Maldivas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Ilhas Malvinas
Falkland Isalnds II
Ilhas Malditas
Bandeira de Ilhas Malditas
Brasão de Ilhas Malditas
Bandeira Brasão

Localização de Ilhas Malditas

Capital Malé
Cidade mais populosa Maldivas Hilton
Religião oficial Islamismo, Budismo e pseudo-crenças
Governo Sultanato Social-Populista
 - Sultão Maumoon Abdul Gayoom
Heróis Nacionais Jafar
Área  
 - Total 0 atualmente (as ilhas afundaram) km² 
 - Água (%) 100 atualmente
Analfabetismo
População 0 atualmente (morreram afogados) 
PIB per Capita
IDH
Moeda Côcos e Água Marinha
Fuso horário Não se sabe. Precisa-se identificar primeiro as ilhas no globo
Clima Tragédia Equatorial
Website governamental Os computadores do país foram levados pela água


Cquote1.png Eh AonDi u Tom I u Bill Paxaraum ax Fériax!! Cquote2.png
Pita Tokiohotelada sobre Maldivas
Cquote1.png Você quis dizer: Ilhas Malvinas Cquote2.png
Google sobre Maldivas

Maldivas, é a parte do outro lado do mundo das Malvinas e sua equivalente hinduísta. As Ilhas Maldivas, situadas 20 km² abaixo do continente antártico e do mar, de onde se originou o King Kong, o Godzilla e outras bestas utópicas inventadas por Hollywood

História[editar]

Capital das Maldivas.

As Malvinas são luxuosos resorts de sheiks abarrotados de dinheiro.

A história das ilhas envolve assassinatos e traição entre muçulmanos que adoravam aquele paraíso de águas.

Um príncipe muçulmano metido a galã sequestrou a princesa do Sri Lanka e em sua fuga não contava com os atois de Maldivas e encalhou no local. A primeira palavra que gritou quando atingiu a região "Maldição! Malditas ilhas!" foi o fator determinante para batizar a região.

Como adão e eva, os muçulmanos se reproduziram na ilha (o filme A Lagoa Azul retrata a história do país).

Quando o mundo se globalizou por volta do século XIV, países como Índia e Sri Lanka começaram a invadir as ilhotas Malditas. Posteriormente quando a Inglaterra dominou a região, o país se tornou refúgio de indianos.

Atualmente as ilhas são um amontoado de pedras com pontes oceânicas interligando-as e único país do mundo onde se encontra muçulmanos que não usam Burca.


Encontro Intergalático da Via Láctea[editar]

As Maldivas se prepara para uma invasão (consentida pelos moradores), de extra-terrestres, no próximo dia 30 de fevereiro de 2010 (os invasores serão os mesmos que construíram as pirâmides do Egito). O encontro acontece de dois em dois mil anos (luz), e serve para definir possibilidades, erros e acertos que o ser Humano Racional fez.

Na pauta desse encontro sediado nas Maldivas, estará questões sérias que envolvem o interesse de todo o planeta, assuntos como a volta do atacante Ronaldo ao futebol brasileiro, a invenção da dança do Créu na velocidade 7 com 10 cavalos de força a mais, a criação de uma ponte para ligar Brasil e Portugal pelo Oceano Atlântico (ideia do presidente Português de Portugal, José Manuel Joaquim).

Especula-se ainda a criação de uma acordo que obrigue as duas partes (alienígenas e humanos), a cumprirem metas pré-estabelecidas, fato que não vem acontecendo ultimamente, como a prisão de Paulo Maluf e do Celso Pita por exemplo. E os seres humanos cobraram mais "brasilidade" dos nossos colegas do espaço, haja vista que sempre enviamos sondas com músicas, poesias e vídeos para o espaço e nunca recebemos nada da parte deles, caso os Extraterrestres alienígenas relutem em não serem mais cordiais, enviaremos todo o cd da Banda Calypso, incluindo um solo de guitarra do Chimbinha.

Tragédia[editar]

No final de 2004 houve um forte tsunami na região que devastou as ilhas Maldivas do mapa. As autoridades competentes procuram até hoje pelas ilhas.

Cientistas especializados afirmam que o aquecimento global e o derretimento de calotas polares já afundaram as pedras de Maldivas que possuíam média de altitude de 2 metros acima do mar.

Política[editar]

Fidel Castro certa vez tentou instaurar a democracia nas ilhas Maldivas, mas foi impedido por sultões ditadores que governam as ilhas do que vem a sua cabeça.

Geografia[editar]

Malvinas consiste em 30 ilhas com dois coqueiros e uma palmeira em cada. Há um aeroporto flutuante e um luxuosíssimo Resort Hilton.

A vida selvagem na região é formada por golfinhos, tartarugas, estrelas de filme pornô em férias, siris, terroristas e gaivotas.

Subdivisões[editar]


Cultura[editar]

Povo amistoso, as Maldivas pechincham sua estadia no país por US$ 29,99.

Flag-map Maldivas.png
Maldivas
HistóriaPolítica
Subdivisões
GeografiaEconomia
CulturaTurismo
Boratasiacentral.jpg
Ásia
v d e h

Países: Afeganistão | Arábia Saudita | Armênia | Azerbaijão | Bahrein | Bangladesh | Brunei | Butão | Camboja | Cazaquistão | China | Chipre | Coreia do Norte | Coreia do Sul | Egito | Emirados Árabes | Filipinas | Geórgia | Iêmen | Índia | Indonésia | Irã | Iraque | Israel | Japão | Jordânia | Kuwait | Laos | Líbano | Malásia | Maldivas | Mongólia | Myanmar | Nepal | Omã | Paquistão | Qatar | Quirguistão | Rússia | Singapura | Síria | Sri Lanka | Tadjiquistão | Tailândia | Timor-Leste | Turcomenistão | Turquia | Uzbequistão | Vietnã

Territórios: Abecásia | Caracalpaquistão | Caxemira | Chipre do Norte | Coreia | Curdistão | Estado Islâmico | Goa | Hong Kong | Ilhas Spratly | Macau | Manchúria | Ossétia do Sul | Palestina (Cisjordânia e Faixa de Gaza) | República de Artsakh | Taiwan | Território Britânico do Oceano Índico | Tibete