Mãe Menininha dos Estados Unidos

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Mãe Menininha dos EUA)
Ir para: navegação, pesquisa
EUA Falencia.jpg Powered by Chevrolet

Este artigo é gringo! Ele come Big Mac com Coca Cola no café-da-manhã e pensa que Seinfeld é a melhor série de todas.

Maezena.jpg Zé Pilintra aprova Mãe Menininha dos Estados Unidos. Saravá meu pai ê-ê!

Este artigo é piada de macumbeiro.

Nota: Não aceitamos passe como forma de pagamento.

Mãe Menininha no castelo de Caras

Mãe Menininha dos EUA (vulgo Condoleezza Rice) nasceu no Alabama (Bahia de Todos os Santos dos Estados Unidos) em 14 de Novembro de 1954. Desde pequena Mãe Menininha já era treinada para ocupar o cargo de mentora espiritual e dona do terreiro de George Bush. Tornou-se mentora do bostão presidente dos Estados Unidos da América para ajudar em questões espirituais e despachos contra outros países e inimigos afins (principalmente Osama e Saddam – sendo que este foi eliminado com sucesso depois de muita cachaça e sangue roxo de galinha preta numa sexta-feira na encruzilhada). Antes de Mãe Menininha Condoleezza comandar o terreiro, era o Paínho Colin Powell de Oxum que fazia os trabalhos na Casa Branca. Mãe Menininha é filha de dois macumbeiros norte-americanos. É, também, uma coroa feia e solteirona. Com 19 anos de idade, Mãe Menininha ganhou seu grau de bacharelato em Macumbologia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 1974. Em 1975 obteve seu grau de mestrado em Jogo de Tarô, Búzios e Voodoo Avançado pela mesma faculdade, e em 1981, na Universidade Federal da Jamaica, o seu doutoramento em Despacho Rápido de Encruzilhada. Mãe Menininha acumula muita experiência e ficou a três anos tomando conta desse terreiro chamado EUA.

Mãe Menininha recebe políticos em seu terreiro

Infância[editar]

Treinada desde pequena para exercer o cargo de mentora espiritual, Mãe Menininha sofreu muito nas mãos de seus pais. A menina era obrigada a se ajoelhar no milho comendo acarajé e tocando berimbau durante seis horas por dia, de domingo a domingo. Na adolescência viu The Books On the Table, sua galinha preta preferida, ser morta – pois os pais precisavam fazer um despacho e usaram a pobre ave companheira de Condoleezzinha. "Isso marcou minha vida profundamente", disse, emocionada, Mãe Menininha em entrevista ao The New York Times. Aos dezoito anos, Mãe Menininha ganha maioridade e sai da casa de seus pais. Enfim, revoltada com a própria , Mãe Meninha cai no mundo das drogas. Certo dia, enquanto fumava seu crack numa encruzilhada, Mãe Meninha teve uma visão de Exu que pediu para que ela retornasse ao terreiro de sua cidade e seguisse seu destino. Assustada e quase enfartando, Mãe Meninha segue os conselhos de Exu. Nesse mesmo ano, passa em primeiro lugar no vestibular da UFBA.

Carreira: a triste história[editar]

Mãe Menininha, em sua visita ao Brasil, sendo recebida pelos conterrâneos (e enteados) Carlinhos Brown e Gilberto Gil

Mãe Menininha teve uma vida muito reprimida: com 15 anos sonhava ser uma punhetistapianista de concerto. Devido a um despacho feito pela mãe de Mãe Menininha, a carreira não deslanchou: em seu primeiro concerto, Condoleezza teve náuseas antes mesmo do começo da apresentação – e vomitou ali mesmo, aos pés do maestro. Fiasco total. Já na UFBA, Condoleezzinha obtém a cadeira de professora de Ciências Macumbolísticas. Sempre atuou nos terreiros da vida e como mentora de muitos artistas, políticos, bichas e putas dos EUA e do Mundo.

Marta (uma política-puta) sempre pede conselhos à Mãe Menininha

No Cuverno Bush[editar]

Mãe Menininha passeia com George Bush no jardim da Casa Branca

Não fez muita coisa não (além de cagadas e merdas em público): uns despachozinhos aqui, outros ali. Dizem que Mãe Condoleezza não trabalhou muito porque precisou concentrar seus poderes e seus voodoos num inimigo chamado Iraque – mas há controvérsias. Fontes fidedignas afirmam que certa vez, ao dançar o samba do crioulo doido em seu terreiro, Mãe Condoleezza recebeu em seu corpo a pomba-gira, tendo então visões aterrorizadoras de armas de destruição no Iraque. A partir de então, enquanto não fez seu discípulo George Busho declarar guerra ao pobre país e seu inocente ditador Saddam, Mãe Condoleezza não descansou em paz. Outros dizem que o inimigo Pai Osama do Afeganistão é sua principal caça. A única coisa que se pôde comprovar é que Mãe Condoleezza tem um esgoto a céu aberto onde deveria estar a boca: devido a idade e a debilidade mental, é só merda atrás de merda que sai desse orifício (com ela a gente leva a sério o ditado: PARECE QUE TEM UM CU PREGADO NA CARA). Já se preparando para deixar o terreiro, Mãe Menininha se diz feliz e realizada – conseguiu matar Saddam do Husseim de Oxossi, conseguiu sair do posto de mentora espiritual antes de explodir uma crise fodida e também conseguiu trepar com George Bush sem ser pega em flagrante na Casa Branca.

Precedido por
Paínho Colin Powell
Departmentsealsmallsize.jpgCondiOMG.jpg
Mãe Menininha dos EUA

2005 - 2008
Sucedido por
Mãe Hillary Clinton de Ogum