Malévola

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
1133064800.jpg Malévola se trata de uma mulher malvada.
Sabe o que isto significa? Significa que ela deixa todos babando, mas só faz o que bem entender.

BruxaBrancaDeNeve.jpg
Voovassoura21.gif

Malévola é uma Bruxa!

Este artigo é sobre uma bruxa, algo tão feio quanto uma bruxa ou algo tão horripilante quanto uma bruxa.

Não vandalize este artigo, ou será obrigado a comer uma maçã envenenada.

Gothar.jpg
Este artigo foi possuído e agora é seguidor do Arquiduque das Trevas e Imperador do Mal, Lord Göthar Tenebrian.

Vamos desejar e admirar o Profeta Tenebrian!

Cquote1.png Louvem-me, aceitem o Goticismo!!! Cquote2.png


Harrypotterputa.jpg Hocus Pocus!!!

Este artigo trata de charlatanismo magia, encantos e todo tipo de macumba. Ele se afoga em um tanque, serra pessoas ao meio, tira coelho da cartola, faz vodu e adora uma vara mágica ou uma vassoura.

Se vandalizar, Criss Angel fará você desaparecer.

Mr. M.jpg
Cquote1.pngVocê quis dizer: MalignaCquote2.png
Google sobre Malévola
Malévola fazendo cover da Lady GaGa.

Cquote1.png Eu tenho muito medo Cquote2.png
Regina Duarte sobre Malévola
Cquote1.png Nós também! Cquote2.png
Emos sobre comentário acima
Cquote1.png Maleficent! Cquote2.png
Qualquer personagem de Kingdom Hearts sobre Malévola
Cquote1.png MWAHAHAHA! Cquote2.png
Malévola sobre qualquer coisa
Cquote1.png Quando ela virou uma lagartixa, a coisa fudeu legal. Cquote2.png
Sora sobre Malévou
Cquote1.png Já comi, mas só depois que eu virei um Heartless, antes eu era gay Cquote2.png
Riku sobre Malévoa

Malévola foi uma feiticeira, nascida em 6900 a.C., filha da Bruxa do 71 e o famoso Walt Disney, foi a responsável por difundir o movimento Gótico na Europa, e também pelo massacre de muitos emos em 1900 e guaraná com rolha. Ficou conhecida após ter colocado para dormir a famosa puta princesa Bela Adormecida.

Tabela de conteúdo

[editar] História

Malévola nasceu numa noite escura e tempestuosa no norte de uma região que hoje é conhecida como Europa. Logo após o seu nascimento, sua mãe notou que ela não era como as outras crianças, pois ela tinha a pele verde, porém, sua mãe lhe ensinou todos os segredos da arte da magia (uma tentativa de que a magia conseguisse mudar a cor de pele da pobre garota). Durante sua adolescência, ela começou a se interessar por coisas como o satanismo e a vida noturna. Logo, ela criou um movimento que ficou conhecido como o Movimento Gótico. Ela começou e difundir seu movimento por onde passava, mas encontrou rivais: durante aquela época ela teria que combater os terrível movimento emo. Malévola então resolveu se especilizar nas artes ocultas secretas que ninguém conhece, jamais vistas das trevas. Mas, para bancar seus estudos precisou trabalhar, para isso arranjou um emprego no Bordel das Galinhas, onde se mostrou uma grande profissional. Com o dinheiro que conseguiu, prosseguiu seus estudos e logo se tornou uma das maiores bruxas de todos os tempos, e ficou conhecida como Rainha das Trevas. Ela então começou a usar seus dons para matar todos os emos e fazer com que assim os góticos reinassem sobre a terra. Seu plano deu certo o que acabou levando o mundo ao inicio da Idade Média.

Malévola praticando sadomasoquismo com o príncipe

[editar] Vida adulta

Durante a idade média tudo parecia perfeito para Malévola, até que um novo esporte começou a se espalhar: A Caça às bruxas por diversão e lucro. Durante esse período muitas bruxas foram mortas, mas Malévola conseguiu sobreviver fugindo para as colinas. Lá ela encontrou aquele que talvez fosse seu grande amor pela resto de sua vida, o Corvo. O corvo em questão era muito especial, pois, ele e Malévola se comunicavam facilmente já que ela havia aprendido a língua das aves nos seus tempos no Bordel das Galinhas. Juntos os dois tiveram um caso especial de amor. Malévola e seu corvo (carinhosamente apelidado de Diablo, uma homenagem ao pai de Malévola), construiram um enorme castelo e na colina para que lá pudessem morar por muito tempo. Os tempos de caça as bruxas passaram, porém Malévola continuou morando em sua humilde residência. Perto da colina de Malévola havia um pequeno reino. Lá, ela conseguiu fazer amizade com muitas pessoas até mesmo com o rei e a rainha. O único problema foi que, por ser uma mulher poderosa e grandes dons para magia, acabou atraindo a inveja das fadas más e chatas com cara de cão chupando manga, que moravam nesse reino.

[editar] Desavenças

Durante o ano de 1324 d.C., o rei e a rainha do tal reino, foram agraciados com o nascimento de sua pequena filha Aurora. Para comemorar tal acontecimento fizeram uma grande festa, e convidaram todos do reino, menos Malévola, tudo isso porquê o rei era muito amigo das fadas más, que não queriam Malévola na festa. Porém, isso acabou causando a ira de Malévola que se infureceu e foi na festa de penetra. Durante a festa, ela jogou um feitiço na princesa recém-nascida: ao completar 16 anos, ela espetaria o dedo no fuso de uma piroca, e cairia morta. Mas as fadas chatas, usaram seus poderes para mudar o feitiço: a princesa não morreria só adormeceria, até que chegasse um príncipe e tirasse a virgindade dela. Malévola ficou muito enfurecida, mas deixou isso pra lá. O tempou passou, no aniversario de 16 anos da princesa o plano de Malévola se concretizou, porém, as fadas tinham conseguido arranjar um príncipe idiota o bastante para comer tirar a virgindade da princesa que estava praticamente morta.

[editar] A morte de Malévola

Malévola, muito furiosa com as fadas, resolveu matar o príncipe antes que ele chegasse no castelo da princesa. Ela então usou seus poderes para a assumir a forma do ser mais terrível do universo: Dercy Gonçalves um Dragão. Assumindo a forma do Dragão, ela tentou matar o príncipe, mas como ela era a vilã dessa história, o príncipe por um ato de pura cagada, acertou a espada no coração de Malévola, e a matou. No inferno, Malévola conheceu o Capeta, com que acabou se casando (o corvo já era passado). Ela teve vários filhos, entre eles [[Sua mãe](a sua!)] e Lord Voldemort. Mesmo com a morte de Malévola ela continua sendo a melhor vilã da Disney de todos os tempos, nenhum será melhor que ela, nunca! Até porque, o poder de Malévola é infinito, e ela pode aparecer a qualquer dia por ai, só pra queimar algumas roscas com seu poder fodônico!

[editar] O Retorno de Malévola

Malévola após seu retorno com seu vibrador de dois metros

Usando seu poder inacreditavelmente absurdo, Malévola foi capaz de retornar do mundo dos mortos para reaparecer como uma das vilãs principais do jogo Kingdom Hearts. Malévola consegue informações com Mestre Xehanort, um velho (mesmo) amante que ela dava uns pegas de vez em quando, de que se conseguir juntar as sete princesas acéfalas da Disney, os corações delas abriram um portal para Kingdom Hearts, o coração de todos os reinos, e assim tornar-se um robocop gay TODO PODEROSO MESTRE DE TUDO! Gostando do que tinha ouvido, ela começou a formar um exército de Heartless (criaturas das trevas que querem matar todo mundo) e fez todos os vilões da Disney se unirem a ela como escravos comparsas. Apesar de derrotada várias vezes, Malévola nunca morre. Sempre dá a impressão que morreu, mas arranja os mais sórdidos meios para ressuscitar. Malévola também é, no jogo, um dos chefões mais difíceis (no Kingdom Hearts I, é o chefão mais dificil do jogo, superando até mesmo Ansem Linguição, seu amante negão). Ela é tão temida que no jogo, quando um personagem a vê fica desesperado e grita com todos os pulmões seu nome em inglês: "MALEFICENT!!!!!!!!" Se você vir esse elemento na rua, não exite! Quando terminar de gritar "MALEFICENT!!!!!!" saia correndo antes que ela resolva de atacar.

 
v d e h
v d e h

A "Grande" Série Kingdom Hearts
v d e h
Mickeeeey.png Coisas da Disney
Branca de neve e 7 anoes04.jpg
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas