Locadora de videogame

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


A90.jpg

Este artigo discute coisas intrínsecas aos Anos 90's!
Provavelmente ele se refere a coisas daquela época, tais como Mamonas Assassinas, Super Nintendo e Banheira do Gugu.


Locadora de videogame faliu!
Graficozero.JPG
Cows1.jpg

Nem a Apple quita suas dívidas!

Outros que ficaram no vermelho.

Cquote1.png Bota mais meia hora ae, tio! Cquote2.png
Moleque sobre locadora de videogame

Cquote1.png Ô tio, troca aqui o CD que travou de novo o jogo. Cquote2.png
O mesmo moleque, após o jogo pirata travar durante a jogatina
Cquote1.png Quantu é a hora no Pleysteichu, tio? Cquote2.png
Moleque retardado, planejando como melhor gastar o dinheiro que era para o lanche na escola
Cquote1.png A hora é um real e meia hora é 75 centavos. Cquote2.png
Dono da locadora de videogame respondendo ao moleque (nos anos 90 as coisas eram baratinhas assim)

Uma típica locadora de videogame, reparem nas épicas grades protetoras para evitar que roubem as televisões.
Épico PlayStation de cabeça para baixo, a única forma de rodar jogo pirata do campeonato brasileiro.

Locadora de videogame é um lugar de passatempo da molecada, pode-se fazer duas coisas numa locadora: comprar jogos piratas, ou jogar horas de videogame.

As locadoras surgiram com o começo do declínio dos fliperamas, quando a tecnologia começou a evoluir e ninguém queria mais jogar naqueles trambolhos gigantes de madeira, nem pagar uma fortuna para uma ficha que durava 2 minutos de diversão, os moleques ficaram sedentários e agora só queriam jogar sentados.

As primeiras locadoras começaram na época da geração 8 bits, no local tinham vários Master Systems e famiclones da Gradiente e da CCE (que eram mais baratos que o console original da Nintendo) para jogar, uma parede cheia de caixas vazias de cartuchos e várias cadeiras pesadas de madeira da cozinha do dono da locadora, ainda rivalizavam com os agonizantes fliperamas.

O sucesso mesmo começou mesmo com o Super Nintendo e o jogo mais viciante da história: o International Superstar Soccer, ele viciou rapidamente todos os jogadores de Street Fighter II e Neo-Geo, o que contribuiu para a quebra definitiva dos fliperamas, foi esse jogo que caracterizou aquele típico barulho de torcida quando se chega perto de uma locadora dessas e aquela tela verde dos televisores, algum tempo depois do lançamento do jogo teve a versão De Luxo, por ser muito esnobe, hackers paraguaios criaram o hack mais famoso da história, o Futebol Brahileño 96, onde era possível jogar com os perna de pau do nosso desorganizado futebol.

Após a fase do SNES tivemos a chegada do console que mais enriqueceu os piratas no Brasil, o Preisteito, mas ele só começou a fazer sucesso uns anos depois, com a chegada do jogo de futebol japonês mais jogado da história: o Winning Eleven, como a Konami era xenófoba e achava que só quem entendia de futebol era quem tinha o olho puxado, sempre demorava décadas para lançar a versão com letras entendíveis, pensando nisso, os hackers paraguaios fizeram um intensivo para aprender português corretamente e lançaram o maior sucesso entre os moleques, o Bomba Patch, uma espécie de "Winning Eleven de Rodoviária", com times nacionais, jogadores overpowered e estrelas pornôs.

Assim como os fliperamas, as locadoras de videogame entraram em declínio por causa do sedentarismo cada vez maior da molecada. Se antes eles ainda saíam de casa para ir jogar videogame na locadora do bairro, depois a molecada só queria ficar no MSN e Orkut o dia todo. Antes de falirem de vez, muitas locadoras de videogame se transformaram em Lan Houses, o que garantiu mais alguns anos de sobrevida para elas.

Regras das locadoras de videogame[editar]

Controle de fliperama adaptado por uma locadora, tente jogar qualquer jogo que não seja de luta numa merda dessas.
Trajes típicos dos manos de locadora: havaianas, bermuda, camiseta (opcional) e boné.
  • Colocar o Playstation de cabeça pra baixo melhora a leitura dos discos gravados em mídia vagabunda.
  • Só pode trocar o jogo depois de meia hora.
  • Quem tem Memory Card é rei.
  • Usar o Memory Card da locadora é o mesmo que pedir que seus saves de Final Fantasy, com mais de 50 horas de jogo, sejam apagados para dar lugar a saves de Winning Eleven.
  • Jogos de corrida com capas legais costumam ser uma bosta.
  • É proibido fazer rodinha de gente em volta de uma TV.
  • Sempre tem um mano seboso que nunca lava as havaianas jogando com a perna cruzada e que espalha um cheiro insuportável de chulé por toda locadora.
  • Quer jogar um lançamento? Espera na fila.
  • Sempre tinha um SNES ou um Nintendo 64 isolado no canto que ninguém queria jogar.
  • Uma hora de PS2 no lançamento já chegou a custar 10 reais.
  • Pouco tempo depois, essa mesma hora caiu para 2 reais, no máximo (para desespero dos otários que pagaram 10 reais no lançamento).

Ver também[editar]