Lombriga

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Clique e venha fazer parte de nosso projeto!!
Projeto Desconhecimento

Este artigo de Ciências ganhou nota B, sendo considerado de Boa qualidade

Visite a discussão do artigo ou o projeto e Conheça-nos

Tenia.jpg
Vermes.jpg

Lombriga é um verme!!!

Cquote1.png Seu verme!!! Cquote2.png é um termo científico ou xingamento?

Bear janta.jpg
Este artigo é aprovado por Bear Grylls

BearGrylls jangada.jpg
Asclepius.png A Desciclopédia não é um consultório de medicuzinho.
Por isso, tome vergonha e vá procurar um pra fazer seu check-up.
Cquote1.png Sou a mais linda e fofa deste mundo! Ninguém jamais terá a minha beleza e o meu alto-nível!

Lombriga Vestida, sobre Lombriga Cquote2.png

Cquote1.png Isaltina, olha o tamanho da oombriga que o menino botou!! Cquote2.png
Falcão sobre a lombriga
Cquote1.png Some daqui! Some daqui! Some daqui! Some daqui! Some daqui! (...) Some daqui! Some daqui! Some daqui! Cquote2.png
João Gordo, sobre a lombriga
Cquote1.png Senhooor, tira isso de mim!! Cquote2.png
Crente sobre a lombriga
Cquote1.png Eu vô te dar abundância! Tu não vai ter mais fome! Tu não vai ter mais sede! Cquote2.png
Menina Pastora Louca sobre a lombriga
Cquote1.png Você é uma excelente fonte de proteínas e nutrientes essenciais para as Lombrigas Cquote2.png
Bear Grylls sobre Lombrigas
Cquote1.png Eu tenho medo! Cquote2.png
Regina Duarte sobre a lombriga
Cquote1.png ...E eu tenho nojo! Cquote2.png
Gabriela Duarte sobre a lombriga
Cquote1.png Ô LOOOOOCO, MEU!!! Infestação por lombriga emagrece mesmo!! ORRA, MEU!! Cquote2.png
Fausto Silva sobre a lombriga
Cquote1.png Pobre é que nem lombriga: quando sai da merda, morre. Cquote2.png
Falcão sobre a lombriga
Cquote1.png Já dizia minha mãe: quando um não quer, dois lombriga. Cquote2.png
Carla Perez sobre a lombriga
Cquote1.png Pull the tapeworm out of your ass! Cquote2.png
System Of A Down sobre lombriga (Tapeworm)


Tabela de conteúdo

[editar] A Origem da Lombriga (pode ser em vários cantos do corpo humano, e não só na barriga como jessica sandes pensa !!)

Lombriga jantando. Acima dela temos uma mistura de restos de diversos cremes de alho, bacalhau, agrião e espinafre. Acompanhado de uma torradinha e uma flor roxa pra enfeitar.
Uma lombriga alegre depois de um jantar adolescente. A maconha faz ela ficar em estado de euforia. Depois ela devora os Doritos.

Antes de começarmos: NÃO USE ESSE MATERIAL PARA SUBTITUIR A VISITA A UM MÉDICO

A lombriga é um ser. Ela habita nas profundezas intestinais de pessoas comuns como eu, você, a tua mãe, Ruth Lemos, Lula-Molusco, Daniela Cicarelli, Jesus Negão e a Dona Nena. A lombriga passa a existir no momento em que você deseja comer alguma coisa que não pode. Se você quer uma Bala Soft, mas sua mãe só tem Bala 7Belo, uma não vai suprir o desejo pela outra, o que faz com que a lombriga apareça pra te ajudar a adquirir uma bala soft(ou comer terra achando que está comendo a bala soft). Se o trabalho da lombriga der certo, você começa a comer tudo o que vê pela frente, mas não adquire a bala.

A função da lombriga é recomer o que você come. Muitas vezes você não tem tempo de mastigar direitinho como sua mãe ensinou, então a lombriga vai roendo os pedaços grandinhos pra que não seja necessário usar o cabo da escova de dentes pra partir em pedacinhos o cocô que não desce com a descarga. As lombrigas são pacíficas e simpáticas, podem medir menos que seu dedo mínimo, mas também pode medir mais do que o cordão umbilical do Dhalsim bebê.

A lombriga surge, principalmente, do cheiro do cafezinho. A cafeína funciona como uma espécie de Big-Bang na formação da lombriga. O cheiro da cafeína, carregado de micro-organismos lombrigais, depois que passa pelas fossas nasais, ao entrar em contato com o intestino forma uma linha fina que toma vida e passa a habitar e crescer com intensa necessidade de restos de comida. A lombriga surge do nada, apenas do contato das partículas de cheiro com o seu intestino. Mas o cafezinho não é a única substância geradora de lombrigas, embora seja responsável por 31,7% do aparecimento das mesmas. Outros 22,6% são originárias do contato com os porcos, seja cheirando, beijando, vendo ou comendo suínos de qualquer espécie (de qualquer espécie animal, políticos não se encaixam nesse grupo). Há ainda um grupo de 31,4% de lombrigas que surgem sem razão aparente, que a nunu-trtrtrtricionista Ruth Lemos explica que podem vir da quantidade de guurduuraa excessiva ou da falta de vegetais folhosos. Os 14,3% restantes surgem no peido retido ou arroto engolido.'

[editar] Vida da lombriga

Quando você é bebê, você é puro, desprovido de lombrigas. Come tudo por si próprio e descome tudo sozinho também. Mas a partir do momento que você vê, por exemplo, sua mãe comendo um bolinho, se você só bebe leite direto das tetas dela, a lombriga nasce pelo desejo insaciável pelo bolo, pois você não tem como pedir o qualquer coisa que não seja o leite materno. Mais tarde, ao crescer um pouquinho, a lombriga passa a observar atenciosamente cada passo de qualquer criança por perto. Ela vai dar um sinal sonoro intestinal no exato momento em que qualquer criança passar com um iogurte, uma coisa simples, mas que justamente naquele momento, é impossível de se adquirir.

Com o passar dos anos, um indivíduoduuuo que se torna um adolescente está carregando dentro de si uma lumbriga adolescente, em fase de crescimento como seu hospedeiro. Nessa fase de crescimento, as lombrigas passam a incentivar o adolescente a comer usando táticas diferentes, atraindo o adolescente para a comida por meio de substâncias não comestíveis. Por exemplo, a lombriga consegue fazer com que um garoto de 16 anos fume maconha adoidado, por horas e horas, e depois que o rapaz estiver doidão, a lombriga vai fazer com que ele sinta uma extrema necessidade por Doritos. Sem a maconha, o jovem nem sempre tem apetite, por essa razão, a lombriga passa a usar estratégias novas, que variam de um para outro hospedeiro.

Por fim, após a fase adolescente da lombriga, ela torna-se uma adulta, para procriar, envelhecer e morrer. A lombriga adulta volta às origens, força os adultos a terem compulsão por café. Os adultos são inspirados pelas lombrigas a tomarem um cafezinho e, seguindo a tendência dos anos de adolescência, um cigarrinho depois do café. As lombrigas usam essa tática para incentivar o uso do cafezinho pelas crianças que pequeninhas ou recém-nascidas, para que o ciclo da existência da lombriga prossiga.

[editar] As Lombrigas Carniceiras

Lombriga Carniceira atacando ex-hospedeiro. Após causar hemorróidas e catapora no ânus do hospedeiro, passa a habitar o mesmo mundo que ele, e divide alimento com o mesmo.

Diferente das lombrigas pacíficas e simpáticas que encontramos por aqui, há uma espécie rara de lombriga que chamamos de Lombriga Carniceira, ou Ascaris Lumbricus Canibalis. Elas podem ser encontradas em lugares com pouca comida como a Etiópia, a Somália e o Ceará. Elas se assemelham às lombrigas comuns, mas têm um aspecto mais brutal e selvagem, parecem-se com pequenas anacondas. Além disso, as lombrigas comuns são rosadas e com aspecto feliz, as selvagens são verdes ou pretas e nunca parecem estar satisfeitas. As Lombrigas Carniceiras têm esse nome porque deixam de habitar o intestino dos hospedeiros, que não comem nada, e saem pelo buraco retal, comendo a entrada e causando hemorróidas com catapora apenas por onde ela sai, ou seja, o ânus. Depois passam a habitar o mundo de fora e se alimentam de qualquer coisa que se mexa.

[editar] Alguns nomes pelos quais você pode conhecer a Lombriga

  • Ascaris lumbricoides;
  • Ascaridíase;
  • Bicha;d água
  • Bicho do bucho;
  • Fio de corda;
  • Minhoca de bosta;
  • Sucuri;
  • Tênia;
  • Verme.
  • Antonio Sussman

[editar] Recordes

  • Maior lombriga do mundo: 3 milhões de metros e meio, pertencente ao Mkon, do Clã Trak. Recorde atual.
  • Menor lombriga existente do mundo: Dando 17 voltas, mede 0,006 milímetros, pertence à Dercy Gonçalves, que não se alimenta porque múmias não têm essa necessidade. Recorde atual.
  • Lombriga mais resistente: Lombriga resistente à cirurgias e facadas, medindo 5 centímetros de diâmetro, pertence ao Charles Bronson. Recorde do ano de 1857, nunca superado.
  • Lombriga mais famosa: Josefina de Oliveira (Josy), pertence à Ruth Lemos, é muito bem nu-nu-nutr-tr-trida e simpática. Dá entrevistas ao vivo gaguejando como faz sua hospedeira. Recorde atual.
  • Lombriga que respira por mais tempo embaixo d'água: 7 horas, 14 minutos e 55 segundos debaixo d'água em água salgada e exatas 6 horas embaixo de água doce, pertence à Daniela Cicarelli, que treina sua lombriga desde criança quando brincava no Riacho da Pombinha Molhada. Recorde atual, eterno e imbatível.
  • Lombriga Carniceira mais selvagem: Black Jeremias Lomba, já matou mais de mil, pertence ao Jeremias, que treina sua lombriga mooopooo,.

. .

. . de mil porque é cabra homem. Recorde atual.

[editar] Depoimento de Falcão sobre a Lombriga

Abaixo, um depoimento do cantor Falcão sobre a história de uma lombriga:

Isaltina! Olha, o tamanho da lombriga!

Isaltina! Olha, o tamanho da lombriga!

Que o menino botou.

Que lombriga! Olha o tamanho! Isaltina!

Chega o menino suou...

Chega o menino suou...

Taenia pena mas não mate o porco, Isaltina,

Pois a bicha era como um fio, era fina.

'Inda bem que com jeitinho dentro ela não se quebrou.

[editar] Links

v d e h
Grandes (ou pequenos) artigos fálicos da humanidade

 
Lombriga não possui coluna vertebral, logo não pode fraturar um osso
v d e h
v d e h

Uma pequena Medusa(Cnidário)

Outros iguais à ele, logo abaixo
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas