Marco Aurélio de Mello

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Rioband.jpg Coé, merhmão, eshte arhtchigo eh CARIOCA!

Não vandalize, senão a chapa vai ficarh quentche, cara. Agora deixa eu irh na praia pegarh um bronze nesse sol de 50 graush, comendo unsh bishcoitosh.


Marco Aurélio de Mello
FotoCarlosHum.png
O Collor(2) em seu cargo como intocável
Ministro no Supremo Tribunal Federal
Partido PMDB
(quem pagar mais, leva)
Nível de honestidade Baixo, ruim, pobre... Baixíssimo
Perfil
Nascimento
Brasil
Partido PMDB
(quem pagar mais, leva)
Profissional
Profissão Vendedor de Habeas Corpus
Escândalo Consegue participar de todos eles no STF
Dados Pessoais
Sexo link={{{3}}} Masculino
Nível de Inteligência Médio-cre Sabe manobrar o primo
Vícios Dinheiro, como todo bom mafioso

Cquote1.png Você quis dizer: In dubio pro reo Cquote2.png
Google sobre Marco Aurélio de Mello
Cquote1.png Você quis dizer: Maluco Beleza Cquote2.png
Google sobre Marco Aurélio de Mello
Cquote1.png Estou arquivando seu processo e ainda e ainda ganharei os meus 40.000 no final do mês Cquote2.png
Marco Aurélio sobre Você
Cquote1.png Isso nós resolvemos lá fora a moda antiga Cquote2.png
Marco Aurélio Mello sobre o seu caso

Marcus Collor T. Melo Rêgo (Rio de Janeiro, 12 de julho de 1946) é um ministro do Supremo Tribunal Foderal, formado pela UFRJ, nomeado em 1900 e guaraná com rolha por seu primo, Fernando Collor de Mello (que tinha aquilo roxo), para defender os seu interesses e de toda bandidagem brasileira. É conhecido por ser o Soltador Geral da Suprema Corte brasileira, oferecendo benefícios de redução de pena ou simplesmente a extinção delas, à indivíduos carismáticos do folclore nacional, como Suzane von Richthofen, Salvatore Alberto Cacciola, o "eterno goleiro" Bruno e, como se já não fosse bastante, 1/4 da população carcerária do Brasil.

Decisões mamilosas[editar]

Quando não estava brigando seu antigo colega de trabalho Joaquim Barbosa, Marco Aurélio se ocupava com seu hobby preferido que defender e soltar todos os tipos de bandido seja de colarinho, preto, azul roxo (esse o faz lembrar do seu primo) enfim foi bandido Marcos esta defendendo sempre utilizando um discurso que consegue enfeitiçar alguns juristas e advogados brasileiros que o acham o ministro mais fodão, mais lindo, mais gostos e se podessem davam para ele, utiliza-se do principio sempre in dublo pro reo simplesmente olhando a capa do processo.

Caso Suzane von Richthofen[editar]

Foi o único ministro a defender com unhas e dentes essa garota, que ele chamava de menina de ouro e condenado veementemente os seus país pois estavam no lugar errado, na hora errada e no momento errado, veja parte do voto do ministro:

Cquote1.png Considerando os princípios escatológicos e alucinogénos do direito sempre considerando o principio do in dubio reo, onde este mesmo por qualquer motivo, razão e circunstancia é por quê eu assim desejo, uma vitima, principalmente se tiver cometido um assassino, peculato, sequestro, assalto a banco, desvio de dinheiro público, latrocínio e qualquer outro crime de natureza grave. Considero assim a nossa querida Suzaninha uma vítima de seus país que em ato de crueldade estavam ali, dormindo e despertaram nessa inocente menina o extinto de defender a própria vida. Considero que este tribunal deve conceder o mais breve possível Habeas Corpus para esta criança Suzane Louise Von Richthofen, reparando-a imediatamente o seu direito de ir vir e de viver em sociedade como uma cidadã de bem.
Marco Aureĺio Mello sobre , ao fazer defesa da menina-prodígio

Lei ficha limpa[editar]

O ministro foi contra a Lei da Ficha Limpa, por considerar que este poderia atrapalhar o andamento dos negócios dele e de seus colegas de profissão que trabalham na outras duas arestas da Praça dos Três Poderes. Caso apoiasse, o clima da reunião de família iria ficar pesado.

