Madruguinha

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Leaotarado.jpg ANIMAAAAAAAL!!!

Este artigo trata de algum animal, ou alguém que pareça um animal, ou alguém com nome de animal, ou alguma bosta que te faz se sentir um animal, ou ainda um ANIMAL. Nenhum animal foi maltratado na produção deste artigo.

Canídeo cozinhando.jpg Este artigo trata de um mamífero.

Ele chupa o peito da mãe quando criança e possui muitos pelos no corpo.
Ele ainda pode ser o seu melhor amigo.

Madruga Madruguinha
Regador 999.jpg
Madruguinha, na metade do processo da transformação em regador
Nascimento 31 de fevereiro
México
Nacionalidade Bandeira do México México
Ocupação Ouvinte de piadas
Olhos Pretos
Cabelo Mais careca do que o Senhor Calvillo
Fortuna A mesma que a do Quico
Nível de inteligência Baixo, ruim, pobre...
Frase favorita Cquote1.png Au, au... Cquote2.png

Cquote1.png Você quis dizer: Seu Madruga Cquote2.png
Google sobre Madruguinha
Cquote1.png Você quis dizer: Nabunda Cquote2.png
Google sobre Madruguinha
Cquote1.png Experimente também: Satanás Cquote2.png
Sugestão do Google para Madruguinha
Cquote1.png Ah, então quer dizer que colocaram o meu nome nesse vira-lata encardido? Posso saber porquê? Cquote2.png
Seu Madruga querendo saber porque colocaram o nome dele no Madruguinha
Cquote1.png Exatamente por ser encardido! Cquote2.png
Chaves respondendo com toda a sua educação
Cquote1.png Some daqui! Some daqui! Some daqui! (666 vezes) Cquote2.png
Madruguinha sobre o Gato do Quico


Madruguinha perfil.jpg

Madruguinha (nome em homenagem ao Seu Madruga), também conhecido pelo bonito apelido de Regador, é o simpático cachorro vira-lata do Quico. Diferentemente dos outros cachorros comuns, que se contentam em ficar sob os cuidados de um humano e ganhar comida fracionada, Madruguinha mostrou que não gosta disso, e, na primeira oportunidade que teve (quando o Quico estava lhe contando mais uma piada idiota), ele simplesmente picou a mula, e correu mais rápido do que um queniano, rumo à liberdade. Bem, isso não adiantou muita coisa, afinal, depois de algumas horas, conseguiram encontrá-lo, porém, valeu a tentativa.

Aparição[editar]

Madruguinha durante a infância, quando ainda era um cachorro perdido e tomava bomba. Depois que ele foi adotado, e parou de tomar bombas, os músculos dele murcharam por completo.

Em um belo dia de Sol no México, o Professor Girafales estava em sua casa, corrigindo as provas feitas pelas mulas pelos seus competentes alunos. Porém, enquanto estava realizando esta tarefa, o Professor Girafales percebeu que estava muito estressado, pois, sempre que ele lia alguma idiotice nas provas (de dois em dois minutos), ele tinha um ataque de nervos. Então, para relaxar, o Professor Girafales resolveu fazer o que ele sempre faz para relaxar: Dar uma rapidinha com a Velha valentona Dona Florinda.

Antes de se dirigir à Vila do Chaves, o Professor Girafales, que é muito conservador, resolveu que iria levar um presentinho para a Dona Florinda, mais precisamente flores. De novo flores?. Após ter comprado as flores, o Professor Girafales finalmente seguiu rumo ao hexa à Vila do Chaves, muito ansioso para encontrar a Dona Florinda.

Porém, quando estava na metade do caminho, o Professor Girafales encontrou um cachorro, que, apesar de ser um vira-lata, era bastante bonito, ou não. Quando viu o cachorro pela primeira vez, o Professor Girafales nem deu muita atenção, afinal, aquele cachorro não lhe serviria nem para capacho para nada. Porém, depois de pensar um pouco com os seus botões, o Professor Girafales teve uma ideia brilhante: Ele iria levar esse cachorro de presente para o Quico, pois assim, o bochechudo iria ficar distraído brincando com o cachorro, e não iria atrapalhar o seu ato com a Dona Florinda.

Alguns minutos após ter pego o cachorro, o Professor Girafales finalmente chegou à Vila do Chaves. Como estava muito ansioso, o Professor Girafales foi imediatamente para a casa da Dona Florinda, para tomar o seu café e, finalmente, fazer o que ele queria. Com tamanha ansiedade, o Professor Girafales até esqueceu que estava com o cachorro debaixo do seu braço direito, e o levou para dentro da casa da Dona Florinda. Porém, quando o Chaves, que estava dentro do barril, viu tudo, e foi logo contar para o Quico.

Quando o Quico ouviu que o Professor tinha lhe trazido um presente, ele foi logo para a sua casa, para ver o que era. Obviamente, a curiosa da Pópis, que é a sua prima, foi junto, pois também estava CUriosa. Ao chegarem, Quico e Pópis tiveram uma grande surpresa: O presente era um cachorro, de aparência muito bonita. Quico ficou muito feliz, ou não, com o seu cachorro, e logo foi mostrar para o Chaves. Quando o Chaves viu que o cachorro era bastante encardido, não teve dúvidas: Ele sugeriu que o nome do cachorro fosse Madruguinha, pois, além de ser encardido, o cachorro tinha o focinho parecido com o do Seu Madruga.

A fama e a fuga[editar]

Madruguinha mostrando todo seu charme, após ter tomado banho e lavado os seus pêlos com algumas gotas de Cachaça Nabunda.

Como o Quico é bem educado, ele foi apresentar o seu novo cachorrinho para todo mundo, em especial para o Seu Madruga, que era o homenageado. Obviamente, o Seu Madruga adorou a homenagem que o Quico lhe fez. Porém, de acordo com o Chaves, a única semelhança do Seu Madruga com o Madruguinha é que os dois são encardidos, pois, no geral, o Seu Madruga é mais simpático, é mais boa-gente... E pode ser até que é mais inteligente.

Depois das devidas apresentações, o Quico mostrou para Madruguinha a sua nova moradia, que era um sapato velho de Frederico. Porém, após entar naquele sapato, Madruguinha ficou com um cheiro horrível. O cheiro era tão ruim que o Quico resolveu que era a hora certa para dar um banho em seu cachorro, pois, além de eliminar o cheiro de coliformes fecais, Quico também diferenciaria o cachorro do Seu Madruga.

Depois de ter tomado umas lavadas na retaguarda, Quico finalmente terminou de dar o banho no Madruguinha. Agora, Quico já estava pronto para contar algumas piadas para alegrar o seu cachorro. Porém, como Madruguinha é muito esperto, ele fugiu, e esperava nunca mais ter que voltar para aquela vila e ter que ouvir novamente aquelas piadas horríveis. Porém, essa fuga não adiantou muito, pois, alguns minutos depois da fuga, Madruguinha foi encontrado pelo Professor Girafales, e levado de volta para o seu dono.

Transformação[editar]

Após Madruguinha ter voltado, Quico torturou o seu cachorro com uma sessão dupla de piadas ruins. Com isso, A cabeça de Madruguinha estava prestes à estourar, porém, ele aguentou firme. Enquanto o Quico estava realizando essa sessão de tortura, o Seu Madruga, a mando da Dona Florinda, colocou uma placa, dizendo que os animais não eram permitidos na vila. Ou seja, o Madruguinha teria que sumir dali o mais rápido possível. Obviamente, Quico ficou muito triste ao ler essa placa, pois teria que se mudar da vila não sabia o que fazer com o seu cãozinho. Bem, enquanto não conseguia pensar em nada, Quico resolveu não fazer nada.

Madruguinha atualmente, após ter conseguido se livrar do mala do Quico. Sim, ele está bem mais feliz, sendo que ele costuma trabalhar no cinema, como o incrível Cachorro do Chuck Norris.
Madruguinha na sua versão platinada, pronto para executar um salto olímpico.

Porém, a Dona Florinda mostrou que é mais traiçoeira que o Dick Vigarista, e, enquanto o Quico estava dormindo, ela levou o Madruguinha de volta para o Professor Girafales. Quando Quico finalmente acordou, e foi procurar pelo seu cãozinho, ele não o encontrou. Então, ele foi pedir ajuda ao Chaves, pois este entendia bastante de cães, principalmente dos arrependidos. Porém, Chaves não fazia nem ideia de onde estava o animal. Como ninguém sabia onde estava Madruguinha, Chaves e Quico foram procurá-lo, e procuraram por horas e horas, até que, quando Chaves olhou na janela da Bruxa do 71, ele viu que o Regador estava usando a coleira do Madruguinha. Logo, o Chaves chegou à incrível conclusão de que aquele Regador era o Madruguinha. Quando descobriu isso, Chaves não queria contar para o Quico, porém, ele acabou contando, e, diferente do imaginado, Quico não ficou chorando como um emo. Na verdade, Quico aceitou muito bem toda essa situação, e, mesmo sabendo que Madruguinha tinha sido alvo das macumbas da Bruxa do 71, ele continuou amando Madruguinha da mesma maneira.

Enquanto Madruguinha estava transformado em regador, Quico começou a ensiná-lo todos os truques, macetes, e zás, zás, sendo que, após muito treino, Madruguinha já era um especialista em saltos ornamentais, e conseguia saltar diretamente no colo do capeta Quico. Porém, enquanto estava escondido no barril, Chaves ouviu uma bomba, bomba, bomba: Na verdade, aquele regador não era o Madruguinha. O verdadeiro Madruguinha tinha sido levado embora pela Dona Florinda, e já estava bem longe. Quando descobriu isso, Quico teve mais um de seus ataques emo, e começou a chorar, e chorar...

Quando a Dona Florinda chegou do abatedouro de cachorros da rua, ela viu o Quico chorando, e não sabia o porquê. Então, Chaves, com toda a sua educação, disse que Quico estava chorando porque descobriu que o Madruguinha tinha sido levado embora, e que já estava muito muito longe, talvez em Tangamandápio. Como Dona Florinda achava que tinha cometido um crime perfeito, ela não entendeu como que o Quico tinha descoberto isso. Então, Chaves disse que um amigo de um primo dele tinha lhe contado. Então, assim como sempre, a Dona Florinda achou que o amigo do primo do Chaves era o Seu Madruga, e, assim como ela faz sempre, ela jurou que ia matar o Seu Madruga de tanta pancada. E assim foi... Trágico.

Ver também[editar]