Manês:

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
O do mausi,chega mais

A parada da encicropédia pa você, de alta catigoria, tá ligado, e pa toda geral da comunidade editá, tah ligado truta. Edita logo ai prayboy.

53 326 passage · 181 454 mesagi escrita nas parede dus otro

Ajuda ae carai

Na baixada

Pergunta aí, truta!

Aki num é só patifaria não, mano!

É nois no dvd mano , breve em hd!

Cola cum nois, truta!

Esse artigo é presença firme, morô?
Símbolo da seita Herbalife

A Herbalife é uma organização religiosa mundial com fins lucrativos criada por Satã em 1221 na cidade de Sodoma, New Jersey. De lá a seita se espalhou por todo o mundo através de sua rede de promessas de milagres impossíveis, testemunhos duvidosos e solidariedade suspeita.

Conta-se que Lúcifer, o anjo caído, ao ser expulso do paraíso por Jesuis em 64 a.C.ficou com inveja por ver os homems idolatrando o Todo-Poderoso, e decidiu que criaria sua própria religião baseada na exploração do próximo para semear o caos pela humanidade.

Pensando nisso, o Príncipe das Mentiras bolou um método bastante eficaz para propagar sua farsa: o primeiro otário fiel que aderisse à sua causa seria recompensado se troxesse outros otários para a seita. E assim foi se propagando o mal por todos os cantos do planeta.

Em 1788 a religião ganhou um grande impulso quando Tua Mãe aderiu à causa e começou a ligar pra todos os seus amigos, apurrinhando-lhes o saco para comprar um certo remedinho milagroso que eles vendem ou então para juntarem-se à seita. Foi mais ou menos nessa época que os fiéis começaram a colocar aqueles adesivos ridículos em seus carros e andarem com broches do tamanho de frigideiras por todos os lados para mostrar pra todo mundo como era bom, saudável e coisa de gente esperta fazer parte da religião Herbalife.

Atualmente, com a onda de imbecilidade que vem tomando conta do mundo, a herbalife vem ganhando cada vez mais adeptos, já estando presente em 13.457 países e 9 continentes, o que mostra que o Cão estava certo ao escolher sua estratégia e vem sendo bem sucedido em seu intuito de espalhar o mal e a discórdia pela Terra.



Aí fera, se liga nas treta da rapaziada ae. Muita treta.


Tá ligado, nego véio, hoje é...



Esse grafite é presença, se liga...
 
A quebrada...
Glock 17 19 26.jpg
Mano, saudação aqui tá nas quebrada! Nois é a Decepédia, morô? Aki nois num tem papo cums gambé, filho da puta e si fo x9 íí, jah era xujô! kkkkk aqui nois trabalha prum velho que puta meu, mó responsa o cara. Tipo, a Decepédia é um saite com um monte de merda escrita de piada tipo nada a ver, meu e o que tem akii num deve se considerado, saca? AKI Num eh so patifaria, tem que ter respeito e umiudade, mano! kkkkkk que porra mano, fiquei sabeno agr ke aki nois tambem tem politico e ele diz pra se engrasado senao vai pra vala. Eh um princípio nosso, saca? Tipo, aki vc num abre a boca pra falar merda de um artigo noso, senaum eh considerado um pela-saco e pela saco tem que morre. Tambeim eh proibido passa de falado da quadrilha ke manda aqui, da comunidade q da a mo forsa e tmb dos trabaiado daki, entendeu mano? Agr, pode falar dos gabe, fala dus gabé aki pod. Sauve tamo junto!


Colano com us parcerooo!
Aki todo mundo pode edita, tá ligado. Ci tu num sube, ve la o manual dos descicropediano bem firmeza e com catigoria, suave? La nois incina como criar seu artigo p fala mau dus gabee kkkkkkk zoa mano mais pod cre. Ow se tu num sube le tbm num tem probrema naum, o importanti mermo eh da sua apniaum sobre os fato que rola na comunidade.


Aqui é a comunidade, só humildade!
A comunidade vem só crescendo geral aparecendo pra dar aquela força, morô? So que tamo precisano de mais gende aumenta nosso pode de fogo e faze linha de frente, porque os cara num quer sabe quem é trabalho de quem é pai de familha, entende mano?


Projetos dos parça
A Descepedia existe graças a Deus. É grasas a ele ke estamos ai, na força, firmeza, efrentano as dificuldade desse mundo caum, mas tamo ai. Soh temo a agradece, meu!


Lista completaComeçar uma nova edição