Lobão

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Pensador trabalhando.jpg Lobão é um filósofo
Portanto também é um deficiente mental...

Este é mais um desocupado que não tinha porra nenhuma pra fazer além de contemplar a empolgante vida sexual dos caramujos-de-jardim. Se você é uma pessoa provida de um pouco de sanidade mental, vá procurar algo melhor para ler, como uma bula de remédio!

Emblem-sound.svg.png Lobão
RITAA.jpg
PRA QUE ESSA LÍNGUA TÃO GRANDE?
Nome Johnataniel Louis Lobiskang Wolfsglobetroternsvisk Stroponvisk Binidito da Silva
Origem Bandeira do estado do Rio de Janeiro Rio de Janeiro Classe Média-Alta-Rebelde-Sem-Causa patrocinada pelo Governo
Sexo Com a Vovó, o Caçador e oral com si próprio (adora o chapéu vermelho)
Instrumentos
Nuvola apps kcmmidi.png
violaselo, caixa de fósforo, bateria de automóvel, mangueira, chocalho de bebê, tampa de mesa (com o nariz), trompete de vara, instrumentos de sopro (ânus), guitarra e chinela havaiana, flauta doce-de-leite e punheta com a mão esquerda com dois dedos, além de tocar pernilongos, baratas, etc.
Gênero Lobis Canabis Canidae, Rock Junior, bosta-nova,pancadão, etc (Leia texto)
Influências MPB, KLB, RBD, CPM 22, RPM, PM, PMDB, FHC e qualquer outra sigla, Odair José, Agnaldo Timóteo, Waldick Soriano, Escadinha, Fernandinho Beira-Mar, Marcinho VP, Chapeuzinho Vermelho, Comando Vermelho, Wanessa Camargo, Xuxa e principalmente o cd de historias dos três Porquinhos
Nível de Habilidade Alto Falsamente Inteligente para Fãs Verdadeiramente Idiotas
Aparência Boca grande, uma língua enorme ("é pra te falar melhor!"), um nariz enorme (por motivos óbvios), orelhas imensas e um rabo maior ainda
Plásticas Depilação de todo o corpo, inclusive anal, diminuição de orelhas, boca, olhos, e nariz tããão grandes
Vícios
Nuvola apps atlantik.png
Chapeuzinho e Carequinhas Vermelhos, Sucrilhos Kellog´s e falar mal de quem ele tem inveja
Cafetão/Produtor
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Lei Rouanet


