Marco Fonseca

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Va-a-merda-porra-(Luiz-Carlos-Alborghetti).gif Este artigo pretende ser ofensivo!
Se não se sentiu ofendido, edite-o até se ofender.
E se você se sentiu ofendido, VÁ A MERDA, PORRA!!!
Joao gordo.jpg Este artigo é IMORAL!

Você deve estar achando que este artigo é uma afronta, uma pouca vergonha, uma baixaria... FODA-SE!!! Vai fazer algo que preste e não foda minha paciência!!


Dois amigos de infância.
Comendo o MUF.

Cquote1.png Doutor... Isso é uma bichooooooooona!!” Cquote2.png
Severino sobre Marco Fonseca
Cquote1.png eW theñu meduu du thiu fonxeca, dixem ki eli ehh eemu-fihlikuh Cquote2.png
emo sobre Marco Fonseca
Cquote1.png “Já comi também...” Cquote2.png
Alexandre Frota sobre Marco Fonseca

Marco Fonseca soltando a franga nos Estados Unidos.

Marco "Ursinho" Fonseca (aka. Agrado, a rainha do sofá ou MUF) é, basicamente, um desocupado. Sua ociosidade é tanta que escreve a própria biografia na Wikipédia e na Desciclopédia! Outra característica é seu notório círculo de amizades que inclui, por exemplo, Adolf Hitler, que lhe-deu o papel de dar continuidade ao seu trabalho, além de Saddam Hussein, Osama Bin Laden, Carlos Latuff, Pablo Ortellado, José Dirceu, Michael Jackson e vários outros célebres do sub-mundo gay.

Além de ser agente social de proteção aos emos, sunday drag queen, político fracassado, líder do Movimento dos Sem-Teto e dos Sem-Terra, autor de inúmeras comunidades e perfis hurroristicos no Microsoft Orkut, é diplomado sociólogo, jornalista, doutor em Economía e em Zoofilia Zootechnia em uma pequena universidade que o próprio criou - a WebJustice.

MUF na Política[editar]

"MUF" se tornou consultor do PT através da ex-senadora e ex-ministra Benedita da Silva, que coordenou a campanha de Lulla no Rio de Janeiro. Antes do PT, era o consultor de assuntos latinos do Partido Democrata dos Estados Unidos. (Não foi por acaso que os republicanos re-elegeram George W. Bush com grande ajuda deste povo...)

The WebJustice[editar]

Além de ser filiado ao PCC e a ACC, Marco Fonseca é membro-fundador da WebJustice - que é, ao mesmo tempo, uma universidade de Sociologia para diplomar seus amigos e uma auto-inititulada "delegacia" do Microsoft Orkut.

Revista Veadagem.

A Webjustice é um site criado por Marco Fonseca (também conhecido como "Agrado, a Rainha do Sofá") um gay inútil que ninguém conhece. Primeiramente, o site em questão foi apresentado ao público gay como um "disk denuncia virtual" sob a forma jurídica de ONG, onde todos os perobos, boiolas, baitolos, fanchonas e congêneres poderiam listar os "homofóbicos" mais parrudos e másculos que reagiram negativamente, ou até violentamente, às investidas dos homossexuais interessados em converter todos os heteros à doutrina biba.

Após fracassar como "ONG" o site foi reformulado. Tornou-se "project" e passou a servir como fonte de pesquisa para pederastas interessados em sexo virtual e compra de objetos relacionados à prática do coito anal e do deep throat. Dentre os objetos vendidos nesse site, podemos listar desde pênis de látex até exemplares em DVD do filme "Brokeback Mountain", indispensável em festivais de cinema realizados em cidades como Campinas, Pelotas e Gramado.

Por ser sediado em domínio estrangeiro e vender quinquilharias diretamente aos pederastas brasileiros, Marco Fonseca, temendo ser processado, tirou o site "project" de vendas do ar. Novamente o site foi reformulado, tornou-se um mega portal da sacanagem gay e, finalmente, o site logrou êxito, com transmissões "livres" de perobos metrossexuais tendo seus respectivos esfíncteres brutalmente alargados por jebas eqüinas de dimensões descomunais, alcançando, com isso, o recorde de mais de 24 hits por semana.

Embora tenha alcançado o sucesso, Marco Fonseca não conseguiu manter o site no ar por muito tempo e, noooooooovamente, o site foi re-rereformulado, desta vez, direcionado para alistamento de jovens emos nas escolas cariocas, mas correm boatos que este projeto está prestes a falir também...

ClodovilViadoBicha.jpg Este artigo pode levar-te para o lado rosa da Força!

PewDiePie pode ser citado nesse artigo.

Não o leia, exceto se você for macho, mulher ou está pintando as unhas de glitter.