Marilyn Monroe

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
L70692-51-logo-51763.png

Este artigo discute coisas intrínsecas dos Anos 50's!
Se você teve infância naquela época, provavelmente já tomou seu Toddy hoje.

Sophia Loren.jpg

Marilyn Monroe é uma ex-gostosa
Ela já inspirou muitas homenagens, mas foi o tempo quem realmente a comeu.

Marilyn Monroe
Marilyn Monroe
Seu avô sabia o que era um mulherão.
Nascimento 1 de Junho de 1926
Los Angeles, EUA
Falecimento 5 de Agosto de 1962
Los Angeles, EUA
Ocupação Atriz
Medidas 93-58-91
Altura 1,67m
Olhos Azul
Cabelo Louro


Cquote1.png Já comi. Cquote2.png
John F Kennedy sobre Marilyn Monroe
Cquote1.png Eu também. Cquote2.png
Frank Sinatra sobre citação acima
Cquote1.png É daí quem vêm os M&M? Cquote2.png
Carla Perez sobre Marilyn Monroe
Cquote1.png Nunca vi. Cquote2.png
Ray Charles sobre Marilyn Monroe
Cquote1.png Nossa!!!!!!!! Eu lembro! Até dá cãimbra só de lembrar! Cquote2.png
Seu avô sobre Marilyn Monroe
Cquote1.png Eu vi!!! Cquote2.png
Alguém sobre calcinha da Marilyn Monroe
Cquote1.png Eu também sei mostrar a calcinha! Cquote2.png
Sakura Haruno sobre Marilyn Monroe
Cquote1.png Se não fosse por ela, eu não sei onde eu estaria hoje. Cquote2.png
Sylvia Saint sobre Marilyn Monroe
Cquote1.png Nem eu! Cquote2.png
Madonna sobre citação acima
Cquote1.png Nem eu! Cquote2.png
Britney Spears sobre citação acima
Cquote1.png Nem eu! Cquote2.png
Christina Aguilera sobre citação acima
Cquote1.png Nem eu! Cquote2.png
Deborah Blando sobre citação acima
Cquote1.png Nem eu! Cquote2.png
Kylie Minogue sobre citação acima
Cquote1.png Você já morou nos Estados Unidos? Não? Marilyn Morou! Cquote2.png
Seu tio engraçadão sobre Marilyn Monroe
Cquote1.png VOOSH!! Cquote2.png
Vento sobre o vestido de Marilyn Monroe
Cquote1.png Eu imito Angelina Jolie, mas a Marilyn é o meu maior ídolo. Acho que vou acabar como ela. Cquote2.png
Megan Fox sobre Marilyn Monroe
Cquote1.png Marilyn Monroe era gostosa demais! Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Marilyn Monroe
Cquote1.png Sua putéfia americana gorda! Cquote2.png
Brigitte Bardot sobre Marilyn Monroe
Cquote1.png Cala a boca, sua prostituta francesa! Cquote2.png
Marilyn Monroe sobre citação acima
Cquote1.png Já copiei! Cquote2.png
Madonna sobre Marilyn Monroe

Marilyn Monroe foi a primeira loira burra a ser considerada um sex-symbol em Hollywood, e tornou-se num dos maiores ícones do século XX por ser a primeira atriz a mostrar absolutamente tudo.

Biografia[editar]

A famosa foto de Marilyn mostrando suas torneadas coxas

Nascida em 1869 no estado do ceará, com o nome de Euzanorma Jeanekarla Zerafina Mortensemsentido encurtou o nome para Norma Jeane e se mudou para a California. Sua mãe era uma prostituta psicótica que trabalhava numa casa de prevaricação hoje em dia conhecido como cabaré do fofa pau, também chamado de estúdio onde se meteu e foi metida por um dos agentes de vendas e e os outros tantos homens que por alí passavam, engravidando e necessitando pedir auxílio ao teste de DNA do programa do ratinho pra saber quem era o pai da criança, mas foi despedida pelos seus acessos de vulgaridade. Por não conseguir dar o golpe da barriga, abandonou a criança aos cuidados de quem desejasse.