Cquote1.png Lobão é um roqueirinho tupiniquim. Cquote2.png
Qualquer roqueiro internacional, sobre Lobão
Cquote1.png Os torturadores era um bando de manicures e pedicures que faziam as unhazinhas dos comunistas Cquote2.png
Lobão, sobre a tortura
Cquote1.png Aiiiin,não faz isso não Brown Cquote2.png
Lobão em trote do panico
Cquote1.png Lobão é o fruto de uma relação sexual entre a paudurescência e a bundamolice Cquote2.png
Papa Francisco, sobre Lobão
Cquote1.png É muita falta de paudurência! Cquote2.png
Lobão, lamentando o sexo com os "meninos" do Restart
Cquote1.png É uma coisa escalafobética Cquote2.png
Lobão sobre qualquer coisa
Cquote1.png Na Russia, é você que bloqueia o Lobão Cquote2.png
Lobão sobre e sua tara por bloquear fãs
Cquote1.png Pode isso Arnaldo ? Cquote2.png
Galvão Bueno sobre Afinação de Lobão pra Mano Brown
Cquote1.png É o cocô do cavalo do bandido! Cquote2.png
Lobão também sobre qualquer coisa
Cquote1.png Todos os grandes músicos da música brasileira e o Lobão. Cquote2.png
Diogo Mainardi sobre Lobão
Cquote1.png Você quis dizer Diogo Mainardi da música Cquote2.png
Google sobre Lobão
Cquote1.png Fofão? Cquote2.png
Surdo sobre Lobão
Cquote1.png Ah porra não, Lobão não! Cquote2.png
Qualquer pessoa sobre Lobão
Cquote1.png Então é o seguinte, sai corrrrrendo e vai votar sem medo de ser feliz, não é verdade??? Não é verdade?? Cquote2.png
Lobão no programa do Faustão em 1989, sobre as eleições presidenciais. Uma estratégia da Globo para derrotar Lula, que liderava as pesquisas
Cquote1.png Você quer votar?? É Lu-la-lá!! Cquote2.png
Lobão no programa do Faustão em 1989, sobre as eleições presidenciais. Uma estratégia da Globo para derrotar Lula, que liderava as pesquisas
Cquote1.png Rock paulêra, som de maconhêro. Cquote2.png
Crente sobre Lobão
Cquote1.png Peidei, mas não fui eu. Mas que cheirei, cheirei! Cquote2.png
A única camisa de Lobão sobre Lobão
Cquote1.png Chico Buarque é um bairrista das Laranjeiras, Tom Jobim é um desafinado, Mozart é antiquado e Lobão é um gênio mal compreendido Cquote2.png
Lobão
Cquote1.png Eu não entendo a existência da Maria Betânia, aquele aborto da natureza! Cquote2.png
Lobão
Cquote1.png você não goista de mim mas tua filha goista. Ela goista do dengo, do mengo, domingo e de coista Cquote2.png
Chico Buarque
Cquote1.png Ah doutor, aquilo é uma LOBISHONA! Cquote2.png
Sivirino
Cquote1.png É de uma profundidade que uma formiguinha atravessa com águas nas canelas, percebeste? Percebeste? É a besta integral e tem narinas triunfais de cadáver para te cheirar melhor! Cquote2.png
Nelson Rodrigues
Cquote1.png Olhe pra lente da verdade: É verdade quando dizem que você cheira drogas? Cquote2.png
Clodovil
Cquote1.png É tão mentira quanto quando dizem que você dá a bunda! Por que você acha que eu tenho esse nariz tão grande? E por que você tem essa bunda tão grande? Cquote2.png
Lobão em resposta a Clodovil

{c

Cquote1.png Se até eu existo, por que o capeta não pode existir? Cquote2.png
Lobão
Cquote1.png Primeiro Gil pro ministério da Cultura, agora o Lobão para as Minas e Energia, só falta a Tati-Quebra-Barraco pro Ministério da Habitação, Cazuza pra Saúde e Xororó pro Ministério da Fazenda Cquote2.png
FHC sobre a indicação de Lobão, o Edison, para Ministro
Cquote1.png Toca Raul! Cquote2.png
Fãs de Lobão em show de Lobão

Lobão, nome artístico de Porfilho Lobo do Nascimento , é um entrevistado. Eventualmente também é cantor de Rock Junior, Rock Santeiro, rock regressivo dentro de piscinas vazias, rock de breke, baterista da mangueira elétrica, maconhero, cherador, toxicômano, alcoolatra, chocoolatra, idoolatra, paranóico, mal-educado, mal-agradecido, invejoso e um tremendo pé frio, além de ser torcedor do Bangu (I, II, e III). Já tentou também, sem sucesso diga-se de passagem, o Aki-jazz, celtic metal, metal inoxidável, emo, demo, new metal(pop metal), Death Metal, trash metal, metal melódico(gay), glam rock, cowboy-western, clássico(sim, cantor de música instrumental, dita eros ou erus dita), funk-ambient, techno-fado, new wave age, Axé Sueco, Reggae Finlandês, Bolero Dinarmaquês, Hip-hop Japonês, Valsa Angolana e ópera-rap, além dos já citados MPB, KLB, RDB, CPM, RPM, PM, PMDB, CV (Comando Vermelho ou Chapeuzinho Vermelho ou ainda Caçador Valente)e por fim Integrante do Restart. Como ele próprio prefere ser rotulado, canta tudo, música negra, negros, brancos,rosa e amarela,monique evans e tudo que rasteja menos sertanejo-meloso e chico buarque ("Um bucho!").

