Maria do Rosário

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Aviso importante: Politicagem aqui NÃO, cazzo!
A Desciclopédia é um site de humor, logo, NINGUÉM aqui se importa com sua opinião sobre a Igreja Católica, o papa ou o Anticristo. Seja engraçado e não apenas idiota.
Feia-001.jpeg Este artigo é sobre alguém que sofre de falta de beleza!

Não nos responsabilizaremos por qualquer dano em sua visão ou vontade de continuar a viver.

Pode conter imagens perturbadoras de pessoas ou lugares feios.


100malafaia.jpg Maria do Rosário
Maria Rosario sorrindo.jpg
A invejável beleza de Maria do Rosário.
Vagabunda.
Partido Partido dos Traficantes.
Nível de honestidade Icon 33 percent.png Só porque é vermelho.
Perfil
Origem Bandeira do Brasil Brasil link={{{3}}} Rio Grande do Sul
Profissional
Profissão Vagabunda.
Escândalo(s) Ter chamado Jair Bolsonaro de estuprador
Fazer parte do PT
Pessoal
Website masoqueé.isso
Nível de inteligência Icon 00 percent.png Mas o que é isso?!
Plástica(s) Se fez, nem quero saber como era antes...
Vício(s) Bandidos e vagabundos.
Preferências
Livro Nuvola apps bookcase.png Cquote1.png A educação não é importante, o importante é defender meus oprimidos. Cquote2.png
Música Emblem-sound.svg.png Born To Be Vagabunda
Prato Foie gras
Filme Um Sonho de Liberdade
Time Grêmio, se declara
Palmeiras, para Jair Bolsonaro comê-la
Contatos
E-mail [email protected]
®Desciclopédia

Cquote1.png Experimente também: Vagabunda Cquote2.png
Sugestão do Google para Maria do Rosário
Cquote1.png Você quis dizer: Maria do Presidiário? Cquote2.png
Google sobre Maria do Rosário
Cquote1.png MAS O QUE É ISSO? MAS O QUE É ISSO? MAS O QUE É ISSO? MAS O QUE É ISSO? MAS O QUE É ISSO? MAS O QUE É ISSO? MAS O QUE É ISSO? MAS O QUE É ISSO? MAS O QUE É ISSO? MAS O QUE É ISSO? MAS O QUE É ISSO? MAS O QUE É ISSO? MAS O QUE É ISSO? MAS O QUE É ISSO? MAS O QUE É ISSO? (x100000000) Cquote2.png
Maria do Rosário sobre este artigo.
Cquote1.png Vagabunda! Cquote2.png
Jair Bolsonaro sobre Maria do Rosário.
Cquote1.png Como é que você sabe? Mas o que é isso? DESEQUILIBRADO! Cquote2.png
Maria do Rosário sobre citação acima.
Cquote1.png Dona Maria do Rosário, me ajuda! Cquote2.png
Jovem sobre Maria do Rosário.
Cquote1.png Você é bandido? Cquote2.png
Maria do Rosário sobre citação acima.
Cquote1.png Não! Cquote2.png
Jovem sobre citação acima.
Cquote1.png Então não... Cquote2.png
Maria do Rosário sobre citação acima.
Cquote1.png Aê, titia, bebe uma cerveja aí com a gente! Cquote2.png
Bandido sobre Maria do Rosário.
Cquote1.png Seus lindos, só bebo chimarrão! Cquote2.png
Maria do Rosário sobre citação acima.
Cquote1.png Tá com peninha? Leva pra casa... Cquote2.png
Rachel Sheherazade sobre Maria do Rosário.
Cquote1.png Levo mesmo! Cquote2.png
Maria do Rosário sobre citação acima.
Cquote1.png Tá muito baixo, aumenta! Cquote2.png
Maria do Rosário sobre Auxílio Reclusão.
Cquote1.png Bandido bom é bandido solto! Cquote2.png
Lema de Maria do Rosário.

Introdução[editar]

Exemplo de igualdade
Maria do Rosário ao saber que um vagabundo tomou uma surra da polícia.

Maria do Rosário Nunes, popularmente conhecida pelos seus oprimidos como Titia do Rosário é uma piranha que recentemente provou que merece ser estuprada(só de pensar dá nojo), vagabunda petista defensora de bandidos e vagabundos, líder do PCC na Câmara dos Deputados e ministra de Direito dos Manos escolhida pela presidente Dilma Rousseff, para que a mesma não corra nenhum risco de ser condenada pelas atividades que praticava na juventude. Como uma típica feminista, Maria do Rosário possui ausência de beleza e suas atividades possuem o objetivo único de chamar atenção. Em sua briga com o deputado Jair Messias Bolsonaro, seu objetivo foi dar para o mesmo, já que estava na seca desde que nasceu. Apesar de ser vagabunda, Maria do Rosário é coerente, pois foi a única defensora de vagabundos que adotou vagabundos. Pois além de querer viver com seus semelhantes (isso explica o porque de fazer parte da facção petista), ela esperava que os mesmos a estuprassem, plano falho.

Defensora de vagabundos[editar]

Um bandido, na visão de Maria do Rosário.
Cquote1.png Menino, quase você morre queimado. Quer matar a titia do coração? Você não me ama? Cquote2.png
Maria do Rosário sobre a imagem

Maria do Rosário acha que os bandidos são "vítimas da sociedade" e merecem proteção, apoio e carinho s2. E acha que todas as vítimas (que segundo ela não são vítimas, o criminoso é quem é a vítima) devem deixá-los roubar, estuprar (ué, ela não era a "defensora dos direitos das mulheres"???) e assassinar a vontade, caso a vítima não o faça e tente chamar a polícia ou se defender (não pode devido ao desarmamento), a vítima deve ser presa, pagar uma multa ao bandido e se desculpar com ele pessoalmente. Inclusive adotou alguns bandidos, que são melhor tratados por ela do que seus próprios filhos, que comem feijão com arroz enquanto os bandidos comem caviar e assistem Irmãos Metralha, desenho favorito de Maria. Depois que diversos bandidos morreram entalados (quem manda serem gordos?) em janelas de casas que tentavam invadir para assaltar, Maria do Rosário criou a Campanha do Desjanelamento, que visa incentivar a população a manter suas janelas abertas ou retirá-las.

Quem retirar as janelas para deixar o ladrão entrar recebe um docinho da titia :). Quando um bandido assalta/estupra (eles são uns baitolas mesmo)/mata um outro bandido, o cérebro de Maria do Rosário buga e dá tela azul. Ela fica angustiada e começa a chorar porque não sabe quem defender. Também detesta aqueles bandidos que se entregam, confessam crimes, saem da vida do crime, procuram emprego ou são contra benefícios como o Auxílio Reclusão, segundo ela esses são "opressores enrustidos". Maria do Rosário acha que as vítimas são as culpadas por "ostentarem" seus produtos e bens, ignorando o fato de bandidos que roubam até chinelo velho. Maria do Rosário também apoia a desmilitarização do Exército Brasileiro, pois assim seus oprimidos podem agir tranquilamente. Mas calma lá, ela não odeia tanto os policiais assim, ela A-M-A- policiais corruptos, principalmente os que lideram milícias e facções.

Como Maria do Rosário vê a Bandeira do Brasil.
Cquote1.png Vamos tesouro, não se misture com esses fascistas opressores Cquote2.png
Florinda do Rosário.

O bandido preferido de Maria é Rosarinho, o bandido que assaltou uma velha senhora que estava comprando uma calça de 300 reais pra filha. Ao contrário do que muitos pensam, Maria do Rosário não acha que as cadeias devem ser transformadas em hotéis, mas sim que todos aqueles que batem, matam ou mesmo humilham seus protegidos sejam presos nelas. Por esse motivo, ela é contra as propostas dos membros de sua facção que visam transformar as cadeias em verdadeiros hotéis cinco estrelas. Pois os fascistas que maltratam meus oprimidos merecem prisão perpétua em cadeias podres e com falta de higiene. Maria também acha que os bandidos não devem brigar nem se dividir entre pedófilos, estupradores, assaltantes, traficantes, ladrões e afins. Ela quer que todos sejam amiguinhos pra não haver briga.

Maria do Rosário não tinha nada contra o cristianismo até ler o sétimo mandamento. Por esse motivo, Maria do Rosário é ateia (sim ateus, podem se envergonhar) e considera o cristianismo como a maior representação do fascismo em nossa sociedade, título que ela atribui a tudo que discorda. Os únicos bandidos que não defende são os tucanos, pois ela não sabe que a facção tucana e a facção vermelha (é sério!) são parceiras. Inclusive traficam o mesmo tipo de droga: socialismo, só que a facção tucana trafica em menores quantidades, o que é suficiente para não ter o apoio de Rosário (é sério!). Pois para Rosário, roubar galinhas ou as moedinhas da igreja nem rola. Pra ter a proteção dela, tem que ter assassinado o presidente, ou não, pois o presidente é da facção dela. Mas tem que ter assassinado pessoas importantes sem qualquer motivo aparente e ter engravidado uma menina de cinco anos.

Defensora de boiolas[editar]

Militância Pró-Maria do Rosário em ação.
Cquote1.png Owwnt. Que lindinhos, meus oprimidos brincando Cquote2.png
Maria do Rosário sobre esta imagem de seu orkut.
Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: PL 122, Gayzismo, Kit gay

Maria do Rosário acha que os gays são o futuro promissor da nação, que dar a bunda é um ato invejável e progressista. E que todos que não gostam de dar o cu são fascistas, homofóbicos, racistas (gay é raça?), fascistas, nazistas, retrógrados, fascistas (de novo?!), preconceituosos, fundamentalistas, fascistas, intolerantes, assassinos, fascistas (porra...), pedófilos, desequilibrados, fascistas, estupradores, machistas, fascistas (se tiver um "já falei fascistas" eu mando pro inferno.), saudosistas da ditadura e mais umas quinhentas outras coisas, com 175 delas sendo "fascistas". Maria do Rosário é autora da PL 24, que visa criminalizar qualquer um que ousar tentar impedir um homossexual de lhe assediar sexualmente. Principalmente as crianças, segundo ela as crianças estão na idade de descobrir coisas novas e precisam desde cedo brincar com homossexuais para aprenderem a "respeitar as diferenças".

Os únicos gays que não serão defendidos são aqueles que são contra isto, pois segundo ela, gays que são contra benefícios para gays são "homofóbicos enrustidos". Maria do Rosário também visa lançar o Bolsa Ânus, o Bolsa Piroca, o Bolsa Vibrador e o Bolsa Boquete, para os homossexuais pobres que não possuem dinheiro para pagar um garoto de programa (a.k.a.: puto) para comê-los ou dar pra eles. Junto com Jean Wyllys, Maria do Rosário criou o MCDISSOM (ela gostou da sigla porque lembra MC Disson, um bandido que conheceu em sua facção), sigla para Movimento Contra a Discriminação Social das Minorias, que é mais um dos 8299 movimentos de sua facção, junto com o MST (Movimento Socialista Terrorista). Alguns dizem que o motivo pelo qual Maria do Rosário defende tanto os gays é o fato de ser gaúcha, e a convivência em um estado onde só tem bicha teria criado nela essa mentalidade escrota.

Cquote1.png Acho pouco, pode ir aumentando isso aí! Cquote2.png
Maria do Rosário.

Maria do Rosário também segue a Doutrina Biba, doutrina oficial do Partido Socialismo e Liberdade, muito embora o partido seja inimigo de sua facção, ela considera a doutrina antiopressora e promissora. Maria do Rosário também é adepta do Lado Rosa da Força, filosofia que tem como base não apenas espalhar o culto ao homossexualismo, mas também dominar toda a galáxia e destruir os heterossexuais, para enfim a humanidade sumir. Sua experiência na defesa de caras que gostam de dar o seu órgão excretor a tornaram uma especialista no assunto homofobia.

Fight![editar]

Rosário de Neve e os sete "dimenor".

Em 11 de novembro de 2003, o coxinha Jair Messias Bolsonaro estava dando uma entrevista para a RedeTV!, a rede de tv que mais pega trouxa no Brasil. Bolsonaro estava repetindo o que já falou 8299 vezes: que vagabundo tem que se foder. Como porta-voz dos vagabundos de todo o Brasil, Maria do Rosário (que estava no local telefonando para seu parça Fernandinho Beira-Mar, da mesma facção que ela) chegou dizendo (sem ninguém perguntar, típico de vermelhos) que "era contra vagabundos se foderem". Bolsonaro pediu educadamente á mesma que chamasse o vagabundo Champinha para ser motorista de sua filha pequena (a pequena Mariazinha do Rosário, vagabundinha, filha dela com o Elias Maluco), a reação que todos esperavam era de que a mesma sorrisse para Bolsonaro, mas ela ficou puta, pois vagabunda já era.