Marilyn nunca conheceu seu pai biológico, e sempre temeu acabar dormido com ele sem saber, por sua fama de comer qualquer par de calças que aparecesse na sua frente. Recebeu o sobrenome do seu padrasto, um pedreiro que assoviou para mãe dela quando ela passava mostrando as linhas do corpo em frente a uma construção. Pedro (Jeba Negra) pedreiro foi padastro da da pequena Norma durante 3 longos dias, depois sumiu devido a mãe dela não ter colocado carne na sua quentinha. A falta de uma presença paternal levou Marilyn ao seu gosto pela putaria, fazendo sexo com imensos homens para compensar o amor que nunca tivera de um pai.

Passou sua infância em orfanatos e casas de parentes, até que em 1937 se mudou para casa de uma amiga da família. Então inventaram que o marido de sua amiga, foi transferido para o outro canto da América do Norte e não tinham como levar Marilyn, e esta, com 16 anos, mudou-se para para o estado do Pará e começou a dançar na banda carrapicho, tanto que a expressão "Eu quero Tchick ThcicK Thick Thá" foi inventada por ela. Nessa época ela casou-se com um rapaz local, cujo anos depois iria lutar e perder na guerra contra o analfabetismo. O marido de Marilyn teve de ir combater para o pacífico. Giimmy, era seu nome, rezava para que deus não deixasse a sua querida esposa esquecer dele, Marilyn (nome de guerra) então ficou conhecida como a mulher que deus guarda, aos bombeiros, encanadores e homens em geral.

Marilyn Monroe, na altura Norma Jean, antes da fama. Sem plásticas como se tornou Marilyn tão gostosa!?

Com o fracasso da banda Carrapicho, Norma viu que necessitava mudar seu visual para se tornar uma gostosa e ir para os Estados Unidos, no inicio, Marilyn começou a trabalhar numa fábrica na Califórnia Dançando para os operários vestida com um chicote, ganhando dinheiro para se sustentar durante a Guerra (por isso Marilyn virou seu nome de guerra). Marilyn tinha se livrado do seu nome de batismo mas não da sua aparência cearánesca, então se inscreveu no programa da Marcia e fez um 10 anos mais jovem, gostou do resultado mas percebeu que estava no fundo do poço, decidindo ir embora. Alguns meses depois, o fotógrafo Davis Conover (Duran) andava fotografando as mulheres que trabalhavam durante a guerra, reparou na gostosa e convidou-a a fazer uma seção fotográfica e teste do sofá, Marilyn disse que se sentiu muito á vontade ao fotografar com o Duran (como qualquer mulher que faz um ensaio sensual). Ela passou no teste do sofá e deu pra passar no teste de fotografia, Davis disse que ela era o "sonho de qualquer fotógrafo". Na verdade, Conover só queria saltar na cueca dela.

Marilyn, aceitou e começou a trabalhar como modelo e boqueteira, aparecendo em capas de revista e conseguindo se tornar uma modelo respeitável(aham, sei...). Contudo, não lhe era suficiente, ela era insaciável. Então a gostosa começou a estudar atrizes do passado e seus trabalhos e descobriu que a arte da sedução lhe iria fazer ganhar muito mais dinheiro, e que despir-se seria o próximo passo e começou a sonhar com a fama. Mas em 1946, seu marido regressava da guerra e não gostou de ver Marilyn como modelo e querendo ser atriz e também ficou desconfiado por sua casa ter se tornado um entra e sai de homens , enquanto a gostosa teve de escolher de novo: divórcio em 1946.

Quando assinou seu primeiro contrato, tingiu seu cabelo para louro claro e mudou seu nome de Norma Jeane para Marilyn Monroe. "Marilyn" porque era o nome mais chique da altura e seu nome de guerra, nome muito usado em casas de prevaricações e "Monroe" porque ela Mourou e não morava mais no cabaré.

O seu início de carreira e caminhada ao estrelato foram fáceis. Ela dormia com todos seus diretores em filmes e toda e qualquer pessoa que a pudesse alavancar na carreira. Seu apelido virou Devoradora de Homens e cogita-se que ela dormiu com no mínimo uns 426 homens diferentes para conseguir o sucesso e se casou com outros três homens, chegando a estar noiva de mais um. Foi amante de John F Kennedy durante anos, esteve noiva de Frank Sinatra, mas nada disso a impediu de ter outros homens ao longo do caminho.

Morte[editar]

Alien.gif
T O P | S E C R E T |!
Alien.gif

Atenção! Este artigo é sobre uma teoria conspiratória, então tome cuidado com o conteúdo que estiver lendo.

Enquanto isso, o exército americano está se comunicando com ETs.

Combinação excessiva de Álcool, Drogas e Sexo minaram a saúde dela

Marilyn estava muito frágil e se sentia sozinha, apesar de suas sessões de sexo ardente com um, dois ou mais homens. Refugiou-se nos anti-depressivos e gala, festas de gala logico!, que tomava juntamente com copos de Whiskey. Os realizadores já estavam fartos da má atuação de Marilyn, que só alimentara a sua imagem de sex-symbol ao longo dos anos e deixaram de lhe dar papéis nos filmes. Sua grande rival, Brigitte Bardot, começou a ganhar relevo junto da comunidade punheteira.

Na manhã de 5 de Agosto de 1962, a empregada de Marilyn encontrou o corpo da gostosa, completamente nu, na cama, somente com o telefone ao pé. O relatório oficial foi que Marilyn tinha falecido durante o sono, devido a uma overdose de antidepressivos, na sua casa da Califórnia.

Os mídia aproveitaram a sua morte para fazer uma propaganda descomunal, tal como iria acontecer com a Princesa Diana, e imensos jornais e revistas se venderam durante a altura, pois o maior ícone sexual de Hollywood havia morrido. Os mídia exploraram ainda o caso, mostrando como era misterioso e como a morte da "atriz" era suspeita, especialmente devido às suas ligações sexuais com Kennedy.

O que aconteceu na noite da morte de Marilyn é um mistério: ouviram um helicóptero durante a noite, uma ambulância já estava no local antes da empregada dar o alarme, as gravações dos telefonemas e outras provas haviam desaparecido, o relatório da autópsia foi "perdido", toda a documentação do FBI sobre o caso foi suprimida e os amigos de Marilyn que tentaram investigar o que acontecera receberam ameaças de morte. Há muitas suspeitas que Marilyn fora assassinada pela Máfia, por via de estrangulamento, que se preparava para assassinar o Presidente Kennedy.

No dia 8 de agosto de 1962, o corpo de Marilyn foi velado no Corredor of Memories, nº 24, no Westwood Memorial Park em Los Angeles.

Seu Significado para a História Cinematográfica[editar]

As oficinas mecânicas surgiram como são hoje apartir de 1955

Antes de Marilyn Monroe, Hollywood era um lugar chato, duro, artístico, cheio de filmes lentos e atrizes talentosas vestidas até o pescoço. Marilyn revolucionou o cinema depois de ser a primeira mulher pseudo-atriz, sem talento para a representação, a mostrar a calcinha em um filme, posar nua, fazer filmes pornográficos e ser fotografada em flagrantes como aparecer sem calcinha, transando na praia ou mostrando os peitos.

Então ajoelhe-se e reverencie por que se não fosse Marilyn Monroe, o cinema ainda estaria abarrotado de pessoas talentosas e de filmes de qualidade, ao invés de gostosas sem talento algum, excepto mostrar o corpo tesudo. Se não fosse Marilyn, Hollywood seria só atrizes talentosas como Meryl Streep. Pseudo-atrizes como Megan Fox, Olivia Wilde, Kate Beckinsale, Jennifer Aniston, e mais 98% das "atrizes" de Hollywood, estariam a lavar escadas na rua.

