Lucy (Elfen Lied)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Jason voorhees.jpg Este artigo é sobre um(a) ASSASSINO!

Este(a) louco(a) sadomasoquista provavelmente esquarteja suas vítimas, sofre de problemas mentais ou foi violentado(a) pelos pais. Se vandalizar o artigo, Dexter virá atrás de você!

Night creature.JPG Lucy (Elfen Lied) surgiu das trevas!!

Vamos mergulhar o mundo nas trevas!!

Puro osso.gif


Lucy
ElfenLied3 Lucy.jpg
Nome completo Lucy "Nyuu" Kaede
Idade 16 anos
Profissão Serial-Killer
Família Mãe (falecida sem nome)
Amigos (se é que ela tem) Kouta, Yuka e Mayu
Comida Preferida Seres humanos
Sonho Destruir a humanidade
Frase preferida "Nyuu!"

Cquote1.png Você quis dizer: Marimoon versão Mutante Cquote2.png
Google sobre Lucy
Cquote1.png Você quis dizer: Mewtwo homosapiens Cquote2.png
Google sobre Lucy (Elfen Lied)
Cquote1.png Nyuu!! Cquote2.png
Lucy de bom humor (ou não)
Cquote1.png Kouta... Cquote2.png
Lucy relembrado seu passado maldito
Cquote1.png Vou matar você, vadia! Cquote2.png
Bandou sobre Lucy
Cquote1.png Meu clone? Cquote2.png
Sakura Haruno sobre Lucy
Cquote1.png Que nada! É bem o MEU clone! Cquote2.png
diabo sobre Lucy
Cquote1.png Minha filha! Cquote2.png
Nosferatu Alucard sobre Lucy
Cquote1.png Ela não é uma Cat Girl? Cquote2.png
Você da primeira vez que viu Lucy sem a droga do capacete
Cquote1.png Aquilo na cabeça dela são chifres, idiota! Cquote2.png
Otaku sobre comentário acima
Cquote1.png O Kouta matou ela no final do mangá! Cquote2.png
Spoiler sobre Lucy
Cquote1.png Afinal de contas, o que aconteceu com ela no anime? Cquote2.png
Qualquer um sobre Lucy
Cquote1.png Eu num sei... Cquote2.png
Bêbado da espaçonave sobre comentário acima

Eis ai o método utilizado para criar Lucy

Lucy "Nyu" Kaede é a entidade psicótica assassina que protagoniza no anime Elfen Lied. Ela é uma guria chifruda que possui braços invisíveis que adoram estraçalhar os humanos em milhares de pedaços, ou seja, se você a ver, fuja filho... FUJAAAAA!!!

Origem[editar]

Desentrevistasminibox.PNG O Desentrevistas
possui uma entrevista com
Lucy (Elfen Lied)
Não se deixe enganar! Por trás dessa carinha de anjinho se esconde uma mostra assassina desmembradora de seres humanos sedenta de sangue
Lucy tomando um bainho de sol antes de matar mais alguns noobs (infelizmente aqui ela está de costa, para azar dos punheteiros)

Acredita-se que Lucy tenha nacido de uma cruza entre Marimoon e Mewtwo, o que explica o cabelo arosado com chifres e o instinto assassino de desmembrar pessoas sem realizar um único movimento corporal. Foi criada num laboratório fudido com o objetivo de ser a ultima geração em armas de destruição em massa, juntamente com outras aberrações universais como Shadow, Godzilla e Majin Boo, sendo que diferente dos demais que logo cedo foram desenjaulados para causar o caos e a destruição, Lucy continuou tendo que viver no chiqueiro do seu quarto escuro.
Depois de vários anos entediada por só ficar amordaçada com um capacete ridículo do vilão dos Power Rangers e adesivada pelos últimos oito anos até atingir a puberdade, Lucy decidiu parar de viver nessa monotonia dos infernos, se madar desse laboratório medíocre seguindo o mesmo estilo de vida de seus demais amiguinhos: matando pessoas somente por diversão e sem motivo algum; daí ela sai desmembrando toda a galera desse lugar até levar um tiro de trivela, cair no fundo do mar (onde morou mais uma eternidade) e chegar até a praia onde é achada por Kouta e Yuka.

Vida de Idiotinha/Serial-killer[editar]

Lucy exibindo o seu Sharingan.

Depois de ter escapado do laboratório fudido, quase ter morrido e acabar indo parar na beira do mar completamente pelada correndo o risco de ser assediada pelo primeiro mané que aparecesse, ela foi adotada por Kouta, um garoto que sofre de amnésia desde sua infância, e Yuka, a prima-chiclete-ciumenta do Kouta. Com isso os três vão morar juntos numa hospedaria bem mais fudida que o antigo lar de Lucy. Devido ao tiro que levou bem no meio do cu da nuca, Lucy acaba virando uma guria retardada que só sabe falar "Nyuu" (daí o nome que todo mundo passa a chama-la até o final do anime).
Desde então Lucy Nyu passa a conviver pacificamente com os seres humanos, até uma pirralha masoquista chamada Nana tentar leva-la de volta pro quinto dos infernos, com isso Nyu desperta o seu sharingan e volta a ser a assassina serial que todo mundo conhece, com exceção dos três trouxas da hospedaria (Kouta, Yuka e Mayu). Depois que aprendeu a controlar suas personalidades (ou não), Lucy/Nyu continua a ter sua vidinha quase normal hora sendo uma pirralha com um QI de uma criança de 2 anos, hora sendo a entidade psicótica que ama ver sangue e pessoas sendo estraçalhadas.

A mãe da nova humanidade?[editar]

Você se arrisca tentar procriar com ela?
Nana numa tentativa inútil de matar Lucy

De acordo com o diretor geral do tal laboratório em que Lucy estava trancafiada morava, ela é o dicloniu (espécie humanoide mutante chifrudos que possuem mãos invisíveis assassinas) mais poderoso que já existiu, e também a mais gostosa de todos (razão porque durante todo o anime tem uma penca de machos querendo se acasalar com ela, sendo que todos no final sofrem mortes trágicas). Só que ao decorrer da história aparece uma outra guria da mesma espécie que ela com um alcance de vetores bem maior que o dela e outra ainda mais foda com 26 mais de 8000 vetores e com um alcance beeeeeeeeeeem mais longo que todos os outros. Daí você se pergunta: como é que o idiota do diretor diz que ela é a mais foderosa se tem outras com uma capacidade bem superior a ela? Simples! Lucy foi a única que matou todos os machos de sua espécie, fudeu com a primeira guria e fez a outra se auto-fuder depois de ter uma recaída emo ao reencontrar o seu querido papai. Resumindo: Lucy é foda, e ninguém discorda!

Caso com Kouta... e Yuka[editar]

Lucy tirando uma casquinha do Kouta para azar da Yuna

Se tem uma coisa que Elfen Lied visou bem mais que uma população inteira sendo massacrada e desmembrada por uma guria de chifres, foi sem dúvida o estranho caso amoroso de Lucy com Kouta. Esse enigmático romance diferente do que todos que assistem o anime da primeira vez não acontece a partir do primeiro episódio, mas sim a mais de oito anos atrás. Quando ainda eram pirralhos, Kouta conheceu Lucy, embora nem se tenha dado ao trabalho de querer saber o seu nome, e resolveu ficar amiguinho dela contra a própria vontade da guria (Lucy sofria bully na escola por ser chifruda e por isso odiava todo mundo querendo mandar todos para o Inferno); só que durante o pouco tempo que ficaram juntos, ela acabou criando uma espécie de relação miguxa pelo sujeito e, como já é de se esperar de qualquer garota de anime, se apaixonou por ele. No entanto Kouta não se lembra de porra nenhuma de tudo o que aconteceu no passado por sofrer de amnésia depois que Lucy matou seu pai e sua irmã (os de Kouta, não o seus, idiota) bem na frente dele por ele ter saído com a prima ao invés de estar com ela.
O choque emo do garoto foi tamanho que ele nem mesmo reconheceu Lucy depois que a reencontrou nua na praia. Alem disso Lucy ainda teve que aguentar a chata da Yuko querendo dar pro Kouta durante toda história, mas para evitar matar a guria bem na sua frente e não deixar o muleque ainda mais traumatizado, ela usa a sua personalidade Nyu para se aproveitar e ter relações picantes com Kouta enquanto sua prima fica se mordendo de raiva por não fazer nada (já que pra ela, Nyu é uma guria retardada... e de fato é!.. ou nem tanto). Lá pro final de tudo é que Lucy se declara pro Kouta, faz ele se lembrar de todo o seus passado obcuro e emo e, por fim, dá pra ele pela última vez e depois o libera para a desgraçada da Yuko, que já estava ao ponto de dar um treco com toda essa fuleragem (sendo que boatos afirmam que eles ainda estão se comendo até hoje... ou sim!).

Um final Trágico[editar]

Infelizmente, o final de Lucy no mangá não foi tão feliz menos infeliz do que no anime. Depois de se declarar pro Kouta, ele pediu pra psicopata não matar mais ninguem; mas como desgraça pouca é bobagem, justamente alguns minutinhos depois de ter feito a bendita promessa, eis que aparece o diretor Kurama querendo mata-la por toda a carnificina que rolou em seu laboratório, nas ruas por onde ela passou, as famílias que ela visitou, os soldados que ela abateu e aquele maldito cachorrinho que o fez dar chilique pela primeira vez.(dai some isso ao fato dele estar muito puto pela morte de sua filhinha). Ele puxa um revolver pra matar Lucy, e ela nem reage... SÓ QUE NÃO! Pois ela começa a perder total controle e descobre que tem uma terceira personalidade chamada Kaede (agora você entende por que o Kouta foi sensato de ter largado ela pela Yuko) e acaba arrancando o braço do maluco. Pra aumentar a bagaceira, o Kouta resolve aparecer justamente nessa hora e vê toda essa putaria.
Dai rola a maior suruba sendo que no final Lucy volta pra tal ilha onde ficava o antigo laboratório, fica completamente descontrolada com seus tentáculos fudendo a cidade toda, fica peladona no ponto mais alto de lá, começa a se deformar que nem a bolha assassina, reencontra com o Kouta que, pra dar fim em toda essa viadagem, mete uma bala na cabeça da maluca fazendo-a ir direto comer capim pela raiz. Assim tudo volta ao normal (ou não) e a historinha acaba (assim como a vida dessa psicótica metida a Mary Sue).

CAPTURADO

7598 render elfen lied.png

Anunciamos que Lucy (Elfen Lied) não fará(ão) mais mal a ninguém,
pois se encontra(m) preso(s), morto(s) ou/e finalmente derrotado(s).

Agradecemos à(s)/a(o)(s): Kōta pela sua captura.
Obrigado, Kōta, certamente as pessoas poderão
dormir mais tranquilas graças a você(s).

Ver também[editar]

ReaperlogoDare.gif Lucy (Elfen Lied) já morreu!

"Sabia demais" e sucumbiu à tortura!

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno