Madre de Deus de Minas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome-searchtool blue.png Madre de Deus de Minas é uma pequena cidade desconhecida.
Você pode estar perdendo seu tempo à-toa ao ler sobre essa joça.
Se você já ouviu falar dessa cidade, não tem, pelo menos, dois dentes na boca.

Sciences de la terre.svg.png
Campos uruguaios brasileiros de Madre de Deus de Minas.

Madre de Deus de Minas é uma cidade de Minas Gerais que não fica na Argentina. Isso mesmo... A cidade não fica na Argentina!

Cquote1.png Mas olha lá! Tem "Minas" no nome. Como ela poderia ficar na Argentina? Cquote2.png
Você sobre o furo na piada

Bem... De certa forma... Ah! Dane-se! Você estragou a piada! A cidade foi fundada por dois bandeirantes zé-manés que acabaram sendo mais anônimos do que a própria cidade que 92% da população brasileira nem sabe que existe.

História[editar]

Dois bandeirantes chamados "Ping" e "Pong" tinham saído da aconchegante Europa para sair pelo Brasil afora, destruindo a mata atlântica e trazendo desgraça para as gerações futuras. Como a vida era boa naqueles tempos... Mas enfim, eles acabaram escolhendo Minas Gerais que era o lugar onde mais tinha minérios dignos como Ouro e Prata para se extrair.

Pararam em um lugar e descobriram algo mais valioso: petróleo! Bem, fundaram uma cidade, pularam, comemoraram contratando prostitutas e etc. Quando mandaram uma amostra para o governo de Minas Gerais, descobriram que era apenas um cano de esgoto furado.

Ping e Pong saíram tão envergonhados de lá que nunca mais foram vistos. O que restou foi a cidade que logo adquiriu uma população de ratos inteligentes que mais tarde viraram habitantes de Madre de Deus de Minas.

Religião[editar]

A cidade tem num nome incomum (e quase uma blasfemia). Primeira coisa que se passa na cabeça de quem ouve o nome da cidade é se fica em algum buraco do Paraguai ou qualquer um deses países desmiolados da América do Sul.

Depois, quando veem o nome "de Minas" descobrem que a desgraça vem do próprio Brasil. 90% dos brasileiros quando sabem disso perdem um terço de seu patriotismo.Os outros 10 perdem ele por inteiro.

A religião então é maioria católica e evangélica, sendo que ambos os grupos travam guerras entre si. Digamos que são gangues de freiras e pastores.