Maricá

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Rioband.jpg Coé, merhmão, eshte arhtchigo eh CARIOCA!

Não vandalize, senão a chapa vai ficarh quentche, cara. Agora deixa eu irh na praia pegarh um bronze nesse sol de 50 graush, comendo unsh bishcoitosh.

Cquote1.png Maricá é uma merda de lugar, porra! Cquote2.png
Eduardo Paes sobre Maricá.

Cquote1.png Vocês traíram o sindicato dos motoristas, véio! Cquote2.png
Dado Dolabela sobre Viação Amparo de Maricá.
Cquote1.png Se eu pudesse contarra cem mil só no centro. Cquote2.png
Jeremias sobre os buracos de Maricá.
Cquote1.png Sacanagem! Cquote2.png
Faustão sobre Maricá.
Cquote1.png ISSO....... É........ UMA........ VERGONHA. Cquote2.png
Boris Casoy sobre Maricá.
Cquote1.png Caralho! Que porra de lugar é esse? Cquote2.png
Dercy Gonçalves sobre Maricá.
Cquote1.png Minha casa de praia. Cquote2.png
Osama Bin Laden sobre pergunta da Dercy.
Cquote1.png Mas só tem mato e lixo nessa merda. Cquote2.png
Dercy sobre casa de praia do Osama
Cquote1.png Mas pelo menos tem muito Pato(Quá-Quá) estrangeiro nesse mato. Cquote2.png
Um ex prefeito sobre Sobre os rumos da cidade
Cquote1.png Você quis dizer fim do mundo. Cquote2.png
Google sobre Sobre Maricá
Cquote1.png Pede pra sair! Cquote2.png
Capitão Nascimento sobre Prefeito Quá-Quá.
Cquote1.png É 13 porra! Cquote2.png
Kleber Bambam sobre os governantes da cidade(aka PT).

Origem[editar]

Maricas

Maricá é um pseudo-município do pseudo-Estado do Rio de Janeiro, isolado entre montanhas dos extremos de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Saquarema. Sua origem remete-se a impreiteiras alienígenas do inicio do século, que se dedicaram a abrirem ruas e mais ruas para mais tarde venderem lotes a preços altíssimos, com a promessa de progresso. Porém como era (é) um município extra e irrelevante no Rio de Janeiro, todos os governadores que reinaram até hoje não sabem de sua existência. Portanto a forma de governo mais adequada para Maricá se tornou o imperialismo, que foi transformada em marrecarismo atualmente. Na inauguração do império de Maricá, seu líder descendente de Arariboia,Marcelo Rangel, depois de assumir o trono, nomeou como chefe de armas a tirana empresa de ônibus Nossa senhora do Amparo. Por mais de meio século, várias guerras civis ocorreram no local, e a Amparo venceu todas, executando cerca de 7 milhões de maricaenses em todo seu reinado. Em 2009 a Amparo (depois de dar um golpe de estado no queixo de Marcelo Rangel), assume o controle de todas as províncias, incluindo os sub-reinos do Caxito, Ubatiba, Espraiado, Silvado, Ponta Negra e Lagarto, e nomeia Sir quaqua como rei supremo do local, que impõe seu poder através da força política dos aspones. Nota: eles odeiam que os chamem assim, preferem ser chamados pelo cargo oficial, como secretario da subsecretaria da gerencia da subgerencia executiva de porra nenhuma. Houve alguma resitência em Inõa e Itaipuaçu, porém foi rapidamente suprimida, sem maiores problemas. Sir quaqua foi designado para, principalemnte, fortalecer o poder do trono e dos coroneis, pondo todo o povo na forca. Além disso, resolve destruir todas as vilas rebeldes pondo seus caros lotes a venda para a construção de um Resort europeu e para comprar mais cachaças para as festas reais.

Divisão Geopolítica[editar]

Maricá é a região oceânica de São Gonçalo. A formação desse complexo gentílico, envolve a super população do município favelístico de São Gonçalo. Sempre que alguém arruma um emprego ou se aposenta em São Gonçalo, se muda imediatamente para umas dessas cidades menores deixando mais espaço nos puxadinhos para os seus descendentes (esse pessoal costuma ter no mínimo 14 filhos). Como hobby, logo que se mudam costumam transformar as garagens das casas em um botequim, instalam uma máquina de Karaokê 24hs para agradar a vizinhança. Também costumam instalar um imenso quebra-molas em frente as suas casas, pois como são extremamente preguiçosos, não querem se dar ao trabalho de olhar para os lados antes de atravessar a rua ou ter que cuidar da centena de netos que correm soltos pelas ruas, principalmente nos finais de semana e feriados. O principal traço arquitetônico dessa região são as casas no tijolo sem emboço, a língua de esgoto saindo na rua e a laje ("lajem" no dialeto da região)sem telhado que é a principal área de diversão da residência, sediando o churrasco do final de semana. Os sacos cheio de lixo espalhados pra todo lado são o "must" da decoração gentilmente cedida pelo rei quaqua.

Divisão Territorial[editar]

Maricá é dividido em quatro distritos não iguais e não beneficiadas (Além do castelo):

1 - Castelo Monarca do Centro (Propriamente Maricá) É basicamente constituído de vias estreitas enfeitadas com sacos de lixo, lanchonetes chinesas, buracos, sacos de lixo espalhado, drogarias e a garagem da Amparo. Seus habitantes tem que adorar o Deus quaqua para poder viver lá, ganham em troca também, o direito a ver o helicoptero real pousar no esporte clube trazendo o rei pato e a rainha pata, mais o uso-fruto da praça do centro da cidade que possui até um lago com peixes, é... com peixes, que rodeia a útil Casa do Futuro! Mas hoje em dia não há mais peixes lá, haja visto que os nativos não devolviam os peixes à água em retaliação à construção do resort que desassentaria as famílias que habitam a colônia de pesca existente no local do projeto. Para compensar a falta de peixes, o rei quaqua importou indios guarani de Niteroi, e os mandou construir uma oca na praça para divertir o povo com a fogueira que os bebados tacam nela. Existia um enorme castelo corroido do Conde Leal no centro, porem o novo rei decidiu enche-lo de fantasmas e o reino agora não tem nem oxpital. Há quem diga que o centro retém às caracteristicas do pró-big-bang, onde toda massa foi se concentrando em um unico ponto ante à explosão.

Principais bairros:

  • Centro.
  • Jacaroá.
  • Ponta grossa.
  • São José do Imbassaí.
  • Mumbuca.
  • Barra de maricá.
2 - Distrito de Ponta Negra: É um lugar onde só tem hippies, cheiradores de gatinhos, surfistas, aposentados, buracos, saco de lixo e altíssimos impostos. Conta com os bairros de Ponta Negra, sendo este o cabaré principal o bairro central, conta também com bairros pertencentes ao balneário. Conta também com uma praia acessível para banho, heliporto, farol da barra e terminal rodoviário de ultima geração com coletivos rumo ao centro da cidade e ao centro da capital.

Principais bairros:

  • Ponta Negra.
  • Cordeirinho.
  • Guaratiba.
  • Bambuí.
  • Pindobal(Suposta entrada para o Acre, dizem q os dinossauros fugiram pra lá quando Dercy Gonçalvez veio a terra)
3 - Distrito de Inoã É o subúrbio do reino, habitado por camponeses (favelados) desmerecidos do reino que pagam altíssimos impostos para viver na tranquila comunidade do Risca Faca no meio de buracos que dão acesso ao Japão e sacos de lixo sem recolher há mais de 20 dias.


Principais bairros:

  • Inoã.
  • Chacaras.
  • Cala-boca.

Cquote1.png Favor informe seu endereço e bairro. Cquote2.png
atendente da casas bahia.
Cquote1.png Rua xiss, s/n, cala boca! Cquote2.png
cidadão da localidade.


4 - Continente de Itaipuaçu É maior divisão do império onde se encontra fazendas para a manutenção dos gostos do Rei, alguns rebeldes que querem promover a separação do reinado criando a emancipação porém esse sonho de singelos camponeses são sempre abafados pela panelinha da corte e da coroa da Amparo. Que sempre descobrem o pivô da revolução e dão um sumiço nele. Oddim mandou uma avalanche que isolou Itaipuaçu do resto do reino em agosto de 2009, e dizem os druidas do reino que o estrago só será consertado em 2013 quando o proximo rei assumir, ate lá o povo deve usar tapete voador para chegar no continente de Itaipuaçu. Além de claro altíssimos impostos, buracos, sacos de lixo e risco de mais desabamentos.

Principais bairros:

  • Recanto de itaipuaçu.
  • Jardim Atlântico.
5 - Distrito de São José de Imbassaí Não tem nada além de capiais vendedores de queijo, criadores de cabras e vacas (de onde sai o estrume que que aduba as plantações de cogumelos alucinógenos da região), buracos, sacos de lixo sem recolher e uma passarela pra ligar "o que" ninguém sabe, além de altíssimos impostos. Vide primeiro distrito.

Seus habitantes[editar]

Maricá é composta por:

  • 600 Motoristas de ônibus
  • 100 donos de Lanchonetes chinesas
  • 78.550 Taxistas sem destino
  • 350 Donos de Farmácias
  • 100 Donos de SuperMercadinhos
  • 75 Donos de Padarias
  • 75 Guardas Municipais (guardinhas)
  • 3.247 aspones na prefeitura

Como em qualquer reino que se preze não há misturas de classe social em Maricá. O alto clero está em Niteroí (castelo) e também em mansões bem longe de Maricá(assim eles só precisam vir no reino de Maricá para pegar seus salariums), mas principalmente só são vistos na cidade concentrados nos bares da praça principal ou em manchetes da Globo na seção de procurados por falcatruas. Os camponeses braçais estão nas fazendas de Itaipuaçu e São José. A parte camponesa menos favorecida ainda está em inoã o que sobra Ponta Negra para os alienados do reino e também para raves dedicadas aqueles que cheiram gatos. O rei mora na Barra, ao lado do Campo de Pouso do Helicóptero Real Eixpracinhapublica. Já o nobre Sir Alexander, está ocupadissimo defenfendo os interesses do reino de Maricá na eleição para presidente do Clube de Regatas do Flamengo no Rio de Janeiro, enquanto Sir Luciano Junior responsável pelo site da Câmara dos lords que custou hum milhão e quatrocentos e trinta mil reais zelosamente reclama que 30 funcionarios para cada vereador real é muito pouco, porem o rei está ocupado brigando com o vice-rei na justiçum real, então está sem tempo para providenciar mais servidores reais para a Câmara dos Lords.

