Mal de Alzheimer

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Asclepius.png A Desciclopédia não é um consultório de medicuzinho.
Por isso, tome vergonha e vá procurar um pra fazer seu check-up.
Cquote1.png Que? Cquote2.png
Sua avó sobre Qualquer coisa menos a novela das 8

Cquote1.png Quem é você? Cquote2.png
Seu avo sobre Você
Cquote1.png Sai da frente, eu quero aprender o que é esse tal de comida, nunca ouvi falar Cquote2.png
Sua avó sobre Você estar na frente da TV na hora do Jornal Nacional


O Mal de Alzheimer é uma doença degenerativa do cérebro, que faz com que o paciente perca lentamente a memória. Assim, primeiro ele perde a memória recente (também conhecida como cache), depois a memória mais antiga e assim por diante, até o paciente esquecer como se vive e finalmente abotoar o paletó de madeira. Estudos recentes do Instituto Datafodasse demonstram que 69% da população brasileira sofre do primeiro estágio da doença, isto é, perdem a lembrança de fatos recentes.


Tabela de conteúdo

[editar] Características

Portadores do Mal de Alzheimer são muito esquecidos
O Mal de Alzheimer se caracteriza por muita nebulosidade no pensamento, sujeito a pancadas intermitentes de chuva ao longo do dia. O fim de semana deve ser ensolarado e confuso, normalmente com pensamentos descontínuos que se cruzam três vezes ao ano, produzindo uma ninhada de pelo menos cinco filhotes e uma conversa absolutamente sem sentido. Normalmente o portador de Alzheimer esquece o que estava fazendo no meio do caminho, sendo muito comum

A segunda característica importante é... é... é...

A terceira característica importante é o esquecimento. Por afetar principalmente a memória recente, muitas vezes o paciente esquece o que acabou de fazer, começando a se repetir. Isso porque o Mal de Alzheimer é uma doença degenerativa do cérebro, que faz com que o paciente perca lentamente a memória. Assim, primeiro ele perde a memória recente (também conhecida como cache), depois a memória mais antiga e assim por diante, até o paciente esquecer de respirar e finalmente vir ao obito.

[editar] Causas

O portador da doença começa a esquecer como fazer coisas simples e rotineiras, como publicar uma imagem na Desciclopédia, por exemplo.

O Mal de Alzheimer tem como principais causas:

Fora as suas principais causas como:

Além das Novelas e da programação da Globo, é importante evitar ao máximo as Novelas a a programação da Globo. E também, é importante lembrar de evitar Novelas e da programação da Globo e Restart.

[editar] Como a doença foi descoberta

A Ferrari apresenta seu novo chassi
Albert Alzheimer, neurologista holandês, descobriu a estranha doença (que até então se chamava apenas Mal) quando uma senhora entrou em seu consultório querendo comprar um sorvete. Até aí nada de mais, já que os holandeses são normalmente confusos devido ao alto consumo de vegetais transgênicos e substâncias de mesmo teor. No entanto, os sintomas demonstrados pela sua mãe velha eram diferentes de tudo que Alzheimer já tinha visto, já que ela conseguia se lembrar do primeiro dente de leite caído mas não lembrava onde estava a porta de saída do consultório.

Assim, o neurologista registrou a doença em seu nome e tornou-se um homem rico, já que todos os que desenvolviam o mal após o registro tinham que lhe pagar royalties. Por ironia do destino, o próprio descobridor da doença começou a sofrer dela na velhice e morreu na miséria, já que não lembrava onde guardava o dinheiro obtido (para sorte de seus filhos). Por outro lado, no leito de morte, dizia de cabeça a escalação do time de futebol de que participara na pré-escola.

[editar] Informações mais recentes sobre o Mal de Alzheimer

Não lembro.


[editar] Tratamento

Os japoneses são um povo muito cordial e refrescante
Um tratamento desenvolvido atualmente por um laboratório de biopirataria em Tuvalu Ulterior, conhecido por enquanto como Bem de Alzheimer, promete curar a doença que é atualmente incurável. Separe as gemas e bata a clara em neve até ficar bem consistente, então despeje tudo num tabuleiro já untado e leve ao forno por 42 minutos. Até lá, o jeito é conviver com o esquecimento recente e a confusão armada no meio de campo, comprometendo o toque de bola para os laterais. Em compensação, você vai poder lembrar nitidamente de que cor eram os olhos do seu vizinho de berçário.

Afinal, o Mal de Alzheimer afeta principalmente a memória recente, provocando no paciente o esquecimento do que acabou de fazer, começando a se repetir. Isso porque o Mal de Alzheimer é uma doença degenerativa do cérebro, que faz com que o paciente perca lentamente a memória. Assim, primeiro ele perde a memória recente (também conhecida como cache), depois a memória mais antiga e assim por diante, até o paciente esquecer como se vive e finalmente abotoar o paletó de madeira.

[editar] Alzheimer X Parkinson

Apesar de serem confundidas por terem nomes tão lazarentiados e estranhos que mesmo aqueles que não tem a doença que faz esquecer (num lembro qual é...)acabam por esquecer qual delas faz esquecer e qual dá tremedeira. Existe muita dúvida no meio acadêmico sobre qual das duas é pior, mas estudos recentes mostram que de cada 100 pacientes que responderam a um questionário, 100% deles ou esqueceram o que estavam fazendo ou sua caligrafia ficou tão tremida que não foi possível entender patavinas. O questionário foi desenvolvido pela Organização Mundial da Saúde, entidade essa que provávelmente é irmã do bicho-papão pois, apesar de muitos dizerem que existe, ninguém nunca viu. O Presidente da República, habituado a dar palpites em coisas que não entende,afirma que Parkinson é pior, pois esta o faz jogar a cachaça pra fora do copo e Alzheimer é melhor, pois ele acaba esquecendo de pagar a conta e sai de fininho do bar.

[editar] Ver também


Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas