Luciana Abreu

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Avisoazeite.jpg
Melhor.gif ATENÇÃO: ESTE ARTIGO É SOBRE UMA FALSA GOSTOSA!

Luciana Abreu usa e abusa de Photoshop, maquiagem e propaganda, faz lipo
com frequência, pode ter silicone nas tetas e botox na cara.

Mesmo assim, você ainda acha que ela é gostosa!


Luciana Abreu
Siliconemalposto.jpg
Lucy e o seu silicone fracassado
Nascimento 25 de Maio de 1985
Bandeira de Portugal Portugal
Ocupação PseudoCantora, PseudoAtriz e modelo pornô

Cquote1.png A atriz que dá corpo à Floribella revela-se uma mulher ousada e sensual. Cquote2.png
Eufemismo da revista Caras sobre Luciana Abreu ser uma Puta
Cquote1.png Tapem os olhos às crianças! Cquote2.png
Bichas do Demônio sobre Luciana Abreu
Cquote1.png Só nos teus sonhos, Luciana, é que és mais sexy do que eu! Cquote2.png
Ana Malhoa sobre Luciana Abreu
Cquote1.png Luciana sou a tua maior fã!!! Cquote2.png
Você sobre Luciana Abreu
Cquote1.png Que horror! Que bimba! Cquote2.png
Braze sobre Luciana Abreu
Cquote1.png Com umas tetas dessas, és boa é para a punheta, minha vaca do caralho! Cquote2.png
Português sobre Luciana Abreu
Cquote1.png Ela não é uma. Cquote2.png
Loira sobre Luciana Abreu
Cquote1.png Fingida... Estou farta de a ter nos meus programas! Cquote2.png
Teresa Guilherme sobre Luciana Abreu
Cquote1.png Mamã, posso ir comprar a FHM? Este mês sai a Floribella! Cquote2.png
Criança de 8 anos para a sua mãe sobre Luciana Abreu aparecer semi-nua
Cquote1.png Essa é das minhas. YEAH! Cquote2.png
Michael Jackson sobre Luciana Abreu
Cquote1.png Aquele programa infantil cheio de putaria, aprontou das suas e levou as criancinhas a verem mais do que esperavam. Cquote2.png
Narrador da Sessão da Tarde sobre Luciana Abreu
Cquote1.png Um programa infantil e apresenta-o em lingerie. Nada mais apropriado! Acho que, factualmente, a pornografia deve chegar a todos e, inclusive, às crianças. Cquote2.png
Capitão Sarcasmo sobre Luciana Abreu


Luciana Abreu é uma pseudocantora e pseudoatriz portuguesa, que ficou conhecida pela sua participação no concurso televisivo, Ídolos. Mas a fama só lhe chegou em 2006, quando interpretou a Guria retardada, Floribella.

Infância[editar]

Luciana Abreu, na sua adolescência, antes de virar Puta.

Luciana nasceu em 1985 nos arredores da cidade do Porto, mas ninguém se importa. A sua publicitada infância de maus tratos e de violência, a menina pobre, com o pai bêbedo e toda essa balela, já fizeram imensas capas de revistas cor-de-rosa, pois não há nada que os portugueses mais gostem que um belo drama, e quanto mais exagerado for, melhor. O drama vende e o público gosta. Luciana Abreu sabia que ia lucrar com isso e nunca deixou de usar e abusar do seu "passado trágico" para ganhar dinheiro e representar o papel de coitadinha. Mas nem para isso ela tem talento.

Nasceu de uma família pobre, que viviam como mais de metade da população portuguesa: com rendimento mínimo, com casos de violência doméstica e excesso de álcool. No meio da miséria, a sua cabecinha começou a sonhar com grandeza e que um dia iria ser uma princesa, mas nunca acreditou em príncipes encantados, o que era acreditava era em puro Sexo, como viria a demonstrar anos mais tarde, no seu suposto "programa infantil".

Enquanto era garota, gostava de cantar, mas como não tinha ninguém na família que fosse rico e a sua mãe vivia a ser espancada, ninguém podia dar o passe de entrada no mundo da fama com que a Pita vivia sonhando. Cantava as típicas baladas românticas de cantoras com igualmente talento reduzido, que só se tornaram famosas pelos seus atributos físicos. Mas também gostava de cantar Celine Dion e Mariah Carey, porque acha que as vozes delas eram o expoente do talento. Só quando ultrapassou a maioridade é que conseguiu dar o salto que tanto sonhava (pois aí, já não era ilegal a sua típica performance).

Carreira[editar]

Mal colocou o silicone, Luciana Abreu não perdeu tempo.

Depois de várias tentativas de entrar em competições de talento musical portuguesas, tudo a nível da televisão e depois de ter perdido sempre (como é óbvio), como na Operação Triunfo, e depois, no Ídolos (onde ficou conhecida como "Borboleta, porque causa de uma tatuagem, daquelas parolas mais batidas que a punheta), Luciana devia ter percebido que, simplesmente, não tem talento.

Mas continuou a insistir e encontrou uma "madrinha" dentro da SIC, a Teresa Guilherme. Por "madrinha" entenda-se "cunha". Então a jovem consegue o seu celébre papel, que vai infernizar a população e criar uma onda de fanatismo, semelhante a algo religioso, uma loucura entre crianças e adultos, em torno do ícone que expressa a imaturidade e infantilidade de uma jovem mulher, Floribella. Mas Luciana fica muito orgulha da sua personagem, ainda que esta reduza uma mulher adulta a um objecto sensível e que choraminga porque o seu "príncipe encantado" está com a "bruxa má". A baranga fica para a eternidade ligada a esta imagem, que também Luciana gosta de projectar sobre si própria: "frágil, sensível, religiosa e preocupada com os outros". É seguida por uma legião de crianças alucinadas que sonham tornarem-se como ela, uma "princesa de verdade".... Mal sabiam as pobres como estavam sendo enganadas.

Depois de (finalmente) terminar essa porra da série "Floribella", Luciana não fica desempregada, a sua "madrinha" logo lhe fez um programa infantil, para infernizar as manhãs da SIC, e que envolvia música, animais, atuações e outras actividades para o divertimento da criançada. Até aqui tudo normal, mas nunca ninguém percebeu porque raio é que Luciana subia ao palco sempre em suitã e cuecas e com sapatos com saltos gigantes, qual atriz pornográfica pronta para gravar, quando nem a Ana Malhoa actuava assim no Buéréré. Mas Luciana respondeu às críticas:

Cquote1.png O meu visual no programa está direccionado às crianças, visto-me como uma Barbie, mas menos dramática. Cquote2.png

Bem, só ser for a Barbie edição especial pornô! Após as suas claras intenções pedófilas, Luciana Abreu continuou a mostrar o seu silicone (muito badalado por causa da má colocação) e foi até ao programa da RTP1, Dança Comigo, armar-se em dançarina e, mais uma vez, usar os seus fatos favoritos: reduzidos, com lantejoulas e com o silicone/rabo/pernas à mostra. Os pais das crianças agradeceram.

Vida Pessoal[editar]

Luciana Abreu no seu programa infantil, "direccionado às crianças".

A vida pessoal de Luciana Abreu foi tão badalada quanto a série da Floribella, especialmente quando a musa das crianças resolve tirar a roupa para a FHM, que as suas fãs mais velhas descrevem como sendo "uma revista masculina de muito prestígio". Opá, a Playboy também tem muito prestígio e têm lá gajas boas todos os meses! A Lucy, que já estava a habituar os pequenos a ver as suas mamas e rabo no seu programa matinal, recebeu grandes críticas por ter ido mostrar o seu corpo aos Homens (que já o viam no programa, mas pronto).

Além de ser uma clara golddigger, uma jail bait e uma sedenta de fama e dinheiro, Luciana Abreu ainda andou à caça do "homem ideal" - rico e famoso. Habituada a uma vida de pobreza (tanto financeira como de espírito), a mãe de Luciana sempre lhe disse para encontrar um marido rico (que é o sonho dos pobres todos). Mas o dinheiro já ela o tinha, que apesar da sua má actuação e a Floribella ser o retardamento ao cubo, valeu-lhe uma mina de ouro!

Começou por atacar o filho mais velho do pior cantor internacional português (o eterno menino Tony Carreira): Michael Carreira. Houveram rumores, não se sabe se a alpinista social saltou para cima da febra ou não, aqui nós achamos que ele é demasiado homossexual para essas coisas. Também houveram rumores que andou a tentar a sua sorte com Cristiano Ronaldo e a mãe do mesmo andava desejosa que isso acontecesse, alias duas parolas juntas funcionam melhor, então uma família de parolos é perfeito. Ou não. Mas o jogador achou que já chegava de cantorias na família e preferiu ir comer uma salada russa.

A sorte grande saíu à Luciana Abreu quando conheceu o futebolista milionário: Yannick Djaló, a quem conseguiu dar o Golpe do baú em 2010. Após o casamento, Luciana Abreu não esperou para assegurar a sua fortuna: engravidou logo. Em 2011 nasceu a primeira filha do casal e a pobre coitada, além de ser filha desta mastronsa, ainda se chama Lyonce Viktórya. Um nome muito satarizado e que ninguém compreende porque raio escolheram algo tão complicado e sem nexo.

O Verdadeiro Talento de Luciana Abreu[editar]

Ver Também[editar]

Seiyaputo.jpg Este artigo se trata de uma personalidade mortalmente, incrivelmente e filhadaputamente odiada!
E não deve ser digno(a) nem da merda que caga!

Conheça outros filhos da puta clicando aqui.