Diploma para Jornalismo[editar]

O ministro foi o único a votar à favor da exigência de diproma de uniesquinas para o exercício da profissão de fofoqueiro de papel-jornal, também conhecido como jornalista. Segundo o ministro, não fazia sentido acabar com aquela exigência visto que o mercado de venda de notícias falsas estava bem aquecido na época e que por isso, não precisava chamar mais gente pro mesmo clubinho frequentado por ele, William Bonner, Paulo Henrique Amorim entre outros.

Caso Salvatore Alberto Cacciola[editar]

Marco Aurélio mostrando à sociedade a finalidade pela qual ele foi concebido.

Concedeu liberdade ao banqueiro e ainda deu de presente para ele uma passagem para Itália bem como as chaves de uma casa que ele tem lá para que ficasse por lá até que se reparasse deste grande golpe e injustiça que cometeram contra aquele nobre homem. Na defesa de sua tese, Marco Aurélio de Farias o seguinte discurso:

Cquote1.png O Salvatorinho!? grande garoto já alopramos muito na adolescência onde brincávamos de médico com as garotinhas da rua até lembro quem era a Jorgina de Freitas, a Jaqueline Roriz e tantos outros... Bons tempos aqueles que agente tomava banho pelado num poço que tinha no fundo da casa do pai dele. O Salvatore era um safado, bons tempos aquele, como posso acusar alguém assim!
Ministro Marco Aurélio sobre durante a defesa de sua tese

Caso Eliza Samúdio ☠ Goleiro Bruno[editar]

Antes que pudesse partir para pular seu carnaval tranquilamente, o ministro Marco Aurélio Mello decidiu que era hora de finalmente soltar Bruno Fernandes das Dores que causou às suas vitimas, também conhecido nas biqueiras do Rio de Janeiro apenas como goleiro Bruno. Assim, ele e o cara que estava preso desde 2013 puderam pular o carnaval de 2017 tranquilamente, principalmente o Bruno que inclusive convidou a esposa do ministro para fazer uma visitinha ao sítio dele, na quarta-feira de Cinzas.

O presentão de natal[editar]

Embalado pelos bons ventos de paz e amor que iluminam o coração de todos no fim do ano de 2018, Marco Aurélio resolve dar a um 1/4 da população carcerária brasileira, um presente que não tem preço: a liberdade, sem mais nem menos, para curtir com a família o natal, o ano novo, o carnaval e todos os outros feriados do ano. Infelizmente, para alegria decepção de todos, a lembrancinha foi vetada pois iria "custar caro" pro STF.

Frases desse mestre da oratória[editar]

Cita3.pngA Constituição é o que o Supremo diz que ela é!Cita4.png
Marco Aurélio de Mello sobre "Hermenêutica Constitucional no Terceiro Mundo"'
Cita3.pngEu julgo sem olhar a capa do processo...Cita4.png
Marco Aurélio de Mello sobre "Delegação de Competência a Estagiários"'
Cquote1.png Esse assunto agente pode resolver lá fora, à moda antiga!
Marco Aurélio de Mello sobre sobre "Solução de Conflitos no Ambiente de Trabalho"
Cita3.pngEntre o Marco Aurélio de um ano atrás e o Marco Aurélio de hoje, eu fico com o de hoje!Cita4.png
Marco Aurélio de Mello sobre "Contradizer-se é Humano"'

Cquote1.png O Supremo nunca se submeterá às diabruras deste ou daquele órgão! Cquote2.png
Marco Aurélio de Mello sobre "A Ditadura Democrática e o Judiciário"

MainardiInv.JPG Este artigo trata de uma personalidade mortalmente,
putaqueparivelmente e filhadaputamente odiada!
Provavelmente ele(a) é um(a) idiota inútil que não vale porra nenhuma!

Conheça outros filhos da puta clicando aqui.