Lipetsk (óblast)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Lipetsk(em russo, Липетсk), o óblast das parabólicas.

História[editar]

A primeira torre parabólica multi-funcional do mundo na capital de Lipetsk. E daí?

Lipetsk durante muito tempo não passou de uma extensão verdejante do Distrito Federal de Moscou, sem os castelinhos, passeatas de operários ou vodka.

Apenas com o advento da tecnologia revolucionada pelo conterrâneo eslavo naturalizado lipetskiano Guglielmo Marconi, o rádio, Lipetsk foi a alocação ideal para a instalação de todo aparato parabólico russo.

Durante a Guerra Fria, as parabólicas lipetskianas serviram como radares para detectar bombas nucleares americanas (imediatamente interceptadas em céu pólo-nórdico), aviões americanos (imediatamente derrubados) e OVNIs (imediatamente capturados). A gloriosa Lipetsk foi decisiva no resultado da Corrida Espacial.

Lipetsk é um dos óblasts mais poderosos da Russia, pois possui a sede da Globo de Dominação Mundial Lipetsk ou Гло́бу. Manipulando a informação da Russia, em contrato com o governo, a Гло́бу tem missão de alienar o máximo de russos possíveis para que não criem ideias insurgentes.

Lipetsk possui um dos melhores e completos sistemas de controle de voo no mundo. O que não é vantagem para ninguém, pois para algum avião se chocar em voo naquele território imenso russo é praticamente impossível.

Etnia[editar]

Formado por russos profissionais em radiodifusão de informações, alguns astrônomos que se perderam de Astracã , além de técnicos de TV e de vigilância russa.