Machado (Minas Gerais)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Um machado é uma ferramenta concebida para o corte/derrubamento de árvores Cquote2.png
Wikipédia sobre Machado
Cquote1.png Machado? Ah, conheço, claro! Lá só tem morro né? Cquote2.png
Turista valorizando as nuances geográficas de Machado
Cquote1.png Machado? É perto de Varginha, cidade do ET, né? Cquote2.png
Turista demonstrando seus conhecimentos sobre Machado
Cquote1.png Machado tem muitas riquezas: tem o Pastifício Santa Amália e...e...café. Cquote2.png
Machadense sobre Machado
Cquote1.png Você quis dizer: Roça Cquote2.png
Google sobre Machado
Cquote1.png Você sabe porque agente usa motoserra? Porque Machado é uma bosta Cquote2.png
Madeireiro Amazonense sobre Machado
Cquote1.png Só tem fidumaputa, se vier aqui vai apanhar denovo. Cquote2.png
Poçofundense sobre Machado
Cquote1.png Machado? A cidade-satélite de Muzambinho? Cquote2.png
Milton Neves sober Machado
Cquote1.png Na União Soviética, o morro sobe VOCÊ! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Machado
Cquote1.png Nóis tem cinema, ocêis não! Cquote2.png
Machadense sobre Alfenas
Cquote1.png Nóis tem xóping, ocêis não! Cquote2.png
Machadense sobre Pouso Alegre
Cquote1.png Como vocês chamam aquilo de shopping? Cquote2.png
Turista sobre Machado Shopping
Cquote1.png Machado é a Barretos de Minas Gerais Cquote2.png
Narrador de rodeio empolgado sobre Machado
Cquote1.png Cumpadi, imagina si isso tudo fosse café, homi! Cquote2.png
Machadense sobre Ubatuba
Cquote1.png O morro é meu, uai! Cquote2.png
Lider do tráfico machadense sobre o Morro da Centenária
Cquote1.png É nóis mano, zona sul periferia, vida loka cabulosa Cquote2.png
Mano sobre Machado
Cquote1.png Nem achei. Cquote2.png
Google Maps sobre Machado
Cquote1.png Nós também temos enchente! Cquote2.png
Machadense sobre Pouso Alegre
Cquote1.png Jo no conostro, señor. Cquote2.png
Pica-Pau sobre Machado

Você já ouviu falar no fim do mundo? Então você já ouviu falar em Machado, uma cidade também conhecida como "quintos do infernos", "conchinchina" e "PQP".

Sobre a cidade[editar]

Vista geral da cidade de Machado.

Machado localiza-se no 179º buraco entre Pouso Alegre e Poços de Caldas, 15 km após a primeira igreja verde avistada na estrada, possuindo como roças vizinhas Carvalhópolis e Poço Fundo. Machado possui também, de acordo com a lenda, o distrito de Douradinhos.

Possui uma populaçao estimada de 42.000 habitantes(quarenta e dois mil habitantes), duas vezes maior do que a cidade de Poço Fundo, e dez vezes pior que a mesma.

O ponto mais badalado da cidade é, sem dúvida, a Casa do Açai, onde caipiras e manos reúnem-se para tentar agarrar alguém que conheceu no Tinder. Com uma quantidade infindável de opções de lazer, Machado acata seus habitantes, que, nas noites dos fins de semana, populam a praça Antônio Carlos para olharem uns para as caras dos outros e prestigiar playboys desfilando com os carros de seus pais. Vista geral da cidade de Machado Vista geral da cidade de Machado

Machado também foi reconhecida pelo Comando Vermelho como a cidade mais tranquila do sul de minas... A mais tranquila para realizar assaltos, emboscadas, vender maconha e outras cositas mais... Também foi reconhecida como a cidade mineira a mais estampar as manchetes policiais no ano de 2017...

A cidade é governada pelo Pastifício Santa Amália, entidade neo-nazista-opressora, apresentada de fábrica de massas, cujos serviços são prestados por trabalhadores escravos, pela COOPAMA, cooperativa sem fins lucrativos onde os diretores são os mais ricos de todos e pelo IF (ou segundo os roçeiros, machadenses, insistem em chamar de Escola Agrícola) cujos alunos sustentam a economia da cidade enchendo a cara de Limeira, mas são menosprezados pela população que insiste em viver na merda, tradição local.

A maconha com certeza é o produto mais vendido na cidade principalmente no periodo da Festa de São Benedito, alias se você não sair esfaquiado ou roubado por alguma gangue local sera um ótimo programa de fim de semana neste periodo.

Origem[editar]

A história de Machado começa quando Italianos invadiram um pequeno território no sul de Minas Gerais, já conformados com o fato de não conseguirem melhor território. Tomados pela raiva, decidiram fundar uma entidade que controlaria a todos os habitantes e trabalhadores das redondezas. Em busca do disfarce perfeito, valeram-se de seu sangue italiano e fundaram uma fábrica de massas, de nome Pastifício Santa Amália.

Munidos de tal convincente disfarce e com o intuito de pôr em prática seu plano maléfico para dominação da população agrícola da cidade, o Pastíficio Santa Amália passou a monitorar cada habitante, inserindo câmeras secretas em seus inocentes pacotes de macarrão.

Vendo seu plano funcionar perfeitamente, o Pastifício Santa Amália (Uma empresa integrante da nova ordem mundial, os illuminats) começa a proliferar-se por outras bandas das Minas Gerais, instalando uma filial na capital mineira, cessando o antigo desejo de possuir terras maiores.

Mais tarde, para manter o domínio sobre a já estruturada cidade de Machado, o Pastifício Santa Amália introduz a utilização de mafagafos para controle de grupos rebeldes revolucionários, que são torturados e mandados para Serrania.

Hoje, 30% da população da cidade é constituída por robôs controlados pelo Império. O machadense de natureza nasce mau educado, são todos mau criados (esta é uma tradição da ciddade), não respeitão o proximo, não respeitam sinais de transito, nem limite de velocidade, com certeza é a capital brasileira da falta de educação, e tem o maior numero de motocicretas (bis, 125, yes e titam) pilotados por um bando de moleques e mocinhas navalhas que acabaram de tirar porte de arma (leia CNH - Carteira Nacional de Habilitação).

Economia[editar]

Em Machado a economia é baseada na extração de madeira, à machadadas, fábricas de macarrão e na plantação de café, que tem até um centro de execelência.
Também observamos grandes vendedores de tecidos e ótimas escolas de freiras, de culturas agrícolas (que desenvolveram o café)

!!!CUIDADO!!! NÃO PERCA SUA IDENTIDADE NAS IMEDIAÇÕES DAS ENTIDADES DE ENSINO SUPERIOR ESTARÁ SUJEITO À MATRÍCULA!!!

Há também na cidade um gigantesco shopping que é a atração da região (por ter uma escada rolante), este magnífico edifício é situado na praça da cidade (centro comercial) onde os habitantes desfilam em seus avestruzes com seus sons altos, que mais parecem berros de animais excitados. Um ponto turístico pouco frequentado, com bares fantasmas para os poucos fregueses que se arriscam: é a "Prainha", assim apelidada para substituir o velho desejo dos mineiros de terem um pedacinhgo de mar só para eles. OBS: Não é agua salgada

Tradições[editar]

Típico cidadão montado em um Avestruz procurando por uma vaca.

Essa cidade traz tradições milenares que até Chuck Norris desconhece. Quando o mundo foi criado, foi criada Machado, uma cidade com cerca de 150 habitantes (isso permanece até hoje) e com a criação de Machado vieram as vacas mutantes típicas da cidade,surgiu também Dercy Gonçalves, dinossauros e Papai Noel. Desde então este povoado mantém suas tradições de caçar vacas mutantes, galinhas com dentes, andar montado em avestruzes e etc...

Em Machado pode-se ver sempre pessoas armadas com lanças com ponta de pedra, arco e flecha e tochas durante a noite (o fogo foi descoberto recentemente, em janeiro de 2008). Os cidadãos machadenses não descobriram nem a roda e nem a escrita ainda, dependem de desenhos para se comunicar. O meio de transporte mais comum em machado são os avestruzes. Caso veja alguém montado em um avestruz na rua, com uma lança em mãos, procurando uma vaca... Não se assuste! Lembre-se, é normal.

Outra famosa tradição anual em machado é a queima de veículos de transporte público(busão). Respeita-se também muito o uso de carros velhos rebaixados que imitem ruídos agradáveis como funk e sertanejo universitário. O roubo na cidade de Machado é considerado prática de hospitalidade para com os turistas. Também é possível acompanhar o espetáculo de balas perdidas em pontos turísticos da cidade, como o Jardim das Oliveiras.

Devido a ausência de banda larga (internet) no município, a inveja dos jovens de machado perante a cidade aldeia vizinha de Carvalhópolis, anualmente acontece o campeonato oficial de CS (counter strike) a valer... Vestidos de Terroristas e contra terroristas os jovens utilizam o famoso mapa Jardim das Oliveiras como campo de batalha. O premio é a vida, essa que é algo raro em machado já que a expectativa de vida no município é de 13,5 anos.

Geografia e endereços[editar]

Nesta enorme cidade com o tamanho de 2 quarteirões da cidade de São Paulo há duas ruas e uma avenida:

Ruas: Vai e volta.

Avenida: Avenida única.


Espécies do local[editar]

Por ser localizada em uma região de dez milhões de quilômetros abaixo do nivel do mar, as criaturas da região (exceto os humanos) tem habilidades supremas como:

  • Vacas mutantes: Estes seres temidos por todos na cidade tem poderes extremos desconhecidos pela espécie humana, elas são capazes de respirar debaixo d'água, voar, construir abrigos nucleares, sobrevivem aos ataques
    o único registro de uma vaca de Machado (o autor da foto nunca mais foi visto)
    de mafagafos e Chuck Norris. São seres que se reproduzem muito rapidamente superando os coelhos (a gestação de uma vaca machadense mais longa teve 2.3 segundos).
  • Galinhas com dentes: Estas são as maiores devoradoras de humanos da cidade pois são capazes de triturar ossos só com o olhar!!
  • Dinossauros: Encontram-se principalmente na mata da região pois tem medo das vacas e das galinhas. Porém de vez em quando acabam por devorar alguns cidadãos que vão a caçada de vacas.

Cidadãos[editar]

  • Machadense: Fidumaputa desgraçado foi o bixo que não comeu o primeiro que nasceu nesse lugar do inferno.

Quando a caçada não é boa, as pessoas da cidade já estão preparadas com um pequeno pote de lactobacilos que os sustentam ate o dia seguinte. Alguns até apelam para cheirar gatinhos pra se sustentarem.

Um habtante local, munido do símbolo da cidade