É um maconheiro compositor (que pode te levar pro lado rosa da força )de várias marchinhas de carnaval que conquistaram o Brasil, de norte à sul, do Arroio ao Chui. A mais famosa delas é "Mim Chama Lobão" gravada por engano com o nome de "Mim Chama", famosa num comercial da Telemar ("aquela empresa espúria para quem o Herbert Viana se vendeu") e depois regravada por engano pelo João Gilberto. Um produtor que o odiava colocou a música na sua lista e João Gilberto já caducifólio (estado caduco dos vegetais) nem percebeu (percebeste?), pensando se tratar da sua trocentésima regravação da canção "LOBO BOBO" com a música incidental "É O LOBO, É O LOBO, É O LOBO".

Além de atuar na mídia como xingador profissional , sua carreira, aspiradíssima, é marcada por grandes parcerias sexuais com Cazuza, Bernardo Vilhena, Ivo Meireles, Júlio Barroso e o Jacaré que vive em baixo de sua cama. Conhecido por sua boca suja, compôs Bi-Chona, − canção homônima (ao dicionário, ao dicionário), que por imposição da gravadora, teve que mudar o nome para Me Chama, canção regravada por inúmeras empresas de telefonia e inúmeros intérpretes, que ele caiu de pau depois de faturar com os direitos autorais − e Vida Louca Vida, famosa na voz de Cazuza, quando este se contaminou com o vírus da AIDS. Lobão realizou vários projetos com várias gravadoras e artistas. Mas todos estes projetos tiveram um baita fracasso comercial, e Lobão então colocava a culpa nos seus ex-parceiros, nas gravadoras, na MPB, nos Estados Unidos e é claro na Rede Globo.

É reconhecido por ter uma boca grande, um nariz enorme e orelhas imensas, estas quase sempre escondidas por detrás do cabelo alisado com chapinha no salão de Suelly Shirley, uma amiga de infância. Recentemente tem feito uma parceria fantástica com o mano Caetano Veloso, que bem que o tentou levar para o lado rosa da força, tanto se odeiam que parece amor reprimido...

Carreira[editar]

Uma das carreiras à qual Lobão sempre aspirou desde menino.

Sua carreira é antes de mais nada, comprida, branca e fina. Quase sempre em cima de mesa. Aliás esta é uma descrição física do próprio Lobão... O eterno rebelde sem causa, nascido no seio (e não no útero) da tradicional família Lobiskang , filho de um diretor zoófilo de multinacional neerlandesa com uma cachorra carioca. Desde cedo revoltado com tudo sem motivo e com mania de perseguição (pelo caçador, pelos três porquinhos), Lobão esvaziava a piscina da sua casa, para montar seu primeiro estúdio Independente de Padre Miguel. Sua carreira começou aos dezesseis, e antes de completar dezessete já tinha cheirado ela toda. Depois de sair de casa para se tornar músico profissional, encontrou numa encruzilhada à meia-noite, onde uivava pra Lua, Nelson Motta, o eterno vampiro da MPB. Nelson percebeu ali um novo talento e resolveu dar uma sugadinha. Levou Lobão para tocar bateria na peça teatral de sua esposa à época Marília Melão, digo Melancia, digo Jaca, digo Marília Pêra, a quem Nelson explorava também. A peça tratava-se de um monólogo shakeasperiano e Marília perturbada pediu o divórcio para Nelson. Lobão logo disparou: “Essa Marília Pêra, enquanto atriz é ótima numa salada de frutas!”. Em seguida formou uma banda, onde tocava guitarra e chinela havaiana: "Viu, mano?", da qual faziam parte Lulu Santos e Ritchie. Logo depois de resolverem abandonar a banda, Lulu Santos, e Ritchie, estouraram nas paradas deixando Lobão sozinho no grupo, que uivou babando... “Lulu é nome de cachorro gay e Ritchie é onomatopeia (ao dicionário) de um espirro mal dado!”. Três anos depois, com o fim do grupo, Lobão seguiu cheirando sua carreira de baterista, tocando com Luiz Melodia, Walter Franco e Marina Lima, que demitiram Lobão sequencialmente, para voltarem a ter algum sucesso. Mas Lobão não deixou por menos: “A melodia do Luiz é horrorosa, o Walter é um fingido, e Marina é azeda como um limão lésbico!”. Fundou a banda Blitz com Evandro Mesquita, Fernanda Abreu e outros, mas dono de uma uma tremenda urucabaca e mau hálito, foi expulso do grupo, que estourou imediatamente em seguida. Foi Lobão quem deu o nome à banda, às vésperas de um show, após ser pego por posse ilegal de uma ovelha numa blitz.

