Lombardia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mafiapre.jpg PORCA DESCICLOPÉDIA!!

Questo articolo è 100% made in Italia ed è sotto il controllo di Cosa Nostra! Perciò sta' bene attento a dove metti le tue manacce zozze o i nostri amici verranno a casa tua per spezzarti le gambine!

60px-Bouncywikilogo.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Lombardia.
Paisagem da Lombardia, mostrando a organização e a superioridade da Engenharia Civil

Cquote1.png Você quis dizer: País Lombardia Cquote2.png
Google sobre Lombardia

Cquote1.png Um dia seremos um país Cquote2.png
Habitante da Lombardia sobre o fato de a Lombardia ser um dos melhores estados da Itália

A Lombardia é um país estado da Itália povoado por povos bárbaros. Trata-se de um estado que sempre discordou das políticas vigentes na Itália. É, atualmente, o estado com o melhor IDH da Itália e é governado pelo escudeiro de Silvio Santos. Sua capital é Melão Milão.

História[editar]

A região da Lombardia foi, primeiramente, ocupada pelos gregos, os quais foram responsáveis por estabelecer uma organização de Cidades-Estado. Os gregos eram ávidos construtores e deixaram registros marcantes na cultura da sociedade da Lombardia.

Cquote1.png Eu aprendi que monstros marinhos existem!! Cquote2.png
Estudante da Lombardia sobre a influência da cultura Grega na região

Foi aí que os romanos entraram em cena. Eles tentaram convencer a Lombardia a fazer parte do seu império com o uso de palavras, porém vendo que a mesma não aceitava de jeito nenhum, atacou ela, implantando o seu modo de fazer as coisas na mesma.

Sob a influência romana, o ensino decaiu, as cidades deixaram de ser autônomas e passaram a sustentar a máquina de destruição romana. O território, outrora bem sucedido, se transformara em uma simples província produtora de vinhos para os generais romanos. Foram longos árduos séculos de submissão do povo Lombardo às ordens romanas.

Os celtas se preparando para invadir a região da Lombardia

Cquote1.png Eu não acredito mais em mostros marinhos agora, eu acho que eles se tornaram terrestres e são conhecidos como "Romanos" Cquote2.png
Estudante da Lombardia sobre a influência romana na região

Revoltados com a atitude dos romanos, os Celtas convidaram o amigo Leônidas (pouco antes de partir para a Batalha do Peloponeso) para fazer um ataque à região da Lombardia. Foram muito bem sucedidos. Eles restauraram a cultura antiga, porém não optaram pela organização em Cidades-Estado.

Depois da colonização celta, os lombardos não quiseram mais saber de fazer parte da Itália e tentaram diversas vezes se tornar um país (característica presente na maioria das regiões ocupadas por bárbaros). Além disto, eles nunca mais foram dominados por outros povos.

Cquote1.png Agora eu acredito em dragões marinhos, os romanos se afogaram no nosso vinho!! Cquote2.png
Estudante da Lombardia sobre a influência Celta na região

Napoleão Bonaparte tentou invadir a região com um batalhão de Bonecos Palito, o qual foi devastado pelos Mafagafos Lombardos, os bichinhos de estimação na Lombardia.

Xerxes tentou invadir com um enorme exército, mas não conseguiu resistir ao Hidromel da Lombardia e se tornou um grande amigo dos mesmos (Ou não).

Antes da Segunda Guerra Mundial, o governo italiano quis impôr o Comunismo na Lombardia, a qual recusou imediatamente (desta vez os italianos preferiram não invadir a Lombardia).

O Hidromel, a bebida mais consumida na Lombardia

O mais ilustre habitante da Lombardia, que inclusive em sua homenagem nomeou-se a região, foi Lombardi que viajou para o SBT quando criança e propagou a fama da região nos quatro cantos do mundo.

Geografia[editar]

A região da Lombardia situa-se no norte da Itália, muito próxima aos Alpes. É uma região muito fria, sendo por este motivo, dominada por bárbaros. Seu terreno é formado por diversas montanhas, as quais ficam cobertas de neve, atraindo diversos turistas todos os anos, os quais servem de alimento para os Mafagafos dos Lombardos.

Economia[editar]

A Lombardia é um estado que é bem sucedido em todas as atividades financeiras que exerce, pois foi colonizada por nórdicos. Os setores que se destacam são: a produção de Hidromel, a violação de mulheres, a indústria de armas químicas e o turismo suicida.

Religião[editar]

Embora a Igreja Católica faça muito marketing lá, as religiões com maior aprovação na Lombardia são a Nórdica e a Grega.


Cultura[editar]

A grande inspiração de qualquer lombardo é o mestre Leonardo da Vinci, que brincou de médico com a Monalisa em Milão.