Mae West

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Hedy lamarr 1933 ecstasy.jpg

Mae West é uma ex-gostosa
Ela já inspirou muitas homenagens, mas foi o tempo quem realmente a comeu.

Cquote1.png Você quis dizer: Sexo verbal não faz o meu estilo Cquote2.png
Google sobre Mae West

Cquote1.png Você quis dizer: Precursora da putaria Cquote2.png
Google sobre Mae West
Cquote1.png Gostaria de ter comido... Cquote2.png
Alexandre Frota sobre Mae West
Cquote1.png Boca suja!Sai prá lá... Cquote2.png
Silvio Santos sobre Mae West
Cquote1.png Estudamos juntas na escola da putaria... Cquote2.png
Dercy Gonçalves sobre Mae West
Cquote1.png Nuss,que gostosa!... Cquote2.png
Garoto retardado sobre Mae West
Cquote1.png Safadeenhaaa... Cquote2.png
Você sobre Mae West
Cquote1.png Uma das mulheres mais desejadas de todos os tempos,tanto no pessoal como no profissional... Cquote2.png
Fautão sobre Mae West
Cquote1.png Me espelhava nela... Cquote2.png
Mae West sobre Marilyn Monroe
Cquote1.png É uma arma no seu bolso ou está alegre em me ver?.. Cquote2.png
Mae West sobre todos os policiais que se aproximavam dela
Cquote1.png Sua mãe deveria ter jogado você no lixo e ter ficado com a cegonha... Cquote2.png
Frase que a mãe de Mae West a ensinou dizer caso algum engraçadinho tentasse passar a mão em sua bunda
Cquote1.png Que gracinha!.Já demos selinho Cquote2.png
Hebe Camargo sobre Mae West


Biografia[editar]

Mary Jane Wild Wild West

Ela quando estava no auge da carreira. Ela era a Carla Perez da época

Nasceu no velho oeste quando o Titanic nem sonhava em afundar. Filha do boxeador Rocky Balboa e de mãe Brasileira, começou aos 15 anos a trabalhar em Cabarés onde a mãe fez carreira como puta. Foi atriz, cantora, apresentadora, dançarina e jornalista. No início, Mae era apenas a garçonete do Cabaré e odiava ser tratada como uma vadia qualquer. Não admitia ser humilhada pois tinha dignidade e não era para o bico de qualquer vagabundo. Era gostosa, loira e inteligente ao mesmo tempo. Um tipo raro. Praticamente uma aberração.

Ai do verme que ousasse dar tapas em sua bunda ou do freguês cachaceiro sujo e fedorento que tivesse a petulância de colocar dinheiro em seus peitos, só porque ela era linda e gostosa. A não ser que fossem muitos dólares. Ela não era besta nem nada. Não venderia seu corpinho por pouca bosta.Por isso era conhecida como garota má.

Mae era uma menina romântica e sonhava em estar no palco, dançar, atuar, ser famosa, tomar banho de espuma, sair em todas as capas de revistas e ter seu nome na calçada da fama. Marilyn Monroe, era sua melhor amiga. Amiga intima. Tanto que uma usava o vibrador da outra sem pedir. Elas trocavam segredinhos e confissões. Marilyn sempre aconselhava Mae dizendo que ela não era uma puta qualquer. Tinha muito talento tanto na frente quanto de costas e um dia ainda seria uma grande estrela.

Um dia, Mae estava vendendo flores no farol, para ajudar juntar dinheiro e pagar o tratamento estético de sua mãe que ficou com a cara arregaçada depois que seu pai, Rocky Balboa, a boxeou por descobriu que foi chifrado com o dono Cabaré. Enquanto vendia flores, Mae quase foi atropelada por um homem sentado num jumento. Este, rapidamente desceu do jumento e acudiu Mae que felizmente estava intacta. Enquanto isso, o jumento admirava o belo par de coxas de Mae e esta olhava deslumbrada as medalhas sustentadas no peito do gentil cavaleiro. Mae nem sonhava que seu destino estava sendo traçado naquele momento. Aquele homem era nada mais nada menos do que o Tenente-Brigadeiro-e-cajuzinho-do-Ar, Comandante da RAF. Cajuzinho, que tinha um bom coração e prestava serviços sociais pra a comunidade carente daquela época, se sensibilizou com o estado de calamidade de Mae. Viu logo que ela tinha enormes melões e por isso a convidou para trabalhar na aviação inglesa como colete salva-vidas. Assim a jovem teria uma chance de melhorar de vida.

Mas aquilo era pouco. Mae queria subir de vida e se esforçava para isso. Conseguiu convencer o Tenente-Brigadeiro-e-cajuzinho do-Ar que ela fizesse uma apresentação para os acadêmicos dos quartéis que estavam desanimados e na seca há vários meses. Já até pensavam seriamente em queimarem suas roscas. A apresentação foi um sucesso. Ela foi cercada por jovens embevecidos muito mais por suas expressões corporais que por seu talento. Logo a fama de Mae correu por todo o quartel. Depois pela região, e logo a seguir pelo país e depois pelo mundo.

A vampira que qualquer um queria ter o pescoço mordido

Depois disso, Mae se apresentou em vários lugares do mundo, inclusive na casa Branca. Fez varias peças teatrais onde algumas delas sua mãe atuava no papel principal fazendo o papel dela mesma, uma prostituta. Mae virou uma estrela. Os adolescentes esporravam em suas revistas nas quais até Carlos Zéfiro se inspirava. Nos quartéis os choferes a exibem em seus caminhões. As mulheres feias a invejavam. Ela era o sonho de consumo dos homens daquela época.

Não demorou muito e ela se casou com o milionário magnata da Playboy. Mae agora estava com a vida ganha e passava o dia todo estendida em um sofá ou envolvida por uma pele branca de raposa com um pródigo decote e uma das mãos apoiada na cadeira esperando que alguém a comesse.

Mae morreu aos 87 anos de ATP(Ataque De Pelanca).

Histerica.jpg

Frases Sexuais Famosas de Mae West quando ela era gostosa:[editar]

Cquote1.png Quando sou boa, sou ótima, mas quando sou má,te levo ao êxtase. Cquote2.png

Cquote1.png O sexo é como uma partida de pôquer: se não tem um bom parceiro, é melhor que tenha um bom taco. Cquote2.png

Cquote1.png As garotas boas vão para o céu, as más para qualquer motelzinho de beira de estrada. Cquote2.png

Cquote1.png O sexo oral em excesso, pode ser maravilhoso. Cquote2.png

Cquote1.png O sexo pode até ser um pecado, mas é divino. Meu fetiche é transar na capela. Cquote2.png

Cquote1.png Sexo é uma emoção em movimento. Adoro transar na montanha russa! Cquote2.png

Cquote1.png O sexo com amor é a melhor coisa da vida. Mas sexo sem amor...é bom e não engorda. Cquote2.png


Veja a baixo a relação de algumas frases famosas ditas por Mae West aos 80 anos[editar]

Cquote1.png Quando tenho que escolher entre duas tentações malvadas, sempre escolho a que não tem colesterol Cquote2.png

Cquote1.png Só gosto de dois tipos de homens: os que me ajudam a levantar e os que me ajudam a sentar. Cquote2.png

Cquote1.png Se minha memória não falha, orgasmo é um cantor brasileiro. Orgasmo Carlos, né? Cquote2.png

Cquote1.png Sou o tipo de senhora que pela manhã não faço nada e pela noite ronco Cquote2.png

Cquote1.png Entendo que gostem dos vestidos longos. Tampam muitos defeitos, por isso eu os uso. Cquote2.png

Cquote1.png Dá-me um homem, uma mão livre e ele me ajudara a atravessar a rua. Cquote2.png

Cquote1.png Estou escrevendo minha biografia. Fala sobre uma senhora que perdeu sua dentadura e nuca mais a encontrou. Cquote2.png

Cquote1.png Sexo é uma, uma...err....esqueci. Cquote2.png

Cquote1.png O que era aquilo no seu bolso que sumiu quando cheguei perto? Cquote2.png

Cquote1.png Eu era comível! Cquote2.png