Maestro Boqueteiro

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Aff amaury.jpg Este artigo é sobre uma subcelebridade

e só aparece em canal UHF.

Cuidado: Maestro Bogs pode cobrar cachê por ler este artigo.
Toddyaa.jpg Artigo Ameaçador!

O que é isso que estou vendo no meu computador?
São ameaças, ameaças mesmo! Se você assiste Dr. Pirôlla, Maestro Bagos, PT Vesgueira, Cauê Maconhoura ou qualquer outro ateu pseudocientífico, volte para os seus livros do Richard Dawkins e saia logo daqui!

No Wikipedia.png QUEBROU A CARA!

Os espertalhões da Wikipédia NÃO têm um artigo sobre: Maestro Bogs.

Cquote1.png Você quis dizer: Bolsa escrotal falante? Cquote2.png
Google sobre Maestro Bogs
Cquote1.png Sua intenção era pesquisar: Cosplay de Jesus Cristo? Cquote2.png
Google dando uma de adivinho com a pesquisa de Maestro Bogs
Cquote1.png Maestro Bagos? Eu abjuro qualquer relação com esta cria de Belzebu! Cquote2.png
Darth Olavus sobre Maestro Bogs.
Cquote1.png Se intitula "maestro" mas não sabe tocar nem um apito! É um gordinho com testa de lua, lábio leporino (que tenta esconder com um projetinho de barba que nem parece a barba de Jesus Cristo, como a minha). Esse cara é um caluniador que recebe verba do PT e não respeita nem meu falecido pai. Quando eu descobrir seu nome real vou processar aquele cuzão! Cquote2.png
Nando Moura sobre Maestro Bogs.
Cquote1.png Enfia o cadáver putrefato do seu pai no cu! Cquote2.png
Maestro Bogs sobre Nando Moura.
Cquote1.png Meu garoto! Cquote2.png
Pirulla sobre Maestro Bogs.
Cquote1.png Eu não acredito que amar tenha status de Conde ou de filósofo ou de charlatão. Cquote2.png
Maestro Bogs sobre Olavo de Carvalho.


Alexandre Melo, também conhecido como Maestro Boquete ou Xandinho Melão, é mais um daqueles vloggers desconhecidos da internet que finalmente ganhou seu próprio artigo na Desciclopédia porque eu fiquei com peninha do seu lastimável anonimato.

Biografia[editar]

"Maestro Bogs" é o nome artístico do único Homem-bomba Neoateu do universo conhecido[1], Alexandre Melão. Durante boa parte de sua vida, entretanto, o rapaz fora conhecido meramente como "Xandinho" - em alusão ao nome "Alexandre" que acompanhava a etiqueta de identificação afixada ao seu pézinho no momento em que fora abandonado por sua família no Templo da Ordem dos Sith.

Conforme prega a milenar tradição vigente no Tucanistão, apenas os infantes com habilidades especiais para incomodar todo mundo podem ter esperanças de serem adotados pela Ordem mediante oferecimento ritualístico da guarda da criança junto às escadarias do Templo Sagrado. A capacidade do jovem Alexandre em pentelhar geral chamou a atenção de Darth Olavus de Carvalhus, que costuma treinar pessoalmente os x-men mais promissores de cada geração. E foi assim, quase imediatamente após a admissão de Alexandre sob a tutela pessoal de Darth Olavus, que iniciou-se uma ferrenha rivalidade entre ele e outro aprendiz do velho Sith que atendia pela alcunha de "Nando Moura".

Maestro Bogs, nos tempos que ainda participava da Ordem dos Sith

Nando, um aluno mais velho e mais graduado na arte de falar bosta e caçar tretas, havia deixado o Templo dos Sith poucos anos antes, tendo sido adotado por sua avó materna (Dercy Gonçalves), muito embora jamais tivesse inteiramente perdido o contato com seu mestre, Darth Olavus. Alexandre, por outro lado, não teve tanta sorte e passou anos sob influência do velho boquinha de cu, onde aprendeu diversas táticas para convencer sua audiência de qualquer merda que estivesse tentando engambelar no momento (uma habilidade que faria uso em sua futura carreira como vlogger).

De fato, Alexandre tornou-se tão hábil empregando as táticas de Darth Olavus que outras crianças olhavam-no com um misto de medo e admiração. Tudo isso causava urticária anal em seu rival, Nando Moura, que esporadicamente frequentava o Templo em busca dos conselhos de seu velho guru. Nando rapidamente tornou-se obcecado em destruir Alexandre a qualquer custo, e a rivalidade da dupla apenas cresceu ao longo dos anos.