A prova defenitiva que Marilyn é a "típica loira burra" é a cena clássica, desprovida de qualquer toque inteletual, que a eternizou no cinema: a cena onde usa um vestido flutuante branco e um vento passa, levanta a saia dela e todo o mundo punheterio se excita porque se vê a calcinha de Marilyn Monroe. Numa época em que não se via quase pele nenhuma às atrizes, Você vê logo uma calcinha, a comunidade punheteira ficou ao rubro!

A prova de que Marilyn Monroe além de ser a "típica loira burra", ainda é a "típica loira burra fútil" é quando no filme Os Homens Preferem as Loiras, canta seu grande hit, "Diamonds Are a Girl's Best Friend", onde canta que os melhores amigos da Mulher são os diamantes, assim como os cães são os melhores amigos dos homens.

Depois de aparecer mostrando a calcinha em tudo quanto é revista, filmes, depois de mostrar seus seios, depois de posar nua para calendários, depois de ser a primeira capa da Playboy, Marilyn Monroe se tornou uma celebridade, uma estrela de Hollywood e um dos maiores símbolos sexuais de todos os tempos. Mas nem isso fez com que a crítica apreciasse seus trabalhos nos filmes em que participou e sempre recebeu críticas, que o melhor que tinha a fazer era dedicar-se a ser modelo e deixar a representação em paz.


Contributo de Marilyn Monroe ao cinema: Transformou a Arte da Representação num negócio de futilidade, tal como conhecemos Hollywood na atualidade.

Filmografia[editar]

MM gosta daquele arzinho ali.

Apesar de os títulos de seus filmes parecerem clichês de títulos de filmes pornográficos, eles não são. Para a época esses nomes foram muito originais. Eram recordes de bilheteria porque Marilyn Monroe aparecia desnudada e todo o punheteiro (Seu avô incluído) tinham uma colecção de filmes e fotografias de Marilyn e Bettie Page debaixo das camas.

  • 1950 - O segredo das Jóias: Só ao fim de 11 filmes, onde fez de figurante (afinal seus dotes artísticos (ou a falta deles) não lhe davam para mais), Marilyn interpreta Angela Phinlay, num filme péssimo do gênero finge que é policial mas é pornografia chanchada mesmo. É a história de um cara que não sabe investigar e brinca de polícia e de uma mulher que não sabe o que está ali a fazer e de volta e meia, os dois têm sexo.
  • 1950 - A Malvada: Bette Davis interpreta Margo Channing, uma atriz velha que está perdendo sua fama e que escraviza prostitutas atrizes da Broadway, Marilyn Monroe entra como Senhorita Caswell, uma dessas "atrizes" que apenas aparece numa rápida cena de sexo com um cliente.
  • 1952 - Almas Desesperadas: Marilyn Monroe tem o seu primeiro papel de protagonista, como Nell Forbes, uma gostosa psicótica que perdeu o marido na guerra, assalta quartos de Hotel e acaba transado com um homem que está convencida que é o seu falecido marido.
  • 1953 - Torrentes de Paixão: O casal Cuttler reserva um motel perto das cataratas do Niagara, para terem loucas sessões de sexo durante a sua lua-de-mel, mas há um engano e eles vão ter de dividir um quarto com Rose (Marilyn Monroe) e George Loomis (Jean Peters), apesar disso ninguém fica estressado e fazem orgias, trocas de casais, com muita putaria à mistura. No final, eles se matam por causa dos ciúmes.
  • 1953 - Os Homens Preferem as Loiras - Um dos mais famosos filmes de Marilyn Monroe, no papel de Lorelei Lee. É um filme idiota, musical, que contém fortes e famosas cenas de sexo com loiras. Depois de mostrar tudo, Marilyn conseguiu ser indicada para o Globo de Ouro de Melhor Atriz de Comédia, pois conseguiu colocar a crítica a rir às gargalhadas com a sua péssima atuação.
  • 1953 - Como Agarrar um Milionário: Pola Debevoise (Marilyn Monroe) que só quer saber de vida boa e fútil, repelta de jóias e vestidos de luxo, procura por um homem rico, bonito, poderoso, de pau grande e bom de cama, e sempre constata todos os pré-requisitos.
  • 1955 - O Pecado Mora ao Lado: Filme histórico por ter sido um dos maiores sucesso de bilheteiras, apenas porque Monroe mostra a buceta calcinha. Não Tem história, não Tem nada. Há apenas a cena do vestido esvoaçante de Marilyn Monroe levantando e mostrando tudo.
  • 1956 - Nunca fui Santa: No papel de Chérie, uma cantora e stripper em bares de putaria, que sonha ser uma estrela de Hollywood, e Bo, um vaqueiro que está apaixonado por ela, mas a trata como uma vaca. Porque será?
  • 1959 - Quanto mais Quente Melhor: Ganhador de prêmios como Título mais Provocante e Melhor Cena de putaria Sexo o filme é a história de dois homens que inventam uma desculpa esfarrapada para entrarem numa banda só de moças e fazer muita putaria.
  • 1960 - Adorável Pecadora: Marilyn é Amanda Dell, uma pecadora com prazer.
  • 1961 - The Misfits - Os Desajustados: A brindar o típico filme de terror de Hollywood, onde existe sempre a gostosa loira burra. A história é uma idiotice: Marilyn Monroe é Rosilyn Taber, uma recém-divorciada, viciada em antidepressivos, que se envolve com um homem que é dono de um rancho onde estão a roubar cavalos para os venderem, para servirem de comida a cães.

