Mar do Norte

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Mar do Norte (ou O Lodo) é aquele mar que separa Grã-Bretanha, Noruega, Prússia, Alemanha e Red Light District. É muito navegado por vikings, pois como sabemos os vikings só andam por esses países.

Atlântida[editar]

A Atlântida não fica no Mar do Norte.

Triângulo das Bermudas[editar]

O Triângulo das Bermudas não fica no Mar do Norte.

Kraken[editar]

O Kraken não fica no Mar do Norte.

Monstro do Lago Ness[editar]

O Monstro do Lago Ness não fica no Mar do Norte.

Peraí... então o que tem no Mar do Norte?[editar]

Ilhas Faroé e Sealand.

Exploração[editar]

Os holandeses são tão viciados em moinhos que construíram um monte desses cata-ventos no Mar do Norte.

São famosos no Mar do Norte os moinhos holandeses que produzem megawatts o bastante para deixarem funcionando até 50 fábricas de tamanco 24 horas por dia. Mas existe também as companhias petrolíferas como Shell, BP e Petrobras que possuem plataformas de petróleo localizadas no Mar do Norte de onde extraem o mais puro lodo do mundo (que insistem em dizer ser "petróleo"). Há uma grande demanda para o lodo do fundo do Mar do Norte, 74% acaba em hambúrgueres do McDonald's.

Geografia[editar]

O Mar do Norte é reconhecido por sua linda água marrom que parece podre, aparência que os especialistas dizem que foi obtida através de uma maldição, depois que um pescador foi flagrado por Odin, de remo no mar sem as meias cor correta.

O Mar do Norte é de grande importância para o ecossistema europeu. A vida selvagem atribuída a esse mar é encontrado em nenhum outro lugar do mundo, um efeito colateral de muitos anos de mutação genética devido ao contato com os diversos produtos químicos que são bombeados no mar a cada segundo.

Os seus principais estuários são os rios Elba Ramalho, Tâmisa e Remo.