Manezinho (quadrinhos)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
PortugalDJoãoscary.jpg Manuel, vê-me dois cäcətinhos, o pá!

Æstə ärtigo é purtugäish, gajo. Élə comə cacətinho cum bəcalhau, tuma um vinho ishtränho, adora cumpetir cum a Ishpänha e tem um bigodão.

Cuidado: ə qualquêr mumento, Napolião podə querer invədir-tə


250px-Wario WWare.gif Este artigo é sobre um personagem secundário!

Quase ninguém sabe da existência deste zé ruela que só serve pra encher linguiça na trama e provavelmente está morto. Se bobear, nem no Google tá!

Clique aqui para ver gente que só fãs alienados conhecem.


Cquote1.png Você quis dizer: Mané? Cquote2.png
Google sobre Manezinho (quadrinhos)
Cquote1.png Experimente também: Turma do Bermudão Cquote2.png
Sugestão do Google para Manezinho (quadrinhos)
Cquote1.png É noiz! Cquote2.png
Titi sobre Manezinho
Cquote1.png Só, cara! Cquote2.png
Jeremias sobre Manezinho

Introdução[editar]

Manezinho em fim início de carreira.

Um típico Português de Portugal (para que não confuda a sua nacionalidade com a língua que ele fala, já que falamos a mesma também - ou não), Manezinho (ou somente Trouxa Mané para os amigos, ou mesmo Manuel, que é o seu nome de verdade) é um imigrante ilegal, mas que foi acolhido pela nossa querida Pátria Mãe pelo fato do seu país já ter tido relações de dominância com relação ao nosso (infelizmente). Mora no Bairro do Limoeiro, um bairro que antigamente se chamava Bairro dos Tamarindeiros, até a Revolta das Noivas de Picaretas, que não ficou muito bem explicado no mangá gibi (gibi? que coisa antiga) o que era na verdade essa revolta! Ele é um personagens das antigas na revistinha da Turma da Mônica, sendo que sua aparição veio até mesmo antes dos imigrantes japoneses chegarem nelas, como o Tikara e Keika, Massaro ou mesmo o Do Contra, mas, como todo bom personagem secundário, não tem muita importância na trama, sendo que, se sua participação fosse cortada, nem falta faria.

Vê-me dois cacetinhos, o pá!!![editar]

Manezinho atualmente, me aponte a diferença, agora (Além das roupas, é claro!).

Apesar de ser padeiro Português, Manezinho em nada se parece com um desses caras que amassam o pão para os outros comerem, não que isso seja uma coisa ruim, mas perde um pouco do próprio estilo do seu lugar de nascimento, tipo o Quinzinho (o boyfriend gordo e ruivo da Magali), que realmente é um Português de verdade, se parecendo com um pra azar dele pra variar. Ao chegar pela primeira vez nas páginas do gibi que ronda o mundo mais do que sacola plástica jogada no Oceano por um porco que pouco se importa com o meio ambiente, Manezinho só tinha o mesmo objetivo dos mais de oito mil personagens homens que o metido a desenhista Maurício de Souza cria, ou seja, tirar graça da cara da gorducha, baixinha, dentuça e com cabelo de banana, pagando muito caro pelos seus xingamentos, sempre chegando em casa com um olho roxo (as vezes os dois), um dente quebrado, ou mesmo com um baita dum calo na cabeça do pau (já que a Mônica pode ser tudo, menos uma daquelas "garotas frágeis").

Cansado de apanhar como um condenado por suas piadinhas/ofensas de mal gosto desde a sua criação, Manezinho resolveu tirar umas longas férias, ficando em uma limbo de anos-luz afastado (bota férias longas nisso) e sendo totalmente esquecido por todos, até mesmo pelo seu criador (que eu duvido muito que se lembre de cada uma de suas criações). Com a falta (como sempre) de originalidade do desenhista e a necessidade de mais integrantes para tapar buracos ajudar a complementar nas historinhas, viu-se a necessidade de tirar Manezinho de suas (até então) eternas férias, recontratá-lo e colocá-lo, de preferência, como um personagem mais secundário ainda, integrando a turma do que eles chamam de "mais maduros" na Turma da Mônica. Porém, como ele ainda é daqueles personagens que entram mudo e saem calados na trama, Manezinho sempre aparece na companhia de sua gangue própria turminha particular, que acabou formando um grupinho fechado (quase uma sociedade secreta) dentro do grupo total do Bairro do Limoeiro, um grupo que se denomina de a Turma do Bermudão (WTF?).

Turma do Bermudão e seus concorrentes[editar]

A Turma do Bermudão, Titi, Jeremias e Manezinho (grande coisa!).

Composto, a priori, por Timóteo, Jeremias, o próprio Manuel e Franjinha, a Turma do Bermudão é um grupo de moleques que se uniram para andar juntos de cima pra baixo sem nenhuma ideia revolucionária ou que realmente seja importante. Agora, imagina o porque de quatro machos se unirem para ficar andando juntos? Coisa boa que não pode ser, não é? Vendo que isso poderia levar à todos para o Lado Rosa da Força, Franjinha deixou o time de lado, para que a Marina não ficasse pensando mal dele. Os três restantes resolveram se comunicar somente por gírias supimpas atuais e usar de bermudões (de preferência da marca Xuxuloko) em todos os seus encontros sexuais. É com essa formação grupal (ui!) que Manezinho acabou se enturmando novamente na turma, sendo que, agora, eles possuem apelidos próprios dentro do grupo: Jeremias é "Jerê", Manezinho é "Mané" e Titi (que já seria um bom apelido de emo) é "Tigrão" (bem fresco esse, mas tudo bem).

O que diferencia os integrantes da Turma do Bermudão dos outros personagens é a sua insignificancia idade, eles se encontram na adolescencia e realizam coisas típicas da idade, como: falar em gírias, ter namoradas (se bem que somente o "Tigrão" tem uma), estudos, punheta e... mais punheta. Contra eles estão a Turma do Shortinho, composta em sua totalidade pelos pirralhos mais novinhos (mas que sonham em fazer parte dos descolados): Cascão, Cebolinha, Xaveco, Humberto, Dudu e todo o resto que tenha as calças acima do joelho. Porém, para humilhar a Turma do Bermudão que se acha a foderosa, ainda tem a Turma da Calça Comprida (mas que diabo de darem nome com relação àquilo que se veste), composta pelos mais velhos ainda, quase adultos, Zé Luís, Xabéu Lorota e Franjinha (que se tocou que tinha crescido). Mesmo com tudo isso, as falas de Manezinho se resumem a pouca coisa, quase nada, esteja ele sendo somente um personagem secundário ou um membro da gangue Turma do Bermudão.

Ver também[editar]