Mariana Cordoba

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Sexchange.gif IT'S A TRAP!!!

Este artigo pode levar-lhe para muitos lados da Força. Se você não está feliz com seu corpo ou já mandou cortar o pirulito, leia o artigo até o fim, caso contrário, cuidado com as armadilhas e não vandalize!

Mariano Cordotoba
L mariana cordoba.jpg
Mariana Cordoba preparando-se para entrar na Banheira do Gugu e agarrar muitos sabonetes
Nascimento 14 de julho de 1981
Bandeira da Argentina Argentina
Ocupação Travesti
Altura 1,78m
Cabelo Castanho

Mariana Cordoba é uma "atriz" pornô. Por que o termo atriz está entre aspas? Nada demais, o único motivo para isso é o fato de que "ela" (olha as aspas aí de novo) esconde um certo segredo entre as pernas. Se bem que, pensando melhor, não há nenhum segredo escondido não, até porque seria difícil esconder tamanho pirocão. Aliás, Cordoba exibe o dote com muito orgulho em seus filmes.

História[editar]

Seu nome de guerra é uma homenagem à cidade de Córdoba, na Argentina, onde nasceu.

Durante a infância, foi um moleque baitola e afeminado, que curtia usar as roupas e a maquiagem de sua mãe em segredo, quando esta não estava olhando, e saía travestido pelas ruas.

Apesar da cara feia que não engana ninguém, Mariana Cordoba recebia inúmeras cantadas de pervertidos doentes, mesmo sendo menor de idade. Logo, começou desde muito cedo a se prostituir, mas ao contrário de muitas putas que alegam fazer isso por necessidade financeira, Cordoba fazia mesmo por diversão.

Quando chegou à idade adulta, usou todas as economias que guardou de seus programas para colocar silicone. Porém, embora identifique-se como mulher, Cordoba nunca teve interesse em fazer a cirurgia de amputação de piroca.

Carreira[editar]

Mariana Cordoba é, de longe, o nome argentino mais influente e mais lembrado da pornografia. Sim, a maior atriz pornô argentina de todos os tempos é, na verdade, um ator.

Fez sua estreia profissional em 2006, quando tinha 23 anos de idade. De lá para cá, atuou em apenas 11 filmes, o que é considerado um número baixíssimo na indústria da putaria. Mesmo assim, obteve um destaque absurdo neste meio, não tanto por suas performances, e sim por seu invejável caralho que mede sugestivos 24 centímetros de comprimento (quando está mole). Tudo bem que se for comparar ao do Kid Bengala, não é nada demais, mas para alguém que se diz transexual, isso é algo bem surpreendente.

Atualmente, está dando um tempo dos filmes pornôs e vem investindo na carreira de modelo.

Morte[editar]

No dia 26 de fevereiro de 2016, sua miguxa trans Ana Mancini noticiou via Twitter que Mariana Cordoba havia falecido de causas desconhecidas. Ao ler isto, Edu Guedes chorou. Porém, no mês seguinte o boato foi desmentido, já que Cordoba voltou a postar em suas redes sociais. Assim como Adriano Gabiru, ela morreu, mas passa bem.