Marcada por grandes parcerias, entre elas com o porquinho Prático, grande multi-instrumentista venezuelano que abandonou o país por causa de problemas relacionado ao petróleo do ditador Evo Morales, o porquinho Heitor, baterista que tocou nos X-men do Blues e o porquinho Cícero, um extraordinário contrabaixista manqueba. É autor de "A Jardineira" (Ó jardinheira porque estás tão triste? / Mas o que foi que te aconteceu? / Foi a camélia que caiu do galho, / deu dois suspiros e depois morreu) e compôs, junto com Tati Quebra-Barraco, a música "60 na mandioca" (Fui no mercado comprar uma mandioca. Olhei para o preço, vi 60 mandioca... 60 na mandioca, 60 na mandioca (...) pago 60 na mandioca).

Tentou também que fosse reconhecida sua parceria com o Coelhinho da Páscoa, na canção que (segundo ele) fez para o Alexandre Frota"Coelhinho da Pascoa, que trazes a mim: Um ovo, dois óvos..."

História[editar]

Lobão cantando seu hit de sucesso religioso: lê o Torá duas vezes.

Nasceu e foi criado em Belo Horizonte, capital do estado de Minas Gerais. Nerd Esperto desde criança, Johnataniel Louis Wolfsglobetroternsvisk Stroponvisk da Silva Pinto era chamado de Xurupito pela mamãe até os 12 anos, quando revoltou-se contra a família repressiva que tinha, que não o deixava cheirar tomar Coca e principalmente não o deixava escutar os discos do Restart, que tanto amava. Revoltado contra o sistama familiar, Xurupito resolveu tentar uma guinada na sua vida, que veio justamente com a música erudita.

Aprendeu os primeiros acordes do'LEPO-LEPO' ainda faltando uma semana antes de completar 14 anos. Depois, graças ao ouvido aguçado, aprendeu, no tapa, tocar trompete de vara. Para a guitarra havaiana foi um pulo. Resolveu montar uma banda de brega Rock, mas como em Belo Horizonte não há nenhuma banda nem conjunto musical,ligou sem Windows 92 e entrou noOrkut, encontrou os três porquinhos (que moravam no Rio de Janeiro) e marcaram logo de fazer um barulho do kct

Como era caro os 3 porquinhos virem à capital mineira nos finais de semana para ensaiar, Xurupito se dispôs a pegar um Cometa na rodoviária até a cidade maravilhosa todas as sextas, voltando à casa dos pais na segunda pela manhã.O que ele fazia nas noites era uma duvida

Capa de "Ronaldo Foi Pra Guerra", segundo disco de Lobão.

Nestas viagens perdeu, finalmente, a virgindade com nada mais nada menos a grandiosa Monique Evans (desculpe o péssimo trocadilho), famosa por deixar nerds garotos transloucados com sua "chave polaca" e por incentivar seus namorados à usar substâncias ilícitas. Entre umas chaves e outras, Monique foi aplicando Xurupa no vício de cheirar gatinhos, no começo, até finalmente aplicá-lo no poderoso bacon. Um pouco antes da recessão de bacon que viveu o Brasil na década de 80, Monique fez a cabeça do seu amante, Chacrinha, para lançar a banda do namorado nerd, chamada Xurupito e os Três Porquinhos.

Como o nome não era nada comercial, resolveram desapelidar Johnataniel da Silva Pinto, transformando o nerd belorizontino de Xurupito para Lobão. Era o início da vitoriosa estreia da banda Lobão e os Três Porquinhos.

Momentos antes de entrar no ar, Chacrinha, um demente da porra por conta de tanto bacon que consumia aliado ao suco de bacalhau que sorvia antes de entrar ao vivo, trocou os papeis que todo apresentador de tevê traz nas mãos e chamou a banda "Lobão e os Ronaldos", confundindo com um jovem atleta dentuço que estava ainda para fazer embaixadinhas no palco. Em menos de 24 horas, a banda de Johnataniel mudou de nome por 3 vezes.

Lobão acabou com a sua primeira banda por conta de Monique, que durante a recessão de bacon mundial, fez novamente a cabeça de Johnataniel Louis LobisKang Wolfsglobetroternsvisk Stroponvisk da Silva Pinto para acabar de vez com aquela porcaria. Cícero, Heitor e Prático foram capturados, presos, amordaçados e sedados, enquando os dois tiravam generosas lascas das peles dos porcos para consumo. A polícia descobriu o cativeiro e prendeu Lobão, que para livrar a cara de sua namorada, assumiu a autoria do sequestro e as drogas escondidas na bunda lá.

Quando finalmente houve a liberação do bacon em território nacional, Lobão, através da Justiça Gratuita, aguardou pacientemente mais 60 anos até sair detras das grades. Depois de livre, iniciou novamente sua carreira, desta vez solo, e lançou o Lp Cinema Transcendental com Monique Evansnescence na Última Fileira, que foi um verdadeiro alvoroço na mídia brasileira. Emplacou a música "Abre Alas" (Ó abre alas que eu quero passar...) e "Bandeira Branca" (Bandeira branca, amor Não posso mais). Participou do Derby Suave Rock e Iraque in Rio 2, ambos com ótima aceitação do público.ou nao

Com o fim do namoro com Monique, Lobão decaiu em prantos, emagrecendo inúmeros quilos e perdeu aquele feeling que o distinguia dos demais cantores brasileiros. Foi convocado, então, por nada mais nada menos que o Pastor Edir Macedo para escrever músicas voltadas à fé dos crentes na Igreja Universal e, assim, como uma fênix, ressurgiu das cinzas do seu passado para tornar-se um dos maiores ícones da música gospel tupiniquim. É dele a música "Põe aqui o seu dinheirinho" e "Me vende um lugar no céu", cantadas aos berros nos encontros das igrejas no mundo todo.

Carreira solo[editar]