Verdades sobre Marilyn Monroe (Ou não)[editar]

Se não fosse por ela, mulher gostosa ainda seriam as gordas
Ela tem idade para ser sua avó
  • Marilyn Monroe foi a primeira estrela de Hollywood a ser flagrada sem calcinha;
  • Paris Hilton, Britney Spears, Emma Watson e tantas outras são suas contemporrâneas;
  • Foi pegada pelo Presidente dos Estados Unidos, John F Kennedy;
  • Além de ninfomaníaca e bissexual, Marilyn é anemófila;
  • Sua grande rival foi Brigitte Bardot - as sempre duas disputavam quem era a mais gostosa, quem dava para mais homens, quem estava mais nua, e coisas assim;
  • Fazia os possíveis e os impossíveis para demonstrar que não era uma loira burra, criando frases pseudo-filosóficas, que servem de inspiração para muitas garotas Indie;
  • Esteve noiva de Frank Sinatra;
  • Quando Adolf Hitler projetou sua visão da gostosa mulher alemã ariana: era a imagem de Marilyn Monroe;
  • O maior medo de Marilyn Monroe era acabar como sua mãe num hospital psiquiátrico;
  • A banda Punk, The Misfits, inspirou seu nome no último filme de Marilyn Monroe;
  • Apesar de ser uma das "atrizes" mais conhecidas da História do cinema, Marilyn Monroe era uma péssima atriz;
  • Ainda foi para aulas de representação, em resposta às duras críticas que recebia, mas não lhe serviu de nada;
  • Megan Fox é obcecada por Marilyn Monroe e diz que vai acabar como ela;
  • Mas Bettie Page conseguiu ultrapassar o nível de putice de Marilyn e Brigitte juntas;
  • Os melhores amigos de Marilyn Monroe eram os Diamantes e o telefone;
  • Sylvia Saint não é sua filha;
  • Se Marilyn Monroe fosse vida e mesmo velha, continuava a ser mulher demais para Você;
  • Marilyn Monroe proclamava que os homens preferem as Loiras;
  • A morte de Marilyn Monroe é base de muitas Teoria da Conspiração;
  • Há quem diga que MM foi assassinada pela Máfia, por estar envolvida com Kennedy, mas a versão oficial é Suicídio.

Ligações externas[editar]