Manila

De Desciclopédia
Ir para: navegação, pesquisa

Manila é a capital das Filipinas e um dos maiores conglomerados de pobreza, poluição, prostituição e sujeira da Ásia. O nome da cidade vem da escrota língua tagalog a expressão May nilad que significa meu bilau.

Tabela de conteúdo

[editar] História

Cidadã de Manila no traje típico local. Vestimenta que mescla a necessidade do conforto no calor médio de 40°C da cidade.

No começo só haviam ali alguns muçulmanos trocando muamba com os chineses. Manila durante muito tempo não passou de esconderijo de piratas de Cingapura, até o século XVIII quando os europeus deram as caras por aquela região.

Em 1571 Manila foi tomada por Miguel López de Legazpi, um navegador frustrado pois nunca é lembrado e conhecido (afinal fundou a capital de um país que ninguém conhece). O nome da cidade foi adotado graças à grande quantidade de baunilha existente por lá.

Os espanhóis durante séculos de domínio usaram Manila para plantar banana, até que durante a Segunda Guerra Mundial a cidade é tomada pelos Estados Unidos que abrem ali uma grande base militar para fuder com o Japão na guerra, após a vitória estadunidense no Pacífico, os americanos abrem em Manila mais de 1000 cabarés, prostíbulos, boates de strip-tease e cassinos, tornando Manila um imenso puteiro. Por ser uma cidade de maioria cristã, não houve resistência na assimilação dessa cultura.

Atualmente é a capital das Filipinas independente. Dominada por piratas, tem grande rivalidade com os ninjas vietnamitas.

[editar] Economia

Manila apesar de se destacar na economia de banana e café Manila é a maior cidade exportadora de empregadas domésticas do mundo. Outro destaque na economia de serviços da cidade é o seu intenso comércio de DVDs de camelô repletos de vídeos webcam de strip-tease.

[editar] População

A população local de 1,6 milhões de habitantes. Todos filipinos, seres asiáticos que passaram por quatro séculos de miscigenação bem sucedida com espanhóis, mercadores chineses, militares americanos, turistas sexuais japoneses e prostitutas tailandesas.

Os homens são apenas uns japas que ficam se pregando na cruz, mas as mulheres são uma mistura bem sucedida de olhos puxados chineses, bundonas espanhóis, peitões americanos e safadesa tailandesa.

[editar] Turismo

Não é por acaso que Manila atrai muitos turistas.

Manila é uma grande cidade visada pelo turismo sexual infantil, e portanto foi até incluído como uma cidade global. Europeus de meia-idade visitam Manila todos os anos para comer as várias meninas que foram vendidas pelos pais para a máfia filipina de comércio de mulheres.

[editar] Culinária

Manila possui uma culinária exótica e típica, entre os bizarros pratos envolvendo carne de cachorro e pênis de diversos animais assado, há o aperitivo mais famoso local, o Balut que se trata de um feto de pato cru.

[editar] Lazer

Motivo claro pelo qual as praias de Manila são as melhores do oriente.
  • Comer cachorros (no sentido literal da palavra).
  • Comer cachorros (no sentido figurativo da palavra).
  • Comer prostitutas (no sentido figurativo da palavra).
  • Comer prostitutas (no sentido literal da palavra).
  • Estuprar homens carecas estrangeiros de meia-idade como saudação.
  • Trabalhar de pirata.

[editar] Como trollar um cidadão de Manila

  • Afirmar que filipinos não são asiáticos.
  • Mencionar que as mulheres de Manila são todas umas putas.
  • Notificar o quão cara de nerd o filipino é.
  • Dizer que filipinos são tudo mafiosos.
  • Dizer que os filipinos são basicamente chineses com nomes espanhóis.
  • Dizer que eles parecem "mexicanos com cara de fome".


Ferramentas pessoais
Ver e editar dados de namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Ferramentas
Outras línguas