Lobão e Gal Costa (assustadíssima com o fato e a foto) na juventude

Lobão começa cheirar sua carreira solo com o lançamento de Som de Cinema Mudo, em 1982, cujas músicas foram tema da campanha da seleção brasileira na Copa de 82, a partir do jogo contra a Itália... Outro fracasso estrondoso. Em seguida forma a banda "Lobão e os Ronaldos e os Impedidos" (que tinha na sua formação, o cantor na época, depois goleiro do Curintia, depois ex-goleiro e cantor, e hoje ex-cantor e atual comentarista da Rede Tv, (Ufa!), Ronaldo) que lança Ronaldo Foi Pra Galera. Apesar do estrondoso fracasso, a banda tem uma vida curta. Ronaldo decide abandonar a banda para qualquer carreira que fosse, até mesmo futebol, antes que Lobão cheirasse ela toda. Lobão dispara “Ninguém com nome Ronaldo pode dar certo no futebol. Já viste algum jogador com nome Ronaldo?” Depois segue aspirando a uma carreira solo, lançando a canção “Rádio Blá, Blá, Blá, Eu Te Amo”, onde conta como comeu Monique Evans, pensando ser a vovozinha. Depois de ser corneado por Monique, lança o single Deca Dance Avec Elegance (1985), onde dispara seus chifres afiados contra a ex-namorada. Após colecionar vários fracassos comerciais no Rock, lança o álbum O Rock Errou (1986), do qual "Revanche", canção feita para a seleção na Copa de 86, se torna o carro-chefe. Logo após seu lançamento, quando o Brasil perde pra França, Lobão é preso tentando cheirar a própria avó, passando um ano na cadeia. Ali escreve Diário de um Detento, mas por achar pouco comercial, dá a letra para um colega de cela, chamado Mano Carlinho Brown. Também escreve a canção “Bangu 1 x Polícia 0” em homenagem ao seu time de coração e ao seu local preferido. Depois de um flerte com o samba-rock (mal-sucedido), Lobão dispara que “esse pagodinho nuncá venderá porra nenhuma no Brasil!”. Depois participa de festivais como o Hollywood Rock, sendo que logo após a propaganda de cigarros é proibida no país; e Rock in Rio II (onde se apresenta com os óculos e a peruca do João Gilberto, um banquinho e um violão, durante a noite do Heavy Metal...). Depois disso, o Rock in Rio foi transferido para Lisboa. Lobão insiste na Bossa-Nova, depois do sucesso de João Gilberto com “Me Chama”, mas é vaiado pelas duas pessoas que comparecem aos seus shows, sua mãe e seu pai. Suas atitudes polêmicas voltariam a ter evidência em 1999 depois de seu rompimento com as gravadoras, a MPB“as culpadas por toda a ditadura militar” e o lançamento de A Vida é Doce, mas é não é Diet num esquema inédito, com distribuição nas feiras e camelôs, junto com uma rapadura. O esquema quase funcionou. As pessoas até que compravam o cd, mas jogavam fora e ficavam com a rapadura. Após o fracasso da vendagem e de crítica com seus discos Independentes de Padre Miguel "A Vida é Doce" (1999) e "2001: Uma Odisséia na Universal do Reino de Deus Paralela" (2001), lançou a revista pornográfica gay Outra Cosa Nostra, através da qual lança bundas e bandas e músicos de maneira independente de padre miguel, tais como Cachorra Grande, B. Grande Negão e Arnaldo "Dizem que Sou Louco" Baptista. Seu último disco, lançado em 2005, até hoje inédito do público, o "Uivos Dentro da Noite Ensolarada", foi também lançado pela revista com tiragem inicial de 2 exemplares, mas seus pais não compraram.

Lobão, Editor[editar]

Em 2002, Lobão cansado se ser um perdedor em tudo, deixa de apoiar Lula nas eleições presidenciais para apoiar José Serra e muda de ramo, abandonando a música e partido para o mercado editorial.Em 2003, Lobão lançou a revista cultural "OUTRACOSANOSTRA", com a parceria da B&C&TA Editora, que faliu logo em seguida. Essa revista reúnia participações de ex-músicos e ex-pensadores da Bahia de bigode e cabelo brancos, entre eles Jorge Amado, Antonio Carlos Magalhães, Dorival Caymmi, que faleceram no dia do lançamento. Depois Lobão escreveu uma auto-biografia não autorizada por ele mesmo, na qual confessava que comia a própria mãe e espancava o pai, que após ser publicada levou seus pais ao suicídio e a Editora Conrad à falência. Na esteira do sucesso do primeiro livro, e sem convite para animar festas infantis com sua bandinha, Lobão, que não cursara o 2º Grau, faz um curso madureza, onde fica sabendo de uma tal Semana de Arte Moderna que aconteceu no início do século. Acreditando se tratar de um evento recente do século 21, Lobão rabisca em resposta (com 90 anos de atraso), o Manifesto de Porra Nenhuma na Terra de Michael, onde escreve cartinhas maleducadas a pessoas que morreram há quase cem anos, como os irmãos Mário, Carlos Drummond e Oswald de Andrade, acreditando que as mesmas ainda estejam vivas.

Lobão e a televisão[editar]

