MC Neguinho do ITR

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Pobrerica.jpg Esty artygo é dy pobry!

Esty artygo é sobry koyzas dy póbry, peçowas póbrys y o dono
taméyn dévy dy sê un pobretãwn do karáy!

Black Badge.jpg Este artigo é negro AFRO-DESCENDENTE!!

Nem pense em dizer que são todos parecidos...

Cquote1.png A escravidão doeu mais nos brancos do que nos negros... Cquote2.png
Pelo menos foi o que o Bush disse.

Favela-bresil2.JPG Essi artigu é faveladu!

Nem por isso tá involvida cum droga, putaria ou ladruagi!

Juvenal Antena pode estar sendo citado neste artigo.

Bob Mauley.jpg   Fala, mano! É o seguinte: MC Neguinho do ITR é mais uma coisa que os mano da quebrada curte, tá ligado, véio?
Então, não zoa este artigo não, porque vai dar em treta, mano!
Madonna-britney.jpg QUEM É O CANTÔ?

Este artigo é sobre alguém de uma banda mixuruca que quis tentar carreira solo.
Não vandalize este artigo, pois Arnaldo Saccomani pode lhe dar um NÃO.

♫ I love to sing-a... About the moon-a and the June-a and the spring-a... ♫

Igor Bento, conhecido como MC Neguinho do Itararé, nasceu em 1995, no bairro de Itararé (por isso seu nome artístico), em Vitória (ES). O MC cultivou sua popularidade ao se apresentar em bailes e casas de shows de seu estado, sobretudo em Vitória, Vila Velha e Serra. Um dos adeptos do beat fino ou capixaba, disseminado pelo DJ Jean Du PCB (esse PCB não tem nada a ver com o comunismo, caro leitor) e caracterizado por um tom mais fino, em 2018, Igor soltou no Kondzilla os singles “Popotão Grandão” “Vai Cavala” e “Forte pra Dar Sorte", este último anteriormente tendo sido conhecido por uma letra de deixar os roqueiros e conservadores de queixo caído, mas que ganhou uma nova versão sem palavras de calão ou qualquer coisa parecida.

Sucessos[editar]

  • Popotao Grandão: Essa música foi composta por Igor quando acabou de sair do banheiro era da Diretoria 027, sua antiga gravadora, menos popular que a Gorila ou a Brisola Records. Inicialmente, tinha um verso digno de uma pornochanchada para deficientes visuais e masturbadores obra de arte, mas ganhou mais força quando foi lançada uma versão sem os palavrões e com um beat que parece ter sido feito pelas panelas da genitora deste produtor. Foi regravada com Denny, outro MC que fazia sucesso ás custas de outras pessoas.
  • Fode Forte pra Dar Sorte - Composta juntamente com Rodrigo Lourenço da Conceição, o MC Digu, a sua versão inicial começava com uma melodia do Scorpions, mostrando que o artista era um roqueiro não assumido tendo uns palavrões de calão que não irei citar neste artigo. Porém, a letra do seu videoclipe oficial mostrava sua letra sem palavrões e o sample do Scorpions modificado para que os seus autores não levassem lenha por direitos autorais.
  • Pipa voada nada - Igor fala sobre uma mulher que mentia para seus pais para ir em sua residência em busca de satisfazer seus anseios sexuais. Destaque para o DJ Tezinho, produtor da música, e pelo fato da música ser uma versão funk de um rap do Tribo da Periferia.
  • Vai Com a Vara Cavala - Música feita por Igor quando ele ainda estava na Diretoria 027, foi outra regravada pelo artista.

Vídeos[editar]

Fontes[editar]

Este artigo é um esboço kawaii *-*
Faça uma neko feliz expandindo-o ç.ç