Diversão[editar]

A cidade NÃO é divertida! Seus pobres habitantes contam com pouquíssimos locais de entreteinimento. Eles optam entre a boate mais cara da cidade (se é pra gastar dinhêro, mete o pé pro Rio que é melhor) e com a sua própria filial-show, que deve fechar com a tomada do complexo do alemão no Rio de Janeiro.

visto a falta de opções, o que mais acontece na cidade são os churrascos particulares que movimentam o mercado de bebidas, carvão e gelo da cidade. As festas são tantas que a cidade possui sua própria fábrica de gelo, o problema é que as mulheres ainda tem que ser importadas... o nível por aqui, está muito baixo :/

Bateu aquela Fome[editar]

E agora ? Se você tiver condição ligue para uma das 50 pizzarias da cidade,se não tiver a unica alternativa é ir à praça do skate, lugar popular da cidade e bastante frequentada por todos que cada dia cresce mais e mais (Tipo uma comunidade ou favela), contém variedades de petiscos e lanches para matar sua fome e uma famosidade é a maionese caseira. Uma maionese que ninguém sabe como é feita, é verde igual um catarro mas muito popular entre os gordos e famintos.

Curiosidade: A praça do skate é um lugar de barracas de comidas que tem uma pista de skate e deveria ser um point dos skatistas ao invés de ser uma praça de alimentação

Economia[editar]

Álém dos altíssimos impostos recolhidos pela coroa, Maricá abriu 67 vagas de emprego em 2009, a maioria para lavador de carruagem e flanelinha. Também tem sua renda retirada das passagens de ônibus das tarifas abusivas em cima da venda de pastéis chineses, medicamentos , pães e taxas reais. Além da fortuna arrecadada pelos asponiuns reais, que se situam numa área organizada e chamada pela prefeitura de "beberagem à céu aberto", todo o resto do dinheiro do povo é arrecadado pela prefeitura para bancar as festas reais que fazem o tempo todo, não sobrando tempo para decidir qual nobre vai ganhar a licitação do lixo um ano depois do rei quaqua ter assumido o trono e começado a remodelar a cidade com mais buracos e o "must" dos sacos de lixo. Como é muito grande o número de lords asponiuns, as mesas da padaria e do butiquim em frente a prefeitura foram promovidas para secretarias reais, e muitos lords asponium podem ser encontrados nelas. Os outros ficam em seus castelos mesmos, pois não existe salões reais para todos.

Você Sabia?[editar]

Você sabia que Maricá é a única cidade do mundo em 2009 enfeitada com sacos de lixos, ratos e urubús para o Natal?

Que o rei de Maricá é o campeão mundial em sair em fotografia segurando um copo de cachaça?

Que a mulher do rei, tem a cara mais estranha do que o nome?

Que a cidade de Maricá ganhou o prêmio mundial da Unesco como a cidade em que mais colabora com a proliferação de doenças para o mundo?

Citaremos algumas abaixo.

(NÃO NECESSARIAMENTE NESSA ORDEM)

Pontos Turísticos[editar]

  • Poça de lama - toda a cidade, mas se usa também para ("lagoa" de araçatiba): Local onde as famílias se reúnem, para ver seus filhos pequenos entrando na água radioativa e se divertindo fazendo guerra de lama negra que cheira a m... fezes, e assistem-nos sair da água já sofrendo mutações.
  • Praia da Barra... de Maricá Zona sul da cidade, onde os nativos se acham surfistas. Todo ano são registradas cerca de 789527 mortes ou afogamentos nas águas tranquilas do mar aberto.
  • Casa do Futuro Local que oferece internet mais lenta que a discada aos pobres moradores dessa magnífica cidade.
  • Lagoa de Araçatiba Local em que o lendário padre jesuíta José de Anchieta celebrou uma missa, em 1584, após caminhar do Espírito Santo até Maricá. Ele podia ter dado um gás e ido a Buzios, coisa e tal... Mas tudo bem. O local atualmente é utilizado para se fazer macumba, completamente esquecido pela secretaria de turismo - isso se a cidade tiver uma das 634 secretarias que funcione.

Obs: Cordeirinho o nome já diz tudo. Bairro de baitola!

A cidade é muito utilizada para passeios off-road pela qualidade (ruim) do asfalto e pelos quebra-molas, tachões e outros obstáculos colocados aleatóriamente pela prefeitura exatamente para estimular esses esportes radicais. O rei quaqua é o maior incentivador de esportes off-road do mundo, tendo em 12 meses transformado a cidade toda numa lama só, inclusive o hospital.

Ver Também[editar]

Fim do Mundo