Lune de Balron

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Juiz.jpg Certifico, a quem interessar possa e para os devidos fins, que este artigo trata de assuntos chatos jurídicos

Data venia, se você tiver alguma informação adicional a trazer aos autos, protocole uma petição solicitando a juntada de uma procuração que outorgue a você poderes para tanto, ou clique aqui.
Viking.JPG Ek est årtikkel Norsk!

Este artigo desfruta do melhor IDH do mundo! O autor bebe hidromel, ouve black metal, nada em petróleo, é descendente de vikings e mora perto de um fjord.

Tudo pelas norueguesas!


Desentrevistasminibox.PNG
O Desentrevistas
possui uma entrevista com
Lune de Balron
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...Para manter a sua posição de espectro mais drogado de todo o inferno, todos os dias de manhã, Lune de Balron fuma um punhado de Cogumelos do Sol?
Lune

Lune-espectro.jpg

Classificação Espectro
Cavaleiro
Deus a que serve Hades
Armadura Balron (seja lá o que for isso)
Golpes Chicote de Fogo
Reencarnação
Perfil
Nacionalidade Bandeira da Noruega Noruega
Local de Treinamento Deve ter pulado essa parte, afinal, ele morreu facilmente nas mãos de Kanon de Dragão Marinho Gêmeos
Nascimento 24 de Dezembro (Capricórnio)
Frase Favorita Cquote1.png Culpado! Cquote2.png


Cquote1.png Experimente também: Fume de Cigalrron Cquote2.png
Sugestão do Google para Lune de Balron
Cquote1.png Vamos dar aquela espiadinha? Cquote2.png
Lune de Balron, convidando Shion de Áries para ser um administrador do inferno e ficar espiando a vida das pessoas
Cquote1.png Você está equivocado... Cquote2.png
Radamanthys de Wyvern sobre Lune de Balron, quando este disse que estava procurando por uma cabeça perdida por aí
Cquote1.png Onde está o corpo do meu senhor, onde??? Alguém me ajude!! Cquote2.png
Lune de Balron sobre o corpo gay de Hades, Shun de Andrômeda
Cquote1.png Lune, eu só deixei você ser um juiz porque eu tava meio ocupado... Mas nem pra isso você serve, seu merda! Cquote2.png
Minos de Griffon sobre Lune de Balron
Cquote1.png Whazzup, nigga?!!? Cquote2.png
50 Cent sobre Lune de Balron
Cquote1.png Na União Soviética, Lune de Balron é julgado por VOCÊ Cquote2.png
Reversal Russa sobre Lune de Balron
Cquote1.png Já dei Cquote2.png
Pandora Heinstein revelando a sua relação com Lune de Balron
Cquote1.png Filho da Puta! Cquote2.png
Markino de Esqueleto sobre Lune
Cquote1.png Desgraçado! Cquote2.png
Você, após ser condenado ao inferno por Lune
Cquote1.png Só os Deuses podem julgar Cquote2.png
Kanon de Gêmeos sobre Lune
Cquote1.png Vai para o inferno!! Cquote2.png
Lune para qualquer emo, otaku e congêneres
Cquote1.png Gosto do chicote Cquote2.png
Sadomasoquista sobre o chicote de Lune
Cquote1.png Usamos os nossos. Foi mais divertido que a correntinha do Shun. Cquote2.png
June de Camaleão sobre sua sessão sadomasoquista com chicotes, que ela fez em conjunto com Lune
Cquote1.png Lune, June... Cquote2.png
Qualquer um sobre a falta de imaginação do autor para nomes


Armadura de Balron.jpg

Lune de Balron é um espectro metido a juiz que guarda a primeira prisão do inferno, chamada de "Tribunal do Silêncio", ficando no lugar de Minos de Griffon, quando este está satisfazendo as vontades da Senhorita Pandora. Apesar de parecer uma função importante substituir um dos Três Juízes do Inferno, a única coisa que Lune de Balron faz é ficar condenando as pobres almas que passam por lá, sendo estas inocentes ou não (se bem que, se a alma está no inferno, significa que ela é automaticamente culpada, pois fez muita merda em vida). Enquanto está no tribunal filosofando e cheirando alguns gatinhos, Lune de Balron odeia ser interrompido, e faz de tudo (sem sucesso) para manter o silêncio e a calma, pois assim, além dele agradar o seu patronzinho Minos, a sua viagem alucinógena fica mais tranquila. Para ajudá-lo nessa missão impossível, Lune de Balron conta com a ajuda de um espectro inútil raso chamado Markino de Esqueleto (que, diga-se de passagem, consegue ser mais feio do que a sua sogra).