Embora defenda os estupradores, Rosário chamou Bolsonaro de estuprador, dizendo que ele promove o estupro, pois na cabeça dela, dizer que as mulheres tem o direito de se defender de seus estupradores com armas é uma forma de promover o estupro. A resposta de Bolsonaro foi aquela que todos dariam em seu lugar: não vou estuprar você porque você não merece. Ela disse que daria porrada (porque na cabeça das feministas, o homem não tem o direito de dar porrada na mulher, mas o contrário é permitido, e ai do homem se tentar impedir...) caso ele tentasse estuprá-la. Ele disse que daria outra e a chamou de vagabunda. Por mais que ela seja, ela não gostou de ser chamada como tal, e saiu chorando pra se fazer de vítima.

O controle remoto[editar]

O que Bolsonaro deveria mesmo ter feito.

Durante uma coletiva a Ministra dos Direitos dos Manos teve um mal súbito e teve que encerrar a entrevista naquele momento. Ela passa bem, segundo um de seus dois mil quinhentos e setenta e quatro assessores. A Ministra falava sobre o homicídio de um produtor de televisão assumidamente homossexual que foi brutalmente assassinado e jogado em um canavial de rola no interior do estado de São Paulo. Como de praxe, Maria dos Otários Rosário acusava a homofobia pelo crime e alegou:

Cquote1.png Estas hordas reacionárias e direitistas-liberais não suportam o convívio com os gays. Quem cometer um crime contra um gay merece a pena de morte Cquote2.png
Maria do Rosário, irônico não? Ela é contra a pena de morte para bandidos mas a favor da pena de morte para "homofóbicos"

Um bandido gay, o sonho de consumo de Maria do Rosário.

O busílis começou quando um repórter informou à vagabunda Ministra que os responsáveis pelo homicídio eram 04 di menor e que nem ficariam presos graças à rejeição à proposta de redução da maioridade penal. Imediatamente a vagabunda Ministra começou a piscar e contorcer os lábios, pronunciando palavras ininteligíveis.

Ela disse, certo momento, considerar um absurdo a tentativa de criminalização da juventude que pretende a direita fascista”, mas também falou que “é um absurdo que pessoas sejam mortas por sua orientação de gênero”. Questionada como deveriam ser punidos os autores do crime, Rosário corrigiu: “crime não, o que eles cometeram foi um ato infracional e, após apreciação pelo Judiciário, não serão penalizados, mas submetidos à medidas sócio-educativas”.

Neste momento, o repórter questionou se a lei não estaria sendo branda demais com os bandidos, havendo a vagbunda ministra respondido que “não são bandidos. São menores em conflito com a lei” e se retirou da sala fingindo estar a atender o celular, ignorando os assessores que a advertiam que o aparelho no qual ela fingiu falar era, na verdade, o controle remoto do ar-condicionado. O psiquiatra japonês Seu Kumiama, afirmou que pessoas desequilibradas quando confrontadas com situações reais tendem a ter surtos melindrosos, mas que na maioria das vezes é mera retórica para fugir da situação complicada.

O psiquiatra lembrou do caso do universitário da USP que fingiu um ataque após ser confrontado com fatos. “Na USP é muito comum” asseverou o médico. Maria do Rosário já afirmou através da imprensa golpista que não irá comentar o caso, pois não pode ser contra gays nem contra menores criminosos que afinal são sua base eleitoral.

Galeria de imagens[editar]

60px-Bouncywikilogo.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Maria do Rosário.

Videos[editar]

Ver também[editar]

Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de Maria do Rosário no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg
v d e h
Ladra02.gif POLÍTICO$ DO BRA$IL

Maria do Rosário sustenta filhos viciados com seu dinheiro.

Outros políticos em que você já votou e se arrependeu:

Maluf tn.jpg