Lobão tentando fazer um pacto com o Demo

A partir de 2005, Lobão se envereda pela televisão, onde apresenta o programa erótico para a terceira idade, Saco-Rola, na PlayTV, junto com o então esquecido Marcelo Tas e a desconhecida modelo Mariana Weickert. Porém Lulinha, o filho pródigo e prodígio do Lula, compra a TV e sabedor do pé peludo e frio de Lobão, demite os três. Logo em seguida Mariana se transforma em Gisele Bündchen e Tas estoura no CQC da Band. E Lobão: “O Polvo brasileiro odeia Lula!”. No dia seguinte Lula atinge 99,9999999% de aprovação da população (o 0,0000001% representa a opinião de Lobão). Atualmente o moderado Lobão trabalha como VJ (do inglês "Velho-Jovem" = Ancião metido a garotão) na MTV moderando (hem?) o programa MTV Debate-se, que vai ao ar curiosamente na MTV, e apresentando o programa Código Não Digo, onde Digo Digo, não Digo Digo, Digo Diogo MTV, às sextas-feiras 13. Lobão fez uma participação como jurado no Idolos, do SBT, cheirando uma jurada engravidou. O programa perdeu a audiência e o nome para a Record. Depois, após a saída de Rafinha Bastos do Programa A Liga, por problemas de indigestão após comer a Vanessa Camargo e o bebê dela, Lobão é contratado no lugar do comediante. Três meses depois, após uma meteórica queda de audiência da Liga, Lobão é expulso a pauladas da Band, ganhando de indenização uma saco de ração para cães.

Lobão e o movimento Independente[editar]

Lobão foi um dos precursores do movimento independente, abandonando as tradicionais gravadouras e gravando os seus discos de maneira independente. Porém, lobão não conseguiu o impacto esperado com esta medida, que era que todos os músicos do país gravassem discos independente e principalmente proclamassem LOBÂO como o novo Jesus Cristo, e o precursor do movimento independente. Como não deu certo, ele acabou gravando um acustico na MTV. Seus próximos planos são:

  • Gravar um comercial da coca-cola
  • Fazer um programa de auditório na rede globo aos sábados
  • Gravar um samba-rock enredo para a escola de samba Cai Cai

Tragadas na MTV Altruístico MTV[editar]

Em abril de 2007 é lançado o álbum baseados na MTV Altruístico MTV, uma ação filantrópica totalmente dedutível no imposto de renda, da MTV e uma grande gravadora multinacional imperialista Cornolista coronelista espúria, com a qual Lobão fez as pazes passou a elogiar desbragadamente.

v d e h
VJ's e Coisas da eMo tV MTV e outros Inúteis

MTV.jpg

MTV 2013: 15 minutosBento RibeiroBruno SutterCaroline RibeiroChuck HipolithoConeCrewDiretoriaConradoDeco NevesDidi (Gay)Diego QuinteiroFudêncioFunéreaFuro MTVGaía PassarelliGuria RetardadaHermes e RenatoJuliano EnricoLoira do AtonLucas StegmannPaulinho SerraPC SiqueiraTiti MüllerThunderbirdVJ

VJs Descartados: André VascoAdriane GalisteuArnaldo AntunesAstrid FontenelleBabiBarbixasBocãoCazé PeçanhaCésinhaChina (músico)Chris CoutoChris NicklasCláudia LizCrioloCuca LazarottoDani CalabresaDaniela CicarelliDidi WagnerDJ MarkyDJ NyackDominiqueEdgard PiccoliEdu EliasEllen JabourEmicidaEmoFabiana SabbaFábio MassariFabio RabinFelipe SolariFernanda LimaFernanda TavaresFernando MeligeniGastão MoreiraJairo BouerJoão GordoKid VinilKL JayLevyLobãoLorena CalábriaLuana PiovaniLudmila RosaLuisa MichelettiMarcelo AdnetMarcelo SommerMarcelo TasMárcio GarciaMarcos MionMaria PaulaMariMoonMaryeva OliveiraMax FivelinhaMionzinhoOtaviano CostaPenélope NovaPrimo PretoRafael LossoRafael RamosRestartRenata NettoRafael QueirogaRita LoboRodrigo CapellaRodrigo PFunkRodrigo LeãoRock GolSabrina ParlatoreSarah OliveiraSilvinha FaroSoninha FrancineSophia ReisTalita WerneckTathiana ManciniThaídeTio João PintoVanessa HadiZeca Camargo


Latino.png Este artigo se trata de uma personalidade mortalmente, incrivelmente e filhadaputamente odiada!
E não sai na rua para não sofrer linchamento.

Conheça outros filhos da puta clicando aqui.