Londrina

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Sculpture samurai.jpg
Jaspion metaltex.jpg

Made in Japan

Este é um artigo com tecnologia do sol nascente né.
Tem escrito MADE IN CHINA JAPAN no verso.

Estrague-o, e vão te entupir de arroz, sushi e lámen.

Mafiapre.jpg PORCA MISÉRIA!!! PORCA DESCICLOPÉDIA!!!

Questo è un vero e proprio articolo italiano ed è stato controllato dalla Cosa Nostra Siciliana. Metti le mani su questo articolo, che Germano Mosconi se la prende con te, Cazzo!

Chi vuole spaghetti e polpette?

Macarraopre.jpg
Bismarckpre.jpg
Frauleinpre.jpg
Desciclopédia über alles in der Welt!!!

Esta arrtigö é alemön!!! Issö querr dizerr que ele suschtenta ö gerraçön interra com bratwurst e sauerkraut ou é parrte dö conspürraçön gerrmänica parra inwadir ö Frankreich por trrás outrra wez.

Nón faça scheiße, ou te porremos de quatrro nö corredorr polonês.
Ö autörr voi comerr uma fräulein e já volta...


60px-Bouncywikilogo.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Londrina.
Nota: Londrina pode ter outros significados, para chechecá-los, consulte Londrina Esporte Clube.



Nota: o trecho seguinte está "compactado" de modo a despoluir visualmente o contexto da página toda.

Cquote1.pngVocê quis dizer: Refúgio de ingleses devedores, gaúchos viados, alemães nazistas, soviéticos comedores de criancinhas e outrosCquote2.png
Google sobre Londrina

Cquote1.png Paulistas adoram dizer que Londrina é igual SP, mas na verdade amamos ser paranaenses e sulistas Cquote2.png
Londrinense revoltado

Cquote1.png AHhhhhhh... a Costeeeela.... Cquote2.png
Imigrante paulista clandestino.

Cquote1.png Colégio Universitario: pátio dos riquinhos, que acham que podem comprar tudo e todos só porque dirigem um BMW. Cquote2.png
Aluno da concorrência

Cquote1.png Esse povo rico! Cquote2.png
Resto da população sobre moradores da Gleba Palhano.

Cquote1.png Londrina, onde 50% dos prefeitos foram cassados, e os 50% restantes renunciaram. Cquote2.png
Triste realidade londrinense

Cquote1.png É o maior lago do Brasil!. Cquote2.png
Londrinense e sua mania de grandeza sobre o lago igapó

Cquote1.png Aonde fica Londrina? Cquote2.png
Curitibano e seu mundo cor de rosa...

Cquote1.png Lá em Coritiba é a terra dos coxa, né? O time do Petraia. Aqui nóis é tudo curintia, fih. Mas as veiz nóis vai ver o tubarão, pelo paulistão Cquote2.png
Londrinense mantendo a proza com o curitibano

Cquote1.png É o maior estádio do Paraná! Já deu muita gente, na época que o LEC tinha time, nos jogo do curintia e as vezes nos bingo. Cquote2.png
Londrinense e sua mania de grandeza sobre o estádio do Café

Cquote1.png O Galvão Bueno mora aqui em Londrina!. Cquote2.png
Londrinense entusiasmado sobre a mala da Rede Globo, (como se isso fosse alguma vantagem)

Cquote1.png É a segunda maior cidade do Paraná. Cquote2.png
Londrinense se gabando sobre tamanho do sítio

Cquote1.png É a terceira maior cidade do Sul do País. Cquote2.png
Novamente o mesmo londrinense se gabando sobre o tamanho da roça

Cquote1.png Não é mais a terceira maior cidade do Sul, agora a terceira maior do sul é Joinville. Cquote2.png
Londrinense um pouco mais sensato sobre Londrina

Cquote1.png São Paulo e Curitiba serão anexadas a nossa região metropolitana. Cquote2.png
Londrinense megalomaníaco sobre os planos de crescimento

Cquote1.png É a capital do norte. Cquote2.png
Londrinense viajando

Cquote1.png É o maior shopping do sul do país. Cquote2.png
londrinense se gabando sobre o Catuaí

Cquote1.png Não é mais, agora Curitiba tem o Palladium Cquote2.png
Curitibano abrindo os olhos o londrinense

Cquote1.png Mas agora expandiram o shopping e temos até Burguer King! Cquote2.png
londrinense empolgado atualizando o curitibano desinformado

Cquote1.png E agora tem o projeto do Boulevard Londrina, com mais um Burger King!!! Cquote2.png
outro londrinense atualizando o curitibano desinformado

Cquote1.png É uma fazenda iluminada. Cquote2.png
Curitiboca sobre Londrina ou qualquer outra cidade do interior...

