Malina

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Boing boing boing.gif Este artigo se trata de uma Hentai Girl

Ela é gostosa, mas nón ecziste. Ela participa de algum desenho, jogo ou quadrinhos e usa biquíni do tamanho de um dedal.


Malina pedindo à Izma um absorvenete de emergência.

Malina é a namorada do Kuzco: Namorada mesmo, com toda aquela chatice de namoro mas, ele não pega ela, nem dá uns amassos e, o pior de tudo: Ele não quer pegar, por isso Kuzco ama quem inventou o namoro: Pode dar desculpa de que respeita e tals, assim esconde sua bibice... ou a maioria das pessoas finge que não manja a malandragem da bichinha.

A paixão[editar]

Malina com a perereca em brasa e o Kuzco nada.

O Kuzco encarnou na Malina, primeiro porque ela tem uma quedinha por ele também e, segundo porque ele sendo obcecado com aparência quis a mais gostosa bonita possível, mas, não pelo motivo que os homens costumam preferir a mais bonita. A Malina além de tudo é das mais inteligentes e corajosas, não chegando a ter ares de guerreira mas, é ela quem ajuda a resolver as bobagens que o Kuzco faz. Pode-se pensar que a Malina é burra por um lado porque o Kuzco é imperador e tals mas, está na cara que não é muito chegado na fruta e evita até dar um beijinho nela, nem é porque quer degustar aos poucos ou casar com ela pura, é porque tem um misto de nojo, medo e sei lá mais o que...

...mas, se ele tem essa repulsa então, como cargas d'água ele é apaixonado por ela? Sim, ele é apaixonado pela guria e assim continua na Nova Escola do Imperador, série depois da Onda e no fim da série também mas, a paixão da biba pela mona tem várias possibilidades: É um pouco narcisismo, se ele acha ela a mulher perfeita e ele o homem perfeito, está de acordo na cabeçinha fraca do Kuzco.

Malina fazendo a torcida pro Kuzco não virar gay... não vai virar mesmo, pois já é.

Outra possibilidade é que a Malina é aquilo que ele queria ser, então vamos resumir a ópera: Para o Kuzco a Malina é o que seria mais próximo do seu correspondente feminino, isso mais próximo, porque ele não acha mesmo que exista um ser humano à sua altura na face da mãe Terra, ou mesmo no Universo.

Assim sendo[editar]

Malina levando outro bolo do Kuzco.

A Malina é uma prostituta apaixonada (mas nem tanto) pelo Kuzco, isso com o homem perfeito Kronk bem ao lado dos dois, por sinal o homem que o Kuzco gosta não é o Kronk, também: é o Patcha, seu padrinho, padrinho porque não tem definição melhor mas, ele meio que adotou como filho já que Kuzco nem conhece seus pais, coitado (ou não), mas a Malina só parece ter interesse pelo Kuzco e, nem olha para os outros por mais bonzões que sejam. Carinhas assim vivem aparecendo no desenho.

A paixão da Malina não é bem explicável também mas, pode ser porque ela goste do jeito eu sou tudo e mais um pouco do Kuzco e, também porque ela vê alguma inocência nesse sebo todo e ache que ele precisa mesmo de ajuda para governar o império Inca. Dessa forma, com a inteligência dela, do Patcha do Kronk

Malina se preparando para tornar o imperador coroado.

e a força e versatilidade do Kronk, como auxílio, ele pode ser um grande imperador. Mas, todos nós sabemos o quanto o amor é imbecil, já ouviu falar da flor roxa? Então, se não tem explicação é porque faz sentido.

Ver também[editar]

v d e h