História fictícia e inventada em 5 minutos por um desocupado[editar]

Lune de Balron e todo o seu entusiasmo, enquanto estuda todas as mais de 8000 regras de como botar bandidos na cadeia [carece de fontes]
Quando era adolescente, Lune era uma pessoa normal (ou quase), que estudava direito na UFRGS e se achava o melhor do mundo, pois ele sabia todos os truques, e macetes, e manhas, e zás, zás de como condenar os bandidos. Lune era feliz vivendo dessa maneira, ou não, até que, certo dia, enquanto Lune estava ouvindo Death Metal em seu MP3, a vida se mostrou uma caixinha de surpresas, e ele foi atropelado por um monociclo. Por conta disso, ele foi para o hospital e comeu o mingau onde o confundiram com um paciente que viria a fazer uma mudança de sexo. Pouco tempo após a cirurgia, Lune, que finalmente estava recuperado da anestesia à base de cogumelos alucinógenos que lhe deram, percebeu o "acidente", e, obviamente, por ser macho [carece de fontes],
Lune de Balron e o seu sorriso contagiante, quando soube que iria ter o seu bilau de volta.
não poderia viver sem seus documentos. Sentindo a agonia de Lune, Hades percebeu que esse era o momento estrupício propício para conseguir comprar a alma do jovem, e enviou para a Noruega (país natal de Lune), a Estrela Celeste da Eminência, que lhe daria o seu bilau de volta, se Lune aceitasse fazer parte das tropas de Hades. Como Lune não tinha lá muitas escolhas, até porque, se ficasse do jeito como estava, ele acabaria se tornando lanchinho de negão, ele resolveu aceitar, e desceu para o inferno.

Chegando lá embaixo, Lune (ou melhor dizendo, Lune de Balron) encontrou Minos de Griffon, que era o juiz titular do inferno, e condenava todas as almas que ali chegavam. Logo à primeira vista, Lune de Balron se apaixonou pelo cabelo de emo de Minos, e disse que ele sempre quis ter um cabelo assim. Então, Minos, que já estava de saco cheio de ficar apenas condenando as almas dos mortos e nunca fazer sexo, resolveu fazer um pacto com Lune: Se Lune ficasse tomando conta do tribunal do inferno, Minos iria fazer em Lune aquele penteado emo com as suas próprias mãos. Lune adorou a ideia, mas ficou meio encabulado por ter que guardar a prisão de um emo. Mesmo sendo um vagabundo e não tendo nenhuma vontade de ficar no tribunal, Lune aceitou, afinal, ele queria aquele cabelo do Minos custasse o que custar.

Administrador do inferno em Lost Canvas[editar]

Cquote1.png Há, há... Culpado!! Cquote2.png
Lune de Balron, pouco tempo após ter se tornado o administrador do inferno, prestes a mandar mais uma alma para a puta que pariu.

Pouco tempo após ter se tornado um espectro de Hades, Lune de Balron já tinha se tornado o administrador do inferno, tendo como função julgar a alma de todos os mortos, para ver qual era a gravidade de seus pecados. Para fazer o julgamento, Lune de Balron tinha acesso à um livro estranho, que era uma espécie de Death Note, em que estavam escritos todos os pecados de todas as pessoas do mundo. Apesar de, na teoria, o livro servir apenas para fazer um julgamento justo [carece de fontes], Lune de Balron usava esse livro para se divertir, dando aquela espiadinha na vida de todas as pessoas. Sim, ele conseguia ver até mesmo o que você faz quando fica sozinho em casa.

Lune de Balron posando com o seu Death Note, em que estão escritos todos os pecados de todas as pessoas do mundo.

Apesar de adogar o seu serviço, de vez em quando, Lune de Balron tirava folgas, pois ele também gostava de sair do inferno e passear na superfície da Terra. Certo dia, enquanto passeava em Jamiel (uma cidadezinha que fica no interior do Tibete), Lune de Balron encontrou um garoto meio estranho, que ficava na mais profunda emisse solidão, e que estava muito concentrado em fazer uma coisa estranha. Ao ver isso, Lune de Balron se interessou, e foi ver o que o jovem estava fazendo. Quando Lune de Balron chegou perto, ele viu que o garoto estava consertando armaduras, e se divertindo muito, pois, quando ele tocava nas armaduras, ele conseguia ver toda a história por trás delas. Esse garoto era Shion de Áries. Quando viu que Shion também era um bisbilhoteiro CUrioso, Lune de Balron convidou o jovem para ser um moderador malvado do inferno, pois, dessa forma, além dele poder espionar a vida de todas as pessoas do mundo, ele também poderia banir todas as almas para o quinto dos infernos.

Lune de Balron achou que conseguiria matar Shion de Áries facilmente, porém, ele acabou tomando uma Genki Dama Onda dos Espíritos na fuça e acabou indo sentar no colo do Capeta Hades

Ao ouvir isso, Shion, apesar de ter muitas algumas dúvidas, resolveu aceitar a proposta de Lune de Balron, pois ele sempre quis espionar a vida das pessoas. Porém, antes de partirem, Lune disse que, se Shion realmente quisesse ir, ele deveria descer a porrada em todas as armaduras, e jogá-las no lixão. Como Shion estava com muita pressa (e CUriosidade) para começar a espionar a vida das pessoas, ele resolveu que iria fazer o que Lune tinha dito, e começou a sentar a mamona nas armaduras. Shion conseguiu destruir algumas, porém, antes que ele mandasse todas aquelas armaduras para a puta que pariu, apareceu Hakurei de Altar, que tentou convencer Shion a parar, dizendo que aquilo tava errado. Quando viu a cara feia e ameaçadora pacífica de Hakurei, Shion ficou com muitas dúvidas, e não sabia mais o que fazer. Quando viu que Shion estava mais perdido do que cego em tiroteio, Lune de Balron, que odiava pessoas indecisas, sacou o seu chicotinho sadomasoquista, e deu uma baaaaaaita de uma chicotada no pescoço de Shion, que ficou sangrando mais do que mulher menstruada e quase morreu. Porém, Shion acabou sendo salvo por Hakurei de Altar (este que viria a se tornar o seu mestre). Apesar de não ter matado ninguém, Lune de Balron resolveu voltar para o inferno, pois ele estava com saudades de espiar a vida dos outros.

Mais de 8000 Muitos anos depois, Lune de Balron se tornou um dos espectros mais poderosos de Hades [carece de fontes], e se tornou o guardião do Segundo Templo Maligno de Hades, que era um cargo de alta confiança. Pouco tempo após esse acontecimento, Lune de Balron recebeu algumas "visitinhas indesejadas": Eram Tenma de Pégasus, Regulus de Leão, Athena e Shion de Áries. Quando viu o seu antigo miguxinho conhecido Shion, Lune de Balron ficou muitissíssimo feliz, porém, ele não expressou. Como a função de Lune de Balron era proteger o Templo Maligno, e não deixar subir ninguém, ele usou o seu chicotinho de couro para abrir uma fenda gigantesca no chão, para todo mundo cair no inferno, sem retorno. Porém, Shion usou a sua Parede de Tupperware Muralha de Cristal, que protegeu todo mundo. Após isso, Shion derrubou a Muralha de Cristal, e formou uma espécie de ponte, pois assim, todos os seus miguxos poderiam passar por sobre a fenda, e atravessar o Templo Maligno. Quando viu isso, Lune de Balron ficou de TPM extremamente irritado, porém, ele resolveu que iria matar primeiro Shion, pois este era um verdadeiro verme insolente.

Começada a treta batalha, Lune de Balron já foi logo usando a técnica Reencarnação, para fazer Shion ver todos os seus pecados. Então, depois de muitos flashbacks irritantes, Shion viu que ele era um pecador, pois, quando ele era criança, e recebeu a visitinha de Lune de Balron, ele tinha destruído muitas armaduras, e, junto com elas, ele também tinha destruído as almas de todos os Cavaleiros que tinham usado aquelas armaduras no passado. Porém, Shion disse que ele estava salvo, pois tinha sido purificado pelo sangue de Jesus Hakurei de Altar. Ouvindo isso, Lune de Balron ficou ainda mais convencido que Shion era um verme insolente, e resolveu que iria jogá-lo no Inferno de Cocytos.

Estando no Inferno de Cocytos, Lune de Balron revelou que ele sabia todos os segredos da humanidade, inclusive qual é a verdadeira fórmula da Coca Cola, pois estava tudo escrito em seu livro. Shion tentou executar um Revolução Estelar, porém, como os segredos dessa técnica estavam revelados em seu livro, Lune de Balron conseguiu se salvar, e desceu a porrada em Shion. Tudo indicava que Lune de Balron iria vencer o Cavaleiro de Áries, porém, a vida é uma caixinha de surpresas, e Shion, que contava com a ajuda especial do autor, conseguiu se levantar, e, com a ajuda dos espíritos, executou uma Genki Dama Onda dos Espíritos, que matou definitivamente Lune, ou não.

Julgando as almas de C&A de Pégasus e Shun de Viado Andrômeda[editar]

A armadura de Balron, pertencente a Lune. Note que, além do chicotinho sadomasoquista, ela está em uma posição um tanto quando relaxante, e, com certeza, bastante profunda. Agora, só falta o papel higiênico.

Quando Seiya de Pégasus e Shun de Andrômeda chegaram na 1° prisão, que era a protegida por Lune de Balron [carece de fontes], eles ficaram bem encucados, afinal, um tribunal no inferno é a coisa mais desnecessária do mundo, pois todos que ali estão é porque ficaram muita merda na vida. De qualquer forma, os Cavaleiros de Athena não tinham muito tempo a perder, afinal, eles precisavam encontrar logo a Saori, para livrá-la das garras de Satanás Hades.

Mas quando iam entrar no tribunal, eles foram interrompidos por Markino de Esqueleto, que disse que o seu mestre, Lune de Balron, estava fumando pilha naquele momento, e queria que o ambiente estivesse o mais silencioso possível. Como Markino parece mais uma caricatura do que com um espectro de Hades propriamente dito, Seiya e Shun nem deram muita bola, e entraram com tudo no tribunal, achando que o tal de Lune de Balron era apenas mais uma bichinha que se achava mais do que realmente era o que não deixa de ser verdade.

Lune de Balron e toda a sua animação, ao ver que iria julgar a alma de dois gays Cavaleiros de Athena.

Porém, quando Lune de Balron deu (ui!) a bunda as caras, ele se revelou como um gay juiz muito sério [carece de fontes], e que condenava as almas dos pecadores como você sem dó nem piedade. Como ele não sabia que Seiya e Shun eram Cavaleiros de Athena, Lune disse que iria olhar em seu Death Note para conferir os pecados dois dois, sendo que, caso eles fossem extremamente graves, como por exemplo, a prática do onanismo na casa da tua avó, Seiya e Shun seriam jogados lá nos quintos dos infernos. Porém, apesar de muito procurar, Lune não encontrou nenhum pecado de C&A e Shun, o que era bastante estranho, afinal, até mesmo as virgens [carece de fontes] possuem diversos pecados. Enquanto Lune estava se perguntando porque não encontrava nenhum pecado, apareceu Markino de Esqueleto, que disse que aqueles dois não tinham nenhum pecado porque eles ainda estavam vivos, e que tinham descido ao inferno apenas para derrotar Hades. Quando ouviu isso, Lune de Balron ficou fudido (literalmente), e disse que não ia subir ninguém, pois ele mesmo lutaria.

Markino de Esqueleto, o capacho assistente de Lune de Balron, que tenta (sem sucesso) manter o ambiente calmo e sossegado, livre de toda a gritaria e badalação do inferno.

Mas antes de começar a batalha, Lune de Balron resolveu mostrar para Seiya e Shun que, apesar deles lutarem pela justiça (R.I.P.), eles tinham muitos pecados, e que precisavam pagar por todos eles com as barras de ouro que valem mais do que dinheiro. Então, Lune de Balron, que era masoquista e ninguém sabia, sacou o seu chicotinho de couro, e mostrou para os Cavaleiros de Bronze todos os seus pecados. Após receber a chicotada, C&A começa a entrar no Fantástico Mundo de Bob Mundo da Imaginação, e começa a ver todas as vezes que ele machucou seus amiguxos durante a infância, matou as formiguinhas que apenas estavam realizando o seu puta trabalho honesto, executava um ato homossexual com Misty de Lagarto, ao lhe aplicar o Turbilhão Fodedor de Pégasus, matava emos (leia: cavaleiros de prata), estuprava os próprios amiguinhos de bilau pequeno (leia: Shun), entre outros. Após essa seção torturante (ou nem tanto, pois Seiya adogou relembrar o seu momento com Misty de Lagarto), Lune decide mandar Seiya e Shun para o inferno de uma vez por todas (WTF? Eu pensei que eles estavam no inferno), e usa o seu chicotinho de couro mais uma vez, sendo que o seu primeiro alvo é Seiya, para a tristeza de Shun, que queria ser o primeiro a receber umas chicotadas na poupança. Quando C&A estava prestes a morrer, Shun, mesmo com dor de cotovelo por não ter tido a sua sessão sadomasoquista, salva o seu cumpanhero da morte. Como viu que a alma de Shun ainda estava em estado normal (ou seja, com modo gay ativado), Lune usa o seu chicote mais uma vez, e lembra o Cavaleiro de Andrômeda de todos os seus pecados, mostrando que Shun também foi uma menininha um menininho malvado, pois ele matou gays Cavaleiros como FrÔ-FrÔ, entre outros viados. Além disso, Shun tinha queimado o cosmo diversas vezes, e não merecia perdão. Então, Lune decide decepar a cabeça de Shun (para que fique bem claro, é a cabeça de cima, pois a de baixo Shun já tirou fora faz tempo...)

No momento em que ia desferir o ataque, Lune viu os olhos suaves de Shun e sentiu pena, que logo após foi superada pelo seu profundo ódio por emos. Então, Lune de Balron passou o seu chicotinho de couro no pescoço de Shun e arrancou a cabeça do Cavaleiro de Andrômeda, sem dó nem piedade. Com isso, Shun finalmente tinha morrido, ou não.

Luta contra Kanon[editar]

Cquote1.png Lune, o que eu te falei sobre essas coisas que você toma? Cquote2.png
Radamanthys de Wyvern
Cquote1.png Mas senhor Radamanthys, eu tenho que encontrar a cabeça!! Cquote2.png
Lune de Balron
Cquote1.png Lune, você está equivocado Cquote2.png
Radamanthys de Wyvern
Ao terminar de cortar a cabeça de Shun, ou não, Lune de Balron, para comemorar a morte de um dos Cavaleiros de Athena, resolve fumar um pouco de sua cocaína especial, que ele tinha comprado do boliviano Niobe de Deep, e que tinha guardado para um momento especial. Além disso, para reforçar o efeito alucinógeno, Lune de Balron cheirou uns dois gatinhos e tomou uma dose de Cachaça Nabunda. Porém, Lune de Balron acabou exagerando nas quantidades, e começou a ver coisas extremamente doidas e estranhas. A primeira coisa que Lune viu quando começou a sentir os efeitos alucinógenos foi uma caveira, que significava prerigo disse que Lune devia colocar a cabeça do Shun de volta em seu lugar. Como Lune pensava que aquela caveira era o seu mestre Suco Ades,
Lune ficou doidão, após ter cheirado uns dois gatinhos.
ele aceita as ordens sem reclamar, porém... A cabeça decepada do Shun tinha sumido, e a caveira disse que, se Lune não encontrasse aquela cabeça em 24 minutos, a próxima cabeça que rolaria seria a de Lune. Desesperado com a ameaça, Lune sai correndo tentando encontrar a maldita bendita cabeça, mas, quando a encontra, ele descobre que era o seu próprio elmo!

Após Lune ter feito essa descoberta, chega o Monteiro Lobato do inferno, perguntando o que tinha acontecido, e porque Lune estava com os olhos tão vermelhos. Então, Lune explica que procurava a cabeça de Andrômeda, pois ele tinha sido ameaçado por uma estranha caveira, quando descobriu que estava tendo apenas uma ilusão desenvolvida, devido às altas doses de dorgas que ele tinha injetado e cheirado. Enquanto falava isso, aparece uma estranha sombra, que se revela como... Saga de Gêmeos. Ops... Kanon de Gêmeos (ah, tanto faz, afinal, os dois são gêmeos e loucos). Após ter aparecido, Kanon mata Lune com um golpe só, e diz que apenas Chuck Norris os Deuses podem julgar as pessoas, sendo elas culpadas ou inocentes. [carece de fontes]

Curiosidades que você não quer saber sobre Lune[editar]

Cquote1.png Como você, Anônimo, não foi uma boa pessoa quando estava viva, você está condenado a ficar tomando chicotadas na bunda por toda a eternidade Cquote2.png
Lune de Balron sobre você
  • Eventualmente, Lune de Balron come a amazona June de Camaleão, numa sessão sadomasoquista selvagem repleta de chibatadas e uivos. Quando um grita o nome do outro, é impossível definir quem chama quem pela sonoridade idêntica dos nomes.

Golpes de Lune[editar]

  • Chicote Sadomasoquista: Lune chicoteia o oponente até gozar, ou até o adversário morrer de rir.
  • Reencarnação: Obriga o oponente a ver todos os pecados que ele cometeu num flashback com uma trilha sonora irritante, mais ou menos parecida com aquela musiquinha do Tetris, fazendo o inimigo vomitar as tripas após assistí-lo demais.
  • Tribunal: Julga os oponentes em várias estâncias. O inimigo morre de tédio.

Ver também[editar]


ReaperlogoDare.gif
Lune de Balron já morreu!

Foi ver a grama nascer por baixo.

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno


Cavaleirospredef2.jpg


Viking.jpg
v d e h
Os bárbaros vêm aí... Olê olê olá!