Cquote1.png É a capitalina da Inglaterrina Cquote2.png
Autor de trocadilhos infames sobre cidadina de Londrina

Cquote1.png Parece Springfield. Cquote2.png
Homer Simpson sobre Londrina

Cquote1.png Você é paulista? grande merda. Cquote2.png
Londrinenses sobre São Paulo

Cquote1.png origamashi orenagaissu shatakikorussubucetauku ! Cquote2.png
Londrinense com família de Assaí se referindo às belezas da cidade

Cquote1.png Leite Quente dá dor de Dente. Cquote2.png
Londrinense tirando sarro de Curitiboca

Cquote1.png O bom Londrinense odeia ser classificado como um quase paulista, então prefere imitar o sotaque curitibano. Cquote2.png
Londrinense confessando um sentimento

Londrina é a segunda maior e melhor (???) cidade do Paraná. Ela é agradável, fofa, descolada e ma-ra-vi-lho-sa!!! Um luxo!
Visão panorâmica de Londrina

Tabela de conteúdo

História

A cidade foi formada a partir da chegada em 1822 de Lordes católicos eremitas xexelentos ingleses banidos daquele país para sempre com a missão de criarem a capital do Novo Reino Unido, 24 dias depois se juntaram a eles um grupo de 24 missionários gaúchos provenientes de Pelotas e que tinham a missão de espalhar o meigo jeito de ser gaúcho e catequizar com os trejeitos gaúchos todo o povo que se aventurasse por aquelas terras... com a chegada deles Londrina se desenvolveu, fizeram um CTG e ajudaram a construir as primeiras casinhas de PAU-a-pique. Com o crescimento o então povoado ganha o status de fazenda, que orgulhosamente sustenta até hoje. É pioneira na liberação dos Estados Unidos do Sul na grande chacina dos imigrantes ilegais paulistanos em 92. Foi com essa grande vontade de fazer de Londrina a capital do novo reino unido, que fizeram até um relógio grande em cima do predio que vende café, mas hoje com a grande quantidade de AEDES EGÍPCIO, até o prédio pegou febre amarela e mudou de cor.

A população do centro de Londrina é constituida de japoneses, japoneses da feira, japoneses do pastel, ricos, europeus narigudos, idosos e empresários conformados. Todo caipira imigrante sem-teto MST anão do norte da conchinchina veio para Londrina e fala PORRRTA TORRTA (menos os japoneses).

No inicio da implantação do povoado foram escolhidos dois locais para iniciarem a expansão da futura vila, o primeiro uma antiga favela indígena, dominada pelo tráfico de coca , ópio e tiroteios entre os londrinenses natos (índios) e os bandeirantes e que permanece intacta até hoje sendo atual favela da Bratac (atual centro da cidade) e o segundo, um local nobre, que era utilizado para o ritual na inicialização sexual dos missionários pelotenses, antiga vila da garganta profunda, atual Invasão Santa Fé (atualmente o mais nobre da cidade).

Desde a sua fundação em 1912, o maior problema que ela enfrenta são os prefeitos. O primeiro foi nomeado e a população não gostou nada disso, recusando-se a recebê-lo. O segundo, eleito, foi Willie Brabazon Davies, príncipe herdeiro da nova coroa inglesa que recusou sua ascendência para ir trabalhar na terra roxa de Londrina como peão, segurando no arado dos outros.

Londrina também é considerada "Pequena Londres", por isso prevalece a "Mão Inglesa" nas ruas da cidade, e se você se atrever a reclamar de alguém andando a 20km por hora na "Via Expressa" (10 de dezembro), Leste-oeste ou entre outras avenidas da cidade, esqueça, pois você está errado na Regra de Trânsito do Reino Unido. A, e se você costuma seguir a lei de trânsito, utilizando o acessório do seu carro chamado "Seta", "Pisca", "Lanterna" ou qualquer indicar de direção no trânsito, esqueça. Em Londrina é meramente opcional e figurativo.

Outra tradição no trânsito desta cidade brasileira que pertence ao Reino Unido, é esperar incontáveis segundos após o semáforo abrir para o fluxo de carros (principalmente o primeiro da fila) começar a seguir, dando passagem para no máximo a 3 a 4 carros por ciclo de sinal verde.

A devastação da vegetação original (floresta tropical) foi rápida pelas lavouras de abobrinha-menina, cenoura, quiabo, mandioca, pepino e nabo. Ainda há fragmentos de vegetação que podem ser visitados: A Mata dos Godoys (Distrito de São Luís), o Bosque (principal ponto gay, Centro da cidade) e o Parque Arthur Thomas (Zona Sul).

Após a construção da ferrovia a cidade ficou dividia em duas partes. Uma acima dos trilhos, a parte menos pobre. Outra abaixo dos trilhos, a parte ultramegassuperdesgraçadamente pobre. Felizmente você ainda pode ver casas de madeira típicas do início da colonização na parte pobre.


A cidade cresceu muito com a lavoura cenoureira e o dinheiro corria fácil (no boteco). Das mãos dos que suavam na colheita para mãos que gastavam na zona conhecida em todo Brasil. Inicialmente a zona ficava no centro da cidade e depois foi transferida para a Vila Casoni, local onde hoje é a "rodoviária".

"Rodoviária" de Londrina em estilo fálico (detalhe para o pino no centro da rosca, formato característico na vida do londrinense)

Alguns nostálgicos contam que era comum os cavalos das charretes (sem o condutor) andarem até a Vila Matos. Outro acontecimento importante para a cidade na década de 1950 e que os fazendeiros esperavam ansiosamente era o avião semanal ou quinzenal que aterrissava substituindo parte das profissionais do sexo da cidade. Era conhecido vulgarmente de Balaio de Gato(Put...).

Quando a cidade recebeu mais habitantes do que o seu crescimento poderia absorver na década de 1970, a política de desfavelamento adotado transferiu a população mais pobre para o que hoje é conhecido como Cinco Conjuntos, criado pelo ex-prefeito Antonio Belinati para formar um curral eleitoral do mesmo, que na década de 70 era distante uns 10 quilômetros do centro da cidade. Atualmente a situação se inverteu e Londrina é distrito dos 5 conjuntos, que conta com uma feira aos domingos famosa pela variedade de produtos (leia-se muambas) e conhecida pelos grupos separatistas que querem separar a parte boa (Cincão) da pobreza de Londrina. Ao contrário de Maringá onde os favelados foram mandados para os municípios vizinhos ou Curitiba, que foram para a periferia, com o crescimento dos 5 conjuntos, Londrina passou a fazer parte do bairro e se orgulha de além de uma favela única em toda a cidade, ser a maior favela do Paraná, do Brasil e da América Latina com mais de 500.000 habitantes. Depois que não conseguiu ser capital, Londrina morre de ódio dos seus camaradas (cof, cof) Curitibocas, que hoje pensam que ofuscam a cidade, o estado, o país e, por que não, o mundo inteiro.

Os habitantes da cidade de Londrina (e também os do Norte do Paraná) são chamados "pejorativamente" pelos curitibocas de pés-vermelhos por causa da terra vermelha, oriunda da característica basáltica do solo regional. Tal terra é ótima para a produção agrícola, diga-se de passagem. Há também o hábito de referir-se à região de Londrina e Maringá como o "NORRRRRRRRRRRRRTE PIONEIRO", caracterizando o típico sotaque da região. Ela foi tão usada para para plantar cenoura que a região sofreu uma erosão desgraçada. De tanto plantar cenoura, (a terra) alargou e abriu-se as voçorocas. Mas ainda produz bastante abobrinhas para serem exportadas para Curitiba e Porto Alegre, onde são bastante apreciadas pelos emigrantes homossexuais Londrinenses que lá residem.

Londrina é conhecida também como "Cidade Menina", que vem sido violentada e estuprada pelos últimos prefeitos e outros políticos, tornando-se assim referência nacional no treinamento de políticos e pessoas de vida pública.

O prefeito tem uma pizzaria com forno à lenha, porque todo dia são retiradas varias árvores que poderiam trazer muita sombra e chuva.

Sinalização na entrada dos Cinco Conjuntos

Cinco Conjuntos

Sinalização do comércio dos Cinco Conjuntos

Também conhecido como Five Dogs Together, os Cinco Cães Juntos é a união de... de... de... dezenas de conjuntos. O mentor de toda essa ideia foi Tio Bila. Por esse fato, Tio Bila é o grandioso super-herói dos pobres que, por sinal, é o que mais tem no Cinco Conjuntos. Se os Cinco Conjuntos fossem uma cidade teria mais gente que a maioria das grandes cidades brasileiras com mais de um milhão de habitantes e atualmente possui até um Shopping. O principal ponto turístico dos Cinco Conjuntos é a avenida Saul Elkind, mais precisamente em frente ao Supermercado Santarén, onde os índios se reúnem pra fazer fogueiras e se comunicarem por sinal de fumaça. Uma das atrações que já não existe mais era a Quéops, famosa boate em que era possível ver seu frequentadores descerem da condução com seus arcos e flechas. A boate ex-Quéops muda de nome a cada 12 dias para sempre falar que é inauguração, novidade e lotar de 'playboys'. Assim como vários outros estabelecimentos da região.

O principal fato ocorrido nos últimos anos foi a morte de um mano, onde outras 23 pessoas levaram tiros nos pés e saíam pulando como sacis.

O lago do Cabrinha é o principal meio de acabar com o alcoolismo na região pois desde a sua inaguração ja moreram mais de 10 pessoas que estavam nadando bêbadas em um lago que não tem nem meio metro de profundidade. Todos eles dão uma que são do sul e vem do Nordeste. A maioria vem de Minas e do Mato Grosso, só que fazem questão de mentir que são gaúchos e catarinenses.

Bosque

O Bosque de Londrina é localizado ao lado da Catedral-não-muçulmana-xiita-católica-romana. Lá se encontra diversas espécies nativas da flora original da terra veRRmelha (mas ninguém se importa). Dentre os exemplares de vegetação pode-se encontrar: papilus-ornitorricatorilas (vulgo trevo de três folhas), herbaria-tiriricas (vulgo capim tiririca), Pau-Brasil (ui), e a Araucária (vulgo pinheiro do Paraná, que ninguém dá a mínima). A fauna encontrada: Demônios da tasmânia, Pernalonga, Frajola e Peppe Le Pew, Alf, mindinho e seu vizinho, Gambás e manos das favelas que cheiram cola no centro.

Os Londrinenses estúpidos sempre tentam cortar o bosque para passar uma rua, para trafegarem com suas charretes movidas a óleo de mamona e manteiga de cacau. Mas graças aos defensores (interesseiros) do meio ambiente, o bosque foi mantido e os únicos habitantes são os cheiradores de cola e os pombos.

Informações úteis

  • Londrina, ou Buracópolis, é o centro de enriquecimento das oficinas mecânicas, devido a imensa concentração de buracos, ondulações e vossorocas encontradas no asfalto da cidade. Raramente faz-se um passeio de carro sem gritar um putaquioparil, pela dor ao sentir o amortecedor sendo arregaçado.
  • Em Londrina tem mais japonês do que gente.
  • Em Londrina tem mais pomba do que gente.
  • Em Londrina tem mais shoppings do que gente.
  • 50,9% dos viados de Londrina são estudantes da UEL, sendo que 24% que provém de outros estados (principalmente RS) e da Capital.
  • Com um pouco de sorte (???) você consegue ver o Galvão Bueno andando de bobeira pela cidade, dando alguma entrevista chapadão à TV local ou espancando sua esposa Desirée Soares (proprietária de agencia de modelos/acompanhantes) depois de consumir muita farinha da colombia.
  • É um ótimo lugar para estudantes universitários paulistas sustentados pelos pais. Aqui eles não endireitam. Entortam ainda mais. Na sua maioria descobrem suas tendências homossexuais

reprimidas na infância, e se tornam frequentadores do Valentino's ou acabam se prostituindo(o que dá na mesma).

  • No trânsito, a ultrapassagem deve ser efetuada pelo lado direito da via, pois o costume, com forte influência das mulheres/professoras de Celta e japoneses de Gol bolinha, instituiu a característica de usar o lado esquerdo para trafegar a 20 km/h.
  • Ainda no trânsito, faixa não existe, se você quiser perambular de uma faixa a outra sem dar seta ou fechando aqueles que dão seta, aqui é o seu lugar!
  • Nos fins de semana, a cidade inteira vai para um lugar só, o bobódromo, mais conhecido como Catuaí. Enquanto o Royal Plaza,planet,londrina norte, compelxo chams elisee shopping new york e o londres shopping (sim, Londrina tem sete shoppings grandes :o) fica cheio da vileiros/farofeiros de Londrina (manos) e cidades vizinhas (caipiras). Estes consideram o Royal Plaza Shopping um pólo mundial de compras e entretenimento, quase que uma Champs-Elysées em forma de Shopping...(Uma outra opção, apenas em anos eleitorais, é dar uma passada nos forrozões dos "Cinco"(98) Conjuntos para tomar as famosas "sovacadas na cara" que o "Tio bila" dá no povão em seus comícios!).
  • Ainda sobre o trânsito, excepcionalmente na cidade de Londrina o uso de setas não é obrigatório e não há preferenciais, assim como Maringá outra cidade do norte do Paraná (mal de pé vermelho).
  • Londrina possui mais Shoppings Populares(Camelódromos) do que comércios legítimos.
  • Uma boa opção também é o antigo buteco "Ipanema" (Pé na Cova!)que foi foco de um confronto de (manos)x(universitários) aproximadamente no ano de 2006.
  • Aviso importante: Buzinar para um vileiro (sujeito de Honda CG barulhenta, com o nome adesivado na rabeta junto a um adesivo do coelhinho da playboy, usando capacete rosa com o nome da namorada, aros "fashion"(geralmente rosa também) e roupas compradas no Royal Plaza Shopping) é pedir pra apanhar dos cinco conjuntos inteiros, com direito a perder sua carteira, roupas, celular e tudo mais que estiver carregando, só procê ficá ligado, preibói!. Derrubar um desses da moto é morte certa, mesmo que o vileiro esteja totalmente errado (o que acontece em 99,99999% dos casos, apenas).
Campus da Uninóis
  • Com a vitória dos universitários foram feitas algumas mudanças, como por exemplo a grade de 5 metros de altura para impedir qualquer invasão dos provaveis inimigos, hoje em dia tombado patrimonio histórico cultural de Londrina o bar se chama "Pé Na Cova", (só não sei se a relação com esse nome tem a ver com o cemitério na frente, ou a quantidade de morte que já aconteceu ali), pois bem o bar foi fechado por uma biscatinha filha de uma juíza que dizia que o lugar era boca quente, também podia se encontrar o pioneiro do bar que inclusive era sua residência fixa o mesmo, este também foi tombado patrimonio cultural junto com o bar, seu nome é "Natureza" (ê beleza) um mendigo querido por todos os frequentadores do bar (mas ele faleceu final de 2009 ou inicio de 2010 e depois ressuscitou), que diga-se de passagem mais parece uma seita.
  • Londrinenses perseguem os alunos da UEL, tratam como se eles fossem bandidos, só pode fazer matine, até as 22h em festa de república. Os alunos movimentam a cidade, as pensões, os apartamentos, os supermercados, os bares, etc...

Lá só vende coisas de grifes famosas como Loui Vitom, Prada, Nike Xerox, tudo importado. Eles usam as roupas mais lindas da 25 de Março

  • Os melhores restaurantes do mundo

UI UI UI X-Dog (baratinho) X-Pomba do Terminal de ônibus X-bactéria da curva da Rio Branco Roberto Lanches (Aberto após as 6pm na Souza Naves/Pará) Coxinhas (baratinho) Poison (ou "Veneno" -Lanchonete do CCH da UEL-) Pasteis do Samurai (Na feira todas as manhãs)

  • Em Apucarana, Rolândia, Cambé, Maringá, Marilândia, Cambira, Marialva, Sarandi, Mauá da Serra e Faxinal, Londrina é conhecida como a CAPITAL DOS SHOPPINGS.
  • Londrinense se acha porque vivem em região metropolitana.
  • Londrinense é tão burro, tão burro, que acha que Apucarana e Arapongas fazem parte da região metropolitana de Londrina, assim como os marigaenses que acham que Jandaia faz parte da região metropolitana de Maringá.
  • A burguesia londrinense criou uma formula formidavel para ser livrar dos vileiros em seus dominios.....mandou construir um shopping no criadouro de vileiros.
  • Todo emergente quer morar na Gleba Palhano, e todo rico também. Mas as ruas são tão estreitas e sem calçada que tem mais congestionamentos do que São Paulo, prefeito visa adotar sistema de rodízio por placas (não de carne).
  • Em Londrina tem mais favelados do que gente.

Extra-Terrestres em Londrina

Há, em Londrina, um disco voador gigante que pousou no extremo central da cidade. Ninguém sabe a data exata. Alguns dizem que foi entre 4 de Agosto de 4 127 022 a.C. e 22 de Novembro de 1955. O que se sabe é que este disco voador veio de uma galáxia muito distante e trouxe formas de vida estranhas, que se misturaram com os humanos. Hoje estão praticamente indistinguíveis. Especula-se também que foi essa nave que trouxe a vida para a Terra. Há também os fundamentalistas que dizem que não passa de uma rodoviária projetada por Oscar Niemeyer, ignorando todas as evidências a favor da nave extra-terrestre. O disco voador foi usado nas filmagens de Independence Day, filme de James camarão com Will Smith, Adam Sandler, Carmen Miranda e Carlos Alberto Parreira..

Cultura

Quando falamos da cultura do povo londrinense, não podemos nos esquecer da viadagem, que está profundamente, enrustida e enraizada nas entranhas deste povo. Ela chegou junto com os imigrantes gaúchos provenientes de Pelotas e dos paulistas oriundos de Campinas, que fundaram o bairro gleba palhano e ultimamente dos curitibanos que moram e visitam a cidade. A Avenida Leste Oeste na parte da Vila Nova (a vila é a mais antiga mas ela tem esse nome) é conhecida pelo grande número de travestis, prostitutas, drogados, traficantes. As prostitutas em sua maioria são gordas. As travestis fazem strip-tease no meio da Avenida na esperança que consigam fazer um showzinho na FRIENDS. Portanto o maior orgulho da cultura e símbolo da cidade país a fora, é a FRIENDS, um imponente teatro erguido como a máxima homenagem do poder público à força do povo gay londrinense. O local onde estes liberam suas fantansias mais loucas, em espetáculos nababescos como a NOITE DOS GO-GO BOYS, lembrando que a FRIENDS é tombada pelo patrimônio histórico municipal (como se shows de drag-queens é cultura). O calçadão também é palco e manifestações plenas de cultura, como a parada do orgulho gay no mês de março e que pelo tamanho da cidade tem participação recorde, com cerca de 500.000 pessoas no calçadão.

Em Abril temos a Exposição Agropecuária de Londrina, promovida pela Sociedade Rural do Paraná. Afinal, estamos no interior. É uma semana em que praticamente TODOS os londrinenses e TODOS os interioranos da região se dirigem ao parque de exposições Ney Braga, vestidos de cowboy e cowgirl. Ministros e o governador Roberto Requião sempre aparecem, e artistas globais também, para comprar seus gados nos leilões. Duplas sertanejas vem a cidade e sempre fazem lotar o recinto João Milanez, de shows e rodeios, que também lotam. Afinal praticamente todos os londrinenses vem todos os dinhas de exposição, para fazer nada, ver bois, ir nos brinquedos (de exemplo uma montanha russa bem acabada) e ver uns boiolinhas tocando música caipira. Mesmo assim, a então chamada Expo movimenta muito dinheiro e pelo qual os londrinenses se gabam por ter a maior exposição agropecuária da América Latina (JOINHA CAMPEÃO!), e para a cidade, tanto que na semana da Expo o shopping Catuaí, então point londrinese, fica vazio.

Anualmente no mês de maio começa o FILO, uma reunião de pedófilos, necrófilos, zoófilos e filósofos do mundo inteiro. Mas como o mundo puritano é contra essas práticas "imorais" e "depravadas", os organizadores do evento criaram um acróstico para camuflar o evento. Eles dizem que o que há, na verdade, é o Festival Internacional de Teatro de Londrina [1] com apresentações que duram duas semanas. Sua grande midia também é famosa em todo o Brasil, especialmente pelos programas televisivos de imensa qualidade tais como Yes Fera (com seu grande concurso de modelos que representava a beleza londrinense), Zazá, Arabian Show, o Macho de Londrina entre outros... O jornalismo local também é forte e formou expressões nacionais culturais de destaque tais como Dalborga...

Em junho começa o Festival de Música [2] e há concertos e apresentações por todos os lados da cidade.

Em Setembro, Londrina possui "a maior festa gay do planeta" -Metamorfose-. Como o nome já diz, é a oportunidade que você e seus amigos afeminados, encontram para soltar a franga, a sua verdadeira personalidade colorida, enfim... seu "eu" verdadeiro... sem arruinar a imagem de machões que vocês levaram anos para disfar...-digo- construir... (pois é uma festa à fantasia mona! e você está chi-quér-ri-ma com seu traje de pavão!).

Os seios da Marcela do BBB foram pagos pelo Tio Bila com o nosso dinheiro

Lugares para você conhecer quando bater aquela fome (larica?) depois da balada: Rob's, Arnaldo, Zé Lanches, pastel da feira ou qualquer carrocinha de cachorro quente nas esquinas da cidade (neste caso, prepare-se para engolir junto com o lanche um Imozec e seja feliz).

Personalidades

Londrina ficou mundialmente famosa pela gravação do desenho do Dick Vigarista, onde ele tentava pegar o pombo. Infelizmente Dick e o Mutley eram as únicas pessoas interessadas em capturar essa espécie aviária-gigante-mutante de pássaros que parecem avestruzes. Após chutarem um pombo, a licitação que nem havia sido aprovada foi cancelada devido a pressão das ONG's de proteção aos animais.

Um dos filhos da terra mais famosos é o escritor Sábados Pellegrini Jr.,grande sugador de vinho e ganhador de prêmios como o Jabuti Arrogante e atual morador do sítio Terra Vermelha [3]. Aproveite e faça uma visita. Sinta-se em casa.

Racionais MC'S, descobertos na Bratac e agora conhecidos no mundo todo.

Clodovil Hernandes que apesar de nascido em Mandaguari, foi registrado e criado em Londrina, de onde saiu aos 24 anos.

Mas há outros que chegaram e "ficaram" na cidade, como o locutor mais chato do Brasil sil sil sil, que acha até hoje que todos da cidade o adoram.

Na contramão há londrinenses conhecidos que saíram da cidade, pois ela se tornou pequena para eles: Arrigo Barnabé [4], Mário Bortolotto [5], Giba [6], Gustavo Borges e Maria Fernanda Cândido (a mais bonita do século [7]) e várias modelos. Também é preciso mencionar Élber, o jogador de futebol que sei lá onde está, o jogador Naldo (esse está na Alemanha e na seleção), e o jogador Rafinha, que ficou mundialmente conhecido no Schalke 04 e disputou as Olímpiadas de 2008 com a seleção brasileira.

O Museu Histórico da cidade, localizado no centro, é gratuito e fica aberto às moscas todos os dias. Em frente ao Museu Histórico está a praça Rocha Pombo, mais conhecida como "Racha a Pomba" devido ao seu caráter bordélico, também tombada pelo patrimônio histórico da cidade (tudo que é lixo é tombado pelo patrimônio Histórico). Nela estão as prostitutas mais velhas da cidade. A maioria já passou dos setenta anos, mas mantém sua clientela fiel dentre os poucos habitantes (também arcaicos) do centro e sustenta o hotel 1/4 de estrela que fica ali perto.

  • Londrinenses famosos
Carlos Camargo
Galvão Bueno
George Bush
Nicole Bahls muito gostosa
Mulher Melancia
Zazá
Raul Gil
Principe Charles
Paul McCartney
Ronaldo Esper
Teodoro & Sampaio – dupla sertaneja; 
Tio Bila
Ivo Pessoa – cantor 
Giba
Mano Psicopata
Roberto Pirula
Maria Fernanda Candido - atriz
Marcela do BBB
Racionais MC'S
Élber
Sábados Pelighrini Jr.
Gilberto Carvalho
Clô Ara
Isabella Takaki
Juliana Mesquita – atriz
Wagner Rogel
Apresentador do programa Fui
Vaca da PicWich
GoRdO "Dark Hill"
Governador viado do Paraná

Naldo - Jogador de Futebol Fred Coquinho

Rafinha - Jogador de Futebol
NEGO BALA

Natureza "O maluco Beleza" (ex morto, recem ressuscitado) Guetti da república "cogumelos doidoes" Serjão, novo magnata do entretenimento noturno em Londrina Pêra (propietário do Armazem e Manhattan drinks) paulao rock roll

Ingleses - aqueles que fundaram Londres e a Grã-Bretanha, sim, eles nasceram aqui ó.
Único modo de se acabar com os mosquitos da região!

Uma das coisas mais chique no urtimo da região são os manos da periferia que querem morar no Centro, e habitam o Zerão. Durante o dia, eles querem fazer um rango maneiro, pescar no lago. 12h assam peixe contaminado, regado à cerveja e mais uns petiscos que eles conseguem pedindo de porta em porta (quando conseguem abrir uma). A noite eles frequentam o Pé Na Cova e as calçadas da Av.Higienópolis (a avenidona mais importante da cidade). Quando saem de lá, dormem nas casas abandonadas da região, que estão sem moradores. São os vileiros curtindo no Centrão. E ainda tem mina que acham que eles são parte dos universitários da região! As mina fala: Vamos sair com um boyzinho. Mal sabem que tão catando os mano! Parabéns pros cara!

De domingo eles costumam vestir suas roupas multi-estampadas e multi-coloridas compradas no camelódromo e vão ao Shopping Catuaí, onde ficam parados pagando de playboy na entrada entre o Mac Donalds e o Rabibb's (onde tem acesso ao terminal de Busão do catuaí)

Temos a bandeira daqui é cor de rosa, graças ao prefeita eleita Babosa Neto

Informações absolutamente inúteis

A cidade é cortada pela linha do equador e pelo trópico de câncer. Sua latitude é 45º23'31 N e longitude 15º58'50 E. Google Earth.

Londrina é a capital do KoF, há cerca de 2 máquinas por habitante.

Até 2002 os salgados e refrigerantes custavam apenas R$1,00, cada.

O estádio do Café (Coffe Stadium) é o maior do estado, com capacidade para 25.000 torcedores,mas chegou a receber 50.000 pessoas na final transferida do jogo inter X grêmio do gauchão de 78 disputada na cidade, devido as interdição dos dois maiores estádios gaúchos na época. Tanta gente no estádio se explica: 25.000 sentados mais 25.000 no colo, o jogo foi marcado por muita loucura e festa.

Os artistas de Londrina fazem malabares / mala bares e no final do dia vão beber pinga Kotovelo's (já que o pé na cova fechou) e ganham mais que atores de Hollywood Gramado.

Os Universitários migram de bar em bar desde que o Pé na Cova fechou. Acharam que o Paiol seria um Pé na Cova 2, mas desistiram quando tiveram que pagar couvert. Hoje o Chorinho Quebec é o ponto pra classe média universitária que gosta de se fingir de pobre.

Se Londrina vendesse carne de pombos, a cidade seria a mais rica do Sul.

Roteiro Turístico Mínimo para ser feito a pé (afinal, você é um quadrúpede)

leLago Igapó I
Apucaraninha.jpg

Há lugares bem típicos para você conhecer a pé.

Comece pelo Calçadão de Londrina com direito a um tombo sem indenização da Prefeitura. Botam a culpa nas pedrinhas (petit pavet, mas isso é coisa de viado) mas o cimento que botam lá deve ser areia com cuspe. Tio Billa construiu um coreto e o tio Neds derrubou. Aliás, tudo que dá problema em Londrina, botam abaixo.

O Bosque do Centro: lugar onde os aposentados, bebês, babás e poodles disputam lugar com pombas cagonas, michês e noiados. Botaram cerca, botaram arame, botaram o banheiro abaixo. Virou um cercadão que nem campo de concentração. Os velhinhos, bebês e babás não vão mais lá. Ficaram só os poodles porque não mijam e cagam em casa, os pombos que cagam na cabeça de todo mundo e o resto também.

A "rodoviária" (supracitada) em forma de círculo, que é pra jacuzada ficar andando, andando e não chegar a lugar nenhum. Ou o Igapó I, às margens do lago de mesmo nome. Ele foi criado pela construção de uma represa no curso do Ribeirão Cambezinho (nome em homenagem a uma das cidades-apêndice de Londrina) e é o lugar preferido do londrinenses. Os nativos e moradores adoram ficar andando por lá no final das tardes, apreciando gatos sarados fazendo cooper.

Ao lado fica outro ponto turístico da cidade conhecido como Zerão, uma pista oval onde as pessoas também gostam de ficar dando voltas para não chegar a lugar nenhum (um verdadeiro passatempo regional). Tem a continuação que é o Lago Igapó II, criado para diminuir o assoreamento do I, também muito bom para caminhar durante o dia. À noite não é muito recomendável, pois os gatos ficam todos pardos. Tem também o Igapó III com parada de pit stop numa cervejaria conhecida e de propriedade do narrador esportivo que acredita até hoje que todo mundo gosta dele, e o Igapó IV que não tem nada de interessante a não ser demonstrar que os londrinenses não têm capacidade para criar outro nome de lago que não seja "Igapó".

Como os moradores dos Cinco Conjuntos reclamaram que os Igapós ficavam muito longe para as caminhadas, pois quando chegavam lá estavam tão cansados que não tinham mais vontade de andar, criaram uma pista e represaram o córrego Cabrinha criando um novo lago, também carinhosamente chamado de Cherapó. Se tiver um amigo que tem carro pode fazer um programa de índio (literalmente) e visitar o Salto do Apucaraninha no extremo sul. Cuidado com as flechadas.

E lá no igapó II também tem os caras que ganham milhões. tipo assim cara, vá la só pra vê eles dando risada dos manos do cincão indo até lá a sua linda propriedade e os riquinhos brincam de tiro ao alvo com eles! É o melhor programa turistico de londrina, e dá pra ser o alvo! E se você é de Maringá, você se nem precisa se candidata pra ser o alvo, vai ser o alvo com livre e expontanea pressão! Vá conhecer os ricos de Londrina, na gleba palhano.

São 60 quilômetros. Aproveite e visite o Castelo do Eldorado (só londrinenses com mais de 30 anos ouviram falar dele). Tá meio caído, mas tudo broxa nessa vida. Se a gasolina estiver barata (entenda-se: se alguma autoridade competente conseguiu derrubar o cartel de postos de gasolina que impera na cidade), vá até ao restaurante em frente à Holandesa (O Principe) e peça um pastel de queijo de búfala (búfalos não amamentam!).

Nas quarta-feiras não deixe de perder a noite do BLACKOUT na friends é im-per-dí-vel!

Outra opção saudável, é a visita ao campus da UEL, onde você poderá babar nas Universitárias gostosas vindas de cidades do interior de São Paulo,(onde seus namorados as aguardam ansiosamente, acreditando na "fidelidade inabalável" delas!...), abrir trilhas no matagal do campus, e, é claro, fazer o clássico Safári da UEL, no qual consiste em abater urubus, cães de rua, e macacos-prego).

Agora se você quer agito ao ar-livre mais próximo do centro da cidade, vai ter que esperar os meses de Março com a parada do orgulho gay no calçadão e Abril, quando acontece a Exposição de Londrina, considerado o único lugar do mundo onde o pobre paga para ver o que o rico tem. A presença do londrinense (e dos visitantes) é obrigatória, principalmente para se chegar à conclusão que realmente não era para ter ido.

Recentemente os japas conseguiram grana e aprontaram mais uma praça - homenagem à imigração japonesa-no centro da cidade. Ficou linda mas já começou a esculhambação e já estão quebrando tudo. A Polícia faz cara de paisagem. Corra rápido se quiser vê-la. Agora mesmo, se não desaparece. Virou cartão postal e muitas noivas vão lá tirar fotografias pro álbum. Solteiros também podem ir sem maiores problemas de voltarem casados. Em breve será providenciada uma obasan pra fazer miai no local. Num entendeu? Azar seu.

Dicionário prático do Londrinense

Se você é do Rio de Janeiro (ou de qualquer outra banda) e veio passar alguns dias em Londrina (pra sujar o pé de vermelho), você tem que saber se comunicar com esse povo. Então tenha sempre as mãos o dicionário prático do Londrinêis.

1. Se você perguntar a um londrinense se ele quer ir ao Catuaí no fim de semana, provavelmente ele irá responder "SE PÁ NEM SEI EIN". Isso significa "Verei, amigo."

2. E um londrinense fala pra você "OLHA A DATA ONDI EU PLANTEI UMAS MANDIOCA" ele quer dizer pra você olhar o TERRENO que ele plantou.

3. Ou se ele falar "PARA COM ESSA JOÇA MALUCO, CUSTEI PRA FAZE ESSE TREM" ele esta querendo dizer para você parar de estragar alguma coisa que ele fez.

4. E também você tem que estar acostumado ao puxamento exagerado do R, como por exemplo na zueira básica do londrinense sobre o sotáque das cidades menores (sendo que em Londrina falam absolutamente igual) A PORRRTA ESTA TORRRTA.

O que um Londrinense deve saber

  • Londrinense se acha porque é a maior cidade do Norte do Paraná e se achava (HAHA perderam preyboys!) porque era a 3a maior do Sul.
  • Que o Catuaí também é o maior e melhor shopping, e nunca nos cansamos de ir todo fim de semana pra lá.
  • A Expo é a melhor semana do ano, porque Londrina é uma chatisse que DEUS ME LIVRE!!
  • A Sávio ficou cara e ruim, agora todos vão pra outras sorveterias menores, vão em Apucarana, na ULA-ULA.
  • Essa cidade concentra um grande número de homens(kkk) bombados que usam anabolizantes para pôneis com o objetivo de mascarar se cérebro menor que uma azeitona e sua homossexualidade.
  • O Burger King é uma merda comparado ao Mc Donalds porrrrrrrque lá é tudo caro bem melhor que o Mc Donalds e por isso está perdendo clientes no Catuaí, e vão para o Royal Plaza Shopping.
  • Londrina não é mais a 3ª maior cidade do Sul do Brasil, hahaha. Mais em compensação com a maior população de gays do brasil, se reunindo semanalmente no seu local preferido (Friends e Catuaí onde compram suas calças rosas da Família Restart).
  • O Mister Cuca e o Pátio San Miguel são points de universitários, da classe média em geral, porque os pobres agora não saem mais do Cincão que tem o Catuaí Norte Shopping, que será inaugurado esse ano, que foi criado justamente através de uma manobra para tira-los do Shopping Catuaí, as filhinhas de papai já não aguentavam mais ver pobres no Catuaí.
  • Domingo não é um dia bom para ir ao shopping se você tem medo de gastar dinheiro
  • Londrina e os Londrinenses tem inveja de Maringá, porque Maringá tem os Maringay Park, Parque do Ingay e aquele tal de Avenida Merda Center, além de ter menos pivetes e pobres nos ambientes da cidade, porém quando vão até lá e conversam com um maringaense se acham superiores por serem da cidade grande e por poderem ir ao CarrefouRRRRRRRRR e não confessam que adoram o fato de poderem optar para que shopping ir na cidade que está ficando sem verde.
  • Não adianta a Receita Federal ir recolher os DVDS no calçadão e no Camelódromo (Camelô), que meia hora depois os muambeiros repõem tudo.
  • Londrina também tem o 1º lugar em número de prostitutas no ranking mundial, que costumam se reunir comumente no shopping.
  • É bem melhor e vantajoso pegar o Psiu do que o circular, mas isso só se você tiver dinheiro.

Ver também

v d e h
PARANÁ
PR
PR


Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas