Mabeco

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Bebeco
Os mabecos vivem em bando
Os mabecos vivem em bando
Classificação científica
Reino: Animal
Filo: Acordados
Superclasse: Quadrúpedes
Classe: Mamadores
Ordem: Comedores de carne
Família: Caninos
Gênero: Lincoln
Espécie: Bebeco
lincoln picus

Mabeco ou cão-caçador-africano é um canídeo típico que vive em zonas de savana e vegetação esparsa. A espécie já foi comum em toda a África sub-sahariana. A sua distribuição geográfica actual limita-se à Namíbia, Botswana, Moçambique, algumas zonas do Zimbabué e África do Sul.

Sociedade[editar]

Os mabecos vivem em matilhas de até 40 elementos. São uns canídeos bem de boa que vivem em comunidades todos pelados. Os mabecos têm preocupações sociais únicas nos predadores africanos. Se um membro da matilha está doente ou a recuperar de ferimentos, é alimentado pelos restantes e protegido de eventuais ataques, porém, depois da recuperação, o indivíduo tem que pagar com juros todos que ajudaram pela sua recuperação.

Os mabecos caçam em grupo e através do trabalho de equipe combinado com grande resistência física, conseguem abater animais de dimensões muito maiores. As suas presas favoritas são antílopes de médio porte, como os impalas, gazelas e duikers, e grandes herbívoros velhos, jovens ou feridos, como gnus e zebras.

Orientação sexual[editar]

A reprodução nas matilhas de mabecos está limitada ao par dominante, os restantes membros do grupo partilham a responsabilidade da educação dos juvenis, e quando querem aliviar o apetite sexual sãoobrigados à pagar prostitutas mabecas ou apelar para o descabelamento do palhaço. O par alfa é monogâmico e permanece unido para sempre, porém, vez ou outra, costumam frequentar surubas de swing com outros casais de mabecos.

A homossexualidade entre os mabecos é bastante comum e tem sido alvo de inúmeros estudos científicos motivados pelo enorme interesse que este fascinante assunto tem levantado entre e comunidade científica internacional. Básica e resumidamente pode-se referir que existem duas escolas que apontam alguns aspectos básicos no comportamento homossexual dos mabecos e sob os quais fundamentam a sua obra.

A Escola Russa defende que este comportamento entre os mabecos é punível com pena de morte sem direito a recurso. Esta teoria baseia-se no fato de toda a homossexualidade (excepto entre fêmeas) ser pecado contra natura e contra os desígnios de Deus.