Manuel Montt Torres

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Manuel Montt Torres foi um dos presidentes do Chile que surgiu do nada, apareceu de repente, e, quando ninguém esperava, conseguiu se tornar o novo ditador presidente do Chile. Por conta dessa (quase) anonimidade, apenas os chilenos mais fanáticos por política sabem alguma coisa sobre ele.

História[editar]

Apesar de ter essa cara de dorgado, Manuel Montt Torres não cheirava nenhum tipo de material ilícito.

De acordo com boatos não confirmados, Manuel Montt Torres nasceu em Petorca, que é um vilarejo do Chile que fica onde o vento faz a curva. Alguns geógrafos já tentaram encontrar essa cidade, porém, acabaram sendo abatidos pelas precisas flechas dos índios, que eram companheiros de Manuel Montt Torres, e morreram sem conseguir esclarecer as dúvidas que todos tinham. Porém, mesmo depois de mortos, eles fizeram contato com Chico Xavier, e disseram que Petorca fica na região de Valparaíso. Bom, isso não resolveu muita coisa, pois ninguém faz ideia de onde fica Valparaíso, porém, já é alguma coisa.

Voltando a história de Manuel Montt Torres, quando ele era criança e vivia nessa tribo de índio, ele tinha o sonho de ser um grandioso adevogado, pois ele estava cansado de viver no meio do mato, sem dinheiro, ficando pelado o dia todo e comendo larvas gigantes, iguais as que o Bear Grylls come.

Com esse sonho, Manuel Montt Torres construiu uma canoa com alguns pedaços de pau, e navegou até a cidade grande, que tinham muitas escolas de caras-pálidas lhe esperando.

Como naquela época todos os mais da metade ddos chilenos eram completamente analfabéticos, e não se interessavam em estudar, apenas em guerriar, conseguir uma vaga na escola foi fácil, sendo que ele conseguiu ser o primeiro da classe, coisa que não mostra muita coisa, afinal, ele era o único aluno de toda a escola.

Quando terminou os estudos, Manuel Montt Torres já estava pronto para se tornar um grande adevogado, sugando tudo dos clientes que lhe procurariam. Porém, como o Chile passav por uma guerra diária, os adevogados não tinham emprego, afinal, estava todo mundo se matando, como verdadeiros poliglotas. Ou seja, o país estava procurando apenas dois tipos de pessoas: Os políticos, que eram os estudados e que iriam ficar comandando os exércitos dentro de seu gabinete luxuoso, e os analfabéticos, que eram os pobres coitados que iriam ser retalhados nas guerras e enterrados no meio do terreno de batalha. Então, como Manuel Montt Torres era estudado, ele conseguiu se tornar um político.

Como tinha uma raríssima formação de adevogado, coisa raríssima na época, Manuel Montt Torres conseguiu um trabalho na Corte Suprema de Justiça. Após começar a trabalhar na Corte Suprema de Justiça, Manuel Montt Torres mostrou que era um verdadeiro adevogado, e conseguiu sugar até a última gota do sangue de todos os seus "companheiros" de função, e, em quatro anos, ele conseguiu se tornar o presidente dessa Corte pois puxou o saco de seus superiores.

Governo[editar]

Em 1851, Manuel Montt Torres conseguiu se tornar o presidente do Chile, ninguém sabe como, afinal, ele era mais desconhecido do que o Homem Invisível. Bom, mas isso não importa. O importante é que ele conseguiu assumir o cargo, e estava disposto a trabalhar firme em suas funções presidenciais.

Porém, mesmo com toda essa vontade, as ações de Manuel Montt Torres fizeram jus a sua condição, e forma totalmente invisíveis e desconhecidas, sendo que nem mesmo os chilenos fanáticos por política sabem o que Manuel Montt Torres fez em seu governo. Os pessimistas dizem que ele não fez absolutamente nada, porém, acredita-se que ele tenha feito alguma coisa, nem que seja alguma coisa sem nenhuma importância.


Precedido por
Manuel Bulnes Prieto
Pinochet wideweb 470x322,0.jpg
Presidente do Chile

1851
Sucedido por
José Joaquín Pérez