar por ali, e quando o dia amanhecer, volte para a sua casa.

[editar] Pátio Jabaquara

É o pátio de onde saem todos os trens da Linha 1 e Linha 2 (brasileiro deixa tudo incompleto e a linha 2 não possui pátio).

Quando você pegar um metrô no Jabaquara, tenha certeza que ele será recolhido e irá ao pátio. E quando você vir um trem chegando do pátio para a estação, saiba que ele irá para a linha 2.

É. Murphy explica.

[editar] Erro da Wikipédia

Os fanfarrões da Wikipédia com seus planos de dominação mundial e lavagem cerebral querem que você acredite que a Linha 1 é Tucuruvi-Jabaquara.

A verdade é Jabaquara-Tucuruvi. Afinal, a primeira estação construída (em 473 a.C) foi a estação Jabaquara. A estação Tucuruvi foi construída em 22 d.C e Jesus cortou a fita da inauguração.

Não caia na idiotice da Wikipédia.

[editar] Ramal Moema

Ramal Moema é um buraquinho na estação Paraíso. Que ligaria o Paraíso até Moema, mas foi cancelado por que Deus quis e pronto. Não discuta.

Felizmente não foi concluído, pois o inferno seria ainda pior na estação Paraíso. Com ele lá, pra embarcar para Alto do Ipiranga você teria que sair da estação e entrar de novo, com 556 linhas atrapalhando sua vida.

Hoje, é um monte de nada e só serve pra, de vez em quando, guardar os caminhões velhos, sujos e movidos a vapor da Manutenção. Quem sabe um dia não a usarão para algo útil, tipo...ééééé...mas também... Deixa pra lá.

[editar] Ver também

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas