Luciana Vendramini

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
ESTE ARTIGO É SOBRE UMA GOSTOSA!!

Ela provavelmente não sabe atuar, dançar, cantar, desfilar, praticar esportes, fazer cálculos matemáticos ou qualquer coisa de útil para a humanidade. Mas quem liga? Todo mundo a conhece apenas porque ela é uma baita duma

GOSTOSA

Ruiva na piscina.jpg


Luciana Vendramini (10 de dezembro de 1970) é uma galega (mas as vezes também é ruiva) de lá de Jaú, no São Paulo, e que virou a menina mais polêmica da história do Brasil. E como sempre, tudo culpa da Xuxa.

História[editar]

O único lugar em que ela conseguiu ser paquita.

Luciana era uma menininha pobre de Jaú, que começou sua adolescência assistindo Clube da Criança e Xou da Xuxa, ficando com isso alienada e tal como 167,65% das meninas brasileiras, queria ser uma das paquitas. Assim, ela organizou um desfile de carnaval com o povinho da escola dela, mas quase ninguém foi, nem a Xuxa foi.

Oops... I did it again!

Triste, a menina não desistiu: foi até o Projac tentar falar com ela, com faixas, etc, até entrou dentro do programa, mas como estava na plateia ninguém quis vê-la. Pelo menos ninguém que realmente fosse considerável honesto...

Por que da última frase? Bom, porque um agente da Revista Playboy estava lá na hora, querendo recrutar ninfetas pra treinar até que chegassem aos 18 anos e pudessem tirar a roupa (sabia que tinha isso no programa da Xuxa? Pois é, amigo! MWAHAHAHAHAHA!) E o agente notou que a Luciana era uma ninfeta daquelas que ninguém jogaria fora (eu mesmo pegaria ela. E o Paulo Ricardo pegou ela, sortudo!). E decidiu querer assinar o contrato pra ela tirar a roupa naquele mesmo ano de 1987.

Só que havia um problema: Luciana estava pra fazer 17 anos ainda (só tinha 16, portanto, duH!). Só que a Playboy conseguiu contornar isso rapidinho, comprando um RG falso e dando maioridade a ela antes do tempo (isso é que eu chamo de ser FODA!). Assim essa revista iria ser a mais vendida da história da Playboy (e possivelmente a maior responsável pelo aumento de pedofilia no Brasil...). Mesmo depois de dar para o Paulo Ricardo do RPM, e posar nua para a Playboy aos 16 anos, Luciana não estava satisfeita. Em 2011, ela protagoniza o primeiro beijo gay da história da TV brasileira em uma novela do Vasco da televisão chocando Padre Quevedo, Kuririn, Ratinho, Carla Perez e a Tua mãe, e fazendo a alegria dos punheteiros do Brasil.

Que inveja tem você delas hein?

Ânus, opa, anos depois[editar]

O antes e o depois de Luciana, ou seria o contrário?

Luciana iria tentar o sucesso de outras maneiras, como casando com o cantor do Erre Pê Eme, aparecendo em novelas como Vamp e O Rei do Gado, mas ninguém deu muita bola a ela depois disso. Ou seja, anos mais tarde, pra não ser esquecida, teve que posar pelada de novo! Espera-se que logo logo, quando ela fizer 40 e tantos anos, ela venha a posar pelada de novo, naquelas revistas que a Playboy chama de "panela velha é que faz comida boa", falsificando a idade dela pra 16 anos, pra todo mundo achar que ela voltou a ser paquita (mesmo sem nunca ter sido, ao contrário do que alguns dizem por aí), ao menos ela ainda é gostosa.