Nando manipulou a wikileaks para vazar arquivos de vídeo expondo as técnicas masturbatórias de Xandinho, que fazia uso de um melão aquecido no microondas para descabelar o palhaço. O episódio arruinou a reputação de Xandinho dentro da Ordem dos Sith e trouxe escárnio sobre sua pessoa - que em pouco tempo passou a ser chamado de Xandinho "Melão", tornando-se alvo fácil para qualquer nerd que estivesse tentando fazer um nome para si mesmo dentro daquela instituição. O "Melão", entretanto, contra-atacaria Nando Moura, tirando primeiro lugar no concurso de Cosplay de Jesus Cristo para o qual Nando havia se preparado ao longo de toda sua vida cristã. Além de rivais, os dois tornavam-se agora inimigos.

Ao atingir a maioridade, Xandinho "Melão" finalmente foi libertado do Templo da Ordem dos Sith e passou a trilhar seu próprio caminho no mundo. Não demorou muito tempo para que ele percebesse que era um puta de um inútil, e logo passou a implorar por pão com chimia de uva nos fundos de uma padaria portuguesa. Foi neste local que Xandinho foi descoberto pelo excêntrico Doutor Pirrôla, que o limpou e amamentou (com leite masculino, rico em proteínas), fazendo com que refletisse sobre sua existência pela primeira vez em sua vida. Dr. Frankenstein tinha encontrado o seu Igor; Batman havia encontrado o seu Robin!

Após algum tempo vivendo em união estável com Pirrôla, Xandinho foi convertido para o ateísmo por aquela conversinha de almofadinha empolado de quem terminou a quarta série do ensino fundamental, empregada por seu patrono - o tal doutorzinho na área da tal "Biologia" (risos), que posava como um suposto "especialista" em seu respectivo "campo de atuação".[2] Os cabelos de Rapunzel cheio dos borogodó e aquela monocelha persuasiva provaram-se sedutores demais, e Pirrôla eventualmente levou Xandinho a parar de acreditar no Criacionismo que lhe fora corretamente ensinado ao longo do tempo que estudou entre o Lado Negro da Força, tendo descartado as explicações divinas e bondosas (de-bem) em favor da adoção da T-E-O-R-I-A do Big Bang que é APENAS uma teoria como explicação para a origem do universo.

Seu novo paradigma refletiu-se em seu nome de batismo, uma vez que este episódio impeliu o jovem Xandão 666 Xandinho a ir até o cartório e incorporar a palavra "Melão" como seu sobrenome - em homenagem ao campo da biologia que os nerds que chegaram até a 5ª série conhecem como "botânica" (mas, principalmente, em virtude do fato que toda galera já o conhecia por este nome mesmo). Alexandre Melão não abandonaria o crentelhismo completamente, entretanto. Embora tenha se tornado um membro da ARCA, ele ainda mantém hábitos crentelhos como a abstinência sexual e abstinência drogacional.

Mais tarde, com o advento da inclusão digital, Alexandre foi um dos filhos da puta que passaram a emitir suas opiniões através dos Vlogs (uma subcultura de retardados que são idolatrados por outros retardados que não possuem tanta necessidade de atenção). Nesta empreitada ele assumiu o nome-fantasia de "Maestro Bogs" e passou a se digladiar com seu antigo nêmesis, Nando Moura, em épicas batalhas de xingamentos - chegando ao cúmulo de lançar trabalhos musicais utilizando o nome do Senhor em vão (Confira aqui) e sem jamais pagar os devidos royalties para a Igreja Crentelha.

Com o tempo, Maestro Bogs tornou-se cada vez mais fanático em seu neoateísmo satânico, promovendo o típico terrorismo virtual dos Neo-Ateus Toddynhos, e integrando um grupo de agitadores perigosos conhecido pelo DOPS como o "Hangout da Groselha". Notícias mais recentes informam que Nando Moura estaria pagando bem por informações relacionadas ao paradeiro da Bat-caverna do Maestro Bogs com o objetivo de parar este terrorista - e alguns inclusive sussurram que ambos teriam marcado um Duelo Xiaolin na parada gay de São Paulo, mas até o momento nossas fontes na CIA não podem confirmar, ou negar, nenhuma dessas informações.

Ver também[editar]


Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de Maestro Bogs no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg
Hamburger.png Maestro Bogs é obeso(a), ou está "acima do peso"

E não fecha mais os dedos das mãos.

Clique aqui para conhecer outros elefantes, se ainda sobrar espaço...

  1. Distribuição de granada anal
  2. O campo de expertise desse tal de "Pirulla" não é outro senão aquele campo da pseudociência gramsciana conhecido por nós, estudiosos do tema, como "marxismo cultural". Sim, o mesmo marxismo cultural que o mártir São Anders impediu que os esquerdistas noruegueses espalhassem pelo universo, no ano de 2011 (conforme o próprio São Anders relatou em seu evangelho).
    -professor Olavo de Carvalho